Jump to content
Ambrósio

Línguas/Idiomas

Recommended Posts

há 49 minutos, Forbidden disse:

Por falar em erros, normalmente não me incomodam porque eu entendo o que a pessoa quer dizer, e nem gosto propriamente de corrigir os outros nesse assunto porque eu próprio dou as minhas calinadas :ph34r:

Mas se há erro linguistico que me irrita/incomoda é quando usam independente como advérbio, faz-me muita confusão.

Não me lembro de ter visto/ouvido esse, por acaso...

O que mais me irrita, quanto à escrita, é o á. É que é mesmo daqueles erros que vêm logo à cabeça e que toda a gente comenta, quando se fala do assunto. Além de que basta decorar que á, sozinho, não existe. Não me parece muito complicado...

Depois, há outras questões. Aquilo de não contrair preposições, quando estão associadas ao infinitivo... no registo oral, é um bocado ténue. Se falares depressa, é natural que digas, por exemplo, «a história da Ana estar doente não me convence». Quando escreves, é que é mesmo preciso ter cuidado e empregar «de a Ana».

Percebo isso das calinadas, mas acho que, se toda a gente pensar assim, nunca ninguém pode corrigir outra pessoa. Eu duvido mesmo de que haja alguém que não diga nada errado. No máximo, há pessoas que conseguem corrigir-se logo e/ou evitar construções que não têm a certeza de que estão certas.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 11 horas, BBFF disse:
Não me lembro de ter visto/ouvido esse, por acaso...

Eu noto mais isso com os brasileiros, quando usam independente em vez de independentemente...

Edited by Forbidden
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 4 horas, BBFF disse:

Sim, sim, eu percebi. Não estava a querer corrigir-te. Mas, a propósito, por que emprega-se associada a palavras como razão, motivo, raio etc. E estas palavras têm de estar escritas!

Exemplos:

a) Por que razão saíste?

b) Por que raio não estudaste?

c) Por que motivo eles mentem?

Não sabia que tinham de estar escritas. Pensava que podia ficar subentendido.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 29 minutos, srcbica disse:

Não sabia que tinham de estar escritas. Pensava que podia ficar subentendido.

Pois, e é isso que muita a gente pensa. Segundo sei, o português do Brasil segue essa lógica de estar subentendido.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 21 horas, BBFF disse:

Não me lembro de ter visto/ouvido esse, por acaso...

O que mais me irrita, quanto à escrita, é o á. É que é mesmo daqueles erros que vêm logo à cabeça e que toda a gente comenta, quando se fala do assunto. Além de que basta decorar que á, sozinho, não existe. Não me parece muito complicado...

Pior é quem escreve àgua...

Edited by Televisão 10
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 23 horas, BBFF disse:

O que mais me irrita, quanto à escrita, é o á. É que é mesmo daqueles erros que vêm logo à cabeça e que toda a gente comenta, quando se fala do assunto. Além de que basta decorar que á, sozinho, não existe. Não me parece muito complicado...

Para mim um dos piores usos do "á" é isolado. Sucede mais no Brasil, em Angola e em Moçambique.

Tipo:

  • Aberto de segunda à sexta
  • Feira do dia 10 à 12
  • Encerrado das 10 à 1

Raramente vi este erro praticado em Portugal.

  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 22 minutos, ATVTQsV disse:

Para mim um dos piores usos do "á" é isolado. Sucede mais no Brasil, em Angola e em Moçambique.

Tipo:

  • Aberto de segunda à sexta
  • Feira do dia 10 à 12
  • Encerrado das 10 à 1

Raramente vi este erro praticado em Portugal.

Como é que dizes a frase do último exemplo? É que, se estiveres a referir-te a horas, eu acho que é mesmo «das dez à uma (da manhã)»... :ph34r:

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, BBFF disse:

Como é que dizes a frase do último exemplo? É que, se estiveres a referir-te a horas, eu acho que é mesmo «das dez à uma (da manhã)»... :ph34r:

É mesmo isso, uma da manhã, mas no meu exemplo era uma da tarde. Mas já vi pessoas a escreverem "das 16 à 18", em singular.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 6 minutos, ATVTQsV disse:

É mesmo isso, uma da manhã, mas no meu exemplo era uma da tarde. Mas já vi pessoas a escreverem "das 16 à 18", em singular.

Se disseres «uma da tarde», não está mal. Mau é dizeres «das dez à treze».

Sim, isso é péssimo!

Edited by BBFF

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 16/06/2019 at 16:50, ATVTQsV disse:

Achavam que isto era a verdadeira união linguística?

Acharam errado! Em 2008, a MySmoothie cometia tamanha atrocidade ao combinar as línguas. Era engraçado, até:

2262041515_cef8d81d9c.jpg

Pensei que fosse algo comum em vosso país como cá no Brasil, aonde existem vários produtos com embalagens bilíngues, já que são vendidos para toda a América Latina (ou parte dela):

aparelho-de-barbear-prestobarba-ultragri
772b9dea3b44a70fc84d627e460db5ad.jpg

Edited by PierreDumont

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 17 horas, PierreDumont disse:

Pensei que fosse algo comum em vosso país como cá no Brasil, aonde existem vários produtos com embalagens bilíngues, já que são vendidos para toda a América Latina (ou parte dela):

aparelho-de-barbear-prestobarba-ultragri
772b9dea3b44a70fc84d627e460db5ad.jpg

E é comum, até com várias línguas. Não é é comum aquele exemplo que ele colocou. Por norma, coloca-se uma língua de cada vez e não uma mistura.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

@Televisão 10, ainda agora, em Amar depois de Amar, a Raquel disse «por me teres salvado» :cryhappy: Obrigado, autora ou Maria João Pinho! 

  • LOL 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

O singlês é um dialecto da língua inglesa falado em Singapura que mistura elementos das outras línguas nacionais e que para muitos é uma espécie de "língua eficiente". Porém, no passado, haviam campanhas para prevenir tal mesolecto. O vídeo em cima fala sobre o singlês numa maneira fácil de entender.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cyberdúvida da língua portuguesa:

Como vocês, de Portugal, chamam essa peça de roupa? No Brasil é chamado de sunga:

sunga.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso para mim ainda é calção de banho ou calção de praia. Sempre pensei que a sunga tivesse o mínimo tecido possível, como o exemplo em spoiler:

Spoiler

Resultado de imagem para sunga

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
On ‎27‎/‎07‎/‎2019 at 22:26, sergio.duarte disse:

Ninguém fez favor nenhum à Carolina Carvalho, ela fez um ótimo trabalho nos três projetos anteriores com a SIC e está a fazer o caminho lógico e natural. O David apenas faz que haja mais curiosidade acerca dela.

Desculpa-me, mas não consegui deixar de te parabentear por usares «fazer que», em vez de «fazer com que» :clapping:Por mais pessoas como tu!...

On ‎18‎/‎07‎/‎2019 at 17:19, PierreDumont disse:

Cyberdúvida da língua portuguesa:

Como vocês, de Portugal, chamam essa peça de roupa? No Brasil é chamado de sunga:

sunga.jpg

Sunga, também. @srcbica, para mim, os calções têm de ter tecido além do sítio do órgão :mosking: Se a parte das pernas está ao nível ou acima, é sunga, para mim.

  • Like 1
  • Thanks 1
  • LOL 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 22 minutos, BBFF disse:

Desculpa-me, mas não consegui deixar de te parabentear por usares «fazer que», em vez de «fazer com que» :clapping:Por mais pessoas como tu!...

Sunga, também. @srcbica, para mim, os calções têm de ter tecido além do sítio do órgão :mosking: Se a parte das pernas está ao nível ou acima, é sunga, para mim.

Não fazia ideia de que era "parabentear". Sempre falei "parabenizar". :ohmy:

Isso existe? Juro que até hoje, no que toca a calções de banho, só vi tecido no máximo a ir até 2 cm depois do nível do dito cujo, tipo isto:

ou isto:

Spoiler

bd450f78a0cf2847b46ccebfe2441974.jpg

 

Edited by srcbica
  • LOL 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, srcbica disse:

Não fazia ideia de que era "parabentear". Sempre falei "parabenizar". :ohmy:

Isso existe? Juro que até hoje, no que toca a calções de banho, só vi tecido no máximo a ir até ao nível do dito cujo, tipo isto:

 

SOCORRO! Estás a gozar, certo?

Que nome dás a isto?

Spoiler

Resultado de imagem para calçoes de banho

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Parabentear"? Raramente vi pessoas a usarem isto. Julgava que era "parabenizar", mas aprendi isto numa charge do Humor Tadela quando tinha uns seis anos, portanto não sei bem qual é a forma certa.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, BBFF disse:

SOCORRO! Estás a gozar, certo?

Que nome dás a isto?

  Ocultar conteúdo

Resultado de imagem para calçoes de banho

 

Calção, apenas. Isso para mim não é calção de banho. Mas uso também bermuda. Aliás, para não me dar ao trabalho de distinguir entre o simples calção e o calção de banho, até acabo por usar mais "bermuda".

Share this post


Link to post
Share on other sites

@ATVTQsV @srcbica | «Parabenizar, registado nos dicionários Aurélio e Michaelis, é um vocábulo próprio do português do Brasil. O português europeu tem o termo parabentear (de parabém+t+-ear), embora se use a expressão «dar os parabéns a». Ciberdúvidas.

há 1 minuto, srcbica disse:

Calção, apenas. Isso para mim não é calção de banho. Mas uso também bermuda. Aliás, para não me dar ao trabalho de distinguir entre o simples calção e o calção de banho, até acabo por usar mais "bermuda".

Para mim, calções são tipo os de ganga. No singular, nunca uso. Mas tens razão. Bermuda dá perfeitamente para isso. É uma questão de hábito :p 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, BBFF disse:

@ATVTQsV @srcbica | «Parabenizar, registado nos dicionários Aurélio e Michaelis, é um vocábulo próprio do português do Brasil. O português europeu tem o termo parabentear (de parabém+t+-ear), embora se use a expressão «dar os parabéns a». Ciberdúvidas.

Agora já percebo, muita gente em Portugal usa "parabenizar" à custa de consumir muita coisa brasileira, mas eu na altura estava ciente de que só no Brasil é que se usava "papai" e "mamãe".

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 6 minutos, BBFF disse:

@ATVTQsV @srcbica | «Parabenizar, registado nos dicionários Aurélio e Michaelis, é um vocábulo próprio do português do Brasil. O português europeu tem o termo parabentear (de parabém+t+-ear), embora se use a expressão «dar os parabéns a». Ciberdúvidas.

Para mim, calções são tipo os de ganga. No singular, nunca uso. Mas tens razão. Bermuda dá perfeitamente para isso. É uma questão de hábito :p 

Tu também me fizeste ir pesquisar e pelo site da "La Redoute", por acaso estava lá um calção de banho quase do mesmo tamanho que a dita bermuda/calções simples. Deixo aqui print screen.

Spoiler

image.png.e9f6de4d1cad3bbd303496a7e5277902.png

O que, para mim, é uma cena muito doida, porque a diferença, entre calção de banho e bermuda, não estava só no tamanho, para mim. Mais do que o tamanho, estava sobretudo no tecido. Agora, não sei qual é o critério para se chamar uma coisa assim e a outra assado.

Edited by srcbica
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...