Jump to content
João

TDT - Televisão Digital Terrestre

Recommended Posts

Honestamente o que sobrou de público exclusivo da TDT pouco ou nada vai ser afectado pelas mudanças de frequências, até porque estão no ar há já bastante tempo. Basta terem feito resintonização por causa dos canais da RTP que entraram em Dezembro de 2016 e já devem estar preparados.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mudança de faixa da TDT por causa do 5G preocupa Altice
Alexandre Fonseca, presidente da Altice Portugal, diz ter sido surpreendido com a decisão da Anacom relativamente à libertação de frequências para o 5G.
[IMG]
A Altice Portugal admitiu esta quarta-feira, 4 de Julho, estar "muito preocupada" com a decisão da Anacom, anunciada na terça-feira, de mudar em 2019 a frequência usada nas transmissões da Televisão Digital Terrestre (TDT), por poder prejudicar utilizadores menos informados.

"As pessoas que usam a TDT sabemos que são pessoas que têm um nível etário, e do ponto de vista da utilização de tecnologia, que é limitado. E, nessa perspectiva, ficamos muito preocupados com medidas desta natureza", afirmou o presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, à margem de uma demonstração em ambiente de rede comercial das futuras redes da quinta geração de telemóveis (5G).

As frequências usadas nas transmissões da TDT vão mudar em 2019, tendo a Anacom - Autoridade Nacional de Comunicações na terça-feira, em comunicado divulgado, dado a conhecer o roteiro para a libertação da banda de frequências dos 700 Mega-Hertz (MHz), que vai deixar de ser usada pela TDT para poder acomodar o 5G.

A libertação desse espectro deve estar concluída até 30 de Junho de 2020, segundo anunciou o regulador das comunicações e, a partir dessa data, as transmissões de TDT deixam de poder ser feitas na actual faixa, entre os 470 e os 694 MHz.

O problema, segundo a Altice, é que esta mudança vai ser imediata, sem haver simultaneidade entre a frequência de transmissão anterior de TDT e a nova transmissão, o que significa que alguns utilizadores podem não ver o serviço enquanto não sintonizarem a caixa.

"Infelizmente, uma vez mais, o alinhamento entre os operadores e o regulador não foi o que gostaríamos e achamos relevante, porque efectivamente também fomos apanhados de surpresa pela comunicação feita pela imprensa" na terça-feira, explicou Alexandre Fonseca.

Quanto ao leilão de venda de espectro para o 5G, o presidente da Altice afirmou que "não se pode, uma vez mais, cair na tentação de ver este leilão como uma ferramenta de financiar reguladores (...) e Estados".

Para Alexandre Fonseca, o 5G tem de ser visto "como um paradigma de desenvolvimento social", não apenas tecnológico, razão porque o leilão deve ser feito de "uma forma mais inclusiva", colocando os operadores "dentro da discussão".

Fonte:https://www.jornaldenegocios.pt/emp...-faixa-da-tdt-por-causa-do-5g-preocupa-altice

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meo vai ter de descer preços que cobra às televisões na TDT

Spoiler

A Meo, que detém a infra-estrutura da televisão digital terrestre, vai ter de baixar os preços que cobra aos operadores de televisão (RTP, SIC e TVI) em 15,16%. 

Este é o projecto de decisão da Anacom que agora será ainda comentado pelas partes, e que só produzirá efeitos depois da decisão final, que ainda pode mudar face a este sentido.

"A Anacom determina à MEO uma redução de 15,16% dos preços anuais por Mbps que cobra aos operadores de televisão (RTP, SIC e TVI) pela prestação do serviço de televisão digital terrestre (TDT)", realça em comunicado o regulador, explicando que "o sentido provável de decisão agora aprovado pelo regulador será submetido a audiência prévia e consulta pública durante 30 dias úteis".

Para o regulador os preços em vigor que resultaram de um acordo entre a Meo e os operadores "não cumprem um dos princípios introduzidos pela Lei n.º 33/2016, de 24 de Agosto, pois ultrapassam o limite do preço apresentado na proposta que venceu o concurso público para atribuição da licença para o Mux A (885,1 mil euros por ano e por Mbps)".

Por isso, impõe a descida. 

Quando houver decisão final, a Meo deverá implementar os novos preços no prazo de 10 dias úteis após a notificação, devendo, no mesmo prazo, comunicar os preços revistos a todos os operadores de televisão.

A SIC, a TVI e a RTP pagam à Meo um valor pelo transporte dos seus canais na rede de televisão digital terrestre.

http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/telecomunicacoes/detalhe/meo-vai-ter-de-descer-precos-que-cobra-as-televisoes-na-tdt?ref=Telecomunicações_Destaque

Edited by jc_71189
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Altice contra sentido provável de decisão da Anacom na TDT
[IMG]
A Altice Portugal “repudia” o sentido provável de decisão da Anacom, acusando o regulador de “reiterada e sistematicamente” não primar “por boa fé, decidindo comunicar as suas propostas e decisões à opinião pública sem dialogar com os operadores”. Mais: acusa-o de “desrespeito e desprezo” pelo setor. da ANACOM pelo setor merece a total oposição da Altice Portugal.

Em comunicado, a dona da MEO garante ter sido surpreendida pela intenção da Anacom de reduzir em 15,16% os preços praticados na TDT para os operadores de televisão e “não reconhece que estejam verificadas as condições fixadas na Lei n.º 33/2016, de 24 de agosto, que justifiquem a intervenção”.

Destacando que os preços atualmente “são bastante inferiores aos preços que incluiu na proposta vencedora do concurso público para atribuição da licença para o Mux A”, adianta que foram acordados com os operadores por canal, em função do número de emissores e que estão abaixo dos custos. O que leva a que “o projeto TDT se mantenha num nível muito deficitário para a Altice Portugal”.

Tendo em conta que desde sempre a Altice e os operadores de tv negociaram os preços por canal e não por Mbps, “sem que a Anacom se tenha oposto”, o grupo considera no comunicado que de verificou “uma quebra de previsibilidade regulatória e da segurança jurídica”.

“A manter-se este sentido provável de decisão do regulador, a Altice Portugal será confrontada com o agravamento dos prejuízos em que vem incorrendo com a TDT, de forma completamente inesperada, infundada e injusta, não obstante estar a cumprir todas as suas obrigações de cobertura, não discriminação e transparência, conforme a Anacom reconhece no próprio documento”, acrescenta. Será nesse sentido que se vai pronunciar no âmbito do processo de audiência prévia em curso.

Assinala ainda que esta decisão “é a demonstração cabal de que os receios das várias entidades que se pronunciaram sobre a operação de concentração Altice/Media Capital, relativamente à suposta incapacidade dos reguladores sectoriais poderem efetivamente zelar e garantir o cumprimento das obrigações da Altice relativamente à TDT eram, afinal, uma falácia, como esta empresa sempre disse”.

Fonte:http://www.apdc.pt/noticias/atualid...-sentido-provavel-de-decisao-da-anacom-na-tdt

  • LOL 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 hours ago, TekClub said:

Altice contra sentido provável de decisão da Anacom na TDT
[IMG]
A Altice Portugal “repudia” o sentido provável de decisão da Anacom, acusando o regulador de “reiterada e sistematicamente” não primar “por boa fé, decidindo comunicar as suas propostas e decisões à opinião pública sem dialogar com os operadores”. Mais: acusa-o de “desrespeito e desprezo” pelo setor. da ANACOM pelo setor merece a total oposição da Altice Portugal.

Em comunicado, a dona da MEO garante ter sido surpreendida pela intenção da Anacom de reduzir em 15,16% os preços praticados na TDT para os operadores de televisão e “não reconhece que estejam verificadas as condições fixadas na Lei n.º 33/2016, de 24 de agosto, que justifiquem a intervenção”.

Destacando que os preços atualmente “são bastante inferiores aos preços que incluiu na proposta vencedora do concurso público para atribuição da licença para o Mux A”, adianta que foram acordados com os operadores por canal, em função do número de emissores e que estão abaixo dos custos. O que leva a que “o projeto TDT se mantenha num nível muito deficitário para a Altice Portugal”.

Tendo em conta que desde sempre a Altice e os operadores de tv negociaram os preços por canal e não por Mbps, “sem que a Anacom se tenha oposto”, o grupo considera no comunicado que de verificou “uma quebra de previsibilidade regulatória e da segurança jurídica”.

“A manter-se este sentido provável de decisão do regulador, a Altice Portugal será confrontada com o agravamento dos prejuízos em que vem incorrendo com a TDT, de forma completamente inesperada, infundada e injusta, não obstante estar a cumprir todas as suas obrigações de cobertura, não discriminação e transparência, conforme a Anacom reconhece no próprio documento”, acrescenta. Será nesse sentido que se vai pronunciar no âmbito do processo de audiência prévia em curso.

Assinala ainda que esta decisão “é a demonstração cabal de que os receios das várias entidades que se pronunciaram sobre a operação de concentração Altice/Media Capital, relativamente à suposta incapacidade dos reguladores sectoriais poderem efetivamente zelar e garantir o cumprimento das obrigações da Altice relativamente à TDT eram, afinal, uma falácia, como esta empresa sempre disse”.

Fonte:http://www.apdc.pt/noticias/atualid...-sentido-provavel-de-decisao-da-anacom-na-tdt

Quando a decisão final for tornada pública tenho que a ler porque alguém aqui está a mentir. A Anacom diz que o preço a ser cobrado é mais alto que o estipulado no contrato e a Altice vem dizer o contrário e até diz que está a perder dinheiro. A menos que tenham assinado contratos diferentes algo aqui não bate certo.

E recordo-me de logo no início os canais se queixarem do valor alto que estava a ser pago e pedirem a intervenção da Anacom. Algo que não terá chegado a acontecer... Lembro-me também que após a Altice ter comprado a PT houve negociações com os canais em que os mesmos se congratulavam por terem conseguido baixar o preço a pagar.

Edited by jc_71189
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quando tem de sintonizar novamente a TDT?


A libertação de uma faixa de frequências para a quinta geração móvel vai obrigar a sintonizar novamente a televisão digital terrestre. A Anacom já definiu o calendário em que as várias regiões terão de fazer nova adaptação.

Spoiler

 

A Anacom, regulador do sector das comunicações, já definiu o calendário de libertação das frequências que hoje são usadas na televisão digital terrestre (TDT) para poderem ser destinadas à quinta geração móvel.
 

 

Essa transferência obrigará a que novas frequências sejam atribuídas à TDT, o que vai obrigar a uma sintonização do sinal da televisão digital terrestre (TDT).

 

 

A Anacom – Autoridade Nacional das Comunicações garante que escolheu a forma "mais simples" de libertação da faixa que actualmente está a ser usada para a TDT. 
 
"O roteiro nacional proposto pela Anacom prevê a adopção do cenário mais simples de migração, através da manutenção da tecnologia actual e sem necessidade de qualquer período de transmissão simultânea", revela o regulador em comunicado, explicando que este cenário implica, "apenas", uma sintonização das televisões da nova frequência, sem necessidade de "adquirir quaisquer equipamentos, nem reorientar as antenas".

A libertação de frequências deve começar no último trimestre de 2019 e decorrerá até 30 de Junho de 2020, consoante a região (veja no mapa o calendário de adaptação).


OriginalSize$2018_07_06_12_37_49_334598.png

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

A televisão analógica acaba em Singapura no fim do ano.

A televisão analógica terrestre do país tinha os sete canais do monopólio da Mediacorp (Channel 5 (inglês), Channel 8 (mandarim), Okto (infantil e desporto em inglês), Suria (malaio), Vasantham (tâmil), Channel U (mandarim), Channel NewsAsia). Com a TDT são já onze os canais, os mesmos do analógico mais quatro em HD (Channel 5, Channel 8, Suria, Vasantham), um em cada língua.

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 07/07/2018 at 10:07, jc_71189 disse:

Quando a decisão final for tornada pública tenho que a ler porque alguém aqui está a mentir. A Anacom diz que o preço a ser cobrado é mais alto que o estipulado no contrato e a Altice vem dizer o contrário e até diz que está a perder dinheiro. A menos que tenham assinado contratos diferentes algo aqui não bate certo.

E recordo-me de logo no início os canais se queixarem do valor alto que estava a ser pago e pedirem a intervenção da Anacom. Algo que não terá chegado a acontecer... Lembro-me também que após a Altice ter comprado a PT houve negociações com os canais em que os mesmos se congratulavam por terem conseguido baixar o preço a pagar.

Não me acredito que a Altice esteja a perder dinheiro. Ninguém tem uma concessão destas por caridade.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Foi há sete anos.

Encerramento da televisão analógica em seis canais de Kanto: NHK General, NTV, TBS, Fuji TV, TV Asahi e TV Tokyo, ao meio-dia de 24 de Julho de 2011:

Doze hras mais tarde, o encerramento. NHK: nada; NTV: encerramento clássico com mensagem de "obrigado por acompanhar em analógico"; TBS: encerramento normal mais separador de encerramento especial; Fuji TV: abertura (o encerramento é curto) com mensagem perto do fim; TV Asahi: encerramento com mensagem de despedida; TV Tokyo: encerramento normal sem mensagem.

Algumas fotos + encerramento da Tokai TV em analógico e última imagem da Mie TV em analógico:

Encerramento visto na zona de Tóquio através de televisões portáteis: os seis dos dois primeiros vídeos mais a NHK Educational e a Tokyo MX.

Encerramento noutras paragens:
HBC (Hokkaido): leitura de emissores e despedida
STV (Hokkaido): leitura de emissores e despedida
YBS (Yamanashi): encerramento em cadeia + encerramento clássico (2 em 1)
RCC (Hiroshima): encerramento clássico + despedida
MBS (Osaka): encerramento (vídeo partilhado no YouTube oficial)
RKB (Fukuoka): encerramento especial de despedida
TVQ (Fukuoka): primeiro encerramento + zapping pelos encerramentos da FBS e da TNC
RBC (Okinawa): encerramento especial
QAB (Okinawa): encerramento normal e despedida
ABC (Osaka): encerramento especial

Edited by ATVTQsV
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

A TDT ressucitou, aleluia, aleluia! :priest:
https://eco.pt/2018/09/04/vem-ai-dois-novos-canais-na-tdt-concurso-ja-foi-lancado/

Prevejo uma luta titânica entre a SIC N e a TVI24 (será que vão considerar a CMTV como canal de informação?). No desporto deverá ser entre A Bola TV, Sport TV + (embora também possam considerá-la como um canal de informação) ou mesmo uma jogada interessante por parte da Eleven Sports, embora não saiba como estarão neste momento as regras da TDT Paga).


 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citação

Governo lança concurso para canal de informação e de desporto na TDT

ERC tem vinte dias úteis para se pronunciar.

Ler mais em: https://www.cmjornal.pt/tv-media/detalhe/exclusivo-cm--governo-lanca-concurso-para-canal-de-informacao-e-de-desporto-na-tdt

Agora é que a CMTV vai mesmo para a TDT.

  • Like 1
  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 17 minutos, mavb98 disse:

Agora é que a CMTV vai mesmo para a TDT.

O 8 da totalidade das televisões vai passar a ser deles!

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 32 minutos, mavb98 disse:

Agora é que a CMTV vai mesmo para a TDT.

A CMTV está inscrita na ERC como generalista, se o concurso ocorrer dentro das regras e tiver um pouco de decência não devem ter hipótese. Para não falar de que a SIC e a TVI fariam tudo nos tribunais para impedir e no desastre que seria.
Mas estamos em Portugal... sabe se lá o que pode acontecer.

Edited by canal5
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 21 minutos, ATVTQsV disse:

O 8 da totalidade das televisões vai passar a ser deles!

Impossível. O 8 já está ocupado pela RTP Memória nas regiões autónomas (não tenho a certeza se na Medeira é, mas nos Açores é). 

Edited by mavb98

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, mavb98 disse:

Impossível. O 8 já está ocupado nas regiões autónomas.

As RTPs autónomas passariam para o 9.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, ATVTQsV disse:

As RTPs autónomas passariam para o 9.

Impossível também. As pessoas já se habituaram ao 5.

A solução é a ARTV ficar na última posição.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 4 minutos, TekClub disse:

Os canais dos clubes também devem poder concorrer ao canal de desporto...

Deus nos livre... Além disso o Porto Canal deve estar inscrito como generalista e a BTV continuará a ser premium, por isso só poderia ser a Sporting TV.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, Televisão 10 disse:

Eram para abrir concurso um canal infantil e é isto? Pobre RTP 3, que vai ter concorrência...

Era um infantil e um de ficção. Se calhar só lá para o ano, ou nunca, um dia quem sabe!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

É questão de ver o regulamento para cada canal, quando for disponibilizado, e saber se esses canais podem se candidatar.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Assim a TDT vai ter 8 ou 9 canais à escala nacional (9 ou 10 nas ilhas)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concrodo com o canal desportivo mas o  canal infantil ?

Só se A RTP memoria acabar e fazerem a rtp 4 com Infantil /Musical ou tiram a inutil ARTV que nao tem intresse nenhum.

Edited by Dafiel

Share this post


Link to post
Share on other sites

É mesmo de mais informação que a TDT precisa. :rolleyes:

Era tão melhor um canal infantil e um de séries. 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...