Jump to content
Titinha

Notícias TVI

Recommended Posts

há 20 minutos, Cable Guy disse:

A atual não é muito boa, logo isso não são muito boas notícias :sarcastic: 

A atual ainda mal interveio na grelha. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

FECHADO! Donos do Correio da Manhã vão mesmo comprar a TVI. 255 milhões!

O Jornal ECO, avança com a notícia de que o negócio está mesmo fechado: A Cofina vai comprar a media Capital, num negócio que está avaliado em 255 milhões de euros, e que conta com o empresário Mário Ferreira e Abanca.

 

 

 

Agora, estão a ser ultimadas os últimos detalhes para que a complexa operação de OPA, Oferta Pública de Aquisição, seja lançada.

O valor fechado entre a Cofina e Prisa é na ordem dos 255 milhões, mas poderá variar tendo em conta o share de audiência da TVI, no final de 2019… que por acaso está a ser um dos piores da estação.

Recorde-se que em 2017, a Altice valorizou a Medica Capital em 440 milhões, mas a verdade é que hoje em dia, em bolsa, o grupo está avaliado em 214,6 milhões.

Fonte: Dioguinho

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, tiago_nunes disse:

Cofina vai comprar a media Capital, num negócio que está avaliado em 255 milhões de euros

Não percebi. Vai comprar a Média Capital ou a TVI? Não estou muito a par dessas coisas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Faz-me confusão pensarem que as pessoas chegam e fazem logo trabalho. Não! 

São tudo negócios, ou acham que a Filipa chega, decide e faz? Se a administração não quiser nada se faz. 

Tudo isto é uma empresa, tudo leva tempo, tudo tem de ser criado e gerado. A TVI está a passar por uma enorme reforma interna a todos os níveis e novidades mesmo novidades a 100% só mais para a frente, ou seja, só vamos ver os resultados desta nova direção no canal em janeiro.

Até lá, há muita coisa em cima da mesa, não é da noite para o dia. Estamos a falar do mercado televisivo. A Cristina demorou 5 meses a aparecer no ecrã da SIC depois da contratação. 5 meses! Levou tempo, preparou e resultou. 

 

  • Like 3
  • Love 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Negócio fechado. Cofina vai lançar OPA à TVI com Mário Ferreira e Abanca

A Cofina vai comprar a Media Capital por um valor que avalia a empresa dona da TVI em cerca de 255 milhões de euros. Empresário Mário Ferreira e Abanca entram no negócio.

Os últimos dias foram frenéticos. Manuel Mirat e Paulo Fernandes reuniram em Lisboa para fechar um negócio que, em alguns momentos, esteve à beira da rutura. Mas o acordo entre a Cofina e a Prisa está fechado, apurou o ECO junto de fontes que conhecem o negócio. O que falta para o lançamento da Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a Media Capital? Finalizar os pormenores jurídicos de uma operação complexa que avalia a dona da TVI em torno dos 255 milhões de euros.

A estrutura de capital da operação está também fechada, e como o ECO já tinha revelado, não envolve apenas os atuais acionistas da Cofina. O empresário Mário Ferreira e o banco espanhol Abanca também vão fazer parte de uma operação que obrigará a um aumento de capital da Cofina na ordem dos 80 milhões de euros, necessário para financiar a OPA à Media Capital. Haverá também financiamento bancário de Santander e da Société Générale.

Logo que estas pontas estejam juridicamente atadas, condição necessária para a operação se efetivar, a Cofina anunciará ao mercado a Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a Media Capital, e que tudo indica deverá ocorrer no início da próxima semana, apurou o ECO. O negócio entre a Cofina e a Prisa está fechado por um valor que aponta para um enterprise value da Media Capital, isto é, valor de capital mais a dívida, da ordem dos 255 milhões de euros. Mas este valor poderá vir a variar em função do share de audiência média da TVI no final de 2019. Por comparação, a Altice valorizava a Media Capital, em 2017, por 440 milhões de euros.

Quanto vale hoje a Media Capital em bolsa? Cerca de 214,6 milhões de euros, um valor de 2,54 euros por ação, mas quase sem transações. A Prisa, recorde-se, tem 94,69%% do capital, a Abanca tem quase 5,05% e há 0,26% em free float, o que explica que nos últimos seis meses só tenha havido compra e venda de ações em… seis, leu bem, seis sessões. É por isso que o valor do negócio será com outra referência, provavelmente a média dos últimos seis meses, que é de 2,18 euros por ação. Daí que, no final, a compra da Media Capital envolverá uma responsabilidade financeira da ordem dos 255 milhões de euros, incluindo, portanto, cerca de 80 milhões de euros de dívida.

A Cofina tinha um contrato de exclusividade com a Prisa com a duração de 30 dias, que terminava este fim de semana. Mas as negociações começaram, efetivamente, no início de setembro, por causa das férias. E no meio das dificuldades negociais, surgiram notícias que causaram ruído no negócio. Primeiro, a informação de que Isabel dos Santos e a IURD poderiam estar por detrás do negócio, depois a de que Paulo Fernandes impunha o despedimento de jornalistas da TVI, como Judite de Sousa e José Alberto Carvalho, duas informações que as fontes contactadas pelo ECO desmentem de forma categórica.

Como ficam os dois grupos juntos?

Com esta mais do que previsível bem-sucedida operação, os alinhamentos vão mudar. A Cofina/Media Capital passa a ser o maior grupo de media do país, claramente à frente da Impresa, que tem a SIC e Expresso. Vamos aos números:

  • A Cofina faturou 89,9 milhões de euros em 2018, dos quais mais de 12 milhões na CMTV e 76 milhões no segmento de imprensa. O grupo registou um EBITDA de quase 15 milhões de euros e um lucros da ordem dos 6,6 milhões de euros.
  • A Media Capital registou uma faturação de 181 milhões de euros, dos quais 151 milhões de euros da TVI. O grupo detido (ainda) pela Prisa apresentou um EBITDA superior a 40 milhões de euros e lucros consolidados de 20 milhões de euros.

Portanto, face aos resultados de 2018, o novo grupo terá uma faturação acumulada superior a 270 milhões de euros. Só para um termo de comparação, a Impresa faturou 172 milhões de euros em 2018, com um EBITDA de 18,1 milhões de euros e um lucro de 3,1 milhões.

 
Edited by tiago_nunes
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, Fabien S. disse:

Faz-me confusão pensarem que as pessoas chegam e fazem logo trabalho. Não! 

São tudo negócios, ou acham que a Filipa chega, decide e faz? Se a administração não quiser nada se faz. 

Tudo isto é uma empresa, tudo leva tempo, tudo tem de ser criado e gerado. A TVI está a passar por uma enorme reforma interna a todos os níveis e novidades mesmo novidades a 100% só mais para a frente, ou seja, só vamos ver os resultados desta nova direção no canal em janeiro.

Até lá, há muita coisa em cima da mesa, não é da noite para o dia. Estamos a falar do mercado televisivo. A Cristina demorou 5 meses a aparecer no ecrã da SIC depois da contratação. 5 meses! Levou tempo, preparou e resultou. 

 

Eu apenas condeno para já a maratona de novelas e a aposta em Mar de Paixão... mas sei lá eu, às vezes podem haver motivos para tal coisa que nós nem sabemos. Será que essa novela chegou a ser paga? :sarcastic: Mas já foi repetida uma vez e tudo...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Fabien S. disse:

Faz-me confusão pensarem que as pessoas chegam e fazem logo trabalho. Não! 

São tudo negócios, ou acham que a Filipa chega, decide e faz? Se a administração não quiser nada se faz. 

Tudo isto é uma empresa, tudo leva tempo, tudo tem de ser criado e gerado. A TVI está a passar por uma enorme reforma interna a todos os níveis e novidades mesmo novidades a 100% só mais para a frente, ou seja, só vamos ver os resultados desta nova direção no canal em janeiro.

Até lá, há muita coisa em cima da mesa, não é da noite para o dia. Estamos a falar do mercado televisivo. A Cristina demorou 5 meses a aparecer no ecrã da SIC depois da contratação. 5 meses! Levou tempo, preparou e resultou. 

 

É por causa desse desculpabilismo bacoco que as coisas n vao mais além. 

Ninguém pede milagres, apenas que não piore o que já está mau. Isso é fácil, mas mesmo assim n o conseguem fazer. Há que piorar ...

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 7 minutos, Andreia_S disse:

Não percebi. Vai comprar a Média Capital ou a TVI? Não estou muito a par dessas coisas.

É sempre a Media Capital. A gente aqui é que diz TVI a maioria do tempo porque ela manda e desmanda no grupo, então é quase a mesma coisa :haha:

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que bom.

Fizeram de propósito para baixar o preço em metade e agora nunca mais se levanta.

  • Like 1
  • LOL 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 8 minutos, Franciscojrb disse:

Eu apenas condeno para já a maratona de novelas e a aposta em Mar de Paixão... mas sei lá eu, às vezes podem haver motivos para tal coisa que nós nem sabemos. Será que essa novela chegou a ser paga? :sarcastic: Mas já foi repetida uma vez e tudo...

Há um universo gigantesco que nós não temos noção. Pensam que a Filipa chega e já está. Eu tive o privilégio de ter estado nesse ambiente na altura do Chef é Você e vi que aquilo que se vê na TV é uma migalha do que se passa atrás. 

Quer-me parecer que, sim, de facto, cortaram o capital ao Bruno Santos, dessa forma ele não pôde apostar e consequentemente a empresa desvalorizou em bolsa. Ora, ponto perfeito para o despedimento dele e contratação de nova direção que se finaliza com esta compra de  « cêntimos » e assim a reforma estrutural é bem diferente. 

Acredito que se a Cofina souber aproveitar o melhor desta compra e derem à vontade financeiro à TVI as coisas vão surgir com brio e investimento. 

Edited by Fabien S.
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu se fosse a Cofina metia o Francisco Penim a frente dos canais temáticos da TVI, ele fez um bom trabalho quando estava na SIC nessa área...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 hora, tv123 disse:

Ainda há quem não perceba que a TVI só se deixou ir onde chegou, propositadamente. 

Porque é que não começou logo as repetições às 21h? Chegava lá num instante. :curtainpeek:

há 57 minutos, Fabien S. disse:

Faz-me confusão pensarem que as pessoas chegam e fazem logo trabalho. Não! 

São tudo negócios, ou acham que a Filipa chega, decide e faz? Se a administração não quiser nada se faz. 

Tudo isto é uma empresa, tudo leva tempo, tudo tem de ser criado e gerado. A TVI está a passar por uma enorme reforma interna a todos os níveis e novidades mesmo novidades a 100% só mais para a frente, ou seja, só vamos ver os resultados desta nova direção no canal em janeiro.

Até lá, há muita coisa em cima da mesa, não é da noite para o dia. Estamos a falar do mercado televisivo. A Cristina demorou 5 meses a aparecer no ecrã da SIC depois da contratação. 5 meses! Levou tempo, preparou e resultou. 

 

Júlia, Alô Portugal, Passadeira Vermelha, Casados, tudo isso não demorou nada disso.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, Maciel disse:

A liderança ia perde-la com ou sem o eventual processo de desvalorização. Agora fazer média mensal de 13 é perder vários dias para a RTP é querer ser mesmo chacota nacional.

Pergunto, quanto tempo demorará a recuperar? Sim, é que a TVI está numa situação que a SIC nunca esteve. A SIC ainda chegou a perder 2 anos para a RTP mas mesmo assim era competitiva em alguns horários. 

A TVI está totalmente devastada das desde das manhãs ao late night. Não há um único programa que sirva de âncora. O melhor produto deles é a novela Prisioneira que é um fracasso. É só por aí já se vê o estado que ficou. Nem no último ano da Gaby a SIC estava tão mal. O QM sempre aguentava nos 18%, o PJ tinha bons resultados, as tardes penso que também nunca bateram tão fundo como as da TVI (tirando o acesso ao prime time no verão 2017) e o próprio HN era bem mais competitivo. Além de que tinham o late night com a Globo. 

A TVI não tem nada. 

Que importa isso? A Garnel vai afundar a grelha da SIC no Tejo e fica resolvido. :cryhappy:

  • LOL 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 50 minutos, Maciel disse:

A liderança ia perde-la com ou sem o eventual processo de desvalorização. Agora fazer média mensal de 13 é perder vários dias para a RTP... 

Pergunto, quanto tempo demorará a recuperar? Sim, é que a TVI está numa situação que a SIC nunca esteve. A SIC ainda chegou a perder 2 anos para a RTP mas mesmo assim era competitiva em alguns horários. 

A TVI está totalmente devastada das desde das manhãs ao late night. Não há um único programa que sirva de âncora. O melhor produto deles é a novela Prisioneira que é um fracasso. É só por aí já se vê o estado que ficou. Nem no último ano da Gaby a SIC estava tão mal. O QM sempre aguentava nos 18%, o PJ tinha bons resultados, as tardes penso que também nunca bateram tão fundo como as da TVI (tirando o acesso ao prime time no verão 2017) e o próprio HN era bem mais competitivo. Além de que tinham o late night com a Globo. 

A TVI não tem nada. 

E não pode recuperar? Pode não ser já, mas a vida dá muitas voltas, oh se dá. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Com as férias a acabar e com a estreia de alguns novos programas (Na Corda Bamba, RAP e o novo concurso), pode ser que a TVI consiga subir um pouco, até aos 15-16%.

Mas só em Janeiro, quando for feita a remodelação do day-time é que a TVI terá verdadeiras hipóteses de voltar a competitiva, isto caso a Felipa Garnel consiga acertar com os novos programas. Principalmente nas tardes, porque se nas manhãs é quase impossível fazer melhor, nas tardes é perfeitamente possível conquistar a liderança. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 horas, tv123 disse:

Ainda há quem não perceba que a TVI só se deixou ir onde chegou, propositadamente. 

Muito isto... Negócios também é isto... 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 23 minutos, tv123 disse:

Eu acho que agora o maior desafio da Cofina vai ser o de fazer as pessoas perceberem que as marcas CM e TVI não se tocam. Porque a TVI vai levar com uma onde de má comunicação em cima, colossal. 

Pois vai, isso é certo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 26 minutos, tv123 disse:

Eu acho que agora o maior desafio da Cofina vai ser o de fazer as pessoas perceberem que as marcas CM e TVI não se tocam. Porque a TVI vai levar com uma onde de má comunicação em cima, colossal. 

Por outro lado deve começar a ganhar uma promoção gigante no Correio da Manhã. :sarcastic:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Free Live disse:

Continuo a achar absurdo essa teoria da desvalorização, seja como for não acho que se levantam tão cedo. Cristina só há uma e deixaram-na escapar. Talvez daqui a uns anos....

A SIC não é líder somente pela Cristina, foi um trabalho em toda a grelha. Antes da Cristina chegar já a Júlia estava a subir nas tardes e a começar a vencer. Depois com a liderança nas manhãs só veio ajudar a consolidar o que vinha a ser feito uns meses antes. 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...