Jump to content

Buwayh

Membros
  • Content Count

    6,338
  • Entries from Chatbox

    0
  • Joined

Community Reputation

8,274 Quero namorar com o agricultor

About Buwayh

  • Rank
    Tenho um audímetro da GfK
  • Birthday 05/22/1989

Informações de Perfil

  • Género
    Homem

Recent Profile Visitors

12,376 profile views
  1. Lembrava-me de o Cláudio Coelho ter tido problemas com o Marvão no LOT4, mas não me lembrava dele e do Savate no LOT6. Pelos vistos, não tiveram uma relação pacífica.
  2. Não sabia que isso podia tomar essa dimensão. Sendo assim, e com a pressão do twitter, já acredito mais, e não tenho pena nenhuma. Não? O que aconteceu?
  3. Percebo o que estão a dizer, mas não acredito que a produção esteja disposta a perder mais um concorrente, que ainda por cima é animado, por causa de um gesto. Se ele fizesse um discurso problemático sobre o holocausto, os judeus, os homossexuais, etc, talvez, mas assim acho difícil.
  4. Um momento da história que, pelos vistos, o fascina. É monstruoso e motivo para hate, mas não para expulsão.
  5. Sendo assim, é péssimo, mas... Expulso por levantar o braço? Por muito mau que seja, não é crime nem contra as regras do programa fazer uma saudação nazi.
  6. Depende. Ele saberá o que aquele gesto significa? Não terá sido uma coisa que ele viu por aí e achou graça?
  7. Não sei porquê, mas a Bernardina sempre me fez lembrar uma das personagens da Marina Mota no Bora Lá Marina, a Matilde. Deve ser por ser tão bardajona e escandalosa. Estou a adorar a presença dela. Aquilo parecia um cemitério.
  8. Não sabia. Só vi hoje no twitter. Desculpem pelo spam.
  9. E como as recordações são mais divertidas do que o presente... Já não me lembrava disto.
  10. Nunca percebi o fascínio que as pessoas têm pela beta. A Teresa tem muitos defeitos, mas cria e conduz as discussões de uma forma hilariante e tem um lado humano que ajuda a criar empatia com ela. A Joana não tem carisma, a meu ver. Só uma atitude arrogante que me aborrece.
  11. Ela já entrou queimada. Esta edição só serviu para a deixar em cinzas. E foi tão valente a falar dos comentadores por trás, mas agora não tem coragem para enfrentá-los pessoalmente. Queria muito um extra com ela, a Pipoca, o Crispim e o Borges, mas sei que não vai acontecer.
  12. Vocês é que dramatizam quando fazem de qualquer observação ou chamada de atenção um bicho de sete cabeças. xD Queixam-se que vivemos numa ditadura do politicamente correto, mas parece que quem pensa diferente da maioria e se sente incomodado com alguma coisa tem que guardar isso dentro de si para não melindrar os outros. Dois pesos e duas medidas.
  13. É verdade. Também é importante trabalhar o bom senso e a paciência para que os debates não se tornem batalhas campais, apesar de nem sempre ser possível manter a calma.
  14. O argumento do "politicamente correto" é muito conveniente para quem está confortável e não quer crescer. É importante debatermos questões que devem ser melhoradas ou mudadas para que possamos evoluir e construir uma sociedade mais consciente e saudável. Isso não implica necessariamente cancelar quem erra.
  15. Concordo, mas se calhar a Joana já foi muito questionada sobre isso e já não tem paciência para responder sempre às mesmas perguntas com delicadeza. Às vezes as cobranças cansam, mesmo que não sejam maldosas.
×
×
  • Create New...