Jump to content
João

Rádio

Recommended Posts

Bareme Rádio: RFM regista maior subida mas Comercial supera fasquia dos 18% e continua líder

manhas1-lgpng-300x158.jpg

Com uma audiência acumulada de véspera (AAV) pela primeira vez na fasquia dos 18%, o valor mais alto atingido por uma rádio em Portugal, a Comercial mantém o estatuto de estação mais ouvida do país na terceira vaga do Bareme Rádio apesar de ter sido a RFM aquela que registou maior crescimento face à vaga anterior. A estação do grupo Renascença Multimédia viu a sua AAV subir 1,2 pontos percentuais entre as duas vagas do estudo da Marktest, fixando-se agora nos 17,3%. No entanto, os 17,4% que a estação do grupo Media Capital Rádios (MCR) havia registado na segunda vaga deste ano subiram agora até aos 18% (+0,6pp). A Comercial lidera igualmente em share de audiência, com 26,1% contra os 24,3% da RFM, mas as duas estações encontram-se empatadas nos 35,5% quando o indicador de comparação é o reach semanal. A fechar o top 3 volta a surgir a M80 apesar de ter descido para uma AAV de 5,6% (-0,3pp).

A quarta posição, dividida na última vaga entre a Renascença e a Antena 1, volta a ser ocupada exclusivamente pela primeira com uma AAV de 4,9% enquanto a estação do grupo RTP fica pelos 4,8%. No sexto lugar surge a Mega Hits com 3,1% (+0,2pp), seguida da TSF com os mesmos 2,9% da vaga anterior, da Cidade com 2,5% (+0,1pp), da Antena 3 com 1,9% (-0,1pp) e da Smooth FM com 0,8% (-0,2pp). Rádio SIM (0,6%), Antena 2 (0,5%) e Vodafone FM (0,3%) fecham o ranking da Marktest.

Analisando os resultados por grupos, a Media Capital Rádios mantém também a liderança mas vê o grupo Renascença Multimédia encurtar a distância, com apenas uma décima a separar os dois concorrentes. Enquanto o líder subiu apenas uma décima para os 24,6% de AAV, o grupo Renascença fecha esta terceira vaga do Bareme Rádio nos 24,5%, uma subida de 0,8 pontos percentuais relativamente à vaga anterior. Já as três estações da RTP registam em conjunto uma AAV de 7% (-0,6pp).

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/07/bareme-radio-rfm-regista-maior-subida-comercial-continua-lider/
 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

A final do Mundial não está a dar na Antena 1, só na Rádio Mundial. A Renascença, porém, está a emitir.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Netflix prepara entrada no negócio da rádio
[IMG]
A plataforma de streaming de vídeo Netflix prepara agora a sua estreia no negócio da rádio através de uma parceria com a SiriusXM, plataforma de rádio online norte-americana. Com lançamento previsto para o próximo mês de Janeiro, o projecto vai assumir a designação Netflix is a Joke e será uma rádio online com emissão 24 horas por dia dedicada em exclusivo a conteúdos de comédia. O canal servirá sobretudo como veículo promocional para o crescente portfólio de conteúdos do Netflix neste segmento, onde tem sido aposta formatos de stand-up de comediantes de renome como Jerry Seinfeld, Amy Schumer, Chris Rock ou Dave Chappelle.

“O Netflix está a produzir uma quantidade incrível de programação de comédia de classe mundial a partir de talentos de topo que irá formar a espinha dorsal do novo canal online”, afirmou Scott Greenstein, presidente and chief content officer da SiriusXM, num comunicado onde se sublinha que esta é a primeira vez que o Netflix disponibilizará conteúdo num servíço áudio. Em cima da mesa estará também a produção de conteúdo original exclusivamente pensado para esta plataforma.
Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/07/netflix-prepara-entrada-no-negocio-da-radio/

Share this post


Link to post
Share on other sites

A SiriusXM não é só online, é também rádio por satélite. Nos EUA, believe it or not, há tantos auto-rádios que apanham as suas emissões.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rádios do grupo Renascença Multimédia lançam novas aplicações

image003.png

As novas aplicações da Renascença, RFM e Mega Hits são o primeiro projecto a resultar da parceria estabelecida recentemente entre o grupo de rádio e a agência digital 7egend. “Este é mais um passo importante em direcção ao futuro que vem aproximar os novos hábitos de consumo às nossas marcas, através da tecnologia”, sublinha Nelson Pimenta, director digital do grupo Renascença Multimédia sobre as aplicações que “pretendem ser o ponto de encontro dos fãs com estas marcas, a qualquer hora e em qualquer lugar, com todos os conteúdos que sempre escolheram”, explica o grupo em nota de imprensa.

Através das aplicações, o ouvinte tem acesso a todos os conteúdos das três estações, nomeadamente à emissão principal, bem como às emissões das web-rádios e podcasts. “Esta é a primeira etapa deste projecto que prevê muitos desenvolvimentos, que irão permitir estabelecer uma nova forma de relacionamento dos fãs com as suas rádios”, antecipa o grupo no mesmo comunicado.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/08/radios-do-grupo-renascenca-multimedia-lancam-novas-aplicacoes/

  • Love 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje apanhei algo insólito: uma rádio francesa (se não era deveria ser uma rádio que falava francês) nos 91.5. Só cheguei a captar perto de casa e com o carro parado. Deve ser por causa da propagação troposférica com o tempo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nova rádio dedicada ao futebol até ao final do ano

bruno.jpg

Representando um investimento de três milhões de euros e com uma equipa entre 20 a 24 pessoas, a par de colaboradores, está a ser preparada uma nova rádio dedicada ao desporto. Como adiantou à Lusa o director e empresário Bruno Costa Carvalho, o projecto estará focado no futebol. A estação irá chamar-se Estádio.
“Faltava isto no mercado português. Em Portugal, temos a Sport TV com cinco canais de televisão, três jornais desportivos diários, os três ‘grandes’ têm um canal de televisão, e na rádio isso não acontece. A rádio é um meio muito ágil e grande produtor de notícias”, referiu Bruno Costa Carvalho. “Não é só rádio, vai haver uma página online e uma app. Tudo estará disponível antes do final deste ano. Não me quero comprometer com nenhuma data, mas aponto para que em Novembro esteja a funcionar”, indicou. A grelha irá privilegiar comentários, debates e relatos.
Bruno Costa Carvalho, além de ex-candidato à presidência do Benfica, esteve ligado à fundação da NTV e do Porto Canal.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/08/nova-radio-dedicada-ao-futebol-ate-ao-final-do-ano/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Existe a Golo FM (antiga NFM), acho que esta nova será uma espécie de SPORT.TV+ mas na rádio.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bruno Nogueira e João Quadros estão de regresso à TSF

foto-quadros-nogueira-239x300.jpg

Bruno Nogueira e João Quadros vão voltar a assinar o espaço de humor Tubo de Ensaio na TSF. As crónicas de humor regressam à estação do Global Media Group a 21 de Setembro.
Recorde-se que a dupla esteve durante oito anos na TSF, tendo as crónicas dado origem a vários livros. Em Setembro de 2016 Bruno Nogueira e João Quadros ingressaram nas rádios públicas, passando então a assinar a rubrica Mata-Bicho, nas manhãs da Antena 3 e que depois era transmitida pela Antena 1.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/09/bruno-nogueira-joao-quadros-estao-regresso-tsf/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gala da Rádio SIM dedicada ao Festival da Canção

radio-sim-300x225.jpg

Anabela, António Calvário, Armando Gama, Carlos Mendes, Fernando Tordo, José Cid, Manuela Bravo e Simone de Oliveira são os nomes confirmados na 10ª Grande Gala da Rádio SIM, a decorrer no dia 12 de Outubro, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, a partir das 21h30.
A gala terá como tema o Festival da Canção. A apresentação está a cargos dos animadores da Rádio SIM.
O Continente e Alberto Oculista associaram-se ao evento, que tem como televisão oficial a CMTV. A produção é da Genius y Meios.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/09/gala-da-radio-sim-dedicada-ao-festival-da-cancao/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bruno Nogueira com rubrica diária na Comercial

bruno-nogueira-300x153.jpg

Bruno Nogueira vai ter uma rubrica diária na Rádio Comercial que passar às 8h20 da manhã, com repetição às 9h20 e às 19h15. O humorista vai levar para a rádio Amílcar, a personagem que o humorista criou na sua conta no Instagram para “pensamentos extremamente profundos”. A nova rubrica Não Tejas Medo promete discutir temas intemporais ou da actualidade, propostos pelos ouvintes.
Desta forma o humorista terá presença em duas estações de rádio. Bruno Nogueira e João Quadros, tal como o M&P tinha avançado, vão voltar a assinar o espaço de humor Tubo de Ensaio, na TSF. As crónicas regressam à estação do Global Media Group a 21 de Setembro.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/09/bruno-nogueira-rubrica-diaria-na-comercial/

Share this post


Link to post
Share on other sites

David Dinis e Paulo Baldaia juntos na TSF

pjimage-300x300.jpg

David Dinis e Paulo Baldaia estão a preparar um novo programa de análise política nacional a ser emitido na TSF, sabe o M&P. Este será o regresso de David Dinis à antena da rádio de que foi director durante cerca de três meses em 2016, tendo na altura substituído Paulo Baldaia. David Dinis sairia do Global Media Group para dirigir o jornal Público. Paulo Baldaia manteve o vínculo ao grupo.
Recorde-se que entre as novidades da grelha de rentrée da TSF está o regresso de Bruno Nogueira e João Quadros, que voltam a assinar o espaço de humor Tubo de Ensaio na TSF, a partir de 21 de Setembro.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/09/david-dinis-paulo-baldaia-juntos-na-tsf/

Share this post


Link to post
Share on other sites

António Raminhos nas manhãs da TSF

raminhos-300x187.jpeg

António Raminhos é a mais recente contratações do Global Media Group. O humorista vai passar a estar diariamente nas manhãs da TSF a partir da próxima segunda-feira e ao fim-de-semana no  canal de vídeo vdigital.pt.
Na TSF, António Raminhos terá a rubrica Grandes Mistérios da Desumanidade, de segunda a sexta, após o noticiário das 8h, sobre “as fobias mais estranhas, as piores invenções da história, os filmes que ninguém percebeu”. Recorde-se que a estação voltará a apresentar o espaço de humor Tubo de Ensaio, de Bruno Nogueira e João Quadros.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/09/antonio-raminhos-nas-manhas-da-tsf/

Share this post


Link to post
Share on other sites

De acordo com o CM de ontem, a Benfica FM não tem licença de emissão terrestre. E não, não foi por caisa do caso E-Toupeira, foi por causa de um atraso na ERC.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Media Capital Rádios cria mais duas rádios digitais agora com a marca Smooth

webradio-smooth-soul-300x300.jpg

Depois da M80, que no início do ano lançou um conjunto de 11 rádios digitais temáticas, é agora a vez de a Smooth FM seguir a mesma estratégia. Tal como tinha antecipado Luís Cabral em entrevista ao M&P, a Media Capital Rádios (MCR) alargou agora a aposta nas rádios digitais a uma segunda marca do grupo, com duas novas rádios musicais dedicadas à soul e ao bossa nova sob a chancela da marca Smooth.

“À semelhança do que acontece já na M80, a primeira do grupo a lançar 11 rádios digitais temáticas, não se trata de uma playlist com um algoritmo informático ou uma plataforma agregadora de músicas, mas sim uma selecção criteriosa de músicas com curadoria humana”, assegura Miguel Cruz, director das duas estações do grupo MCR.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/09/media-capital-radios-cria-duas-radios-digitais-agora-marca-smooth/

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

O grupo luso-chinês Ibéria Universal detém a IRIS FM da zona de Sintra desde 2015. Que eu saiba a rádio já tinha ligações de longo tempo com a comunidade chinesa, pois já tinha programas em mandarim.

Antigamente, a Onda Viva cá no norte tinha um programa em português e mandarim à tarde, mas acho que foi terminado.

Edited by ATVTQsV

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ricardo Araújo Pereira volta à antena da Comercial em Janeiro

rap-radio-comercial-300x154.png

Já há data para a quinta edição do formato Mixórdia de Temáticas, com o regresso de Ricardo Araújo Pereira à antena da Comercial agendado para Janeiro do próximo ano. Alves Fernandes é o nome escolhido para a nova edição, sucedendo às séries Ribeiro, Miranda, Lobato e Gomes, que até ao final do ano voltarão a ser emitidas pela estação do grupo Media Capital Rádios (MCR) em antecipação da nova temporada da rubrica Mixórdia de Temáticas. O humorista Ricardo Araújo Pereira volta assim à equipa das Manhãs da Comercial, juntando-se a Pedro Ribeiro, Nuno Markl, Vera Fernandes e Vasco Palmeirim.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/09/ricardo-araujo-pereira-volta-antena-da-comercial-janeiro/

Edited by TekClub

Share this post


Link to post
Share on other sites

Apesar de ter deixado de ouvir a Comercial, uma nova Mixórdia é sempre bem-vinda.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bareme Rádio: Comercial segura liderança

manhas1-lgpng-300x158.jpg

O título de estação de rádio mais ouvida do país continua nas mãos da Comercial, que regista uma audiência acumulada de véspera (AAV) de 17,2% na quarta vaga do Bareme Rádio da Marktest. Este valor representa uma descida de 0,8 pontos percentuais depois de uma vaga em que a estação do grupo Media Capital Rádios (MCR) atingiu pela primeira vez a fasquia dos 18%, o valor mais elevado alcançado por uma rádio em Portugal. Tal como a RFM, que regista também uma quebra ao fixar-se agora nos 16,7% de AAV, uma descida de 0,6 pp relativamente aos 17,3% alcançados na vaga anterior pela estação do grupo Renascença Multimédia.

A distância entre as duas estações mais ouvidas reduz-se assim em duas décimas, encerrando a quarta vaga do Bareme Rádio separadas por cinco décimas, com a Comercial a segurar a liderança. De destacar que ambas as estações apresentam resultados significativamente acima daqueles que registava na vaga homóloga em 2017: a Comercial subiu 1,2pp face aos 16% de AAV registados na quarta vaga do último ano enquanto a RFM viu a sua AAV crescer 0,9pp face aos 15,8% que registava há um ano.

A Comercial lidera igualmente em reach semanal, com 35,9% contra os 35,5% da RFM (as duas estações estavam empatadas neste indicador na vaga anterior), mas quando o indicador de comparação é o share de audiência a liderança cabe à RFM, com 25,3% contra os 24,9% da Comercial, que liderava também neste capítulo, de acordo com os dados da terceira vaga do estudo da Marktest, com 26,1% contra os 24,3% da RFM.

A fechar o top 3 volta a surgir a M80, em destaque ao ser a única estação no top 5 a registar um crescimento de audiência, fixando-se nos 6% de AAV (+0,4pp). Renascença e Antena 1 voltam, tal como na segunda vaga deste ano, a dividir a quarta posição, empatadas com uma AAV de 4,3%. Ambas com quebras a registar, ao descerem dos 4,9% e 4,8%, respectivamente. No sexto lugar mantém-se a Mega Hits com 2,7% (-0,4pp), seguida da TSF com 2,4% (-0,5pp), da Cidade com 2,2% (+0,3pp) e da Antena 3 com 1,5% (-0,4pp). O top 10 passa a ser encerrado pela Rádio SIM, que registou uma AAV de 0,8% (+0,2pp), ultrapassando nesta quarta vaga a Smooth FM, que manteve os 0,6% da vaga anterior.

Analisando os resultados por grupos, a Media Capital Rádios reforçou a liderança ao alargar a distância para o grupo Renascença Multimédia, que na última vaga era de apenas uma décima. Agora com uma AAV de 24,1% (-0,5pp face à vaga anterior), o líder vê o grupo Renascença fechar esta quarta vaga do Bareme Rádio nos 23,6%, uma quebra de -0,9pp relativamente à vaga anterior. As três estações da RTP registam em conjunto uma AAV de 6%, o que traduz uma queda de um ponto percentual em comparação com a vaga anterior, em que registava 7%.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/10/bareme-radio-comercial-segura-lideranca/

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Observador poderá lançar uma rádio de informação

gruner-site-final-300x200.jpg

O Observador poderá estar a preparar o lançamento de uma rádio. A avançar, e ao que o M&P apurou, será uma rádio de informação, emitida em digital mas também em FM, provavelmente com uma frequência em Lisboa e outra no Porto. A contratação, em Setembro, de Ricardo Conceição (até então editor da Renascença) para editor-executivo é apontada como um passo na constituição da equipa e o facto de, com excepção do mês de Agosto, o investimento publicitário estar a crescer no meio rádio, bem a como a queda de audiências da TSF, podem constituir-se como oportunidades, segundo as fontes ouvidas pelo M&P.

A notícia não é confirmada pelo Rudolf Gruner que, em concreto sobre o lançamento da rádio, afirma apenas que “não é verdade que tenhamos adquirido frequências de rádio, aliás qualquer projeto novo do Observador terá sempre uma base digital que está no nosso DNA”.

No entanto, diz também o director-geral do nativo digital, “queremos naturalmente continuar a crescer e evoluir, pelo que estamos permanentemente a analisar e avaliar oportunidades também em novos meios da comunicação social”.

Também em Julho, em conversa com o M&P, e quando questionado sobre se a operação já seria sustentável este ano, Rudolf Gruner respondeu “o nosso plano, desde o início, era 2019. E todos os anos nos aproximamos mais desse objectivo. Provavelmente vamos fazer mais alguns investimentos em áreas novas, fizemos a Maag em Fevereiro. Dependendo de como avançarem esses investimentos podemos vir a adiar um ano o break even, mas com um modelo de negócio maior, mais receitas e custos. Mas continuamos firmemente a acreditar que se não for 2019 é 2020”.

Entretanto, de acordo com o Portal de Justiça, no Verão existiram três operações de aumento de capital, que no total totalizam cerca de 1 milhão de euros. “O que mudou, de 2014 para hoje, foi o business plan, tem mais custos e mais receitas. O investimento permite suportar o aumento de actividade e o crescimento também para outras áreas”, explica Rudolf Gruner.

“O Observador é um projeto de sucesso e uma marca forte, 4 anos depois do lançamento. Já temos mais de 6M de visitantes únicos mensais, o maior tempo de visita dos jornais digitais e antes do Verão entrámos nas subscrições com um modelo freemium que tem tido uma resposta muito positiva do mercado e dos nossos leitores. Não esquecendo o prémio de melhor jornal generalista do M&P que ganhámos este ano, foi a primeira vez que ganhou um jornal só digital”, começou por enumerar hoje, no comentário oficial à questão do M&P Rudolf Gruner.

Até ao final do ano, o Observador vai deixar a Rua Luz Soriano, no Bairro Alto, e mudar-se para as novas instalações, no bairro de Alvalade.

Fonte:http://www.meiosepublicidade.pt/2018/10/observador-podera-lancar-radio-informacao/

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...