Jump to content

Memórias RTP2


Recommended Posts

há 6 horas, JDaman disse:

"Weeds" devo ter apanhado a 2ª ou 3ª temporada em 2009 quando repetia depois do 5PMN.

Pode parecer estranho para alguns, mas a RTP2 chegou a passar séries com um ritmo de emissão bastante próximo da emissão original americana, quando ver séries em simultâneo com a exibição original ainda era um sonho distante ou apenas possível com um misto de pirataria e insónias. Um dos casos era "The Mentalist" que emitia com umas meras duas semanas de atraso em relação à emissão na CBS. Aliás, o outro canal que emitia essa série (AXN) só dava a temporada que estava a ser exibida na RTP2 um ano depois.

E agora, é ao contrário... Havendo uma série que seja exibida num canal por cabo e na RTP 2, parece que o canal por cabo tem prioridade. Basta ver o caso de Candice Renoir, que começou na RTP 2, mas, como depois se estreou no AXN, agora a RTP 2 só emite as novas temporadas depois de serem exibidas no AXN. Pior ainda foi a interrupção da repetição de Gigantes ao 2.º episódio, que foi interrompida, muito provavelmente porque o AMC estava a exibir a série.

há 8 horas, miguelalex23 disse:

1) Não me parece que fossem ter mais audiência, pelo menos não muito mais. Aliás, nos últimos anos de séries americanas já se notava uma quebra.

2) Eu preferia, mas não vejo a RTP2 a deixar de lado o modelo actual porque tem corrido bem e o público já está habituado.

À pergunta 2, estou como tu. Também preferia. Aliás, se fores ver as séries que costumo acompanhar no canal, são, por norma, as que são transmitidas uma ou duas vezes por semana.

O regresso de uma série por dia da semana teria de ser exaustivamente promovido. Podia baixar as audiências daquela faixa, que também, ultimamente, não andam muito famosas.

Link to post
Share on other sites
  • Replies 1.3k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Hidden Content Sign in or sign up to see the hidden content. Que giro, os antigos dogs da rtp2  

Aproveitando a tua deixa para fazer um pouco de off-topic: Agora que até os canais RTP dos arquipélagos já estão finalmente em HD, a próxima a converter-se deveria ser a RTP Memória... Alguns poderão dizer que para conteúdo 4:3 SD não fará grande diferença, mas eu acredito que é possível notar-se uma ligeira melhoria na qualidade quando este é transmitido em HD. Além disso, o canal também transmite filmes antigos que entretanto já foram remasterizados e programas dos anos 2000/2010s que já for

Essa tecnologia do futuro que era o telex. 

Por acaso também preferia o regresso ao formato semanal. Há bastantes séries com segundas e terceiras (e em diante) temporadas que gostaria de seguir, mas este modelo de exibição faz-me desistir logo. Para mim o melhor caso disso é a série islandesa "Trapped". Vi antes a primeira temporada antes de passar na RTP2 e queria ver a segunda. Soube que passou na 2, mas o ritmo de exibição da série fez-me logo desistir. Pior ainda é que este ritmo de exibição depois tem influência na presença no RTP Play. Passados uns meses voltei-me a lembrar da série e fui ao RTP Play porque queria ver. Já não estava disponível!

  • Like 3
  • Sad 1
Link to post
Share on other sites
há 20 minutos, Televisão 10 disse:

Não me lembrava que o estúdio do Hoje era usado para outros programas...

 

Sim, para além disto ainda era usado para o programa Capital dedicado à economia.
Bons tempos em que a RTP2 tentou sair do marasmo... mas claro que tinha de durar pouco tempo.

Edited by canal5
  • Sad 2
Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, canal5 disse:

Sim, para além desse programa ainda era usado para o programa Capital dedicado à economia.
Bons tempos em que a RTP2 sair do marasmo... mas claro que durou pouco tempo.

A seguir à primeira edição do Hoje havia uma linha de programas às 19:30, pena que acabaram com esta estrutura, nem no canal de notícias dava jeito segundo as direcções posteriores.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

É interessante consultar aleatoriamente grelhas antigas da RTP 2 da direção da Teresa Paixão e ver que a diretora já mudou vezes e vezes sem fim a estrutura das grelhas.

Já tivemos Euronews à tarde e à hora de almoço, séries portuguesas a repetirem às 13h00, Sociedade Civil pelas 15h30, séries cómicas e magazines antes do Jornal 2, Desalinhado de manhã, Desalinhado nas tardes de fim de semana, séries às 14h00 de fim de semana, Caminhos e 70x7 pelas 20h00 de domingo... A Teresa já se deve ter perdido no meio de tanta estratégia! :help:

Pior que poucas resultam... :cryhappy:

  • Love 1
  • LOL 2
  • Sad 2
Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...
há 38 minutos, Televisão 10 disse:

Tão icónica a Fabienne Lepic da série Pais Desesperados, que passou na RTP 2. :mosking:

https://www.facebook.com/58128667146/posts/10159104086882147/

Saudades. 

Foi a primeira série da era Teresa Paixão que vi na RTP 2.

A propósito da maratona de "Modern Family" no canal que a NOS resolveu abrir durante a época festiva, lembrei-me recentemente desta série e questionei-me mesmo como a FOX Comedy ainda não a adquiriu.

Não sei quando a Teresa começou na RTP2, mas desta era de séries europeias, as primeiras que eu vi foram mesmo as primeiras: "Borgen", "El Principe" e "Paradise". :girlinlove:Infelizmente, não vi "Engrenages", "Gomorra" e não terminei "Arvingerne". :(

Link to post
Share on other sites
há 5 minutos, srcbica disse:

A propósito da maratona de "Modern Family" no canal que a NOS resolveu abrir durante a época festiva, lembrei-me recentemente desta série e questionei-me mesmo como a FOX Comedy ainda não a adquiriu.

Não sei quando a Teresa começou na RTP2, mas desta era de séries europeias, as primeiras que eu vi foram mesmo as primeiras: "Borgen", "El Principe" e "Paradise". :girlinlove:Infelizmente, não vi "Engrenages", "Gomorra" e não terminei "Arvingerne". :(

Agora que me estou a lembrar, também vi Borgen. Veio antes ou depois de Pais Desesperados?

Pois, bem que a FOX Comedy poderia adquirir.

As séries francesas têm potencial. Basta ver Candice Renoir que, no AXN, entrou para o top de programas mais vistos do Cabo. Claro que, na RTP 2 da Teresa Paixão, a série nunca teve direito a ir para o horário nobre. :rolleyes: Decisões que não se entendem.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 2 horas, Televisão 10 disse:

Agora que me estou a lembrar, também vi Borgen. Veio antes ou depois de Pais Desesperados?

Pois, bem que a FOX Comedy poderia adquirir.

As séries francesas têm potencial. Basta ver Candice Renoir que, no AXN, entrou para o top de programas mais vistos do Cabo. Claro que, na RTP 2 da Teresa Paixão, a série nunca teve direito a ir para o horário nobre. :rolleyes: Decisões que não se entendem.

Veio antes. Como escrevi anteriormente, "as primeiras que eu vi foram mesmo as primeiras". :P

"Borgen" estreou em janeiro de 2015, ano de eleições. Nunca hei de esquecer, porque ninguém me tira da cabeça que a geringonça foi baseada no que quase aconteceu no final da série, em que a Byrgitte ganhou 13% dos votos e foi convidada pela oposição para Primeira-Ministra. Só que ela preferiu usar isso para conseguir convencer o vencedor das eleições a ceder em algumas matérias que ela considerava importantes em troca apenas de apoio parlamentar. Que maravilha de série. Ainda hoje tenho pena de ter perdido os episódios.

Ao fim de semana, a primeira foi "Paradise". E depois de "Borgen", durante a semana, deram a primeira temporada de "El Principe". Acho que foi assim.

Eu acho que "Pais Desesperados" veio já em 2016.

Link to post
Share on other sites
há 9 minutos, srcbica disse:

Veio antes. Como escrevi anteriormente, "as primeiras que eu vi foram mesmo as primeiras". :P

"Borgen" estreou em janeiro de 2015, ano de eleições. Nunca hei de esquecer, porque ninguém me tira da cabeça que a geringonça foi baseada no que quase aconteceu no final da série, em que a Byrgitte ganhou 13% dos votos e foi convidada pela oposição para Primeira-Ministra. Só que ela preferiu usar isso para conseguir convencer o vencedor das eleições a ceder em algumas matérias que ela considerava importantes em troca apenas de apoio parlamentar. Que maravilha de série. Ainda hoje tenho pena de ter perdido os episódios.

Ao fim de semana, a primeira foi "Paradise". E depois de "Borgen", durante a semana, deram a primeira temporada de "El Principe". Acho que foi assim.

Eu acho que "Pais Desesperados" veio já em 2016.

A questão é que eu só vi Borgen na repetição aos domingos à noite e não quando foi transmitida nos dias úteis. Não sei, assim, se a repetição veio antes de Pais Desesperados.

Eu, por acaso, vi todos os episódios de Borgen e é uma série muito boa, de facto, com uma ótima protagonista, que, volta e meia, aparece em filmes de outros países. Ainda no outro dia, apareceu num filme que estava a dar na SIC. Só achei que a última temporada entrou um pouco num drama do género de uma novela. Há pouco tempo, deu na SIC Radical. Podias ter acompanhado os episódios em falta por lá. ;) Falas dessa inspiração para a geringonça e a verdade é que, na Dinamarca, a série inspirou a legislação sobre a prostituição a aplicar no país.

Na RTP 2, sempre preferi acompanhar séries semanais do que diárias, pois é muito mais fácil de acompanhar. O que acontecia antes é que apanhava as séries a meio, gostava e só depois, nas repetições, é que conseguia acompanhar os primeiros episódios. Aconteceu com Pais Desesperados, Candice Renoir e Nina, todas francesas, curiosamente. Gosto muito de séries francesas, como podem verificar. :mosking: Pais Desesperados foi especial, sobretudo porque, por coincidência, tinha colegas que acompanhavam na turma e até a minha professora de Francês gostava, então falávamos da série nas aulas. :mosking:

Por isso é que, para mim, seria mais interessante a RTP 2 ter uma série diferente em cada dia útil, mas não sei se resultaria tão bem a nível audiométrico.

 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 3 minutos, Televisão 10 disse:

A questão é que eu só vi Borgen na repetição aos domingos à noite e não quando foi transmitida nos dias úteis. Não sei, assim, se a repetição veio antes de Pais Desesperados.

Eu, por acaso, vi todos os episódios de Borgen e é uma série muito boa, de facto, com uma ótima protagonista, que, volta e meia, aparece em filmes de outros países. Ainda no outro dia, apareceu num filme que estava a dar na SIC. Só achei que a última temporada entrou um pouco num drama do género de uma novela. Há pouco tempo, deu na SIC Radical. Podias ter acompanhado os episódios em falta por lá. ;) Falas dessa inspiração para a geringonça e a verdade é que, na Dinamarca, a série inspirou a legislação sobre a prostituição a aplicar no país.

Na RTP 2, sempre preferi acompanhar séries semanais do que diárias, pois é muito mais fácil de acompanhar. O que acontecia antes é que apanhava as séries a meio, gostava e só depois, nas repetições, é que conseguia acompanhar os primeiros episódios. Aconteceu com Pais Desesperados, Candice Renoir e Nina, todas francesas, curiosamente. Gosto muito de séries francesas, como podem verificar. :mosking: Pais Desesperados foi especial, sobretudo porque, por coincidência, tinha colegas que acompanhavam na turma e até a minha professora de Francês gostava, então falávamos da série nas aulas. :mosking:

Por isso é que, para mim, seria mais interessante a RTP 2 ter uma série diferente em cada dia útil, mas não sei se resultaria tão bem a nível audiométrico.

 

Hmm a repetição, não sei quando deu. Sei que foi aos domingos à noite. Agora, se começou antes ou depois de "Pais Desesperados" é que já não sei.

Oh eu vi a série toda quando deu na RTP2. Eu perdi foi a gravação que tinha dos episódios. Um disco externo que avariou. Na altura que deu na SIC Radical, tentei recuperar, mas não tive hipótese, mesmo.

Edited by srcbica
  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Borgen foi a primeira série da "era europeia", ainda na direção de Elísio Oliveira (com a Paixão como "gestora de canal") em Janeiro de 2015. Em 2014 já tinha havido algumas minisséries italianas a preencher o horário nobre, alternadas com restos de séries americanas como Mad Men. Teve repetição aos Domingos à noite logo em Março, em substituição de Paraíso, com o último episódio a ser exibido precisamente no dia das Legislativas de 2015.

Pais Desesperados estreou a 11 de Abril, aos Sábados às 13h - e posteriormente às 14h, onde finalmente começou a ter valores decentes.

  • Like 3
Link to post
Share on other sites
há 25 minutos, miguelalex23 disse:

Borgen foi a primeira série da "era europeia", ainda na direção de Elísio Oliveira (com a Paixão como "gestora de canal") em Janeiro de 2015. Em 2014 já tinha havido algumas minisséries italianas a preencher o horário nobre, alternadas com restos de séries americanas como Mad Men. Teve repetição aos Domingos à noite logo em Março, em substituição de Paraíso, com o último episódio a ser exibido precisamente no dia das Legislativas de 2015.

Pais Desesperados estreou a 11 de Abril, aos Sábados às 13h - e posteriormente às 14h, onde finalmente começou a ter valores decentes.

Não fazia ideia de que a Teresa ainda não era diretora nessa altura. Quando ela foi promovida, já agora?

Link to post
Share on other sites
há 31 minutos, miguelalex23 disse:

Borgen foi a primeira série da "era europeia", ainda na direção de Elísio Oliveira (com a Paixão como "gestora de canal") em Janeiro de 2015. Em 2014 já tinha havido algumas minisséries italianas a preencher o horário nobre, alternadas com restos de séries americanas como Mad Men. Teve repetição aos Domingos à noite logo em Março, em substituição de Paraíso, com o último episódio a ser exibido precisamente no dia das Legislativas de 2015.

Pais Desesperados estreou a 11 de Abril, aos Sábados às 13h - e posteriormente às 14h, onde finalmente começou a ter valores decentes.

Então, afinal foi Borgen a primeira série europeia que vi na RTP 2.

Pensava que a ideia das séries europeias tinha vindo da direção da Teresa (e, se calhar, até veio dela, como gestora de canal).

@srcbica, um bom cargo para ti: gestor de canal da RTP 2. :mosking:

  • LOL 1
Link to post
Share on other sites
há 3 minutos, Televisão 10 disse:

Então, afinal foi Borgen a primeira série europeia que vi na RTP 2.

Pensava que a ideia das séries europeias tinha vindo da direção da Teresa (e, se calhar, até veio dela, como gestora de canal).

@srcbica, um bom cargo para ti: gestor de canal da RTP 2. :mosking:

Eu leio o nome do cargo e penso que há de consistir em gerir os gastos. Já ia ter discussões com o Fragoso por ele gastar dinheiro em séries nas madrugadas que podiam ser utilizadas por mim. :chair:

  • LOL 3
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...