Jump to content
k3o4

Novelas [Tópico Geral]

Recommended Posts

25 minutes ago, Harry Cameron said:

@Maya Gostaste mais desta que da AFDQ?? Dá-me ideia de teres disto que ainda assim preferias esta última...

Amei tanto uma como a outra. 'A Força do Querer' tinha uma narrativa mais coerente, personagens femininas extraordinárias e núcleos secundários muito bem escritos, todos eles fulcrais no desenvolvimento da história.

Depois temos a amada 'O Outro Lado do Paraíso', com uma premissa central tão básica mas ao mesmo tempo tão envolvente e impactante! Aqui se vê que muitas vezes não importa o facto de estarmos a ver os mesmos temas serem abordados várias vezes, mas sim como essas mesmas histórias estão a ser contadas. OOLDP prendeu-me completamente desde o ínicio, algo que só me aconteceu com AFDQ numa certa altura. Alguns núcleos secundários (como os garimpeiros, o casal Xodó e Cléo, e o triângulo Amaro/Estela/Juvenal) foram um bocadinho chatos, mas em compensação os restantes tinham conteúdo para dar e vender, principalmente o núcleo Laura/Vinícius/Lorena que foi talvez o núcleo secundário que mais me marcou numa novela! :crying:

São ambas grandes novelas. Estas, junto com 'Avenida Brasil' formam sem dúvida o trio das grandes novelas das 21h que a Globo teve nesta década que passou. 'Velho Chico'', 'A Guerreira' e 'Amor á Vida' também foram boas, porém não tão boas quanto as outras 3 na minha opinião. As restantes ora foram más ora foram-me indiferentes. A Globo teve uma década bastante penosa no que ás suas novelas das 9 diz respeito.

Edited by Maya

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 9 minutos, Maya disse:

Amei tanto uma como a outra. 'A Força do Querer' tinha uma narrativa mais coerente, personagens femininas extraordinárias e núcleos secundários muito bem escritos, todos eles fulcrais no desenvolvimento da história.

Depois temos a amada 'O Outro Lado do Paraíso', com uma premissa central tão básica mas ao mesmo tempo tão envolvente e impactante! Aqui se vê que muitas vezes não importa o facto de estarmos a ver os mesmos temas serem abordados várias vezes, mas sim como essas mesmas histórias estão a ser contadas. OOLDP prendeu-me completamente desde o ínicio, algo que só me aconteceu com AFDQ numa certa altura. Alguns núcleos secundários (como os garimpeiros, o casal Xodó e Cléo, e o triângulo Amaro/Estela/Juvenal) foram um bocadinho chatos, mas em compensação os restantes tinham conteúdo para dar e vender, principalmente o núcleo Laura/Vinícius/Lorena que foi talvez o núcleo secundário que mais me marcou numa novela! :crying:

São ambas grandes novelas. Estas, junto com 'Avenida Brasil' formam sem dúvida o trio das grandes novelas das 21h que a Globo teve nesta década que passou. 'Velho Chico' também foi uma boa novela, porém não tão boa quanto as outras na minha opinião. As restantes ora foram más ora foram-me indiferentes. A Globo teve uma década fraquinha no que ás suas novelas das 9 diz respeito.

E Salve Jorge (A Guerreira)? Tinha a ideia que adoras essa novela.

Edited by Black & White

Share this post


Link to post
Share on other sites
Just now, Black & White said:

E Salve Jorge (A Guerreira)? Tinho a ideia que adoras essa novela.

Já editei Black, obrigada. Foi lapso meu, resultado do facto da Globo ter tido novelas tão fraquinhas no seu prime time nesta decada. As novelas das 19h foram bem melhores que as da noite, que não podem sequer ser comparadas com as das 18h!

Tanto SJ como AáV foram novelas das quais gostei muito. As restantes, como referi no meu comentário, ou não gostei ou foram-me indiferentes.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, Maya said:

Amei tanto uma como a outra. 'A Força do Querer' tinha uma narrativa mais coerente, personagens femininas extraordinárias e núcleos secundários muito bem escritos, todos eles fulcrais no desenvolvimento da história.

Depois temos a amada 'O Outro Lado do Paraíso', com uma premissa central tão básica mas ao mesmo tempo tão envolvente e impactante! Aqui se vê que muitas vezes não importa o facto de estarmos a ver os mesmos temas serem abordados várias vezes, mas sim como essas mesmas histórias estão a ser contadas. OOLDP prendeu-me completamente desde o ínicio, algo que só me aconteceu com AFDQ numa certa altura. Alguns núcleos secundários (como os garimpeiros, o casal Xodó e Cléo, e o triângulo Amaro/Estela/Juvenal) foram um bocadinho chatos, mas em compensação os restantes tinham conteúdo para dar e vender, principalmente o núcleo Laura/Vinícius/Lorena que foi talvez o núcleo secundário que mais me marcou numa novela! :crying:

São ambas grandes novelas. Estas, junto com 'Avenida Brasil' formam sem dúvida o trio das grandes novelas das 21h que a Globo teve nesta década que passou. 'Velho Chico'', 'A Guerreira' e 'Amor á Vida' também foram boas, porém não tão boas quanto as outras 3 na minha opinião. As restantes ora foram más ora foram-me indiferentes. A Globo teve uma década bastante penosa no que ás suas novelas das 9 diz respeito.

Pra mim OOLDP foi das piores da década, e não sou o único a pensar dessa forma. Respeito a tua opinião, no entanto. :) 

E posso te perguntar quais são as novelas das 9 que se enquadram na tua lista de más novelas e as que te são indiferentes?? @Black & White Também podes entrar na palheta. :P 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minute ago, Harry Cameron said:

Pra mim OOLDP foi das piores da década, e não sou o único a pensar dessa forma. Respeito a tua opinião, no entanto. :) 

E posso te perguntar quais são as novelas das 9 que se enquadram na tua lista de más novelas e as que te são indiferentes?? @Black & White Também podes entrar na palheta. :P 

Novelas que amei: 'Avenida Brasil', 'A Força do Querer' e 'O Outro Lado do Paraíso'

Novelas que gostei: 'Velho Chico' (Que ainda não vi toda), A Guerreira'/'Salve Jorge' e 'Amor á Vida'

Novelas que detestei: 'Fina Estampa', 'Em Família', 'Babilónia', 'A Regra do Jogo' e 'A Lei do Amor'

Novelas que me foram indiferentes: 'Passione', 'Insensato Coração', 'Império' e 'Segundo Sol'

Isto em matéria de novelas das 9, pois caso fosse nas das outras faixas as listas seriam um tanto diferentes.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 16 minutos, Harry Cameron disse:

Pra mim OOLDP foi das piores da década, e não sou o único a pensar dessa forma. Respeito a tua opinião, no entanto. :) 

E posso te perguntar quais são as novelas das 9 que se enquadram na tua lista de más novelas e as que te são indiferentes?? @Black & White Também podes entrar na palheta. :P 

Bem, eu adorei Por Amor (1997) é a minha novela preferida das nove (oito na altura).

Desta década assisti vagamente Fina Estampa que não gostei muito, Avenida Brasil, que pareceu ótima e eu vou vê-la daqui a uns tempos.

Salve Jorge e Império vi uns 60% delas e gostei bastante.

Aquelas que vieram a seguir a Império até à Lei do Amor vi apenas os primeiros episódios (ARDJ e B), tirando Velho Chico e a própria A Lei do Amor.

A Força do Querer, deixei de ver lá para o episódio 30 e tal, por falta de tempo na altura e entretanto não retomei, mas até estava a gostar.

OOLDP não me suscita nenhuma curiosidade mesmo e Segundo Sol, suscita bastante. Confesso que esse meu desinteresse pelo o OOLDP é devido às coisas que li acerca dos núcleos secundários....

Digamos que sempre acompanhei vagamente a ficção brasileira, mas há uns tempos para cá tenho me dedicado mais à ficção da Globo.

As três novelas que mais gosto da Globo são, Verdades Secretas, Sangue Bom (que estou a rever e já não me lembrava de quase nada, mas que agora já entendo o porquê de na altura ter amado a novela mesmo vendo só de vez em quando, o porquê é que a novela é maravilhosa mesmo) e Por Amor.

Em Família quero ver, porque quero conhecer todas as Helenas do Manoel Carlos.

Edited by Black & White

Share this post


Link to post
Share on other sites

O meu top 10 mais recente das novelas do Brasil (das que vi claro, imensas delas não vi)

 

1 – Velho Chico

2 – Avenida Brasil

3 – O Clone

4 – Tempo de Amar

5 – Paraíso

6 – Liberdade Liberdade

7 – A Força do Querer

8 – Chocolate com Pimenta

9 – Eta Mundo Bom

10 – Amor à Vida

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Insensato Coração: não vi nada, ainda não estava atento às brasileiras nessa altura.

Fina Estampa: muito fraca. Só servia como entretenimento, porque era de muito fácil consumo e dava para distrair.

Avenida Brasil: apesar de não ser a deusa que pintam, foi uma novela excelente, cheia de ritmo. Uma das melhores da década.

Salve Jorge: núcleos secundários chatos, mas o principal bombástico. Ótima novela.

Amor à Vida: a menos boa do Walcyr, mas mesmo assim foi boa.

Em Família: novela chata, ninguém aguentava.

Império: novela chata também, deixei de ver na segunda semana.

Babilónia: começou bem, mas tornou-se o desastre que todos sabemos.

A Regra do Jogo: gostei bastante.

Velho Chico: uma chatice, deixei de ver quando entrou na atualidade.

A Lei do Amor: outro desastre.

A Força do Querer: brilhante.

O Outro Lado do Paraíso: amei também. A melhor da década para mim.

TOP:

  1. O Outro Lado do Paraíso
  2. A Força do Querer
  3. Avenida Brasil
  4. Amor à Vida
  5. A Regra do Jogo
  6. Salve Jorge
  7. Fina Estampa
  8. Em Família
  9. Babilónia

As outras não entram porque não as vi do início ao fim.

Edited by Pedro M.
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pegando na lista do @Pedro M. das novelas das 9 da década:

Insensato Coração, Salve Jorge, Em Família, A Lei do Amor, A Força do Querer -> não vi nem um episódio inteiro delas, passaram-me ao lado.

Fina Estampa - como disse o Aguinaldo, "arrasada pela crítica e adorada pelo público" e aqui me insiro também. Não foi nenhum história do outro mundo, muito pelo contrário, mas via-se tão bem! Cumpriu o seu propósito, entreter.

Avenida Brasil - o fenómeno que todos sabemos. Adorei.

Amor à Vida - também gostei muito, apesar de ter deixado a novela durante umas semanas em que ganhou ali uma barriga grande mas depois retomei na recta final.

Império - mais uma novela que gostei bastante! Não perdi um único episódio. Houveram alguns momentos mais chatos mas foi uma novela interessante. O episódio final foi épico!

Babilónia - começou bem mas logo se tornou uma porcaria autêntica, já todos sabemos porquê.

A Regra do Jogo - acompanhei até ao fim mas chegou a uma fase em que comecei a avançar todos os núcleos secundários de tão péssimos que eram. No entanto a história principal foi ótima. Atena ❤️:happy:

Velho Chico - a maior obra de arte da ficção brasileira dos últimos anos. Uma novela emocionante e poética como nunca vi antes. Tudo aqui era perfeito. Não há muito o que dizer para descrever esta obra prima!

O Outro Lado do Paraíso - bem, não consigo ter ainda uma opinião muito definida sobre ela. Por um lado amei mas a certo ponto abandonei e nunca mais lhe peguei. Só ontem vi o episódio final na SIC. A premissa foi excelente, houveram grandes momentos mas acho que foi uma trama mal aproveitada. Com esta sinopse eu acho que o Walcyr podia ter "viajado" mais e ter feito uma novela épica. Por exemplo a cena do regresso da Clara, foi boa mas achei meia sem sal. Podia ter sido tudo muito mais grandioso, não sei se me faço entender...         

 

O meu top fica então:

Velho Chico 

Avenida Brasil 

Império 

Amor à Vida 

Fina Estampa 

A Regra do Jogo 

O Outro Lado do Paraíso 

Babilónia

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como brasileiro assisti quase todas as novelas das nove desta década eis minha visão a cada uma dela:

Passione, para mim foi uma novela regular teve um início e metade desanimadoras, da metade até seu fim teve uma recuperação muito boa, até chegar ao ápice em que Clara se finge ser boazinha para dar de novo um novo golpe em Totó, que já nessa altura conhecia muito bem o caráter de sua esposa. O final de Clara foi surpreendente, julgo um dos melhores personagens da Mariana Ximenes em novelas.

Insensato Coração, também a julgo ser uma novela regular , como aconteceu com sua antecessora os vilões dominaram toda a novela, e teve um casal muito sem graça e sem peso na novela, já que a trama central cabia na dubialidade de Norma em se vingar do golpista e psicopata de Léo.

Fina Estampa, a meu ver é a novela mais fraca desta década e também de Aguinaldo Silva. A novela funcionou bem por ser popular, ter uma mocinha e vilã muito bem defendidas e também cheias de clichês usadas nas novelas anteriores do autor. Percebe-se também que todos os crimes de Tereza Cristina ela reverenciava a Nazaré, as vezes até sua tia Iris, também era uma reverencia a vilã Altiva.

Avenida Brasil, é a minha novela favorita nesta década, vibrei muito nos capítulo que viriam ser épicas, quando Carminha enterraa Nina, ou Nina pedindo para Carminha servi-la e também quando Nina corta o cabelo da vilã.

Salve Jorge, para mim é a novela mais fraca e sem sal de Glória Perez, até ''Explode Coração'' que a considero fraca é melhor do que esta novela. Núcleos secundários chatos, tirando o núcleo de Aicha que fora sequestrada quando bebê e o principal melhorzinho.

Amor á Vida, eu não assisti por inteiro, odiei esta novela. Tinha uma premissa de inicio muito bom, mas, se perdeu no caminho para virar popular. 

Em Família, era para ser um desfecho das novelas do Maneco redonda, porém, se viu uma história frágil e sem o porquê daquela trama central tão desconexa com a proposta, Laerte era para ser um mocinho torto e acabou por ser um vilã chato e tedioso para o ator Gabriel Braga Nunes e Luíza fora uma protagonista sonsa a la Joyce de '' História de Amor'' e Camila de ''Laços de Família''.

Império, é melhozinha depois de ''Fina Estampa'' de Aguinaldo. Um núcleo principal redondo, cheios de ganchos. Não assisti assiduamente, mas, quando assistia dava vontade de assistir. Não gostava muito do Téo Pereira lembrava muito as coisas ácidas do próprio autor aos seus colegas jornalistas (Aguinaldo Silva antes de ser autor de novelas, fora jornalista policial).

Babilônia, não assisti a novela, não posso opinar. Inicio bom e final trágico e vergonhoso. Mocinha chata, Camila Pitanga até tentou, mas, não conseguiu fazer de sua Regina a melhor de sua carreira.

A Regra do Jogo, posso dizer que é uma novela confusa, com um núcleo principal bom e secundários desnecessários. É a pior novela de João Emanuel Carneiro.

Velho Chico, pode se tornar uma obra prima, porém, como novela das nove não funcionou. Benedito Ruy Barbosa já funcionou para este horário, mas, os tempos são outros. Deveria ter permanecido no horário das seis. Um inicio muito bom para uma primeira fase. Julgo que é a melhor primeira fase de uma novela das nove há anos. Mas, quando veio a segunda fase, começou a enrolar para ter as história concentradas do meio para seu fim. Infelizmente houve duas tragédias no meio da novela, primeiro o AVC sofrido pelo Umberto Magnani posterior a sua morte e depois a trágica morte precoce de Domingos Montagner.

A Lei do Amor, é a pior novela da Globo em anos, nem sei o que comentar aqui, mocinha e mocinho sem graças. Um vilão preguiçoso. Vera Holtz levou a novela nas costas, conseguiu pelo menos com o seu talento não deixar a novela mais vergonhosa de todos os tempos. E olha que Maria Adelaide Amaral é uma grande autora.

A Força do Querer, para mim fica empatada com ''Avenida Brasil''. Tudo na novela funcionou. Com cara de uma novela realista. Glória Perez foi muito feliz nesta novela. Tudo casou bem nesta novela, nenhum ator deixou a desejar, e isso é muito raro, mesmo com os deslizes com Fiuk, ele não fez tão feio assim e tão pouco comprometeu a novela. Será lembrada como a novela da Bibi Perigosa ou da Ju Paes.

O Outro Lado do Paraíso, não amo e nem odeio esta novela, a mim ficou no meio termo. O que funcionou nesta novela foram os em trechos populares que o Walcyr Carrasco sabe imprimir em suas novelas. Para uma novela das nove funcionou e não funcionou como deveria ser. Funcionou pois tinha personagens para torcer, Clara era mocinha tradicional que o público iria torcer de qualquer jeito, o que não funcionou foi a história que mudava quando Walcyr achava que deveria mudar, muitos personagens ali mudavam de caráter de uma hora para outra.

Segundo Sol, que ainda estar no ar, a considero mediana, tem vários furos de roteiro precários ali, que as vezes nem parece ser do autor de A Favorita e Avenida Brasil. O medo de fazer uma novela nos moldes de sua anterior comprometeu a narrativa desta, ou, talvez se ''O Sétimo Guardião'' fosse a substituta de ''O Outro Lado do Paraíso'', talvez ''Segundo Sol'' tivesse uma história redonda e coerente. Porém, é uma boa novela, elenco muito bem destacado e pela primeira vez em novelas do João, núcleos secundários muito melhores do que o principal. 

Meu top das novelas:

A Força do Querer

Avenida Brasil

Velho Chico

Passione

Insensato coração

Império

A Regra do Jogo

Segundo Sol

O Outro Lado do Paraíso

Salve Jorge

Amor á Vida

Fina Estampa

Em Família

Babilônia

A Lei do Amor

Edited by DanielNunes
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Embora não tenha acompanhado com "olhos de ver" a grande maioria das novelas das 9 (só vi cinco novelas nesta década) aqui vão as minhas observações sobre o que vi das mesmas:

Passione: Vi muito pouco. A personagem da Mariana Ximenes era excelente, mas o resto foi-me indiferente.

Insensato Coração: Acompanhei a recta final, quando dava praticamente colada a 'Gabriela' e 'O Astro'. Gostei dos personagens da Glória Pires e do Gabriel Braga Nunes, mas não foi uma novela que me tenha ficado na memória.

Fina Estampa: Novela com diálogos e núcleos muito brejeiros. È para esquecer completamente!

Avenida Brasil: Uma das melhores novelas da década no horário das 21h. Desde o texto, á realização, aos personagens... Uma novela inesquecível que ficou no meu coração.

Salve Jorge/A Guerreira: Como já disseram por aqui, os núcleos secundários foram o grande calcanhar de Aquiles desta novela. Não fosse isso, a novela teria sido tão boa quanto as três melhores novelas das 9 desta década. A história central da novela era muito forte, e rendeu das cenas mais emocionantes já vistas em novelas!

Amor a Vida: Amei os primeiros episódios, depois a meio é que deixei de ver uns quantos. Foi uma boa novela, porém considero-a a menos bem conseguida do nosso "mestre" Walcy Carrasco.

Em Família: Novela enfadonha, com personagens sem qualquer função na história, que já era totalmente moribunda por si só. Mais uma para esquecer.

Império: Não vi quase nada. Do que vi, não a considero nem boa nem má. Na minha opinião até subiu uns quantos pontinhos face a 'Fina Estampa', mas mesmo assim não me cativou nem um bocadinho. Outra para esquecer.

Babilónia: Para mim a pior da década. Bastou-me ver meia dúzia (nem isso) de capítulos para me dar conta da realização sofrível, personagens ocas, e um grande elenco completamente desperdiçado.

A Regra do Jogo: Novela confusa, que parecia andar em círculos. Não gostei!

Velho Chico: Novela linda, com uma realização inovadora e fotografia magistral. A história do casal protagonista é das mais bonitas que eu já vi em novelas, e alguns personagens secundários também são interessantes, mas tem outros que são um verdadeiro verbo de encher.

A Lei do Amor: O grande problema desta novela foi abusar, com toda a pretensão do mundo, dos clichés. Sem dúvida das mais fracas que a Globo já teve nesta década.

A Força do Querer: Uma grande produção, tão extraordinária e completa em praticamente todos os aspectos. A Globo está de parabéns por mais este grande marco na sua história!

O Outro Lado do Paraíso: Que mais posso dizer da "minha" tão amada novela?! Para mim foi a melhor da década, a par de 'Avenida Brasil' e de 'A Força do Querer'. A permissa principal foi forte e bem desenvolvida, mas os núcleos secundários, sobretudo os dos atores mais velhos e os que estavam incluídos no role de vinganças da Clara, é que acabaram por roubar a cena.

Segundo Sol: Não acompanho, mas do pouco que vi creio que seja daquelas novelas que se vê bem.

 

Top:
1. Avenida Brasil
2. A Força do Querer
3. O Outro Lado do Paraíso
4. Velho Chico
5. Salve Jorge
6. Amor á Vida

As restantes ou não gostei ou foram-me indiferentes.
Os três primeiros lugares são difíceis de atribuir, pois gostei destas três novelas de igual forma.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem, porque não continuar a trend? :D

Passione - Meh. Gostei da Clara, gostei do elenco, e é tudo o que tenho a dizer.

Insensato Coração - Não tenho memórias quase nenhumas :P

Fina Estampa - Não tenho grandes recordações da transmissão original (em Portugal), mas vendo alguns vídeos, aquilo parece uma versão brasileirada dos Malucos do Riso. Sem recorrer à internet para me ajudar, só me lembro da vilã e daquela personagem brejeira que era um mordomo gay ou lá o que era..... mas dá para perceber que brejeirice é o que a novela fazia de melhor. Isso tem os seus prós e contras, e imagino que se calhar até dava para ver bem e sem preocupações, mas como novela de horário nobre, é um pitch fraco. Mas pronto, teve a maior audiência da década, portanto lá funcionar funcionou, no que diz respeito ao público (vá, pelo menos o público fora da internet, porque parece que quase toda a gente detestou isto :rofl:).

Avenida Brasil - Nada a adicionar que não tenha sido já dito. Aparte dos núcleos secundários mais ou menos, é a novela mais cativante e mais memorável do horário das 21h da Globo na década. O núcleo principal é inesquecível. Eu prefiro A Favorita no que toca ao JEC, mas AB foi muito forte também.

Salve Jorge/A Guerreira - Mais uma vez, nada que possa dizer seria novo. Núcleos secundários fracos, mas núcleo principal soberbo e muito bem conseguido. Ótima novela, e underrated até dizer chega no seu país de origem (a rejeição que levou no Brasil foi muito injusta na minha opinião).

Amor à Vida - Foi boa. Nada assim de estupendo nem por aí, mas gostei do que vi (que não foi tudo, mas foi o suficiente). Também achei que se esticou um bocadinho a mais, mas no geral, manteve-se sempre no limiar do agradável, se bem que nunca me fascinou tanto como a muitos outros.

Em Família - Um autêntico desastre. Não havia quase ligação nenhuma entre quase todas as personagens, a história era uma seca pior que aquela que a África tem de levar, a escrita era aberrante....... o Maneca virou Patrícia Muller, só pode. Pior novela que a Globo fez às 21h nesta década até agora.

Império - Odiei. De morte. Outra seca desmedida, e ainda por cima, ao contrário do Em Flopília, esta até tinha muito potencial. Eu admito que esperava alguma coisa que seguisse o realismo fantástico, mas pronto, não posso julgar a novela por aquilo que foi. Mas aquilo que foi, foi muito chato. Uma verdadeira cura para a insónia. E muito brejeiro, também. O elenco foi muito bom (especialmente o protagonista e os vilões), e o final foi extraordinário, mas de resto, achei uma porcaria. Se Fina Estampa realmente foi pior do que isto..... wow.

Babilónia - Não vi muito, mas daquilo que espreitei, não tenho nada a dizer de novo: começou bem, foi rejeitada sem surpresa nenhuma (uma pena, mas o que se vai fazer) e estragaram-na à grande e à francesa lá para a frente. Talvez um remake daqui a 20 anos, com uma história mais sólida e quando os brasileiros tiverem uma mente... menos fechada (com todo o respeito aos cujos), faça jus ao potencial que tinha.

A Regra do Jogo - Outro flop de qualidade.... esta linhazinha desde Em Flopília até aqui foi uma pérola, sem dúvida. Achei demasiado confusa e incongruente. O título era muito irónico, porque a novela parecia que não tinha regras em como contava a sua história, e não digo isso como elogio. Gostei da vilã e de alguns núcleos secundários, mas a história estava tão perdida dentro de si que estragou aquilo tudo. Apesar de que o JEC teve pausa de 2 anos depois de Avenida Brasil (entre A Favorita e AB esperou 4), dá para ver que isto foi um bocado atirado para as prateleiras à pressa, com esperança de poderem vender um produto não pensado como devia ser às massas para ver se ainda podiam aproveitar a onda de popularidade de AB antes que esta se esfumasse.

Velho Chico - Não vi nem um episódio, mas dos poucos vídeos que vi, pareceu interessante.

A Lei do Amor - Tal como Velho Chico, nunca vi nada. Ao contrário de Velho Chico, não tenho interesse nenhum :P

A Força do Querer - A melhor novela das 21h na década, e possivelmente uma das melhores novelas do século XXI até agora. Se calhar uma das melhores de sempre, até. Quase tudo funcionou. O núcleo principal, os secundários, a realização, a mistura exímia entre o real e a fantasia, os temas, o elenco..... foi tudo brilhantemente organizado. Eu até achava que algumas coisas iam cair no clichê e ser lamechas, mas acabaram por surpreender pela positiva (especialmente a Ivana, que foi provavelmente a melhor abordagem de sempre do tema que lhe cabia, e o Yuri, quem eu achava que ia odiar pela conotação estereótipica que estava a dar a miúdos gamer/cosplayer, mas depois levaram por um caminho especialmente interessante). Obra espetacular.

O Outro Lado do Paraíso - Do que tenho visto, até compreendo mais ou menos quem não gosta, mas eu até vejo aquilo mais ou menos bem. Quer dizer, não vejo muito, mas quando vejo, acho que se vê decentemente. É como Amor à Vida, nesse aspeto. Gosto do núcleo principal, especificamente da Clara e da vilã. Os secundários são um bocado chatos e o texto é fracote, sim, mas pronto, em termos de atmosfera e de história principal, é boazita.

Segundo Sol - Nada vi até agora, mas a história desperta-me curiosidade. Se espreitar, deverá ser enquanto dá na SIC

RANKINGZ:

  1. A Força do Querer
  2. Avenida Brasil
  3. Salve Jorge/A Guerreira
  4. Amor à Vida
  5. O Outro Lado do Paraíso
  6. Passione
  7. A Regra do Jogo
  8. Império
  9. Babilónia
  10. Em Família
Edited by Johnman
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho que podíamos fazer das novelas das 7 a partir de 2010 :).

Quem começa?

Edited by Black & White
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Expliquem porque acham OOLDP boa, e Amor à Vida um aberração?

Expliquem porque acham OOLDP boa, e Amor à Vida um aberração?

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 54 minutos, Duarte com D disse:

Expliquem porque acham OOLDP boa, e Amor à Vida um aberração?

Expliquem porque acham OOLDP boa, e Amor à Vida um aberração?

No meu caso, não acho nada Amor à Vida uma aberração. Gostei bastante da novela, só a acho a menos boa do Walcyr. O início foi incrível, com um equilíbrio perfeito entre a comédia, o romance e o drama. Teve personagens que ficaram para a História (Valdirene e Félix)... Só que foi bastante prejudicada pelos 221 episódios. Houve fases muito chatas, onde o autor descambou para a vergonha alheia com a Perséfone e o casal Caio Castro/Maria Casadevall. Senti uma barriga enorme em determinado ponto da história. O plot principal também se resolveu bastante rápido. Não houve uma gestão muito boa em termos de história e o seu desenvolvimento. 

O Outro Lado do Paraíso foi excelente. Eu sei reconhecer que houve falhas, não sou um cego fanático, mas no pacote a novela, para mim, foi incrível. Teve personagens e núcleos que me marcaram muito (a fase em que a Laura esteve em evidência fez-me chorar várias vezes), e era uma daquelas novelas que eu tinha sempre vontade de ver. Adorei. Por mais que saiba reconhecer que, em termos artísticos, A Força do Querer é a novela das nove da década, O Outro Lado do Paraíso marcou-me mais e é a minha preferida. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

É engraçado que eu gosto sempre das novelas que a maioria das pessoas não gosta. :haha: Amor à Vida, Passione, Insensato Coração, Fina Estampa, Salve Jorge... Eu sei reconhecer que tiveram várias falhas, mas no geral adorei todas elas. 
Relativamente às mais recentes, com a perda de presença das novelas na SIC, comecei a desligar-me um bocado da ficção brasileira (até porque nunca encontrei um site decente :ph34r:), portanto as últimas novelas desta década passaram-me ao lado. Não meti os olhos em A Lei do Amor, em Velho Chico, em A Força do Querer... Nem mesmo em O Outro Lado do Paraíso. A última que me lembro de ter visto partes foi A Regra do Jogo e aquilo era muito mauzinho. :mosking: 

Sendo assim, o meu top é: 

1. Avenida Brasil 
2. Amor à Vida
3. Salve Jorge
4. Fina Estampa 
5. Insensato Coração
6. Passione 
7. Em Família 
8. Babilónia
9. Império 
10. A Regra do Jogo 

  • Love 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 21 minutos, Miguel S. disse:

É engraçado que eu gosto sempre das novelas que a maioria das pessoas não gosta. :haha: Amor à Vida, Passione, Insensato Coração, Fina Estampa, Salve Jorge... Eu sei reconhecer que tiveram várias falhas, mas no geral adorei todas elas. 
Relativamente às mais recentes, com a perda de presença das novelas na SIC, comecei a desligar-me um bocado da ficção brasileira (até porque nunca encontrei um site decente :ph34r:), portanto as últimas novelas desta década passaram-me ao lado. Não meti os olhos em A Lei do Amor, em Velho Chico, em A Força do Querer... Nem mesmo em O Outro Lado do Paraíso. A última que me lembro de ter visto partes foi A Regra do Jogo e aquilo era muito mauzinho. :mosking: 

Sendo assim, o meu top é: 

1. Avenida Brasil 
2. Amor à Vida
3. Salve Jorge
4. Fina Estampa 
5. Insensato Coração
6. Passione 
7. Em Família 
8. Babilónia
9. Império 
10. A Regra do Jogo 

Se quiseres eu digo-te sites decentes para ver.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora vou falar das minhas tão estimadas novelas das 6 desta década, que foram para mim (e de longe) as melhores da Globo:

Escrito nas Estrelas: Novela linda, emocionante, surpreendente... Não houve nada nesta novela que eu não tenha gostado. A permissa do protagonista, que morreu logo no início do segundo episódio, permanecendo na novela até ao fim como espírito, foi muito interessante. Foi a primeira novela da Elizabeth Jhin que acompanhei e o meu balanço geral não podia ser mais positivo!

Araguaia: Vi muito pouco desta novela. Tinha um casal protagonista interessante, mas é só disso que me recordo.

Cordel Encantado: Uma verdadeira fábula! O que mais me impressionou nesta obra prima foi a associação quase inusitada entre a monarquia e o sertão brasileiro, que nesta novela foi feita de uma forma totalmente credível e até mesmo didática! Tudo nesta novela foi extraordinariamente bem conseguido, desde o texto maravilhoso, ao elenco fenomenal, á realização caprichada... È daquelas novelas que todos temos que ver antes de morrer! Parabéns ás autoras e á Globo por este marco na ficção brasileira!

A Vida da Gente: Provavelmente a mais emocionante de todas as novelas das 6 desta década. Juro-vos que não me recordo de alguma vez ter dado uma gargalhada a ver esta novela, de tantas vezes que chorei a vê-la, tamanha a emoção e o realismo imprimidos na maior parte das cenas. A cumplicidade entre as protagonistas, as irmãs Ana e Manuela, era o que mais me emocionava na novela. Até nas cenas mais simples elas conseguiam transmitir com um simples olhar ou movimento corporal uma ternura tão genuína, tão fora deste mundo! A Eva, por outro lado, foi uma vilã que me marcou muito pela negativa. Uma mulher fria, amarga, egoísta, e completamente indiferente ao sofrimento das filhas. Felizmente, tanto a Manu como a Ana tinham sempre o colinho da avó Iná pronto para as acolher.
Os diálogos da novela eram de uma riqueza fora deste mundo. Fiquei fã da Lícia Manzo!

Amor Eterno Amor: A única novela das 6 desta década da qual não gostei rigorosamente nada! A história do casal protagonista era uma barafunda autêntica, e os núcleos secundários uma chatice pegada.

Lado a Lado: Uma produção incrível. A história das duas protagonistas, que desafiaram com coragem e determinação o conservadorismo extremo que predominava na época e prejudicava sobretudo as mulheres, foi muito forte e rendeu cenas que até hoje não esqueco. O casal Laured foi outro ponto alto da novela. Eu vibrava com os diálogos inseridos nas conversas deles!
Em suma, 'Lado a Lado' acabou por ser uma linda homenagem a todas as mulheres que, ao longo da história, foram lutando persistentemente pelos seus direitos e por um país mais justo e igualitário. Só por isto os autores da novela merecem ser aplaudidos de pé!

Flor do Caribe: Mais uma que amei do ínicio ao fim. Uma novela com uma vibe muito descontraída, muito "verão" por assim dizer. Ainda hoje me recordo da imagem linda que a novela tinha, e dos exteriores paradisíacos, tão bonitos e extraordinariamente bem inseridos em cenas onde os personagens apareciam.  FdC é talvez a novela mais "bonita", do ponto de vista da estética, que a Globo teve nesta última década!
O ritmo da novela era excelente, a história principal foi forte e bem desenvolvida, o trio de protagonistas era coeso (e lindos, diga-se de passagem...), tudo isto em contraponto com os núcleos secundários, que eram mais leves, mas ainda assim interessantes na sua maioria.
FdC é daquelas novelas que, se tivesse sido aposta da SIC aquando o término de 'Sangue Bom', teria feito um brilharete no horário das 19h, mas ao invés disso, e sabe-se lá porquê, foram apostar em 'Em Família'...

Jóia Rara: A permissa da novela era incrível. A Mel Maya, protagonista, é de facto uma menina prodígio!
No entanto, e embora tenha gostado da novela, tenho que reconhecer que esta teve alguns momentos mortos e alguns núcleos desinteressantes. O casal protagonista (Amélia e Franz) foi bom, mas quem acabou por roubar a cena foi o casal Mundo e Iolanda, que foi dos mais marcantes de sempre com a sua tão sofrida história.
A novela foi boa, mas claramente inferior á anterior das autoras, 'Cordel Encantado'.

Meu Pedacinho de Chão: Não vi muito desta novela. Era basicamente um conto de fadas, direccionada sobretudo aos mais novos. Acabou por me ser indiferente, mas mesmo assim aplaudo a Globo pela irreverência e capacidade de inovar.

Boogie Oogie: Mais uma grande novela na faixa das 6. O plot, mesmo não sendo propriamente uma inovação, foi muito bem defendido e rendeu ótimas cenas. O ritmo da novela era bem frenético, bem ao estilo anos 70 onde a trama estava inserida. Gostei sobretudo da recriação e abordagem dessa mesma década, tão mágica e revolucionária em vários aspetos! Os diálogos "á lá Vilhena" eram aquela pérola que todos tão bem conhecemos, e praticamente todos os núcleos eram interessantes. O único defeito que a novela teve foi o facto do nosso "mestre" Vilhena ter deslocado o pé do acelerador após o episódio 100, mas felizmente a reta final acabou por compensar este pequeno deslize.
A Sandra e a Vitória foram duas protagonistas muito bem conseguidas. A Bianca Bin muito provavelmente teve aqui o seu melhor desempenho em televisão.
Sem dúvida uma novela que deixou saudades!

Sete Vidas: Das novelas mais bonitas que já tive a oportunidade (e o prazer) de acompanhar. Nesta novela não houveram vilões, mas o mais extraordinário foi constatar que estes não fizeram a menor falta na história! Ainda hoje recordo emocionada a cena do parque, na qual os seis irmãos se encontraram com o intuito de iniciarem uma relação familiar. As cenas na Antártida (que na verdade foram filmadas na Patagónia) deixavam-me encantada sempre que as via!
Mais uma novela linda e emocionante da autoria da Lícia Manzo, cuja sensibilidade, maestria e talento para a escrita e criação de diálogos fazem dela uma das grandes autoras do futuro.

Além do Tempo: Ver um episódio desta linda novela é a mesma coisa que olhar para um diamante em bruto. Foi sem dúvida um grande marco na ficção brasileira, muito graças á permissa inovadora que trouxe ao género novela, que misturada com os tradicionais condimentos de uma novela das 6. desde a bonita história de amor entre o casal protagonista ao conflito intemporal entre outras duas personagens, fez desta uma produção essencialmente revolucionária no género.
Houveram muitos pontos altos á medida que a novela se desenvolvia, mas o momento mais marcante de toda a trama foi sem dúvida o episódio em que se dá a mudança de fases... Ainda hoje fico arrepiada só de lembrar da cena do metro! Foi tão bem feita, tão impactante, tão magistral! O segundo reencontro dos protagonistas também foi arrepiante, e a história da Vitória e da Emília na segunda fase foi emocionante ao extremo!
Se pudesse escrever uma página de texto unicamente dedicada a 'Além do Tempo' falo-ia com todo o gosto, mas prefiro terminar este meu pequeno resumo referenciando a autora Elizabeth Jhin, que teve nesta novela uma brilhante recuperação face á sua anterior obra (é que nem se podem comparar as novelas!), e ao sempre sublime realizador Papinha.

Etá Mundo Bom: O grande Walcyr Carrasco não podia ter regressado ao horário das 6 da melhor forma! Ele é indiscutívelmente o "rei" do horário das 6, ninguém pode dizer o contrário.
A novela lembrou muito outras produções do Walcyr nesta faixa, e neste caso ainda bem que isso aconteceu! O Walcyr consegue como ninguém pegar na sua fórmula vencedora e contá-la de uma forma diferente. 'Etá Mundo Bom' foi, ao fim ao cabo, uma "manta de retalhos" muito bem cozida, com todos os adereços que fizeram do Walcyr o melhor autor de novelas do horário em questão!
Ainda tenho saudades do pessoal do sítio, bem como do "prefessô" Pancrácio e seus inúmeros disfarçes. Mais uma obra de arte no horário das 6 que me ficou no coração!

Sol Nascente: Não vi muito. Gostei dos protagonistas e de alguns personagens secundários, mas no geral (daquilo que vi) a novela acabou por me passar totalmente ao lado. Não considero fraca (como AEA), mas também não achei nada do outro mundo.

Novo Mundo: Confesso que aquela fotografia estranha me causou alguma impressão ao início, mas depois acabei por me habituar a este "pequeno detalhe". Não segui a novela integralmente, já que deixei de acompanhar a dada altura devido á chatice em que esta se tornou, mas no computo geral considero-a uma boa novela, com romance e personagens carismáticos e que tão familiares nos são!

Tempo de Amar: Do que vi, a história principal pareceu-me bem forte, mas não me indentifiquei minimamente com os personagens secundários. Foi uma novela indiferente para mim.

Orgulho & Paixão: Ainda vou a meio da "viagem", mas até agora tenho gostado de tudo! Adorei a ideia do autor de se inspirar em várias obras da escritora britânica Jane Austen, que eu tanto admiro, "transformando-as" numa só novela!
Adoro as irmãs Benedito! Também sou fã de toda aquela atmosfera mágica que o Vale do Café nos transmite, bem como dos diálogos que estão muito bem escritos. Os vilões desta novela também foram muito bem concebidos. aliás esta novela tem talvez o melhor grupo de vilões vistos em novelas nos últimos anos!
Já os casais são sem dúvida a cereja no topo deste lindo e tão bem recheado bolo!

Vamos ao Top:

1. Além do Tempo
2. A Vida da Gente
3. Cordel Encantado
4. Etá Mundo Bom
5. Boogie Oogie
6. Escrito nas Estrelas
7. Sete Vidas
8. Flor do Caribe
9. Orgulho & Paixão
10. Lado a Lado

Em suma, gostei de praticamente todas as novelas das 6 desta década (as que estão neste meu top 10 são para mim as jóias da coroa da Globo nesta última década, embora Lado a Lado não me tenha marcando tanto quanto as outras nove), e tirando 'Amor Eterno Amor' (a única que não gostei verdadeiramente), as raras que não segui do início ao fim foi mais por falta de identificação com as histórias do que qualquer outra coisa.

Edited by Maya
  • Like 1
  • Love 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 horas, Maya disse:

Agora vou falar das minhas tão estimadas novelas das 6 desta década, que foram para mim (e de longe) as melhores da Globo:

Escrito nas Estrelas: Novela linda, emocionante, surpreendente... Não houve nada nesta novela que eu não tenha gostado. A permissa do protagonista, que morreu logo no início do segundo episódio, permanecendo na novela até ao fim como espírito, foi muito interessante. Foi a primeira novela da Elizabeth Jhin que acompanhei e o meu balanço geral não podia ser mais positivo!

Araguaia: Vi muito pouco desta novela. Tinha um casal protagonista interessante, mas é só disso que me recordo.

Cordel Encantado: Uma verdadeira fábula! O que mais me impressionou nesta obra prima foi a associação quase inusitada entre a monarquia e o sertão brasileiro, que nesta novela foi feita de uma forma totalmente credível e até mesmo didática! Tudo nesta novela foi extraordinariamente bem conseguido, desde o texto maravilhoso, ao elenco fenomenal, á realização caprichada... È daquelas novelas que todos temos que ver antes de morrer! Parabéns ás autoras e á Globo por este marco na ficção brasileira!

A Vida da Gente: Provavelmente a mais emocionante de todas as novelas das 6 desta década. Juro-vos que não me recordo de alguma vez ter dado uma gargalhada a ver esta novela, de tantas vezes que chorei a vê-la, tamanha a emoção e o realismo imprimidos na maior parte das cenas. A cumplicidade entre as protagonistas, as irmãs Ana e Manuela, era o que mais me emocionava na novela. Até nas cenas mais simples elas conseguiam transmitir com um simples olhar ou movimento corporal, uma ternura tão genuína, tão fora deste mundo! A Eva, por outro lado, foi uma vilã que me marcou muito pela negativa. Uma mulher fria, amarga, egoísta, e completamente indiferente ao sofrimento das filhas. Felizmente, tanto a Manu como a Ana tinham sempre o colinho da avó Iná pronto para as acolher.
Os diálogos da novela eram de uma riqueza fora deste mundo. Fiquei fã da Lícia Manzo!

Amor Eterno Amor: A única novela das 6 desta década da qual não gostei rigorosamente nada! A história do casal protagonista era uma barafunda autêntica, e os núcleos secundários uma chatice pegada.

Lado a Lado: Uma produção incrível. A história das duas protagonistas, que desafiaram com coragem e determinação o conservadorismo extremo que predominava na época e prejudicava sobretudo as mulheres, foi muito forte e rendeu cenas que até hoje não esqueco. O casal Laured foi outro ponto alto da novela. Eu vibrava com os diálogos inseridos nas conversas deles!
Em suma, 'Lado a Lado' acabou por ser uma linda homenagem a todas as mulheres que, ao longo da história, foram lutando persistentemente pelos seus direitos e por um país mais justo e igualitário. Só por isto os autores da novela merecem ser aplaudidos de pé!

Flor do Caribe: Mais uma que amei do ínicio ao fim. Uma novela com uma vibe muito descontraída, muito "verão" por assim dizer. Ainda hoje me recordo da imagem linda que a novela tinha, e dos exteriores paradisíacos, tão bonitos e extraordinariamente bem inseridos em cenas onde os personagens apareciam.  FdC é talvez a novela mais "bonita", do ponto de vista da estética, que a Globo teve nesta última década!
O ritmo da novela era excelente, a história principal foi forte e bem desenvolvida, o trio de protagonistas era coeso (e lindos, diga-se de passagem...), tudo isto em contraponto com os núcleos secundários, que eram mais leves, mas ainda assim interessantes na sua maioria.
FdC é daquelas novelas que, se tivesse sido aposta da SIC aquando o término de 'Sangue Bom', teria feito um brilharete no horário das 19h, mas ao invés disso, e sabe-se lá porquê, foram apostar em 'Em Família'...

Jóia Rara: A permissa da novela era incrível. A Mel Maya, protagonista, é de facto uma menina prodígio!
No entanto, e embora tenha gostado da novela, tenho que reconhecer que esta teve alguns momentos mortos e alguns núcleos desinteressantes. O casal protagonista (Amélia e Franz) foi bom, mas quem acabou por roubar a cena foi o casal Mundo e Iolanda, que foi dos mais marcantes de sempre com a sua tão sofrida história.
A novela foi boa, mas claramente inferior á anterior das autoras, 'Cordel Encantado'.

Meu Pedacinho de Chão: Não vi muito desta novela. Era basicamente um conto de fadas, direccionada sobretudo aos mais novos. Acabou por me ser indiferente, mas mesmo assim aplaudo a Globo pela irreverência e capacidade de inovar.

Boogie Oogie: Mais uma grande novela na faixa das 6. O plot, mesmo não sendo propriamente uma inovação, foi muito bem defendido e rendeu ótimas cenas. O ritmo da novela era bem frenético, bem ao estilo anos 70 onde a trama estava inserida. Gostei sobretudo da recriação e abordagem dessa mesma década, tão mágica e revolucionária em vários aspetos! Os diálogos "á lá Vilhena" eram aquela pérola que todos tão bem conhecemos, e praticamente todos os núcleos eram interessantes. O único defeito que a novela teve foi o facto do nosso "mestre" Vilhena ter colocado o pé no acelerador após o episódio 100, mas felizmente a reta final acabou por compensar este pequeno deslize.
A Sandra e a Vitória foram duas protagonistas muito bem conseguidas. A Bianca Bin muito provavelmente teve aqui o seu melhor desempenho em televisão.
Sem dúvida uma novela que deixou saudades!

Sete Vidas: Das novelas mais bonitas que já tive a oportunidade (e o prazer) de acompanhar. Nesta novela não houveram vilões, mas o mais extraordinário foi constatar que estes não fizeram a menor falta na história! Ainda hoje recordo emocionada a cena do parque, na qual os seis irmãos se encontraram com o intuito de iniciarem uma relação familiar. As cenas na Antártida (que na verdade foram filmadas na Patagónia) deixavam-me encantada sempre que as via!
Mais uma novela linda e emocionante da autoria da Lícia Manzo, cuja sensibilidade, maestria e talento para a escrita e criação de diálogos fazem dela uma das grandes autoras do futuro.

Além do Tempo: Ver um episódio desta linda novela é a mesma coisa que olhar para um diamante em bruto. Foi sem dúvida um grande marco na ficção brasileira, muito graças á permissa inovadora que trouxe ao género novela, que misturada com os tradicionais condimentos de uma novela das 6. desde a bonita história de amor entre o casal protagonista ao conflito intemporal entre outras duas personagens, fez desta uma produção essencialmente revolucionária no género.
Houveram muitos pontos altos á medida que a novela se desenvolvia, mas o momento mais marcante de toda a trama foi sem dúvida o episódio em que se dá a mudança de fases... Ainda hoje fico arrepiada só de lembrar da cena do metro! Foi tão bem feita, tão impactante, tão magistral! O segundo reencontro dos protagonistas também foi arrepiante, e a história da Vitória e da Emília na segunda fase foi emocionante ao extremo!
Se pudesse escrever uma página de texto unicamente dedicada a 'Além do Tempo' falo-ia com todo o gosto, mas prefiro terminar este meu pequeno resumo referenciando a autora Elizabeth Jhin, que teve nesta novela uma brilhante recuperação face á sua anterior obra (é que nem se podem comparar as novelas!), e ao sempre sublime realizador Papinha.

Etá Mundo Bom: O grande Walcyr Carrasco não podia ter regressado ao horário das 6 da melhor forma! Ele é indiscutívelmente o "rei" do horário das 6, ninguém pode dizer o contrário.
A novela lembrou muito outras produções do Walcyr nesta faixa, e neste caso ainda bem que isso aconteceu! O Walcyr consegue como ninguém pegar na sua fórmula vencedora e contá-la de uma forma diferente. 'Etá Mundo Bom' foi, ao fim ao cabo, uma "manta de retalhos" muito bem cozida, com todos os adereços que fizeram do Walcyr o melhor autor de novelas do horário em questão!
Ainda tenho saudades do pessoal do sítio, bem como do "prefessô" Pancrácio e seus inúmeros disfarçes. Mais uma obra de arte no horário das 6 que me ficou no coração!

Sol Nascente: Não vi muito. Gostei dos protagonistas e de alguns personagens secundários, mas no geral (daquilo que vi) a novela acabou por me passar totalmente ao lado. Não considero fraca (como AEA), mas também não achei nada do outro mundo.

Novo Mundo: Confesso que aquela fotografia estranha me causou alguma impressão ao início, mas depois acabei por me habituar a este "pequeno detalhe". Não segui a novela integralmente, já que deixei de acompanhar a dada altura devido á chatice em que esta se tornou, mas no computo geral considero-a uma boa novela, com romance e personagens carismáticos e que tão familiares nos são!

Tempo de Amar: Do que vi, a história principal pareceu-me bem forte, mas como não me indentifiquei minimamente com os personagens secundários. Foi uma novela indiferente para mim.

Orgulho & Paixão: Ainda vou a meio da "viagem", mas até agora tenho gostado de tudo! Adorei a ideia do autor de se inspirar em várias obras da escritora britânica Jane Austen, que eu tanto admiro, numa só novela!
Adoro as irmãs Benedito! Também sou fã de toda aquela atmosfera mágica que o Vale do Café nos transmite, bem como dos diálogos que estão muito bem escritos. Os vilões desta novela também foram muito bem concebidos. aliás esta novela tem talvez o melhor grupo de vilões vistos em novelas nos últimos anos!
Já os casais são sem dúvida a cereja no topo deste lindo e tão bem recheado bolo!

Vamos ao Top:

1. Além do Tempo
2. A Vida da Gente
3. Cordel Encantado
4. Etá Mundo Bom
5. Boogie Oogie
6. Escrito nas Estrelas
7. Sete Vidas
8. Flor do Caribe
9. Orgulho & Paixão
10. Lado a Lado

Em suma, gostei de praticamente todas as novelas das 6 desta década (as que estão neste meu top 10 são para mim as jóias da coroa da Globo nesta última década, embora Lado a Lado não me tenha marcando tanto quanto as outras nove), e tirando 'Amor Eterno Amor' (a única que não gostei verdadeiramente), as raras que não segui do início ao fim foi mais por falta de identificação com as histórias do que qualquer outra coisa.

Quero muito ver A Vida da Gente, Sete Vidas, Boogie Oogie e Flor do Caribe.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Black & White said:

Quero muito ver A Vida da Gente, Sete Vidas, Boogie Oogie e Flor do Caribe.

'Flor do Caribe' está a repetir na Globo Portugal desde a semana passada, salvo erro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 33 minutos, Maya disse:

'Flor do Caribe' está a repetir na Globo Portugal desde a semana passada, salvo erro.

Sim eu sei. Mas eu quando for vê-la será no VK.:)

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
44 minutes ago, Black & White said:

Sim eu sei. Mas eu quando for vê-la será no VK.:)

Eu na semana passada estive a ver um bocadinho e digo-te mesmo que achei a imagem muito melhor na televisão do que no VK.

A novela é linda, podes vê-la na internet ou na televisão, o importante é veres mesmo. :)

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Audiências das novelas portuguesas de HN da década até agora:

  1. Dancin' Days [SIC, 2012-2013] - 15.8 rat / 32.3 share
  2. Mar Salgado [SIC, 2014-2015] - 15.2 rat / 31.5 share
  3. Sol de Inverno [SIC, 2013-2014] - 14 rat / 28.5 share
  4. Espírito Indomável [TVI, 2010-2011] - 14 rat / 38.3 share
  5. Coração D'Ouro [SIC, 2015-2016] - 14 rat / 28.6 share
  6. Ouro Verde [TVI, 2017] - 13.7 rat / 28.6 share
  7. A Única Mulher [TVI, 2015-2017] - 13.6 rat / 29.2 share
  8. A Herdeira [TVI, 2017-presente] - 13.4 rat / 28.5 share
  9. O Beijo do Escorpião [TVI, 2014] - 13 rat / 27.6 share
  10. Louco Amor [TVI, 2012-2013] - 12.9 rat / 29.7 share
  11. Amor Maior [SIC, 2016-2017] - 12.8 rat / 27 share
  12. Belmonte [TVI, 2013-2014] - 12.1 rat / 28.6 share
  13. Destinos Cruzados [TVI, 2013-2014] - 12.1 rat / 28.1 share
  14. Mar de Paixão [TVI, 2010-2011] - 11.3 rat / 36 share
  15. Paixão [SIC, 2017-presente] - 11.2 rat / 23.9 share
  16. Jardins Proibidos [TVI, 2014-2015] - 11.1 rat / 28 share
  17. Remédio Santo [TVI, 2011-2012] - 10.5 rat / 30.4 share
  18. Santa Bárbara [TVI, 2015-2016] - 10.4 rat / 27.9 share
  19. Doce Tentação [TVI, 2012-2013] - 10.3 rat / 27.9 share
  20. A Impostora [TVI, 2016-2017] - 10 rat / 25.7 share
  21. Laços de Sangue [SIC, 2010-2011] - 9.7 rat / 27.8 share
  22. Rosa Fogo [SIC, 2011-2012] - 9.2 rat / 25.5 share
  23. Rainha das Flores [SIC, 2016-2017] - 8.9 rat / 23.4 share
  24. Jogo Duplo [TVI, 2017-presente] - 8.6 rat / 22.3 share
  25. Espelho D'Água [SIC, 2017-2018] - 8.6 rat / 23.5 share
  26. Mundo ao Contrário [TVI, 2013] - 8.4 rat / 26.7 share
  27. Poderosas [SIC, 2015-2016] - 8.3 rat / 20.8 share
  28. Vidas Opostas [SIC, 2018-presente] - 8.2 rat / 22.3 share
  29. Mulheres [TVI, 2014-2015] - 7.1 rat / 24.8 share
  30. Sedução [TVI, 2010-2011] - 7.1 rat / 29.6 share

(A única que falta é Anjo Meu, que não encontro em lado nenhum, mas tenho quase a certeza que ficou debaixo dos 10 de rating, até porque li que só fez alguma coisa entre os 930 mil espetadores de média.)

O elemento comum na maior parte destas médias todas é má gestão e preferências dúbias em termos de qualidade :lol:

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...