Jump to content

Sexualidade


Recommended Posts

  • Replies 11.9k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Mão direita.

Tentei marcar encontro, o encontro foi marcado, e a pessoa não chegou vir ao café. Uma hora depois estava-me a dizer que afinal é casado e tem dois fillhos.

Não dá para meter um gif no título do tópico?

há 1 minuto, Ruben Fonseca disse:

Parceiros recorrentes é um termo muito abrangente e, por vezes, a curto prazo. Até mesmo nos parceiros recorrentes a médio prazo, há uma diferença entre teres relações sexuais com a mesma pessoa uma ou duas vezes por mês e uma ou duas vezes por semana.

2/3 anos é um curto prazo? 

Acho que está conversa já está a roçar a inutilidade. A verdade é que cada indivíduo tem as suas preferências e convicções. Ponto. 

Nunca tive o propósito de ofender ninguém, apenas expressei a minha opinião íntima. 

Link to post
Share on other sites
agora mesmo, VINTAGE disse:

2/3 anos é um curto prazo? 

há 2 minutos, Ruben Fonseca disse:

Até mesmo nos parceiros recorrentes a médio prazo, há uma diferença entre teres relações sexuais com a mesma pessoa uma ou duas vezes por mês e uma ou duas vezes por semana.

Incluo ainda outra coisa que já disse em cima: mesmo entre parceiros sexuais recorrentes, há toda uma diferença na relação não sexual que tens com essa pessoa. Porque sim, podes ter parceiros de 2/3 anos, mas esse parceiro for apenas para o sexo e se aquilo que fazes com ele pouco difere disso, então não difere muito das vezes em que vais a uma app e tens sexo com alguém desconhecido.

--

há 2 minutos, VINTAGE disse:

O que me está a parecer é que os versáteis ficaram todos ofendidos. Como se o gosto pessoal deles precisasse de se sobrepor aos que são só ativos ou só passivos. 

A mim espanta-me é que ainda não entendeste que não é uma questão de gosto pessoal, nem de se sobrepor ao que quer que seja. Tudo o que se está aqui a dizer é que a versatilidade não é apenas algo relacionado com penetração, não exclui preferências e pode perfeitamente ser algo momentâneo. Se até agora foste só ativo ou passivo, ainda bem para ti. Excluir a possibilidade ou até mesmo negar (não foste tu, mas pronto) que tal não exista *apenas* porque nunca chegaste ao ponto sequer de considerar tal coisa, é que já é caminhar para o absurdo.

  • Like 2
  • Thanks 1
Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Buwayh disse:

No que me toca a mim, só achei o comentário do Visky ridículo e extremista.

"Eu também não gosto de versáteis. Não posso com essa história de versáteis ativos. Ou é ativo ou não é. Ponto."

É quase como dizer que não se gosta de bissexuais porque são indecisos. Oiço isso muitas vezes e, mesmo sendo gay, fico irritado com esta mentalidade tacanha vinda de uma comunidade que devia ser mais progressista.

E achas a minha postura extremista? 

Link to post
Share on other sites
agora mesmo, VINTAGE disse:

E achas a minha postura extremista? 

Acho que te deves relacionar com quem quiseres e assumir os papéis que bem entenderes, desde que as regras estejam bem definidas entre ti e as pessoas com quem te envolves. Fiquei chocado com as objetificações que vi aqui, mas não sou ninguém para definir como deve funcionar a vossa vida sexual.

  • Like 2
Link to post
Share on other sites

Depois de muita reflexão cheguei à conclusão que o Visky disse foi mesmo algo extremista e tacanho. Eu disse que concordava, porque fiquei deslumbrado com uma opinião semelhante à minha. Mas eu nunca quis transparecer a abolição dos versáteis. Pelo o contrário. Cada um tem a sua forma de viver como bem entende. 

No fundo este debate teve sim utilidade. Fez-me sentir mais uma vez deslocado mas também me fez olhar este tema com outros olhos. 

Talvez precise vivênciar uma relação duradoura para entender melhor estas questões com maior profundidade (não no sentido literal ou talvez sim). :haha:

Edited by VINTAGE
  • Like 1
  • LOL 1
Link to post
Share on other sites
há 13 minutos, Buwayh disse:

No que me toca a mim, só achei o comentário do Visky ridículo e extremista.

"Eu também não gosto de versáteis. Não posso com essa história de versáteis ativos. Ou é ativo ou não é. Ponto."

É quase como dizer que não se gosta de bissexuais porque são indecisos. Oiço isso muitas vezes e, mesmo sendo gay, fico irritado com esta mentalidade tacanha vinda de uma comunidade que devia ser mais progressista.

Até admirava se não fosse o comentário do Visky. Mas ao menos gostamos os dois do Pedro Sousa, já é um ponto positivo. Temos algo em comum.

Link to post
Share on other sites
há 8 minutos, BlastCandiesx disse:

 

Namoro há bastante tempo e sempre fui o ativo, por vezes gosto de inverter os papéis assim como o meu namorado.  Só não entendo o porquê de ser ''versátil ativo'' seja algo que retire o brilho,mas cada um tem os seus gostos, desde que não se prejudique ninguém. ;)

E acho que por vezes na discussão destes assuntos se nota um pouco de preconceito até dentro da própria comunidade homossexual.

Mas isso é uma tendência do ser humano. Arranja sempre formas de se encaixotar.

Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, VINTAGE disse:

Depois de muita reflexão cheguei à conclusão que o Visky disse foi mesmo algo extremista e tacanho. Eu disse que concordava, porque fiquei deslumbrado com uma opinião semelhante à minha. Mas eu nunca quis transparecer a abolição dos versáteis. Pelo o contrário. Cada um tem a sua forma de viver como bem entende. 

No fundo este debate teve sim utilidade. Fez-me sentir mais uma vez deslocado mas também me fez olhar este tema com outros olhos. 

Talvez precise vivênciar uma relação duradoura para entender melhor estas questões com maior profundidade (não no sentido literal ou talvez sim). :haha:

Eu NÃO SOU CONTRA OS VERSÁTEIS. Por favor!

Peço desculpa se me expressei mal

Eu só estava a falar relativamente a mim, no meu caso é que prefiro um ativo a um versátil ativo.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 7 minutos, Visky disse:

Eu NÃO SOU CONTRA OS VERSÁTEIS. Por favor!

Peço desculpa se me expressei mal

Eu só estava a falar relativamente a mim, no meu caso é que prefiro um ativo a um versátil ativo.

"Eu não disse isso"; "Não estás a perceber"; "Foi sem maldade"; "Eu sou puro" :clown:

Levamo-lo a votações? 

Estou a brincar. :laugh:

Edited by Buwayh
  • LOL 2
Link to post
Share on other sites
há 23 horas, BlastCandiesx disse:

Olá a todos! 
Gostaria de fazer duas perguntas, não sei se são demasiado +18,caso forem penso que a moderação vai mandá-las às vida! xD
1) Relativamente ao sexo anal, por acaso alguém tem alguma dica que tenha sido efetiva no vosso caso (enquanto passivo)?
2) Já alguma vez ouviram falar de poppers? Já algum de vocês experimentou? Gostava de saber experiências.

Obrigado desde já!! ;)

Já usei poppers mais que uma vez em One night stands e posso dizer-te que tenho mixed feelings. Se por um lado, te faz sentir mais relaxado e acaba por facilitar a penetração pelo ativo, por outro pode deixar-te com uma dor de cabeça horrível no dia seguinte, se fores demasiado sensível (no meu caso é quase sempre certo). Mas é uma questão de experimentares. Mas usa com moderação. Pode tornar-se algo viciante. E utiliza sempre com pessoas em quem confiar, porque há pessoal que pode usar os poppers para se tentar aproveitar de ti, convencer-te a fazeres algo contra a tua vontade, se cheirares demasiado ao ponto de te deixar num estado de transe (isso ia acontecendo comigo uma vez). 

  • Love 2
Link to post
Share on other sites
há 10 horas, Faded disse:

Mas continua a existir aquela mentalidade de que os ativos são machos Alfa e os passivos são flores de estufa submissas que gostam de ser dominadas e que estão abaixo dos machos ativos. 

É um estereótipo muito extremista mas há pessoas assim. Pessoalmente aprecio muito mais os "machos alfa", mas isso não significa que condene os mais afeminados. Preferências. Não digo que sou uma flor de estufa ou mais feminino. Sou comum. Mas sinto prazer em sentir-me abaixo (sem exageros) do homem ativo no sexo. Como frisei, ontem, cada um tem os seus gostos e ponto. De facto a comunidade é extremamente tóxica, infelizmente. 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
On 15/06/2020 at 10:40, VINTAGE disse:

É um estereótipo muito extremista mas há pessoas assim. Pessoalmente aprecio muito mais os "machos alfa", mas isso não significa que condene os mais afeminados. Preferências. Não digo que sou uma flor de estufa ou mais feminino. Sou comum. Mas sinto prazer em sentir-me abaixo (sem exageros) do homem ativo no sexo. Como frisei, ontem, cada um tem os seus gostos e ponto. De facto a comunidade é extremamente tóxica, infelizmente. 

Ninguém se deve relacionar com quem não quer por pena ou obrigação moral, mas há uma multiplicidade de fatores por detrás dessa "preferência" que faz com que ela não seja uma simples preferência pessoal.

Este video explica bem isso.

Foca muito na rejeição pelas pessoas negras, mas também fala sobre o motivo pelo qual as preferências da maioria das pessoas são semelhantes. 

Edited by Buwayh
  • Like 2
Link to post
Share on other sites
há 2 horas, Buwayh disse:

Ninguém se deve relacionar com quem não quer por pena ou obrigação moral, mas há uma multiplicidade de fatores por detrás dessa "preferência" que faz com que ela não seja uma simples preferência pessoal.

Este video explica bem isso.

Foca muito na rejeição pelas pessoas negras, mas também fala sobre o motivo pelo qual as preferências da maioria das pessoas são semelhantes. 

Esse vídeo não mudou em nada a minha opinião. Se há pessoa que defende a inexistência de padrões/estereótipos sou eu. Pode não parecer, eu sei.

Eu vejo pessoas de todo o tipo nas aplicações de sexo e raramente há alguém que não acho bonito. Sempre encontro beleza em todos. Tenho um gosto muito vasto (gordos, com barba, sem barba, magros, com pêlos, sem pêlos, negro, branco, amarelo, etc). Não acho de bom tom usares esse vídeo como indireta (sim eu também sei que foi uma forma de me ajudares). 

Com isto quero dizer que não é por preferir homens mais ativos que sou louco por padrões. 

Sou uma pessoa com gostos muito peculiares, como hobbies, mas não é por ter algumas preferências sexuais mais comuns que estou a seguir o bando. 

Edited by VINTAGE
  • Love 1
Link to post
Share on other sites
há 26 minutos, VINTAGE disse:

Esse vídeo não mudou em nada a minha opinião. Se há pessoa que defende a inexistência de padrões/estereótipos sou eu. Pode não parecer, eu sei.

Eu vejo pessoas de todo o tipo nas aplicações de sexo e raramente há alguém que não acho bonito. Sempre encontro beleza em todos. Tenho um gosto muito vasto (gordos, com barba, sem barba, magros, com pêlos, sem pêlos, negro, branco, amarelo, etc). Não acho de bom tom usares esse vídeo como indireta (sim eu também sei que foi uma forma de me ajudares). 

Com isto quero dizer que não é por preferir homens mais ativos que sou louco por padrões. 

Sou uma pessoa com gostos muito peculiares, como hobbies, mas não é por ter algumas preferências sexuais mais comuns que estou a seguir o bando. 

Não foi uma indireta. Foi um à parte sobre aquilo que achamos que são os nossos gostos pessoais, mas na verdade são condicionamentos sociais aos quais somos submetidos desde sempre. A idolatração da masculinidade está longe de influenciar apenas os nossos interesses românticos e sexuais. É um problema estrutural que está na base da homofobia e de uma grande parte da toxicidade que existe dentro da comunidade LGBTQIA+. 

Edited by Buwayh
  • Like 3
Link to post
Share on other sites
há 40 minutos, Buwayh disse:

Não foi uma indireta. Foi um à parte sobre aquilo que achamos que são os nossos gostos pessoais, mas na verdade são condicionamentos sociais aos quais somos submetidos desde sempre. A idolatração da masculinidade está longe de influenciar apenas os nossos interesses românticos e sexuais. É um problema estrutural que está na base da homofobia e de uma grande parte da toxicidade que existe dentro da comunidade LGBTQIA+. 

Sim, ok. Então quer dizer que sou machista. Maior ofensa que poderia receber.

  • LOL 1
Link to post
Share on other sites
há 13 minutos, VINTAGE disse:

Sim, ok. Então quer dizer que sou machista. Maior ofensa que poderia receber.

Todos somos, em maior ou menor grau. É uma herança cultural. E esse cliché do "não tenho nada contra os efeminados" é igual ao "não tenho nada contra os homossexuais". As pessoas usam-no para se convencerem que são muito inclusivas, mas estão a ser condescendentes e, geralmente, incoerentes.

Não encares isto como um ataque pessoal. Só usei a tua frase para fazer esta ressalva. 

Link to post
Share on other sites
há 15 minutos, Buwayh disse:

Todos somos, em maior ou menor grau. É uma herança cultural. E esse cliché do "não tenho nada contra os efeminados" é igual ao "não tenho nada contra os homossexuais". As pessoas usam-no para se convencerem que são muito inclusivas, mas estão a ser condescendentes e, geralmente, incoerentes.

Não encares isto como um ataque pessoal. Só usei a tua frase para fazer esta ressalva. 

Não tenho nada contra mesmo. 

Tranquilo. 

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...