Jump to content

Profissionais SIC


Ruben

Recommended Posts

há 3 horas, Miguel S. disse:

Há uma grande diferença entre pagar 3 milhões a um funcionário e lucrar muito mais com a presença desse mesmo funcionário na empresa. Se a SIC lucraria 20 milhões com a Cristina em dois anos, ela também não receberia esses 20 milhões ou então não havia lucro. :clown: Chama-se investimento. E um grande investimento, diga-se. A Cristina na SIC já era o rosto televisivo português mais bem pago de sempre, com valores milionários, devido ao investimento que a SIC apostava e que, como vemos, tinha retorno. Eles não pedem este dinheiro porque a Cristina saiu e não lhe podem pagar mais, exigem isto porque a Cristina saiu e deu prejuízo pelo dinheiro investido. E é por isso que essa história da justa causa não faz sentido, porque não só o contrato era recente, como não há justa causa que justifique mudar-se para a concorrência direta e comprar ações da mesma empresa. Foi ambição e não há razão para além dessa. 

Não quero estar aqui a ser o comunista de serviço, mas aplicando isto à vida real, dos nosso empregos medíocres, é uma grande sacanice eu dar a ganhar a uma empresa mais do dobro daquilo que eu recebo.  Lucro significa ganho para além do investimento feito pela empresa. É literalmente legítimo apresentar em tribunal este argumento, porque é verdade. Qualquer um de nós pode perfeitamente rescindir um contrato de trabalho com uma empresa que nos pague um valor e saltar para outra que nos pague mais. É assim que funciona no mundo real, desde que sejam cumpridos os prazos legais, que é 30 dias, julgo eu. Vocês dizem aqui que ela não cumpriu prazos, mas ela saiu em julho e vem entrar na TVI em setembro, não importa o que diga nas redes sociais. Se ela deu a ganhar à SIC 20 milhões em dois anos de contrato, o investimento com foi mais do que ultrapassado em lucro, nisto a Cristina tem razão.

Estou aqui mais a defender o direitos dos trabalhadores do que propriamente a Cristina, porque isto dá que pensar do estado do mundo do trabalho em Portugal. Espero que ela não tenha que pagar um tostão à SIC para servir de exemplo a todos nós para exigirmos salários que merecemos. 

  • Thanks 1
  • LOL 1
Link to comment
Share on other sites

há 10 minutos, Hashtag disse:

Eu é que não encontro o vídeo, mas aquando da estreia dOPdc, ela disse para a reportagem do PJ/JdN que esperava que o director, Daniel, lhe permitisse ficar por lá, na SIC, por muitos e longos anos.

E notou-se que ela queria mesmo ficar...

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 7 minutos, Da ni el disse:

Não quero estar aqui a ser o comunista de serviço, mas aplicando isto à vida real, dos nosso empregos medíocres, é uma grande sacanice eu dar a ganhar a uma empresa mais do dobro daquilo que eu recebo.  Lucro significa ganho para além do investimento feito pela empresa. É literalmente legítimo apresentar em tribunal este argumento, porque é verdade. Qualquer um de nós pode perfeitamente rescindir um contrato de trabalho com uma empresa que nos pague um valor e saltar para outra que nos pague mais. É assim que funciona no mundo real, desde que sejam cumpridos os prazos legais, que é 30 dias, julgo eu. Vocês dizem aqui que ela não cumpriu prazos, mas ela saiu em julho e vem entrar na TVI em setembro, não importa o que diga nas redes sociais. Se ela deu a ganhar à SIC 20 milhões em dois anos de contrato, o investimento com foi mais do que ultrapassado em lucro, nisto a Cristina tem razão.

Estou aqui mais a defender o direitos dos trabalhadores do que propriamente a Cristina, porque isto dá que pensar do estado do mundo do trabalho em Portugal. Espero que ela não tenha que pagar um tostão à SIC para servir de exemplo a todos nós para exigirmos salários que merecemos. 

Cristina, a santinha dos trabalhadores lesados. :read: q

  • Love 1
  • LOL 3
Link to comment
Share on other sites

há 10 minutos, Da ni el disse:

Não quero estar aqui a ser o comunista de serviço, mas aplicando isto à vida real, dos nosso empregos medíocres, é uma grande sacanice eu dar a ganhar a uma empresa mais do dobro daquilo que eu recebo.  Lucro significa ganho para além do investimento feito pela empresa. É literalmente legítimo apresentar em tribunal este argumento, porque é verdade. Qualquer um de nós pode perfeitamente rescindir um contrato de trabalho com uma empresa que nos pague um valor e saltar para outra que nos pague mais. É assim que funciona no mundo real, desde que sejam cumpridos os prazos legais, que é 30 dias, julgo eu. Vocês dizem aqui que ela não cumpriu prazos, mas ela saiu em julho e vem entrar na TVI em setembro, não importa o que diga nas redes sociais. Se ela deu a ganhar à SIC 20 milhões em dois anos de contrato, o investimento com foi mais do que ultrapassado em lucro, nisto a Cristina tem razão.

Estou aqui mais a defender o direitos dos trabalhadores do que propriamente a Cristina, porque isto dá que pensar do estado do mundo do trabalho em Portugal. Espero que ela não tenha que pagar um tostão à SIC para servir de exemplo a todos nós para exigirmos salários que merecemos. 

Que misturada e que leviandade.... E já pensou que essa flexibilização que você tá defendendo pode funcionar no sentido contrário: se é fácil saltar fora de um contrato, passa também a ser fácil demitir ignorando direitos laborais.

  • Like 2
  • Love 1
Link to comment
Share on other sites

há 2 horas, D91 disse:

Eu às vezes pergunto-me qual era o objectivo da Cristina quando foi para SIC. Era só para protagonizar uma mega transferência e fazer um programa idealizado por ela com o seu nome, para assim a marca Cristina ter ainda mais valor, e depois voltar à TVI como a salvadora da pátria e a dona e senhora do canal?

Eu às vezes penso que ela já tinha isto tudo calculado.

A Cristina na SIC, despindo o argumento de todos os romantismos que ela criou, foi o correr atrás de um sonho. Está imprenso na personalidade dela, claramente, colocar desafios a si própria e ultrapassá-los. Ela tinha um sonho de criar um programa para si e ser bem sucedida nisso, acreditando que ia ser ouvida cada vez mais dentro de uma empresa a quem dá muito dinheiro a ganhar. Cumprindo esse desafio logo no primeiro dia que chegou, acredito que se tenha desencantado com o projeto. A SIC tornou-se demasiado cedo líder e ela sentiu que o trabalho esta feito. Aliado ao facto de sentir que não teria mais oportunidades dentro da SIC, decidiu começar à procura no mercado de outro desafio. Encontrou na TVI um desafio muito importante, numa empresa que a valoriza agora. Afinal, a Cristina provou à TVI que sobrevivia sem ela, a TVI é que não sobreviveu, por isso, rendeu-se ao profissional.  Um funcionário sair de uma empresa e voltar mais tarde com melhores condições de trabalho acontece diariamente, em qualquer empresa ou escritório. Não é um golpe, é o mercado capitalista a funcionar, e muito bem.

Eu pouco tenho visto tv nos últimos anos, pouco vi a Cristina na SIC. Mas de facto ela fez um trabalho extraordinário, nunca antes visto. É brilhante! Isso é de admirar. E é uma pena o Programa acabar. Por isso é que em Portugal as TVs têm que fazer como nos EUA: as pessoas que têm ideias, que são O programa, muito mais do que a cara do programa, têm que se tornar produtores executivos. Os programas nos EUA saltam muito entre estações porque o casting está integrado nos formatos. Uma pena que o programa da Cristina acabe por negócios de bastidores, quando podia muito bem transitar de estação. Devia ser mais normal 

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

há 3 minutos, Franciscojrb disse:

Junto-me ao movimento #freetina. Ninguém é obrigado a ficar onde não é feliz. Sabem lá se ela não sofria de bullying laboral. -q

Cancele o movimento. As mamas e a vagina dela (tou só citando, gente) não necessitam de nenhum hashtag criado por homens. kkkkkkkk

há 8 minutos, Da ni el disse:

A Cristina na SIC, despindo o argumento de todos os romantismos que ela criou, foi o correr atrás de um sonho. Está imprenso na personalidade dela, claramente, colocar desafios a si própria e ultrapassá-los. Ela tinha um sonho de criar um programa para si e ser bem sucedida nisso, acreditando que ia ser ouvida cada vez mais dentro de uma empresa a quem dá muito dinheiro a ganhar. Cumprindo esse desafio logo no primeiro dia que chegou, acredito que se tenha desencantado com o projeto. A SIC tornou-se demasiado cedo líder e ela sentiu que o trabalho esta feito. Aliado ao facto de sentir que não teria mais oportunidades dentro da SIC, decidiu começar à procura no mercado de outro desafio. Encontrou na TVI um desafio muito importante, numa empresa que a valoriza agora. Afinal, a Cristina provou à TVI que sobrevivia sem ela, a TVI é que não sobreviveu, por isso, rendeu-se ao profissional. 

Nossa, que linda incursão imaginada pelo cérebro da Cristina. Com som de piano fica incrível!

Realidade: ela foi atrás de dinheiro! Quebrando um contrato. As consequências será a justiça a decidir, por mais que a sua imaginação desejosa queira o contrário.

  • Love 1
  • Thanks 1
  • LOL 1
Link to comment
Share on other sites

há 4 minutos, Peters92 disse:

Que misturada e que leviandade.... E já pensou que essa flexibilização que você tá defendendo pode funcionar no sentido contrário: se é fácil saltar fora de um contrato, passa também a ser fácil demitir ignorando direitos laborais.

Acredito que em Portugal devia ser mais fácil contratar e demitir, no sentido de criar um mercado de trabalho em que as pessoas possam ser mais livres e capazes de escolher o seu caminho. Não é por acaso que em Portugal as pessoas ficam imenso tempo no desemprego e nos EUA, por exemplo, ainda agora tenha havido números de desemprego elevados, mas onde se espera uma melhoria muita rápida, ao passo que em Portugal o recuperar do mercado laboral é muito mais lento. Devia ser mais fácil em Portugal demitir e contratar, sim, mas isso são outros quinhentos. 

há 8 minutos, Miguel S. disse:

Mas no mundo real é mesmo isso que acontece. Qualquer pessoa que trabalhe é uma garantia de lucro para as empresas, seja esse lucro pequeno, médio ou grande. A televisão é um negócio e é um grande negócio, mexe com números muito grandes. O preço que a SIC pagava pela Cristina era monstruoso porque era uma só pessoa, mas em termos de gastos que uma estação faz, 70 ou 80 mil euros não é nada, assim com um lucro de 20 milhões não há de ser grande coisa comparado com o lucro que uma novela em horário nobre líder de audiências é capaz de trazer. Tudo custa dinheiro em televisão. Fazer um só episódio de novela é caro. Comprar uma novela da Globo é caríssimo. Os 20 milhões seriam usados para outras coisas importantes na gestão da grelha, que pode sair afetada. Penso que esse será o argumento da SIC. E mesmo com os 20 milhões, sabemos que o grupo Imprensa teve um lucro bastante pequeno no ano passado, nem chegando à casa do milhão de euros no global. 

E quanto a rescindir contratos, eu não conheço ninguém que o faça, sinceramente. Uma coisa é rescindir um contrato de um ano com o Pingo Doce onde trabalhas na caixa, outra é rescindires um contrato com uma empresa ou numa multinacional, por exemplo. Quanto maior o valor do salário, mais sério é o contrato e o compromisso. Ela não tem razão nenhuma nesse sentido. Os contratos são criados para alguma coisa, caso contrário nem sequer eram assinados. 

Esse é o argumento da SIC e penso que faça sentido. Não sou jurista, nem lá perto, mas penso que o argumento da Cristina (se for esse, não me interessa, muito honestamente) também faria todo o sentido.  Vocês estão a desvalorizar o meu argumento, mas continuo a pensar que é legítimo a quebra de contrato neste caso. Vejo é misturarem-se argumento éticos e emocionais com racionalidade. 

Os contratos são criados e são admitidos quebras dos contratos. Nós não conhecemos o contrato, mas a Cristina não tomou esta decisão de ânimo leve, com certeza. Consultou quem devia. Parece-me absurdo este dinheiro todo e aposto as minhas fichas que a Cristina não vai pagar um cêntimo. Vamos ver onde isto acaba. 

há 18 minutos, André disse:

Cristina, a santinha dos trabalhadores lesados. :read: q

Ahah

há 10 minutos, PedroTexas disse:

Da mesma maneira que uma empresa ter lucros com um profissional e não dividir necessariamente esses lucros com ele é o mercado capitalista a funcionar. Goste-se ou não, acontece todos os dias.

Exatamente! O que não inviabiliza o trabalhador sentir-se lesado e rasgar o contrato, com toda a naturalidade.

  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

há 1 minuto, Da ni el disse:

Acredito que em Portugal devia ser mais fácil contratar e demitir, no sentido de criar um mercado de trabalho em que as pessoas possam ser mais livres e capazes de escolher o seu caminho. Não é por acaso que em Portugal as pessoas ficam imenso tempo no desemprego e nos EUA, por exemplo, ainda agora tenha havido números de desemprego elevados, mas onde se espera uma melhoria muita rápida, ao passo que em Portugal o recuperar do mercado laboral é muito mais lento. Devia ser mais fácil em Portugal demitir e contratar, sim, mas isso são outros quinhentos.

É bastante incoerente fazer o choradinho do lucro e depois rematar com uma coisa dessas.

  • Like 3
  • Love 1
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

há 10 minutos, Peters92 disse:

Realidade: ela foi atrás de dinheiro! Quebrando um contrato. As consequências será a justiça a decidir, por mais que a sua imaginação desejosa queira o contrário.

Quando falo em impor-se desafios e objetivos a si próprio, falo também em ser recompensado por isso. Cristina: vou para a SIC cumprir este sonho e receber muito dinheiro por isso. Cristina dois anos: está feito, vou para a TVI fazer uma coisa diferente e ganhar muito dinheiro com isso. 

Link to comment
Share on other sites

há 2 minutos, Lu Bloqueada até 03.08 disse:

É bastante incoerente fazer o choradinho do lucro e depois rematar com uma coisa dessas.

O que eu acredito: que as empresas têm direito a querer lucro e que os trabalhadores também. É a lei da selva e salve-se quem for mais inteligente. Só isso. :)

agora mesmo, PedroTexas disse:

SIC e Cristina Ferreira, se querem advogados capazes de dar a vida por vocês é aqui no fórum. :obrigado:

Comigo não pode contar, de certeza :riso: Eu estou aqui a tentar ter uma discussão interessante e tentar falar de coisas que me enriqueçam. Quero deixar claro que não estou a defender a Cristina, propriamente. Ela que faça o que quiser com a vida dela, não me interessa. Sou só um licenciado em ciência política com um tempo livre nesta noite para discutir num fórum sobre televisão :lol:

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

há 4 minutos, Da ni el disse:

Comigo não pode contar, de certeza :riso: Eu estou aqui a tentar ter uma discussão interessante e tentar falar de coisas que me enriqueçam. Quero deixar claro que não estou a defender a Cristina, propriamente. Ela que faça o que quiser com a vida dela, não me interessa. Sou só um licenciado em ciência política com um tempo livre nesta noite para discutir num fórum sobre televisão :lol:

Eu estava a brincar. :cryhappy: E claro, o fórum serve para comentar e este assunto acaba por ser interessante porque dá para perceber o lado mais negro das televisões. 

Mas pronto, eles que se entendem. 20 milhões ou não, eu não recebo nem 1€ com isto tudo. :triste:

  • Thanks 1
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

há 9 minutos, Da ni el disse:

Quero deixar claro que não estou a defender a Cristina, propriamente. Ela que faça o que quiser com a vida dela, não me interessa. Sou só um licenciado em ciência política com um tempo livre nesta noite para discutir num fórum sobre televisão :lol:

Claro que tá defendendo, não tenha problemas em assumir. Seu post atrás foi carregado de emoção, como que isso não é parcial?

Tal como o meu é daqueles que ficaram com odiozinho por ela kkkkkkkk. É tudo fun and games.

E mais que formado em ciência política, você é um baita de um neoliberal, né não? :mosking:

  • Like 1
  • Thanks 2
  • LOL 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...