Jump to content
Rodolfo

Cantinho do Off-Topic

Recommended Posts

há 3 minutos, AGUI disse:

a receber atrizes pornográficas

auge novo a cada dia

Braga é uma caixinha de surpresas

No entanto está sempre a usar gifs dela :smoke:

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, EFernando disse:

No entanto está sempre a usar gifs dela :smoke:

 

e da Maria Leal

e quem é ela na fila do supermercado?

  • LOL 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Gabriel disse:

Só pode receber ícones mesmo

Porque criá-los, de certeza que não cria kkk

mas braga criou-me:smoke:q

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 46 minutos, EFernando disse:

Só vim aqui avisar que vi a Gretchen em Braga :smoke: 

Felizmente, a minha cidade recebe ícones :smoke:

Vem, @D007

Gretchen? Aqui?

Não posso crer, a sério? A ícone gifona?

Será que foi de férias ou mudou para cá, de tanto brasileiro que cá vive?

  • Love 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, ATVTQsV disse:

Gretchen? Aqui?

Não posso crer, a sério? A ícone gifona?

Será que foi de férias ou mudou para cá, de tanto brasileiro que cá vive?

Ela vai dar um concerto no próximo dia 11 num bar :yes:

Deve ficar cá nos próximos dias

  • LOL 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
há 39 minutos, BBFF disse:

Ah, pois vivemos, tens toda a razão. Eu acho triste :( Um rapaz ser virgem com vinte anos não o torna nem melhor nem pior. Acho mesmo triste que alguém se ache mais homem ou mais importante porque já se envolveu com «mil» raparigas. Como se isso fosse sinal de algo extraordinário. E ainda se vêm gabar. Parabéns! Queres um osso? Tipo, não tenho mesmo paciência para essas conversas… Como se um homem que só quer ter sexo com alguém de quem realmente goste fosse menos homem por isso :rolleyes: Falo por mim, claro. Não me sinto menos do que ninguém porque não me envolvi com muitas mulheres. Se quiserem gozar, força, quero lá saber!

Já para não falar de que, se for uma rapariga a ter o mesmo comportamento que esses «masculinos», o caso muda de figura, já passa a ser olhada de lado. Oh, gente! Para mim, é igual uma rapariga dormir com vários homens ou um homem com várias mulheres. Não é para mim, mas cada um faz o que quer. Deixemo-nos é de machismos!

Isso é tudo verdade, mas aqui entre nós: conheces algum preconceito ou convenção social que faça sentido e que seja defendido com argumentos lógicos, racionais e éticos? :laugh: É tudo uma questão de ego. As desigualdades sociais foram criadas porque o ser humano tem a necessidade de se sentir superior e priveligiado em relação a alguém para se sentir válido.

Edited by Buwayh
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 45 minutos, Buwayh disse:

Isso é tudo verdade, mas aqui entre nós: conheces algum preconceito ou convenção social que faça sentido e que seja defendido com argumentos lógicos, racionais e éticos? :laugh: É tudo uma questão de ego. As desigualdades sociais foram criadas porque o ser humano tem a necessidade de se sentir superior e priveligiado em relação a alguém para se sentir válido.

Tens razão, claro que não conheço. Mas será que uma pessoa não pode ser considerada superior por ser educada, inteligente, culta, prestável, solidária, fiel, ética? É mais importante ter uma lista de á a zê de pessoas com quem já se envolveu? Que sociedade esta… Mas enfim! Não podemos proibir à força as pessoas de ter estes preconceitos. Já é bom que nós não os tenhamos. Eu, pelo menos, não considero nenhum rapaz superior a ninguém pelo número de conquistas sexuais. É que não considero mesmo :laugh: 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
há 22 minutos, BBFF disse:

Tens razão, claro que não conheço. Mas será que uma pessoa não pode ser considerada superior por ser educada, inteligente, culta, prestável, solidária, fiel, ética? É mais importante ter uma lista de á a zê de pessoas com quem já se envolveu? Que sociedade esta… Mas enfim! Não podemos proibir à força as pessoas de ter estes preconceitos. Já é bom que nós não os tenhamos. Eu, pelo menos, não considero nenhum rapaz superior a ninguém pelo número de conquistas sexuais. É que não considero mesmo :laugh: 

Pode, se atender aos padrões estéticos e comportamentais impostos pela sociedade. Caso contrário, a educação, a inteligência e tudo o resto serão apenas atributos que farão as maiorias tolerá-la um pouco melhor, isto se não for tachada de "sonsa" e "pãozinho sem sal". Se reparares, as pessoas que já não nos vêem há algum tempo quase nunca nos perguntam se estamos bem e se precisamos de alguma coisa, mas sim se tirámos um curso, se já trabalhamos, se namoramos, se "já" casámos, se "já" temos filhos, etc, porque na verdade não estão preocupadas connosco. Querem apenas monitorizar-nos enquanto seres sociais, para verem se estamos a trilhar o caminho "correto" e se estamos "à frente" ou "atrás" delas ou dos filhos delas. É revoltante, mas quanto mais esmiuçamos a sociedade, mais revoltados ficamos. 

Edited by Buwayh
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
há 5 minutos, Buwayh disse:

Pode, se atender aos padrões de comportamento impostos pela sociedade. Caso contrário, a educação, a inteligência e tudo o resto serão apenas atributos que farão as maiorias tolerá-la um pouco melhor, isto se não for tachada de "sonsa" e "pãozinho sem sal". Se reparares, as pessoas que já não nos vêem há algum tempo quase nunca nos perguntam se estamos bem e se precisamos de alguma coisa, mas sim se tirámos um curso, se já trabalhamos, se namoramos, se "já" casámos, se "já" temos filhos, etc, porque na verdade não estão preocupadas connosco. Querem apenas monitorizar-nos enquanto seres sociais, para verem se estamos a trilhar o caminho "correto" e se estamos "à frente" ou "atrás" delas ou dos filhos delas. É revoltante, mas quanto mais esmiuçamos a sociedade, mais revoltados ficamos. 

Ai, essas perguntas! :rolleyes: E quando, numa tentativa de elogiar, (me) perguntam se tenho namorada e, ao ouvir «não!», perguntam se tenho várias? :rolleyes: Estás a gozar, não? Isso até me ofende, se queres que te diga. Como se alguém namorar mais do que uma pessoa ao mesmo tempo fosse algo merecedor de aplausos… Da próxima vez que alguém vier com essa brincadeira, responderei: «Não, porque, quando tiver uma namorada, quererei respeitá-la.» Quero ver a resposta da pessoa.

Edited by BBFF
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
há 3 minutos, BBFF disse:

Ai, essas perguntas! :rolleyes: E quando, numa tentativa de elogiar, (me) perguntam se tenho namorada e, ao ouvir «não!», perguntam se tenho várias? :rolleyes: Estás a gozar, não? Isso até me ofende, se queres que te diga. Como se alguém namorar mais do que uma pessoa ao mesmo tempo fosse algo merecedor de aplausos… Da próxima vez que alguém vier com essa brincadeira, responderei: «Não, porque, quando tiver uma namorada, quererei respeitá-la.» Quero ver a resposta da pessoa.

Eu antecipo-a: "Oh, tão queridooo! Coixa fofa! *aperto de bochechas*" :laugh: É, pessoas leais não são levadas muito a sério.

Edited by Buwayh

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, Buwayh disse:

Eu antecipo-a: "Oh, tão queridooo! Coixa fofa! *aperto de bochechas*" :laugh:

Desculpa, mas não percebi :blush:

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, BBFF disse:

Desculpa, mas não percebi :blush:

Seria uma possível resposta se dissesses que respeitarias a tua futura namorada.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nem me falem desses impostos da sociedade. Já foi o meu calcanhar de Aquiles.

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, Buwayh disse:

Seria uma possível resposta se dissesses que respeitarias a tua futura namorada.

Ah, O. K. Hum… Normalmente, quem me faz estas perguntas são tipo aqueles homens adultos que adoram dar uma de machões e que também me pergunta «Então, e as gajas?». Ai, pá, a sério, não tenho a menor pachorra. A sério que não tenho. O que vale é que eu não gosto de ser mal-educado :yes: 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
há 6 minutos, BBFF disse:

Ah, O. K. Hum… Normalmente, quem me faz estas perguntas são tipo aqueles homens adultos que adoram dar uma de machões e que também me pergunta «Então, e as gajas?». Ai, pá, a sério, não tenho a menor pachorra. A sério que não tenho. O que vale é que eu não gosto de ser mal-educado :yes: 

Eu imaginei a pergunta a ser feita por uma amiga da tua mãe ou dos teus avós. Aquelas mulheres idosas ou de meia-idade que nos enchem com perguntas constrangedoras quando nos vêem passados muitos anos e que acham muita graça a tudo o que dizemos. 

Também recebi muitas perguntas constrangedoras de amigos do meu pai, que me perguntavam inclusive se eu já "batia", quando eu tinha entre os 12 e 13 anos. :rolleyes: Eu retribuía com cara de parvo porque não sabia de que é que estavam a falar. 

Edited by Buwayh
  • Like 2
  • LOL 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 minutos, Buwayh disse:

Eu imaginei a pergunta a ser feita por uma amiga da tua mãe ou dos teus avós. Aquelas mulheres idosas ou de meia-idade que nos enchem com perguntas constrangedoras quando nos vêem passados muitos anos e que acham muita graça a tudo o que dizemos. 

Também recebi muitas perguntas constrangedoras de amigos do meu pai, que me perguntavam inclusive se eu já "batia", quando eu tinha entre os 12 e 13 anos. :rolleyes: Eu retribuía com cara de parvo porque não sabia de que é que estavam a falar. 

Os amigos dos meus pais não chegaram a isso. É mesmo se tenho namoradas, como estão as gajas. Bem, na verdade, é só um que faz esta pergunta. E, como estou poucas vezes com ele, engulo, que remédio.

Essa conversa era mais feita pelos meus colegas. Eu pedia que mudassem de assunto ou ignorava. Ainda hoje, esse tema é um bocado sensível para mim. Ainda no outro dia, uma conhecida disse: «Todos os gajos veem pornografia. Bem, todos menos o BBFF.» (Claro que ela disse o meu nome, estou a adaptar.) E disse isto como se fosse uma graça. Os amiguinhos riram-se, e eu fiquei tipo: «Sim, e? Queres que te peça desculpa?» :rolleyes: É só o que falta…

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, BBFF disse:

Os amigos dos meus pais não chegaram a isso. É mesmo se tenho namoradas, como estão as gajas. Bem, na verdade, é só um que faz esta pergunta. E, como estou poucas vezes com ele, engulo, que remédio.

Essa conversa era mais feita pelos meus colegas. Eu pedia que mudassem de assunto ou ignorava. Ainda hoje, esse tema é um bocado sensível para mim. Ainda no outro dia, uma conhecida disse: «Todos os gajos veem pornografia. Bem, todos menos o BBFF.» (Claro que ela disse o meu nome, estou a adaptar.) E disse isto como se fosse uma graça. Os amiguinhos riram-se, e eu fiquei tipo: «Sim, e? Queres que te peça desculpa?» :rolleyes: É só o que falta…

Tenho dificuldade em lidar com esse tipo de confronto. São coisas que não podem ser rebatidas com a lógica, e a menos que partamos para a intimidação ou tenhamos agilidade suficiente para apontarmos logo algo que constranja igualmente quem nos está a tentar humilhar, ficamos sempre com um nó mental, sem saber o que responder, porque na verdade não há nada para responder. A melhor resposta é sempre a ironia, mas o que é que fazemos quando não temos uma resposta virtuosa pronta? 

Não sei que idade tens. Provavelmente não tens outra escolha a não ser lidar com esse tipo de pessoas, mas eu evito ter contacto com pessoas tóxicas, que não acrescentem nada ao meu crescimento. Infelizmente tanto nas escolas, como nas faculdades e nos trabalhos é praticamente impossível não estarmos cercados por elas. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Buwayh disse:

Tenho dificuldade em lidar com esse tipo de confronto. São coisas que não podem ser rebatidas com a lógica, e a menos que partamos para a intimidação ou tenhamos agilidade suficiente para apontarmos logo algo que constranja igualmente quem nos está a tentar humilhar, ficamos sempre com um nó mental, sem saber o que responder, porque na verdade não há nada para responder. A melhor resposta é sempre a ironia, mas o que é que fazemos quando não temos uma resposta virtuosa pronta? 

Não sei que idade tens. Provavelmente não tens outra escolha a não ser lidar com esse tipo de pessoas, mas eu evito ter contacto com pessoas tóxicas, que não acrescentem nada ao meu crescimento. Infelizmente tanto nas escolas, como nas faculdades e nos trabalhos é praticamente impossível não estarmos cercados por elas. 

Tenho dezanove. Farei vinte em outubro :pSim, foi na faculdade. Mas eu já me estou nas tintas, se queres que te diga. Como não sou o «rapaz convencional» que «safa gajas no Urban», que «já comeu a Sílvia, a Mariana e a Carmo», que vê pornografia e assim, já fui um bocado gozado, como podes calcular. Aliás, estou à espera de alguém que não fique com um risinho, quando digo que só quero beijar e envolver-me com uma rapariga por quem esteja mesmo apaixonado. Se calhar, tenho uma visão demasiado romântica, mas não acho necessário deitarmos abaixo as pessoas só porque não estão interessadas em «safar e comer gajas». Lamento! De qualquer maneira, nunca sequer ponderei mudar a minha maneira de ser por não encaixar no padrão de rapaz de dezanove anos. É que estou perfeitamente a lixar-me, estou mesmo. Acho lamentável é gozar com pessoas só porque elas não estão interessadas em ter as minhas experiências que nós. Até porque eu não ando aí a gozar com os rapazes que beijam X raparigas na mesma noite nem a criticá-los. Não é para mim, mas respeito :dontknow: Porque não fazem o mesmo?

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 23 minutos, BBFF disse:

Tenho dezanove. Farei vinte em outubro :pSim, foi na faculdade. Mas eu já me estou nas tintas, se queres que te diga. Como não sou o «rapaz convencional» que «safa gajas no Urban», que «já comeu a Sílvia, a Mariana e a Carmo», que vê pornografia e assim, já fui um bocado gozado, como podes calcular. Aliás, estou à espera de alguém que não fique com um risinho, quando digo que só quero beijar e envolver-me com uma rapariga por quem esteja mesmo apaixonado. Se calhar, tenho uma visão demasiado romântica, mas não acho necessário deitarmos abaixo as pessoas só porque não estão interessadas em «safar e comer gajas». Lamento! De qualquer maneira, nunca sequer ponderei mudar a minha maneira de ser por não encaixar no padrão de rapaz de dezanove anos. É que estou perfeitamente a lixar-me, estou mesmo. Acho lamentável é gozar com pessoas só porque elas não estão interessadas em ter as minhas experiências que nós. Até porque eu não ando aí a gozar com os rapazes que beijam X raparigas na mesma noite nem a criticá-los. Não é para mim, mas respeito :dontknow: Porque não fazem o mesmo?

É lamentável que o padrão masculino normativo ainda seja esse e que valores que realmente definam o nosso valor enquanto seres humanos sejam cada vez mais desprezados. Eu felicito-te por seres como és e não cederes à pressão social. Na verdade eu acho que as pessoas hoje em dia saltam de relação em relação para preencherem um vazio que existe dentro delas, porque têm pavor de estarem sozinhas. Não apreciam a sua própria companhia porque não se conhecem a si mesmas, e por isso não sabem o que querem.

Não me interpretem mal. Não critico a promiscuidade nem a castidade (extremo oposto). Todas as formas de vida são válidas desde que o caminho que seguimos seja saudável para nós e o espaço do próximo seja respeitado. Mas acho que vivemos uma era superficial, em que as pessoas se preocupam mais em seguir e impor normas fúteis e em destruir o brilho do próximo para poder brilhar do que com o seu crescimento pessoal. Se todos se focassem em si mesmos de uma forma saudável (e não egoísta) e fossem honestos consigo próprios, não existia tanta necessidade de competir, e consequentemente não existia necessidade de mandar boquinhas foleiras. Mas a sociedade é quase um eco-sistema com vida própria na qual podemos inverter paradigmas com o passar do tempo, mas dificilmente podemos travar os egos sedentos de glória. A prova disso é que dentro das próprias minorias existem ideais, cobranças e exclusões.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Buwayh disse:

É lamentável que o padrão masculino normativo ainda seja esse e que valores que realmente definam o nosso valor enquanto seres humanos sejam cada vez mais desprezados. Eu felicito-te por seres como és e não cederes à pressão social. Na verdade eu acho que as pessoas hoje em dia saltam de relação em relação para preencherem um vazio que existe dentro delas, porque têm pavor de estarem sozinhas. Não apreciam a sua própria companhia porque não se conhecem a si mesmas, e por isso não sabem o que querem.

Não mudo um espaço. Escreveste tudo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...