Jump to content
_zapping_

SIC Radical

Recommended Posts

Isso é de doidos. Não há youtubers portugueses com capacidade para sustentar um programa de televisão, ainda para mais herdando um legado tão pesado.

E os que há... enfim.  :sleep:

Share this post


Link to post
Share on other sites

É desta que o programa morre de vez. Há aqueles vivem poucos anos e são adorados por todos. Este já dura à tempo de mais, e vai começar a ser odiado até por aqueles que o seguiam religiosamente no seu auge. Enfim...

 

Quanto à ideia dos YouTubers, isto é televisão e não internet. Se quero ver um tipinho que faz idiotices na internet, uso a internet para vê-lo. É por causa de ideias de génio como esta, que YouTubers como o KSIOlajideBT não fazem vídeos de jeito à meses, para desagrado de quem os começou a ver.

 

Fiquem Bem.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

O cenario do " Curto Circuito " esta realmente bom, apesar de estar com pouca luz.

Estou ansioso que façam um casting porque ja estou cansado destes dois apresentadores  :|

Share this post


Link to post
Share on other sites

O cenario ficou muito melhor com dois espacos distintos e o regresso do bancada que era ha muito pedido. O formato parece que ficou melhor voltando ao formato do CC em 2009, 2010 mas a mudança de nome nao consigo perceber --'

Share this post


Link to post
Share on other sites

O estúdio ficou realmente muito giro, mas não engolo a alteração do nome!

A Diana Bouça-Nova podia regressar. Foi a melhor apresentadora feminina que por lá passou...

Parece que o programa ganhou uma nova linha, com parecenças ao talk-show do Rui Unas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cenario faz lembrar o tempo passado mas com aquele nome credo. 

Tambem é bem precisso apresentadores novos estes são dos piores e saiu a Carolina Torres era a melhor deta tripla.

 

Queria outra vez o Rui Pego e a Diana Bouça-Nova saudades

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Do que vi só não gostei do nome e do facto de já não haver telefonemas :S, de resto aprorei a mudança de formato e de estudio voltou ao que o CC era antigamente, pena o nome :(

Share this post


Link to post
Share on other sites

O estúdio está muito bom, tirando a falta de luz... Continuo a achar muito escuro. Sem qualquer nexo é a mudança de nome. Why?? Enfim...

E também acho que está a ser preciso um casting. Agora vamos "levar" com a Maria e o João em todas as emissões...  :unsure:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sic Radical devia apostar mais em produção própria.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sic Radical devia apostar mais em produção própria.

 

E chegou a fazê-lo, no início da vida do canal. Quem não se lembra do Cabaret da Coxa, O Perfeito Anormal, Nutícias, etc...? Para além, claro está, de ser o canal onde começou esse mito televisivo que se chama Gato Fedorento. Hoje, parece ser um canal low-cost sem grande brilho.

 

Fica Bem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E chegou a fazê-lo, no início da vida do canal. Quem não se lembra do Cabaret da Coxa, O Perfeito Anormal, Nutícias, etc...? Para além, claro está, de ser o canal onde começou esse mito televisivo que se chama Gato Fedorento. Hoje, parece ser um canal low-cost sem grande brilho.

 

Fica Bem.

 

Concordo contigo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há muita gente neste fórum que parece viver dentro de uma cúpula, isolada do resto do país. Neste momento, todos TODOS os canais portugueses tentam ser o mais low-cost possível e, naturalmente, os que sofrem mais são os canais da Cabo, porque são os que têm menos público. A TV, tal como o resto do país, está a sofrer muito por causa da crise, por causa da falta de publicidade, etc. Já nada era como antes. A TV recuou 20 anos em termos de receitas publicitárias, como queriam que continuasse haver o mesmo investimento? É impossível. As coisas estão más em termos financeiros, têm de perceber isso. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há muita gente neste fórum que parece viver dentro de uma cúpula, isolada do resto do país. Neste momento, todos TODOS os canais portugueses tentam ser o mais low-cost possível e, naturalmente, os que sofrem mais são os canais da Cabo, porque são os que têm menos público. A TV, tal como o resto do país, está a sofrer muito por causa da crise, por causa da falta de publicidade, etc. Já nada era como antes. A TV recuou 20 anos em termos de receitas publicitárias, como queriam que continuasse haver o mesmo investimento? É impossível. As coisas estão más em termos financeiros, têm de perceber isso. 

 

OK, então achas bem que se acabe com a produção original e substitui-la com produções estrangeiras (maior parte delas, programas de culinária que nada têm a ver com o ADN da SIC Radical)? É nestas alturas de crise em que tem que se repensar o que fazer, e da produção original podem surgir novas ideias, que se relacionem com aquilo que o canal foi e supostamente devia continuar a ser. Porra, um Perfeito Anormal nunca deve ter sido caro de produzir, e os Gato Fedorento também nunca andaram a tomar banho em notas quando fizeram as primeiras temporadas na SIC Radical. O Curto Circuito fazia dinheiro com as chamadas. Lembraram-se agora de alguma forma de fazer dinheiro sem estas? Não estou a ver aonde... Para além disso, a TV paga tem tido cada vez mais subscritores o que significa que os canais desta recebem mais dinheiro dos operadores. Essa história de que em tempos de crise tem que se fazer cortes cegos em tudo já mete nojo e está mais que gasta.

 

Fica Bem.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

OK, então achas bem que se acabe com a produção original e substitui-la com produções estrangeiras (maior parte delas, programas de culinária que nada têm a ver com o ADN da SIC Radical)? É nestas alturas de crise em que tem que se repensar o que fazer, e da produção original podem surgir novas ideias, que se relacionem com aquilo que o canal foi e supostamente devia continuar a ser. Porra, um Perfeito Anormal nunca deve ter sido caro de produzir, e os Gato Fedorento também nunca andaram a tomar banho em notas quando fizeram as primeiras temporadas na SIC Radical. O Curto Circuito fazia dinheiro com as chamadas. Lembraram-se agora de alguma forma de fazer dinheiro sem estas? Não estou a ver aonde... Para além disso, a TV paga tem tido cada vez mais subscritores o que significa que os canais desta recebem mais dinheiro dos operadores. Essa história de que em tempos de crise tem que se fazer cortes cegos em tudo já mete nojo e está mais que gasta.

Pois, mas é realidade. E quanto ao resto, claro que preferia produção nacional, mas se não pode ser temos de nos contentar com programa estrangeiros, já que são muito mais baratos. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje vi um bocado do CC (foi das primeiras vezes) e é um programa vazio e secante. #myopinion

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje vi o CC e ate gostei do que vi. Vi o post do Marcos Rocha, o moderador do ATV eles mostraram no fim xD

Share this post


Link to post
Share on other sites

Li isto: "Carolina Torres do programa “CC” da Sic Radical, uma das apresentadoras mais conhecidas da televisão portuguesa, mostra o que é capaz e fazer para satisfazer um fã e não só…"

 

Anedota! Só se for entre os jovens, porque de resto..  :haha:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Li isto: "Carolina Torres do programa “CC” da Sic Radical, uma das apresentadoras mais conhecidas da televisão portuguesa, mostra o que é capaz e fazer para satisfazer um fã e não só…"

 

Anedota! Só se for entre os jovens, porque de resto..  :haha:

 

tumblr_mso3dlvoUN1shanqyo1_250.gif

Edited by TheSecret
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há muita gente neste fórum que parece viver dentro de uma cúpula, isolada do resto do país. Neste momento, todos TODOS os canais portugueses tentam ser o mais low-cost possível e, naturalmente, os que sofrem mais são os canais da Cabo, porque são os que têm menos público. A TV, tal como o resto do país, está a sofrer muito por causa da crise, por causa da falta de publicidade, etc. Já nada era como antes. A TV recuou 20 anos em termos de receitas publicitárias, como queriam que continuasse haver o mesmo investimento? É impossível. As coisas estão más em termos financeiros, têm de perceber isso. 

Pelo contrário, os operadores de televisão paga têm muito mais clientes do que há 5 anos (48,1% vs 77,7% de população). Ou seja, os canais pagos hoje em dia recebem muito mais receitas publicitárias e muito mais dinheiro que vêm dos operadores (mais ou menos 1,30€/mês por cada cliente na Zon e Meo que vão nos cofres do grupo SIC).

 

Se os canais actualmente têm uma programação low-cost, é sobretudo por causa do comodismo que vai na televisão portuguesa estes últimos anos. Às vezes nem é uma questão de meios e de dinheiro mas sim um medo de inovar e arriscar. É sempre mais fácil comprar um programa estrangeiro qualquer que teve mais ou menos sucesso lá fora e de meter legendas, do que fazer um talk-show com quatro cadeiras e uma mesa com caras desconhecidas.

 

No caso dos canais pagos, há outro factor a tomar em conta. Dantes, a televisão era o que devia ter sido sempre : uma oferta de programas gratuitos boa e diversificada, e ao lado os canais pagos que representam um "extra" para os telespectadores mais exigentes, com gostos mais específicos. Daí, para sobreviverem, eram obrigados a mostrarem toda a sua mais-valia com uma boa programação para justificar o investimento na televisão paga.

Agora que a oferta gratuita enfraqueceu e que quase 80% da população têm acesso a esses canais, é claro que têm menos motivação para apresentarem programas de qualidade e/ou programas para nichos de mercado. A televisão paga de base portuguesa hoje em dia é nem mais nem menos do que os canais que se vêem gratuitamente na Televisão Digital Terrestre dos países vizinhos.

 

Quanto ao investimento publicitário nos generalistas, certo que desceu por causa da conjuntura, mas os canais também têm a sua culpa (programação menos diversificada=menos tipos de público atingidos, fazer tudo para que o público adira em pacotes pagos até em noticiários = mais audiência para canais concorrentes da RTP/SIC/TVI, etc, etc)...

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso é de doidos. Não há youtubers portugueses com capacidade para sustentar um programa de televisão, ainda para mais herdando um legado tão pesado.

Totalmente de acordo.

Pegando na opinião do @Nathan, além do legado e antes que venham dizer depois do meu comentário que o CC sempre foi uma escola de apresentadores (?! aqui concordo em parte mas seriam "outros quinhentos"!) não nos podemos esquecer que para se estar à frente de uma lente, mesmo sem experiência é preciso aprender primeiro. 

Ainda sou do tempo em que isso era condição para se ser apresentador/tecnico/actor..enfim, trabalhar em televisão. (e não sou tão velho assim, se é isso que estão a pensar!;p)

Depois da moda dos "moranguitos-pseudo-actores" surge à uns tempos a moda dos "putos-com-ideias-engraçadas-e-que-até-fazem-sucesso-nas-redes-sociais-saltarem-para-a-televisão.por-ser-mais-barato-aos-produtores"

Vindo da SIGMA3 não surpreende (por alguma razão continua a ser a produtora de um programa como o "CC" - que já foi o "estandarte" dos canais por onde passou e agora é o que se vê)... começou nos elementos de "backstage" e pelos vistos, chegam ao (irreal) frente-da-lente!

Depois não se queixem da qualidade...embora como em tudo (e falo no geral e não apenas no caso do "Curto Circuito") as pessoas queixam-se da qualidade mas continuam a papar tudo o que lhes metem à frente...enfim...não temos mais do que a televisão que merecemos.

Edited by criticoTV

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje vi o CC e ate gostei do que vi. Vi o post do Marcos Rocha, o moderador do ATV eles mostraram no fim xD

Ya, pois mostraram. Eu estava a ver por acaso. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nestes dias até tenho estranhado porque antes o CC era tanto tempo (2 horas, para aí, não?) e agora está compactado em apenas uma hora. Passa a correr :S Btw, por ter passado no CC All Stars... como é que a Adriana Grande, com a voz que tem, teve «coragem» de criar uma música como o «Baby I»? Digo isto após terem mostrado aquele vídeo do Late Night... aqui vemos mesmo a verdadeira voz dela que até é minimamente incrível, mas depois vamos a ver e tem músicas como o «Baby I» ._.

 

Deixo aqui para compararem:

 

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=pr25UVgYXyA

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...