Jump to content

A Casa das Sete Mulheres


Recommended Posts

A Casa das Sete Mulheres é uma minissérie brasileira produzida pela Rede Globo e exibida entre 7 de janeiro e 8 de abril de 2003, em 51 capítulos, às 23 horas.[1] Escrita por Maria Adelaide Amaral e Walther Negrão, é livremente inspirada no romance homônimo da escritora gaúcha Letícia Wierzchowski, e contou com a colaboração de Lucio Manfredi e Vincent Villari; sob direção de Teresa Lampreia, direção geral de Jayme Monjardim e Marcos Schechtman, e direção de núcleo de Jayme Monjardim.

Contou com Camila Morgado, Mariana Ximenes, Eliane Giardini, Samara Felippo, Daniela Escobar, Nívea Maria, Bete Mendes, Marcello Novaes, Luís Melo, Thiago Fragoso, Heitor Martinez, Werner Schünemann, Thiago Lacerda e Giovanna Antonelli nos papéis centrais.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Que coisa mais perfeita mais linda. :crying: A serio que luxo de produção, desde o elenco, à banda sonora que é um primor, e aquelas lindas paisagens do Rio Grande do Sul. :wub:

Aserio é capaz de ser a coisa mais perfeita que a Globo já fez, estou a adorar acompanhar isto, aconselho vivamente.

  • Like 1
  • Love 1
Link to post
Share on other sites
  • Replies 117
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Terminei hoje a série. Que últimos episódios de tirar o fôlego! Desde o parto da Anita feito pela Manuela, que rendeu uma das sequências mais emocionantes da série, ao sofrimento da Mariana nas mãos daquele monstro sem alma que se auto intitula de mãe dela (nem as outras duas sofreram aquilo que a Mariana penou nas mãos da Maria), passando também pelo final emocionante da Rosário, que infelizmente (ou não) não podia ter terminado de outra forma. Eu destaco a última cena da Manuela como

Amei toda aquela sequência do ataque dos soldados imperiais à estância. Foi tão bom ver todas as mulheres da casa a defenderem o seu "território" com unhas e dentes! A parte em que a Teresa salva a Perpétua de ser molestada por aquele "caramuru" nojento e asqueroso foi a minha preferida! Foi tão bonito vê-las mais tarde a fazerem as pazes! A Caetana também esteve soberba em todos os momentos! Aliás foi dela que partiu a iniciativa de não ceder à "chantagem" dos imperiais quando começou a dispa

O final da Manuela é horrível, que tristeza. Pior de tudo é que esta mulher existiu mesmo, e esperou pelo Garibaldi até ao fim dos seus dias, ficando para a história como a "eterna noiva de Garibaldi". E é ainda mais triste, pois na serie eles ainda se encontram, mas na vida real nunca mais se viram desde que o Garibaldi saiu da estância da Tia Antónia.  Acho que romantizaram o Garibaldi muito nesta serie, na vida real ele não deve te sido muito correto com as mulheres, chegando mesmo a s

há 10 horas, Duarte com D disse:

A Casa das Sete Mulheres é uma minissérie brasileira produzida pela Rede Globo e exibida entre 7 de janeiro e 8 de abril de 2003, em 51 capítulos, às 23 horas.[1] Escrita por Maria Adelaide Amaral e Walther Negrão, é livremente inspirada no romance homônimo da escritora gaúcha Letícia Wierzchowski, e contou com a colaboração de Lucio Manfredi e Vincent Villari; sob direção de Teresa Lampreia, direção geral de Jayme Monjardim e Marcos Schechtman, e direção de núcleo de Jayme Monjardim.

Contou com Camila Morgado, Mariana Ximenes, Eliane Giardini, Samara Felippo, Daniela Escobar, Nívea Maria, Bete Mendes, Marcello Novaes, Luís Melo, Thiago Fragoso, Heitor Martinez, Werner Schünemann, Thiago Lacerda e Giovanna Antonelli nos papéis centrais.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Que coisa mais perfeita mais linda. :crying: A serio que luxo de produção, desde o elenco, à banda sonora que é um primor, e aquelas lindas paisagens do Rio Grande do Sul. :wub:

Aserio é capaz de ser a coisa mais perfeita que a Globo já fez, estou a adorar acompanhar isto, aconselho vivamente.

Amo esta minisserie, para mim a melhor minissérie que a Globo já produziu.

Link to post
Share on other sites
há 23 horas, Duarte com D disse:

Que coisa mais perfeita mais linda. :crying: A serio que luxo de produção, desde o elenco, à banda sonora que é um primor, e aquelas lindas paisagens do Rio Grande do Sul. :wub:

Aserio é capaz de ser a coisa mais perfeita que a Globo já fez, estou a adorar acompanhar isto, aconselho vivamente.

Eu cheguei a ver parte do 1º episódio, há bastantes anos, mas achei uma seca tremenda. Vale a pena acompanhar o resto?

Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, AGUI disse:

Tu, não? :mosking: Acho que não vais gostar, não cai nos teus gostos, é seria, e um pouco enrolada.

Já nos meus cai que nem uma luva. :happy: Lindas paisagens, bons textos, boa banda sonora, excelente elenco e gosto da história e de alguns casais, :giveheart:, não é pertenciosa no quesito ritmo de estar tudo a acontecer, conta a história que tem que contar.  

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
agora mesmo, Duarte com D disse:

Tu, não? :mosking: Acho que não vais gostar, não cai nos teus gostos, é seria, e um pouco enrolada.

Já nos meus cai que nem uma luva. :happy: Lindas paisagens, bons textos, boa banda sonora, excelente elenco e gosto da história e de alguns casais, :giveheart:, não é pertenciosa no quesito ritmo de estar tudo a acontecer, conta a história que tem que contar.  

Eu também gosto de produtos sérios. Por Amor e O Clone foram novelas que me envolveram totalmente. Mas a seriedade para me conquistar tem de envolver muita emoção e profundidade e um texto bem escrito e reflexivo. Gostaria de acompanhar A Muralha (à qual também cheguei a ver o 1º episódio). Contudo talvez não seja mesmo o meu estilo. Não sei se a Maria Adelaide Amaral tem essa riqueza de texto e de fazer com que o público goste das suas personagens. Pelo menos em comédia, não é uma autora que me fascina.

Quanto ao estilo minissérie, é uma novela mais curta?

Edited by AGUI
Link to post
Share on other sites
17 hours ago, Free Live said:

@Forbidden e @Maya não sei se já viram mas se gostaram do Clone também é possível que gostem disto. Os instrumentais são do mesmo compositor e o elenco é metade O Clone, metade Chocolate com Pimenta.

 

Lembro-me de ver uma cena ou outra desta série, porém não me recordo muito bem da história. Sei porém que fala sobre a revolução farroupilha e que é uma das séries mais aclamadas de sempre da Globo, isto se não for a mais.

Eu infelizmente, por falta de tempo, só cheguei a ver ai uns 30 episódios de 'O Clone'. Agora que está a passar na Globo Portugal quero muito acompanhar a novela do inicio ao fim. <3

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
On 11/12/2019 at 10:46, Maya disse:

Lembro-me de ver uma cena ou outra desta série, porém não me recordo muito bem da história. Sei porém que fala sobre a revolução farroupilha e que é uma das séries mais aclamadas de sempre da Globo, isto se não for a mais.

Mas um dia tens de ver @Maya que personagens tão ricas tem esta serie, e que histórias tão tocantes. :crying:

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
5 hours ago, Duarte com D said:

Mas um dia tens de ver @Maya que personagens tão ricas tem esta serie, e que histórias tão tocantes. :crying:

Já deste uma espreitadela ao 'O Clone'?! Está a passar novamente na Globo Portugal desde segunda-feira e é uma novela que corresponde totalmente aos teus requisitos Duarte!

Não tenho muito o hábito de ver as séries/minisséries da Globo. Acho que até agora só vi mesmo 'Justiça' e a primeira temporada de 'Sob Pressão'.

Um dia sou bem capaz de por os olhos nesta 'A Casa das Sete Mulheres'!

Link to post
Share on other sites
há 9 horas, Maya disse:

Já deste uma espreitadela ao 'O Clone'?! Está a passar novamente na Globo Portugal desde segunda-feira e é uma novela que corresponde totalmente aos teus requisitos Duarte!

Não tenho muito o hábito de ver as séries/minisséries da Globo. Acho que até agora só vi mesmo 'Justiça' e a primeira temporada de 'Sob Pressão'.

Um dia sou bem capaz de por os olhos nesta 'A Casa das Sete Mulheres'!

Mas isto é de outro mundo @Maya, a força destas mulheres é arrepiante, é linda mesmo esta serie. :crying:

  • Love 1
Link to post
Share on other sites
  • 7 months later...

Já vi os três primeiros episódios. E devo confessar que estou a adorar a série!

O amor e a guerra parecem ser os dois ingredientes principais de 'A Casa das Sete Mulheres'. As sete protagonistas parecem ser todas excelentes personagens! E é sobre as minhas primeiras impressões face a cada uma delas que vou falar neste meu primeiro post.

Manuela - Até agora a minha favorita das sete mulheres! :giveheart: Uma personagem tão encantadora, com um Q de mistério que por si só já me dá uma vontade louca de querer saber quais é que vão ser os seus próximos passos. A chegada do Garibaldi já está a mexer com ela de uma forma absolutamente visceral! Já os "shippo" mesmo ainda não os tendo visto a interagirem como casal.

Maria - Para mim até agora tem-se revelado a grande vilã da série. Que mulherzinha mais seca e amargurada esta última. Uma mal amada do pior, que transforma a vida das filhas num verdadeiro mármore  do inferno, como diziam os muçulmanos no 'O Clone'. Algo me diz que ela ainda vai atrapalhar muito este romance da Manuela com o Garibaldi. Aquela cena do baptizado não deixa margem para dúvidas! Quero só ver o que é que sairá daqui.

Caetana - Estou a gostar tanto dela! O casamento dela com o Bento Gonçalves parece ser o único desta série genuinamente feliz! <3  Uma mulher extraordinária, com um instinto maternal ferozmente apurado e dotada de uma vivacidade incrível.

Rosário - Uma princesinha autêntica! Doce, sensível, e com uma disponibilidade para amar e deixar-se amar em retorno linda de se ver. O romance dela com o capitão parece ser bem "shakespeariano". Cá estarei para acompanhar o desenvolvimento do mesmo.

Mariana - A alegria daquela estância! Espevitada que só ela, e ao mesmo tempo uma romântica incorrigível. Adoro a cumplicidade que ela e as irmãs nos transmitem nas conversas que têm. Com uma mãe daquelas, é bom que continuem a apoiar-se umas ás outras.

Perpétua - Ainda não deu para ver grande coisa dela. A única coisa que vos posso dizer é que a acho super querida, sempre disponível para ouvir e aconselhar as primas. E a Daniela Escobar está muito bonita aqui, by the way. <3

Ana Joaquina - Funciona como uma espécie de "matriarca" dentro daquela casa. Uma mãe de família e esposa super dedicada, e sempre atenta ás necessidades dos que a rodeiam.

 

O período histórico retratado nesta série é mesmo muito interessante. Os diálogos até agora têm sido incríveis, e a banda sonora do Marcus Viana é aquela coisa difícil de descrever em palavras! :giveheart:

Vou continuar a acompanhar.

  • Love 1
Link to post
Share on other sites

Não sei quanto já viste, mas logo no início lembro-me de ficar com um pó da Maria também. A atriz arrasou por todos os lados.

Confesso que achava a Rosário a mais chatinha. :mosking: Mas acho que te vai prender.

Eu gostava da Manuela e do jeito da Mariana.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
11 minutes ago, Free Live said:

Não sei quanto já viste, mas logo no início lembro-me de ficar com um pó da Maria também. A atriz arrasou por todos os lados.

Confesso que achava a Rosário a mais chatinha. :mosking: Mas acho que te vai prender.

Eu gostava da Manuela e do jeito da Mariana.

Eu não posso com ela! Tão fria e controladora com as filhas.

A Rosário está a ficar um bocadinho chata é verdade. Ainda assim consegue encantar-nos com a sua aura doce e angelical.

Eu já adoro a Manuela! Estou tão curiosa para ver o desenvolvimento deste romance com o Garibaldi! :giveheart:

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Estou a gostar muito da série! Estou a adorar os gerúndios do Rio Grande do Sul. Eles lá falam praticamente o português de Portugal, só muda o sotaque.

A "coisa" entre a Manuela e o Garibaldi está a avançar mais depressa que aquilo que eu pensava. Já passaram a noite juntos e tudo! :wub:

Agora querem todos obrigar a pobre da Rosário a casar-se com o soldado Côrte-Real. Até o pai dela, que até então parecia ser exatamente o oposto da mulher, quer que ela se case com ele.

A Caetana e o Bento Gonçalves já são oficialmente o meu segundo casal preferido da série. :giveheart: Tanto amor e cumplicidade nesta relação! Adorei toda aquela sequência em que ele foge da prisão. A cena em que ele volta para os braços da sua amada foi a cereja no topo do bolo. <3

Já amo de paixão esta música:

 

Edited by Maya
  • Like 2
Link to post
Share on other sites

As cenas da morte do Anselmo foram tão emocionantes! :crying:Aquela última cena dele com a Maria foi tão bem escrita, realizada e interpretada! A Nivea Maria esteve simplesmente arrebatadora! Ela, por norma habituada a brilhar com papeis mais secundários na maior parte das novelas, tem sido o principal destaque desta série daquilo que já tive a oportunidade de ver! <3

O que é que vai ser daquelas raparigas agora? Com aquela mãe fria e cruel a comandar com mãos de ferro as vidas e os destinos de todas elas, só posso antever que venham por ai grandes emoções.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
2 minutes ago, Duarte com D said:

E Rosário & Estevão @Maya que estás a achar?

Também amo Manuel e Garibaldi. :wub:  E Bento e Caetana. :wub:

Lembro-me de dizeres algures que não gostas muito da atriz Nívea Maria, mas o que estás a achar ela aqui?

Gostei deles no primeiro episódio, no qual acabaram por ser o principal destaque. Depois acabei por achar a história um bocadinho "surrealista", mas depois do que aconteceu naquela última cena do quinto episódio voltei a ficar expectante com o que poderá vir à acontecer a partir de agora.

São os meus dois casais de eleição Duarte! :wub: No caso da Caetana e do Bento chega a ser comovente ver tanto amor e cumplicidade entre eles, sobretudo dada a época e o contexto social em que a acção da série decorre.

Eu disse isso?! Se cheguei a proferir tamanha barbaridade então retiro tudo o que disse. Ela está extraordinária nesta série e também esteve muito bem no 'O Clone', embora longe de ser um dos destaques principais nesta última.

Manuela e Garibaldi são aquela coisa difícil de descrever! :giveheart: Senti que iam ser o meu casal favorito mesmo antes de se terem cruzado na narrativa da história. Gosto mesmo muito deles!

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...