Jump to content

Casados à Primeira Vista [T4]


rsc

Recommended Posts

Pela descrição, até não parecia mau.

Depois fui ver um pouco de um episódio da versão britânica... é completamente ridículo.

Pessoas que se oferecem para casar com outras que nunca viram antes na vida, apenas porque psicólogos e 'peritos' de dating e romance sugerem que eles serão compatíveis. Depois de se casarem perante família e amigos, as câmaras seguem-nos nas suas novas vidas para ver se o casamento consegue correr bem.

Pois bem, podemos ver os resultados no Reino Unido: em 3 temporadas, todos aqueles que se casaram no programa acabaram por se divorciar ou anular o casamento :rolleyes::lol: (Podem ver as conclusões aqui.)

Na versão americana, 90% dos casais também se divorciaram.

Grandes peritos em compatibilidade, sim senhor. :rolleyes:  Obviamente isto é mais para show do que outra coisa.

Edited by Cable Guy
  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Isto era programa para as 23:30 de sábado. Ou 23:30 de domingo com um programa forte antes. Começa mal o Daniel nas escolhas do entretenimento. Não que eu fosse defensor do Wife Swap, mas esse ainda imaginava com resultados aceitáveis em cima da polémica e burburinho que acredito que causasse.

Link to comment
Share on other sites

há 2 horas, Cable Guy disse:

Pessoas que se oferecem para casar com outras que nunca viram antes na vida, apenas porque psicólogos e 'peritos' de dating e romance sugerem que eles serão compatíveis. 

Experimenta estares encalhado há anos, que logo vês se é ridículo :lol: 

  • Like 2
  • LOL 6
Link to comment
Share on other sites

Sinceramente, houve tanta e tanta gente gente (e ainda há) a casar-se sem conhecer a outra pessoa, que eu creio que seria capaz de o fazer. Penso (e penso também que a maioria pensa o mesmo) que obviamente nem todos estes casamentos foram / hão de ser felizes, mas também houve/há aqueles que o foram/são. Deste modo, era capaz de o fazer no civil, porque, para mim, casamento no civil não passa de uma troca de assinaturas. Casamento pela igreja é outra coisa. Na teoria, casar-se pela igreja é para a vida. Casar-se pelo civil, não. Aliás, já cheguei a ver famosos que se casaram pela igreja anos depois de se terem casado pelo civil. Por iniciativa própria, só se eu estivesse muito desesperado, mas se um amigo me inscrevesse ou se fosse para ganhar alguma aposta entre amigos, era capaz de o fazer. Não deixaria de ser uma experiência social curiosa de ser vivida.

P.S.: a minha real pessoa também se casou sem conhecer o homem. E, ao que parece, fomos felizes. Afinal, fizemos 5 filhos, um rapaz e quatro meninas. E é certo que fizemos filhos pela glória maior dos nossos reinos, mas foi tão prazeroso, que, mesmo sem glória, fazia-los à mesma.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Por acaso acho o conceito deste programa interessante. E acho que, de facto, tem muito mais de "experiência social" (documentada através de programa televisivo) do que de um simples reality show. Isto porque estamos a aplicar uma prática social (a dos "casamentos arranjados" - por qualquer que seja o motivo ou por quem quer que seja) numa sociedade em que esta prática não é comum (e até pode ser mal vista). Se uma pessoa já é "condenada" e considerada desesperada por usar uma app de encontros para tentar encontrar a cara metade, quanto mais por recorrer a um método destes! E não sei se se apercebem, mas embora o objectivo de encontrar alguém com quem partilhar a vida continue a ser importante nas sociedades ocidentais, as condições para que tal aconteça alteraram-se radicalmente. Agora é expectável que toda a gente tenha uma carreira profissional (homens e mulheres, e ninguém tem tempo ou paciência para conhecer pessoas novas) e as redes sociais (não as aplicações online, mas sim os grupos de pessoas em que estamos inseridos) também não funcionam como antigamente. Antes as famílias era maiores e conhecer um amigo de um irmão ou algo do género era mais simples. Hoje em dia, ou uma pessoa não tem irmãos ou ele está no trabalho tantas ou mais horas do que nós, ou se calhar até emigrou e só nos vemos uma vez de ano a ano (se tanto). E vamos convir que é mais fácil entrar numa relação com alguém quando essa pessoa nos é "referenciada" por alguém que já conhecemos (um familiar, um amigo, etc.).

Desta forma, pretendo seguir o programa e admito que caso fosse mais aventureira e não gostasse de ter tudo sob controlo (por exemplo, detesto surpresas, mesmo que sejam positivas), até me poderia candidatar a isto. Muitas vezes penso sobre diversas práticas sociais e sobre o seu significado e num programa destes poderia demonstrar que é possível encontrar um potencial cônjuge através de formas menos convencionais (na sociedade portuguesa). Os casamentos voluntários em que as pessoas se conhecem previamente também falham, não é verdade? Então porque não tentar algo assim? É uma alternativa que faz bastante sentido na minha cabeça.

  • Like 1
  • Love 2
Link to comment
Share on other sites

há 3 minutos, VascoSantos disse:

Na revista com aquelas novidades todas (que se calhar não são assim tão certas), avançam que a Júlia Pinheiro é uma forte hipótese para apresentar isto.

Apontam a estreia para finais de Setembro, inícios de Outubro, a seguir à 2ª temporada do Terra Nossa.

Nem se quer vejo outra pessoa na sic para apresentar isto.

Engraçado a Teresa vir dizer que voltava à sic já hoje quando surgem as novidades deste programa.. Queria ela voltar a ser a Casamenteira? 

  • LOL 2
Link to comment
Share on other sites

há 14 minutos, Maciel disse:

Nem se quer vejo outra pessoa na sic para apresentar isto.

Engraçado a Teresa vir dizer que voltava à sic já hoje quando surgem as novidades deste programa.. Queria ela voltar a ser a Casamenteira? 

A Teresa andou tanto tempo a falar mal da SIC, que sempre pensei impossível vê-la lá de novo. Verdade seja dita, penso que ela se dirigia mais a quem lá trabalhava, algumas pessoas, do que propriamente o canal em si, a marca, a entidade. No entanto, nas suas farpas isso nunca ficava muito explícito, dava a entender que era o canal. Agora que as pessoas que ela criticava sairam da direcção, é normal que ela mostre interesse em voltar. Eu sempre gostei bastante do trabalho que ela fez lá, enquanto apresentadora de muitos programas e produtora de tantas outras coisas. Ela enquanto apresentadora de SS e BB já não suporto. No entanto, um regresso a Carnaxide era bonito de se ver! Mas duvido um pouco que aconteça, estando ainda lá a Júlia. Acho que isso era capaz de ser como que uma afronta, gerar mau ambiente uma vez que elas não se dão. A ver vamos...

Link to comment
Share on other sites

On 7/18/2018 at 4:23 AM, FraisesSucrées said:

Mas os casamentos são mesmo oficiais, contam mesmo como averbamentos no registo civil? Não serão apenas simbólicos?  

On 7/18/2018 at 5:29 AM, Televisão 10 said:

É provável que sejam simbólicos. 

Não, os casamentos não são simbólicos. São mesmo oficiais. Pelo menos até agora sempre o foram, nas versões locais do programa nos Estados Unidos, Reino Unido e Austrália.

Se forem pesquisar, facilmente encontram artigos em que os ex-concorrentes confirmam que se divorciaram pouco tempo depois do programa, ou simplesmente anularam o casamento, e a maioria afirma que foi "um erro" e que foram levados pela produção a acreditar que seria um processo de selecção de parceiros mais rigoroso do que foi na realidade.

Inclusivé os produtores da versão australiana admitiram ao "Daily Mail" que, afinal, os pretendentes masculinos não são exactamente escolhidos para serem "compatíveis" com a pretendente, mas sim para "darem boa televisão". Portanto também não é 100% verdade que a alegada "equipa de peritos" vá escolher o parceiro ideal para a outra pessoa; os produtores do programa têm sempre a última palavra.

Alguns artigos interessantes:

 

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

há 2 minutos, VascoSantos disse:

Não é de admirar que tenham escolhido isto.

Na semana passada, foi o programa mais visto da SIC Mulher com o episódio de segunda a fazer às 20h10 uns 105 mil telespetadores.

Tens os resultados dos mais vistos do cabo?

Link to comment
Share on other sites

há 36 minutos, VascoSantos disse:

Obrigado.
Bem, a Globo está poderosíssima das 17:40 às 21h30. Não imaginava que Malhação VB fizesse bons resultados. Se PdV pegar o canal pode muito bem ameaçar a liderança da CMTV.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...