Jump to content

Maya

Membros
  • Content Count

    9,538
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    34

Maya last won the day on May 20 2016

Maya had the most liked content!

Community Reputation

13,941 [email protected] pela Ana Leal

About Maya

  • Rank
    Tenho um audímetro da GfK
  • Birthday 09/09/1992

Informações de Perfil

  • Género
    Mulher
  • Interesses
    Cinema; Televisão; Musica; Direito; Decoração.

Recent Profile Visitors

16,986 profile views
  1. Maya

    O Clone

    Tenho várias boas memórias dessa novela, nomeadamente dos núcleos indianos que eram lindos. Não acho é que tenha sido das novelas mais marcantes do repertório da Glória Perez. A novela não foi má, mas acho que tanto 'O Clone' como 'A Força do Querer' estão num outro nível incomparável.
  2. Maya

    O Clone

    Sim Free Live. A Alicinha é do mais desprezível que pode existir! Fartou-se de provocar a Clarisse com a relação dela com o Roger e chegou ao baixo de a atacar com aquele drama horrível que ela tem vivido por conta do vício do filho. A Clarisse vingou-me naquela cena, completamente. Quando vi a cena lembrei-me daquele momento muito marcante da 'A Força do Querer', quando a Joyce e a Ritinha agridem a Irene na casa de banho. Outra cena deliciosa para aqueles que, como eu, detestam estas vilãs dissimuladas e oportunistas!
  3. Maya

    O Clone

    A Mel continua a protagonizar as cenas mais emocionantes e perturbadoras da novela. Aquele momento em que ela discute com a Maysa na sala, perante os olhares horrorizados da Yvete e da Laurinda, foi de cortar o coração! O pior de tudo foi quando ela deu a entender que era capaz de se prostituir se a mãe não lhe desse o dinheiro para comprar a maldita droga... a Maysa acabou por ceder no final. Um verdadeiro horror sem precedentes! Foi tão bonito ver a Maysa a desabafar com a Yvete no final. A Laurinda também foi uma querida com a Dalva. E nem sequer vos digo nada sobre a atrocidade que a Mel se está a preparar para "orquestrar" dentro daquela casa.. nem vos conto! Fiquei tão triste com aquela cena em que a Jade vê o Léo aos beijos com a Soninha. Já estou tão perto de terminar esta novela mas mesmo assim ainda não esgotei a minha cota de lágrimas no que à Jade diz respeito. Bem tento controlar-me, juro-vos que tento... mas é mais forte do que eu! Acho tanta graça ao facto da Jade não conseguir dissociar o Léo do Lucas e não os conseguir encarar como seres individuais. A cena da discussão que ela teve com o Lucas naquele quarto de hotel, que culminou com um beijo já fora do edifício, foi magistral! A Jade não consegue (nem quer) compreender a posição do Lucas, mas ela também tem a sua razão no meio desta história toda. Ambos são duas vítimas das da vida, que por vezes consegue ser muito mais "madrasta" do que "mãe", infelizmente. A Lattifa também tem sofrido e bem nestes últimos episódios. Tudo por culpa daquele insuportável do tio Abdul! Mas tenho que admitir que achei imensa graça aquele desmaio encenado do Mohammed em plena festa de noivado. Ainda bem que conseguiram fugir todos para o Brasil. Resta saber se é desta que a Lattifa se vai conseguir livrar do "fantasma da segunda esposa" de vez... a mim quer me parecer que não! Adorei de paixão a cena em que a Clarisse deu umas valentes e merecidas estaladas aquela criatura execrável da Alicinha! A Clarisse continua a sofrer horrores! Agora até a querem expulsar do condomínio onde ela mora por causa do Nando. É tão triste e desumano quando acontecem situações semelhantes na vida real! Entretanto a Karla já deu à luz o filho que "supostamente" é do Tavinho. Estou para ver o que é que ela e a Odete vão tramar para conseguirem que ele assuma a paternidade da criança.
  4. Maya

    O Clone

    Que cena horrível aquela da Mel a discutir com os pais e com o avô na sala quando se preparava para fugir com a Regininha! A Mel acabou por agredir a Maysa com um objeto e deixou-a a sangrar da cabeça! Aquela mulher já tem sangrado tanto por dentro ao longo daqueles anos todos, e mais ainda com tudo aquilo que se está a passar com a filha, que nem deve conseguir sentir qualquer espécie de dor física. Que sofrimento sem fim! Mais dilacerante ainda foi ver a Mel a assaltar aquela mulher no trânsito. Ela está a bater cada vez mais no fundo, coitada! A cena em que ela desabafa com a Dalva e ambas se abraçam a chorar desalmadas também foi muito comovente! A Dalva é mesmo uma querida! Sem dúvida o ponto de equilíbrio daquela casa nesta fase tão conturbada. Não gosto nada quando a Mel se põe a chamar "pai" ao Léo. Espero mesmo que ela só o tenha feito para atingir o Lucas, se não ver-me-ei obrigada a dar razão a este último! A Deusa, a dona Mocinha e a irmã desta última também ficaram super indignadas quando o Léo lhes disse que a Mel lhe chamava "pai". Não sei como é que estas mulheres ainda não enlouqueceram no meio de tanta turbulência! Eu confesso-vos que senti alguma compaixão pela Maysa na cena em que a dona Jura foi falar com ela sobre os móveis que a filha vendeu para comprar droga. Nunca é fácil para uma mãe ouvir tantas "queixas" e/ou relatos tão perturbadores a respeito de um/a filho/a Por falar em dona Jura: Fiquei com dores de barriga de tanto que me ri com aquele momento em que ela pôs a Regininha a lavar pratos no bar. Acabou por ser um castigo bem condescendente e algo maternal, tendo em conta o que ela lhe fez. Fiquei super indignada com a cena em que o Léo mostrou ao Lucas a fotografia que tirou (ou que neste caso lhe tiraram) com a Mel quando ambos eram pequenos. O Lucas teve de ir buscar uma moldura com uma foto da Mel para se certificar de que era ela... ou seja não foi capaz de reconhecer a própria filha logo à primeira! Adorei toda aquela sequência em que eles trocam algumas confidencias... que culminou com o Léo a tocar violão e a fazer com que o Lucas voltasse a remoer o passado e a lembrar-se das vezes em que o pai e a Dalva reclamavam com ele por gostar de fazer o mesmo. A conversa que o Lucas teve com o Lobato mais tarde também foi tão deliciosa! Os diálogos desta novela são mesmo maravilhosos! Também achei tão interessante ouvir através das lições do tio Ali a interpretação que o Islão tem a respeito do nascimento de Jesus! Inclusive a própria virgem Maria tem um capítulo inteiro dedicado à si no Alcorão. Muita gente no ocidente não tem essa percepção. A víbora da Alicinha conseguiu mesmo roubar o Roger à Clarisse! O Miro pelos vistos também é outro idiota chapado que acredita em todas as mentiras e desculpas esfarrapadas que ela inventa. Que mulherzinha mais falsa e interesseira!
  5. Fiquei surpreendida quando soube que a Grazi não tinha aceite entrar nesta sequela. Convém não esquecer que ela conseguiu na "primeira temporada" um feito que poucas atrizes se podem gabar de terem conseguido: A nomeação para um emmy internacional!
  6. Maya

    O Clone

    Estes últimos acontecimentos têm sido um murro no estômago atrás do outro! A Glória Perez deve ter "morto" muita gente na altura da exibição original da novela, com tantas emoções fortes que proporcionou ao seu público! A Mel infelizmente perdeu o bebé. Foi tão doloroso acompanhar toda aquela sequência! O sofrimento da Mel, o desespero da Maysa, a sensação de impotência da Dalva... eu própria ás vezes sinto-me tão impotente ao ver cenas com esta carga dramática! Consigo mesmo sentir as cenas a esse ponto. A Mel agora está a sentir-se muito culpada por ter perdido o filho. Aquela conversa que ela teve com a Maysa no dia seguinte foi muito emocionante. Um verdadeiro show de representação da parte da Débora Falabella e da Daniela Escobar. O Nando e a Regininha também me têm emocionado muito nesta recta final! A cena do assalto ao bar da dona Jura, e todos os momentos que se seguiram, foram muito fortes! Tem sido tão duro acompanhar todo o drama da Clarisse! A Cissa Guimarães também esteve sensacional nesta novela! É uma pena que ela não tenha tido muitas oportunidades para brilhar depois de 'O Clone'. Para compensar deu para me deliciar um bocadinho com aquele momento super ternurento da conversa muito emotiva da Mel com o Léo! Ele lembrou-se logo da "amiga de infância que se chamava Mel", fazendo referência ás memórias das brincadeiras que ambos tinham quando eram pequenos sempre que se encontravam na praia! Foi tão bonito vê-los desabafarem um com o outro sobre os seus respectivos dramas! Ambos descobriram naquela conversa que têm imensas coisas em comum. O pior foi quando o Lucas apareceu e acabou por ouvir a parte em que a Mel disse que sentia mais afinidade com o Léo do que com o próprio pai. Não tive pena nenhuma do Lucas naquele momento, para vos ser franca! Por falar em Lucas: Amei de paixão aquele "reencontro" dele com a Jade em pleno concerto do Michael Bolton na "Nefretiti"! A cena foi mesmo linda linda linda! A realização magistral, os flashbacks (que fizeram todo o sentido inseridos neste contexto), o simples trocar de olhares entre ambos os protagonistas, embalado pela maravilhosa "All For Love"... foi tudo tão mágico e encantador! A Jade então estava particularmente muito bonita! A Nazira tem feito a vida negra à Jade e à Ranya naquela casa. No entanto devo confessar que não tenho muita paciência para aquelas histórias da "Nazira em reinos encantados". São muito chatas e não acrescentam nada à história! Também estou completamente fascinada e intrigada com estas "alterações de humor" do Albieri! Ele não gostou nada de saber que o concelho de ética não levou em consideração a denúncia da doutora Simone. O Albieri, na fase em que está, já não se importa com o escrutínio da opinião pública já só quer é que as pessoas descubram que ele fez o clone humano!
  7. Eu gostava muito que a Globo fizesse um remake desta novela, mas não nas condições acima relatadas. Não existe mesmo a mínima possibilidade do remake vir a ocupar as faixas das 6 ou das 9?!
  8. Maya

    O Clone

    A Maysa rasgou a carta que o Xande mandou para à Mel! Incrível como esta criatura frustrada e desprezível consegue sempre surpreender pela negativa! Ainda por cima teve o descaramento de ir visitar a filha à clínica no momento a seguir e de lhe dizer que nunca mais tinha tido notícias do Xande. Sinto cada vez mais compaixão pela Mel e desprezo por aquela mal-amada! É preciso ser muito mesquinha para fazer o que ela fez! Que conversa linda que a Jade teve com a Samira! A tia a explicar à sobrinha que ao inicio, quando deixou o Brasil para ir viver para Marrocos para casa do tio Ali, também lhe custou ter de usar o véu e passar a seguir com mais afinco os costumes pregados pela religião, mas que com o tempo acabou por se conformar com o seu próprio destino e, no decorrer do processo, aprendeu a amar o véu. A Samira por sua vez continua irredutível na sua decisão de não o querer usar. A cena terminou com um abraço tão forte e caloroso entre tia e sobrinha! A Jade depois disse à Samira que se ela fosse filha dela ninguém estranharia! Ela gosta mesmo da sobrinha e consegue compreendê-la melhor do que ninguém.
  9. Maya

    O Clone

    @DanielNunes e @Free Live aquele tio Abdul põe-me os nervos em franja! Que raiva que eu tenho aquele homem! Agora está a negociar à socapa com um comerciante qualquer para arranjar uma "segunda esposa" para o Mohammed. Coitada da Somaia que tem que viver sob os mandos e desmandos daquela criatura retrógrada e insuportável! Ainda me estou a recompor daquela cena arrepiante do Nando a agredir e a roubar a própria mãe! Ele deixou a Clarisse caída no chão e ela só lhe gritava para ele nunca mais lhe aparecer à frente! E o depoimento real daquela rapariga na sequência da cena?! Socorro malta! A conversa da Clarisse com o Lobato no dia a seguir também foi muito emocionante. Ele e a Carol são tão queridos! Espero que tenham um final feliz, bem merecem! Também me comovi muito com a cena em que a Regininha volta a pedir ao Nando para "deixarem a droga juntos", mas é como a própria o disse: "Quando eu quero parar você quer se matar, e quando eu quero me matar você quer parar". Infelizmente continuam super desalinhados, portanto! Adorei o segundo encontro entre o Léo o Lucas (agora com o cabelo mais curto), precisamente no momento em que este último se olhava ao espelho (por pouco não se reencontraram da mesma forma como se conheceram naquele primeiro frente-a-frente) Fico sempre arrepiada quando os vejo cara-a-cara! É uma sensação tão estranha! Gostei quando eles discutiram por causa da Jade. O Lucas deixou bem claro naquele momento que não ia permitir que o Léo se "apropriasse" da sua vida, como se o Léo quisesse ou precisasse de viver aquela vida medíocre e vazia que o Lucas vive! As confusões da Jade e da Ranya na casa do Said é que estão a ser uma chatice pegada! Quando uma não desata à estalada com a outra, a outra reclama ou por causa do barulho da música ou porque não gosta que dancem na sala. Deus me livre de um dia ter de viver num contexto daqueles!
  10. Maya

    O Clone

    Foi tão emocionante a cena em que a Deusa contou ao Léo à cerca do processo que o Léonidas está a mover contra ela. Só espero que o Léo tenha o discernimento de dizer que quer que a Deusa continue a ser sua mãe quando chegarem há fase dos tribunais. Também gostei muito da cena do reencontro da Mel com o Xande! Torço fervorosamente por eles e espero que a gravidez a ajude a encontrar a paz no meio de todo aquele caos e desarmonia totais.
  11. Este programa só vai ficar no ar durante o verão?! Este programa só vai ficar no ar durante o verão?!
  12. Eu gostei muito do programa de ontem! Aquele concorrente que ficou até ao fim foi mesmo muito carismático! Fiquem com pena dele não ter ganho o prémio máximo. A Filomena Cautela está igual a si mesma, totalmente fiel à sua essência. Para a época em que estamos, e tendo em conta os apresentadores que por ali passaram, que mais poderíamos exigir dela?!
  13. Ainda não aconteceu?! O encontro do Leónidas com o Léo acontece passados pouquíssimos episódios do encontro deste último com a Jade. Se não aconteceu no decorrer desta última semana, vai acontecer na próxima de certeza absoluta.
×
×
  • Create New...