Jump to content

Alma Gémea [Globo Portugal]


srcbica
 Share

Recommended Posts

  • Replies 269
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

há 9 horas, AGUI disse:

Aquilo é abaixo de básico :cryhappy: Ver a índia a falar assim, eu até compreendo, mas a aristocracia paulistana :cryhappy:

Os diálogos do Walcyr nunca foram grande coisa, isso é um facto. Mas isso nem me incomoda nesta novela. Não acho as cenas do Rafael forçadas. A parte dos indios não é a minha preferida, mas acho que vê-se bem até.  Oh eu acho piada à aristrocacia paulistana :p a novela tem essencialmente uma grande vertente cómica, afinal é uma novela das 18.

Continua a ver e não ligues muito aos diálogos, a novela tem coisas muito boas. Acredito que vais gostar mais.

Edited by Vieira
  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Aquele povo da pensão é de chorar a rir! :haha:

"Osvaldo não fale assim com a mamãe" :rofl:Estas discussões entre a d. Ofélia e o Osvaldo então são o ápice do fartote. :rofl:

A Cristina e a Débora devem ter ficado para a história como a dupla de vilãs mais notável de sempre. A sintonia entre mãe e filha em cena é simplesmente perfeita!
Depois do assalto que culminou com a morte da Luna (planeado exclusivamente pela Cristina), elas agora estão a armar para cima da Olívia. Fomentar a intriga, definir estratégias e planear as mesmas de forma minuciosa é tudo o  que se espera de um bom vilão de novelas, e estas duas fazem tudo isso de forma magistral!

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 3 minutos, Maya disse:

A Cristina e a Débora devem ter ficado para a história como a dupla de vilãs mais notável de sempre. A sintonia entre mãe e filha em cena é simplesmente perfeita!

Depois do assalto que culminou com a morte da Luna (planeado exclusivamente pela Cristina), elas agora estão a armar para cima da Olívia. Fomentar a intriga, definir estratégias e planear as mesmas de forma minuciosa é tudo o  que se espera de um bom vilão de novelas, e estas duas fazem tudo isso de forma magistral!

São duas excelentes vilãs, também gosto muito delas.

  • Love 2
Link to comment
Share on other sites

Mesmo tendo revisto quando a SIC repetiu em 2011, creio, há imensas entrelinhas das quais já não recordava. Soube tão bem ver que, ironicamente, um plano da Cristina para afastar a Serena da casa do Rafael, foi o que os despertou um para o outro, culminando inclusive no primeiro beijo deles. :mosking:

De facto em termos de diálogos a novela é Walcyr sem tirar nem pôr, mas há toda uma magia envolta no produto final que eleva esta novela a uns patamares bem altos, há toda uma força capaz de despertar nos espectadores as mais variadas emoções. 

  • Love 1
Link to comment
Share on other sites

Eu estou a ver pela primeira vez, mesmo já sabendo imensos spoilers.

Devo dizer que tenho pena da Cristina. Era claramente a neta "ovelha negra", ficou presa a uma paixão durante 20 anos e ele nem nota que ela existe! Para além disso é desprezada por todos os ricos da cidade. De verdade que sinto alguma empatia por ela nesta primeira fase.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

De há uns tempos para cá, tenho notado o quão pequeno é o universo físico ficcional da Globo :cryhappy: Desde partes da cidade cenográfica de Uga Uga nas ruas de Kubanacan até ao clube social desta novela, em que o terraço/patio (com a piscina) é o mesmo do hotel de Kubanacan, apenas pintado de rosa e com um grande jardim em volta (até o pequeno muro em volta e os pilares são iguais :cryhappy:).

  • LOL 1
Link to comment
Share on other sites

há 26 minutos, Free Live disse:

Eu estou a ver pela primeira vez, mesmo já sabendo imensos spoilers.

Devo dizer que tenho pena da Cristina. Era claramente a neta "ovelha negra", ficou presa a uma paixão durante 20 anos e ele nem nota que ela existe! Para além disso é desprezada por todos os ricos da cidade. De verdade que sinto alguma empatia por ela nesta primeira fase.

Eu senti sempre, e o facto de ter uma rival tão choquinha, ainda me fez torcer mais por ela.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

agora mesmo, Duarte com D disse:

Eu senti sempre, e o facto de ter uma rival tão choquinha, ainda me fez torcer mais por ela.

Lembro-me de tu não gostares muito de Alma Gémea em comparação com Chocolate com Pimenta. Quais foram as principais diferenças que notaste?

Link to comment
Share on other sites

agora mesmo, AGUI disse:

Lembro-me de tu não gostares muito de Alma Gémea em comparação com Chocolate com Pimenta. Quais foram as principais diferenças que notaste?

Priscila Fantin boazinha. :haha: Não tem jeito para o ser, prova disto é esta Serena. :bad:

Birra pessoal também, Chocolate com Pimenta é especial para mim, e na minha cabeça esta novela quis ser CcP, e desconstruiu muita coisa que na outra novela era especial para mim.

Depois amadureci, dei uma oportunidade a isto e gostei, mas acho CcP superior, até porque AG vale muito pela Cristina e na fase pós casamento com o Rafael ela fica um pouco paradita e chatinha.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Eu acho que 'Alma Gémea' e 'Chocolate com Pimenta' são "muito iguais" e "muito diferentes" ao mesmo tempo. As semelhanças notam-se sobretudo no humor muito característico das novelas de época do Walcyr Carrasco. Os bordões, os núcleos jecas, os momentos hilariantes (como as guerras de bolos e personagens a implicarem uns com os outros) são métodos que o autor não se cansa de aplicar em todas as suas obras, claro que "embrulhados" de formas distintas. Se têm dado sempre certo, porque não continuar a usá-los?!

A discrepância é mais notória justamente nos núcleos principais de cada uma. A Serena, tirando toda aquela doçura e a ingenuidade do inicio, não tem rigorosamente nada a ver com a Aninha. A Cristina e a Débora por sua vez são duas vilãs super pesadas e que me marcaram muito pela negativa, nada a ver com os vilões de 'Chocolate com Pimenta' que enveredavam mais pela vertente da comédia, e mesmo alguns deles tendo cometido algumas patifarias pelo meio, no computo geral nunca conseguia sentir raiva deles.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 5 minutos, Maya disse:

Eu acho que 'Alma Gémea' e 'Chocolate com Pimenta' são "muito iguais" e "muito diferentes" ao mesmo tempo. As semelhanças notam-se sobretudo no humor muito característico das novelas de época do Walcyr Carrasco. Os bordões, os núcleos jecas, os momentos hilariantes (como as guerras de bolos e personagens a implicarem uns com os outros) são métodos que o autor não se cansa de aplicar em todas as suas obras, claro que "embrulhados" de formas distintas. Se têm dado sempre certo, porque não continuar a usá-los?!

A discrepância é mais notória justamente nos núcleos principais de cada uma. A Serena, tirando toda aquela doçura e a ingenuidade do inicio, não tem rigorosamente nada a ver com a Aninha. A Cristina e a Débora por sua vez são duas vilãs super pesadas e que me marcaram muito pela negativa, nada a ver com os vilões de 'Chocolate com Pimenta' que enveredavam mais pela vertente da comédia, e mesmo alguns deles tendo cometido algumas patifarias pelo meio, no computo geral nunca conseguia sentir raiva deles.

Concordo em absoluto.  E até acrescento O Cravo e a Rosa, é outra novela do autor que tem o humor bem vincado como as outras duas, assim como o texto, etc, mas conseguem ser todas muito diferentes, cada uma com a sua essência. O autor aplica certas coisas nas suas novelas, mas consegue distingui-las.

E não acho nada que esta novela quisesse ser uma Chocolate com Pimenta. Na minha opinião Alma Gémea é até um upgrade.

  • Like 1
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Eu não sei qual das duas a melhor. :cryhappy: Chocolate com Pimenta é inesquecível, mas é uma novela mais doce, mais leve de se ver. Os núcleos cómicos, na minha opinião, também eram mais divertidos e as reviravoltas na trama eram mais marcantes. A novela não sossegava. Mas, por outro lado, Alma Gémea é uma novela ligeiramente mais dramática e com uma história principal mais forte, além de ser bastante original. Não consigo escolher qual das duas gosto mais, mas uma coisa é certa, todas as novelas do Walcyr que vieram depois destas duas nunca chegaram perto a nível de qualidade. 

E eu nem quero rever nem uma nem outra porque sinto que vou estragar a sensação de excelência que tenho na minha cabeça :cryhappy: Além que a realização das novelas desta altura, hoje, parece bem porcalhota :cryhappy:

Link to comment
Share on other sites

Eu sei que sou excepção, mas eu prefiro a imagem destas novelas á imagem das tramas atuais, por muito HD e mais não sei quê, a imagem destas novelas mais antigas tinha mais cor, mais alegria, que combinava perfeitamente com o tipo de novelas que eram.

Eta Mundo Bom por exemplo tinha uma imagem horrível, na minha opinião, comparado a CcP.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

agora mesmo, Duarte com D disse:

Eu sei que sou excepção, mas eu prefiro a imagem destas novelas á imagem das tramas atuais, por muito HD e mais não sei quê, a imagem destas novelas mais antigas tinha mais cor, mais alegria, que combinava perfeitamente com o tipo de novelas que eram.

Eta Mundo Bom por exemplo tinha uma imagem horrível, na minha opinião, comparado a CcP.

Sim, era uma imagem mais agradável. Mas quanto à produção e realização noto cada vez mais a enorme evolução das novelas atuais.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 41 minutos, AGUI disse:

Sim, era uma imagem mais agradável. Mas quanto à produção e realização noto cada vez mais a enorme evolução das novelas atuais.

Sim eu também gosto de uma boa realização, de um tratamento na imagem, mas nas novelas rurais não gosto de filtros, gosto de ver a luz do Sol a entrar naturalmente e as cores da natureza tal e qual elas são.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 8 minutos, AGUI disse:

E, pronto, já viciei em Alma Gémea :cryhappy:

Não sei em que episódio vais, mas os primeiros episódios apesar de serem bons e de me terem cativado não são a melhor fase da novela.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

agora mesmo, Vieira disse:

Não sei em que episódio vais, mas os primeiros episódios apesar de serem bons e de me terem cativado não são a melhor fase da novela.

Estou no episódio 8, na parte em que a Serena está a ir para São Paulo. Antes do começo dessa aventura confesso que a novela pouco me dizia.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 1 hora, AGUI disse:

Estou no episódio 8, na parte em que a Serena está a ir para São Paulo. Antes do começo dessa aventura confesso que a novela pouco me dizia.

Também gostei dessa parte! Conseguiu gerar expetativa.

Espero é que não fique com muita barriga lá para a frente, com os dramas do costume.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

agora mesmo, Free Live disse:

Também gostei dessa parte! Conseguiu gerar expetativa.

Espero é que não fique com muita barriga lá para a frente, com os dramas do costume.

Novelas deste tipo acho que só melhoram com o tempo. Se os núcleos cómicos forem bons e as intrigras secundárias também, de acordo com o seu desenvolvimento a novela melhora.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 3 minutos, AGUI disse:

Novelas deste tipo acho que só melhoram com o tempo. Se os núcleos cómicos forem bons e as intrigras secundárias também, de acordo com o seu desenvolvimento a novela melhora.

É subjetivo, mas eu gostei dos núcleos cómicos, o núcleo do Osvaldo, Ofélia e Divina e da Mirna, Crispim, etc. São muito característicos do Walcyr, sobretudo das novelas das 6. E depois a novela tem vários vilões, para além dos principais, tem alguns secundários interessantes.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Esta novela retrata uma história de amor que foi maior que a morte e a vida terrena. O início e o final encaixam ponto por ponto de forma perfeita, o desenvolvimento é óptimo. Eu tenho mais memórias da segunda parte da novela e acho que ela melhora imenso. Há um crescendo na intensidade e no drama que acho muito bem gerido.

Chocolate com Pimenta não me cativou tanto como esta, de longe.

Eu gosto da Serena, o problema foi mais a actriz.

Link to comment
Share on other sites

há 3 horas, Luíza Albuquerque disse:

Esta novela retrata uma história de amor que foi maior que a morte e a vida terrena. O início e o final encaixam ponto por ponto de forma perfeita, o desenvolvimento é óptimo. Eu tenho mais memórias da segunda parte da novela e acho que ela melhora imenso. Há um crescendo na intensidade e no drama que acho muito bem gerido.

Chocolate com Pimenta não me cativou tanto como esta, de longe.

Eu gosto da Serena, o problema foi mais a actriz.

Devo ser dos poucos por aqui a gostar da prestação da atriz. Claro que a Flávia Alessandra deu mais nas vistas, mas eu gostei da Priscila Fantin. No inicio era mais selvagem e acho que cumpriu, mas ainda esteve mais competente quando começou a comportar-se de forma mais civilizada.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

há 5 horas, Vieira disse:

Devo ser dos poucos por aqui a gostar da prestação da atriz. Claro que a Flávia Alessandra deu mais nas vistas, mas eu gostei da Priscila Fantin. No inicio era mais selvagem e acho que cumpriu, mas ainda esteve mais competente quando começou a comportar-se de forma mais civilizada.

Até agora, também estou a gostar da prestação da Priscilla Fantin.

  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

 Share

×
×
  • Create New...