Jump to content
Pedro

Informação TVI

Recommended Posts

Sempre ícone deste Jizas :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 horas, Rafael A. disse:

Eu acho que lhes falta (aos gestores e administrações das tv's) muito mudar o chip. A luta principal já não é SIC vs TVI. A luta é TV vs Streaming. Mas o chip não muda...

Neste momento ainda é mais SIC/TVI vs TV paga. Mas sim, o streaming vai ganhando cada vez mais força e nos próximos vai eventualmente ser uma ameaça tripla. Estou curioso para ver como é que os infantis que não são da Disney (Biggs, Panda, CN, etc.) vão sobreviver ao Disney+ quando este cá chegar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, JDaman disse:

Neste momento ainda é mais SIC/TVI vs TV paga. Mas sim, o streaming vai ganhando cada vez mais força e nos próximos vai eventualmente ser uma ameaça tripla. Estou curioso para ver como é que os infantis que não são da Disney (Biggs, Panda, CN, etc.) vão sobreviver ao Disney+ quando este cá chegar.

Os miúdos hoje já têm todos Netflix nos tablets. Eu muito sinceramente nunca pensei que a Netflix fosse penetrar tão rapidamente em Portugal. Para mim é uma surpresa. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Rafael A. disse:

Os miúdos hoje já têm todos Netflix nos tablets. Eu muito sinceramente nunca pensei que a Netflix fosse penetrar tão rapidamente em Portugal. Para mim é uma surpresa. 

A maior perda da SIC e da TVI ainda vai sendo para canais na TV paga (CMTV, canais de filmes e séries, etc.).

Quanto ao Netflix por cá, os números ainda não são muito bons para se falar de uma grande penetração, mas é verdade que com o fenómeno Netflix a nível global que haverá cada vez mais uma migração para esse tipo de plataformas. E a verdade é que a nível de orçamentos é impossível competir contra estas gigantes americanas. Resta à SIC e TVI tentarem estancar a ferida e experimentar com "novos" formatos antes que a janela da oportunidade se feche totalmente, mas acho que há vícios que estas dificilmente irão largar, infelizmente.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 20 minutos, Rafael A. disse:

Os miúdos hoje já têm todos Netflix nos tablets. Eu muito sinceramente nunca pensei que a Netflix fosse penetrar tão rapidamente em Portugal. Para mim é uma surpresa. 

Acho que o sucesso de La Casa de Papel deve ter impulsionado bem o número de subscritores, que depois aproveitaram para espreitar outras séries e mantiveram o serviço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sou o único por aqui que nunca utilizei o Netflix para nada?

Detesto ver televisão por streaming. Ás vezes, utilizo o TVI Player, ou algum stream para um jogo de futebol, mas é raro. Não há nada como ver descansado na televisão. É outra qualidade.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Figo disse:

Sou o único por aqui que nunca utilizei o Netflix para nada?

Detesto ver televisão por streaming. Ás vezes, utilizo o TVI Player, ou algum stream para um jogo de futebol, mas é raro. Não há nada como ver descansado na televisão. É outra qualidade.

Também nunca usei nem faço questão. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Figo disse:

Sou o único por aqui que nunca utilizei o Netflix para nada?

Detesto ver televisão por streaming. Ás vezes, utilizo o TVI Player, ou algum stream para um jogo de futebol, mas é raro. Não há nada como ver descansado na televisão. É outra qualidade.

Eu nisso também concordo. Mas a Netflix também tem o serviço na televisão. :haha: Isso é que é o melhor de dois mundos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 minutos, HugoMiguel disse:

Acho que o sucesso de La Casa de Papel deve ter impulsionado bem o número de subscritores, que depois aproveitaram para espreitar outras séries e mantiveram o serviço.

Eu aderi passados para aí 3 meses da chegada a Portugal... Eu acho que o impulso foi Stranger Things e numa segunda fase sim, LCDP.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, D007 disse:

Eu nisso também concordo. Mas a Netflix também tem o serviço na televisão. :haha: Isso é que é o melhor de dois mundos.

Para verem o meu conhecimento sobre a Netflix, nem sabia disso. :haha:

É uma coisa que nunca me interessou. Mas eu também não sou propriamente fã de séries estrangeiras e afins. Prefiro ver a minha, a sua, a nossa Teia. :D

  • LOL 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 8 minutos, Rafael A. disse:

Eu aderi passados para aí 3 meses da chegada a Portugal... Eu acho que o impulso foi Stranger Things e numa segunda fase sim, LCDP.

Também aderi logo quando chegou e uma coisa que me faz manter a subscrição é o facto de terem algumas séries de canais estadunidenses cujos episódios saem na Netflix poucas horas depois da exibição original e logo legendados em condições.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 4 minutos, HugoMiguel disse:

Também aderi logo quando chegou e uma coisa que me faz manter a subscrição é o facto de terem algumas séries de canais estadunidenses cujos episódios saem na Netflix poucas horas depois da exibição original e logo legendados em condições.

Essa palavra dá-me sempre a volta ao estômago. :ph34r:

  • Thanks 1
  • LOL 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Figo disse:

Sou o único por aqui que nunca utilizei o Netflix para nada?

Detesto ver televisão por streaming. Ás vezes, utilizo o TVI Player, ou algum stream para um jogo de futebol, mas é raro. Não há nada como ver descansado na televisão. É outra qualidade.

Podes ver Netflix, Amazon Prime, etc., na TV.

Prova: Já usei a minha Xbox 360 para ver Netflix no monitor no quarto que na altura (2016) fazia de TV. Isso e já tens SmartTVs com apps do Netflix pré-instalada muitas vezes e com botão de acesso imediato ao serviço no comando.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 11 horas, Tiagotv disse:

Que miséria o programa mais visto do dia em pleno inverno estar com 11 de rating, parece que as generalistas estão se a borrifar para esta quebra brutal de consumo nos últimos meses

É mais fácil estar em negação e culpar a GFK de fabricar números.

há 2 horas, JDaman disse:

Quanto ao Netflix por cá, os números ainda não são muito bons para se falar de uma grande penetração, mas é verdade que com o fenómeno Netflix a nível global que haverá cada vez mais uma migração para esse tipo de plataformas.

Quais números? A Netflix não publica quantos clientes tem. Eu conheço mesmo muita gente da minha idade com Netflix (eu incluída) e também famílias com crianças pequenas, que preferem ver aí desenhos animados todos de seguida do que ver um episódio por dia na televisão. Por outro lado, não conheço ninguém que vejo a temporada atual do Dança com as Estrelas ou A Teia... Eu própria, que gosto deste mundo da televisão, já não tenho paciência para ligar a televisão e só o faço para ver futebol ou as notícias de abertura dos jornais em direto. Para ver as generalistas, vejo pelo TVI player e RTP play no meu portátil com os meus auscultadores. Os canais que não acordem, que não é preciso...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 12 minutos, Colorida disse:

Quais números? A Netflix não publica quantos clientes tem. Eu conheço mesmo muita gente da minha idade com Netflix (eu incluída) e também famílias com crianças pequenas, que preferem ver aí desenhos animados todos de seguida do que ver um episódio por dia na televisão. Por outro lado, não conheço ninguém que vejo a temporada atual do Dança com as Estrelas ou A Teia... Eu própria, que gosto deste mundo da televisão, já não tenho paciência para ligar a televisão e só o faço para ver futebol ou as notícias de abertura dos jornais em direto. Para ver as generalistas, vejo pelo TVI player e RTP play no meu portátil com os meus auscultadores. Os canais que não acordem, que não é preciso...

Falava disto.

Mas entretanto, fiz uma pesquisa rápida pelo Google, e parece que estão satisfeitos com os resultados recentes por cá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, JDaman disse:

Falava disto.

Mas entretanto, fiz uma pesquisa rápida pelo Google, e parece que estão satisfeitos com os resultados recentes por cá.

Claro que também há gente que vê em sites de pirataria, mas é streaming na mesma. Essas pessoas não esperam que os programas que veem apareçam no cabo nem muito menos veem as generalistas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 25 minutos, Colorida disse:

Claro que também há gente que vê em sites de pirataria, mas é streaming na mesma. Essas pessoas não esperam que os programas que veem apareçam no cabo nem muito menos veem as generalistas.

Daí falar que o a penetração do streaming (e falo só através de meios legais) será cada vez maior.

E honestamente, olhando para o cenário por cá, ou SIC/TVI dão ao pedal, ou arriscam-se a serem como os dinossauros. Da RTP não falo porque estão a apostar forte no VOD/streaming e em produtos alternativos como as transmissões de e-sports, que sempre fazem com que pessoas que fogem da marca se acabem por associar a esta.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 horas, AGUI disse:

Estes players das televisões portuguesas nem se comparam. A fluidez, qualidade de imagem, som, até de design da Netflix é quase como avançar 10 anos, num futuro distante.

Nisso concordo, a qualidade do TVI Player deixa um bocado a desejar. Mas eu só vejo mesmo em ultimo caso, porque normalmente prefiro ver as gravações automáticas na televisão.

há 2 horas, JDaman disse:

Podes ver Netflix, Amazon Prime, etc., na TV.

Prova: Já usei a minha Xbox 360 para ver Netflix no monitor no quarto que na altura (2016) fazia de TV. Isso e já tens SmartTVs com apps do Netflix pré-instalada muitas vezes e com botão de acesso imediato ao serviço no comando.

Eu acredito.

Simplesmente eu não tenho conhecimento aprofundado sobre a Netflix, porque os seus conteúdos não me despertam grande interesse, nem estou para pagar para ver séries e afins. Eu nem para ter os canais de futebol gasto dinheiro (e eu adoro futebol), muito menos para ver séries.

há 2 horas, Colorida disse:

Quais números? A Netflix não publica quantos clientes tem. Eu conheço mesmo muita gente da minha idade com Netflix (eu incluída) e também famílias com crianças pequenas, que preferem ver aí desenhos animados todos de seguida do que ver um episódio por dia na televisão. Por outro lado, não conheço ninguém que vejo a temporada atual do Dança com as Estrelas ou A Teia... Eu própria, que gosto deste mundo da televisão, já não tenho paciência para ligar a televisão e só o faço para ver futebol ou as notícias de abertura dos jornais em direto. Para ver as generalistas, vejo pelo TVI player e RTP play no meu portátil com os meus auscultadores. Os canais que não acordem, que não é preciso...

Fogo, as crianças já estão mais à frente que eu.

Mas as minhas crianças (quando as tiver) não vão ter essa sorte, porque eu não vou gastar dinheiro nessas modernices. Vão ter de se contentar com o Canal Panda, o Disney Channel e afins. :haha:

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 4 horas, Figo disse:

 Fogo, as crianças já estão mais à frente que eu.

Mas as minhas crianças (quando as tiver) não vão ter essa sorte, porque eu não vou gastar dinheiro nessas modernices. Vão ter de se contentar com o Canal Panda, o Disney Channel e afins. :haha:

Podem ver Youtube. Alguns dos vídeos mais vistos de sempre no Youtube são desenhos animados e não é por acaso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 10 horas, Figo disse:

Nisso concordo, a qualidade do TVI Player deixa um bocado a desejar. Mas eu só vejo mesmo em ultimo caso, porque normalmente prefiro ver as gravações automáticas na televisão.

Eu acredito.

Simplesmente eu não tenho conhecimento aprofundado sobre a Netflix, porque os seus conteúdos não me despertam grande interesse, nem estou para pagar para ver séries e afins. Eu nem para ter os canais de futebol gasto dinheiro (e eu adoro futebol), muito menos para ver séries.

Fogo, as crianças já estão mais à frente que eu.

Mas as minhas crianças (quando as tiver) não vão ter essa sorte, porque eu não vou gastar dinheiro nessas modernices. Vão ter de se contentar com o Canal Panda, o Disney Channel e afins. :haha:

Não pagas Netflix, mas pagas TV paga à mesma. :p

Acho que daqui a uns anos vai ser muito difícil ignorar estas plataformas de streaming, mesmo para conteúdos infantins. A Netflix tem conteúdo infantil que vai dos clássicos, a coisas mais contemporâneas e produções originais deles lançadas recentemente. A Disney vai lançar o Disney+, que se auto-explica no conteúdo infantil e familiar (além de que com a compra da 21st Century Fox, ficam também com um dos maiores espólios de animação para adultos, com jóias como Futurama, Archer e King of the Hill). A Warner prepara-se para lançar mais uma plataforma de OTT, com o espólio gigantesco que têm, desde coisas da Hanna Barbera a animações mais recentes como os filmes da LEGO. Vai começar a ficar muito difícil não investir em pelo menos uma conta de um destes três serviços no futuro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho sinceramente que a Netflix e afins devem ser a muito curto prazo obrigadas a cumprir um mínimo de produção nacional, ou então podem destruir o mercado audiovisual não só em Portugal como em muitos países pequenos da Europa com uma facilidade assustadora...
Posso estar a ser muito nacionalista, mas só fico descansado e adiro em consciência a uma plataforma dessas quando elas cumprirem essas quotas e começar a aparecer conteúdo nacional de qualidade. Não sou capaz de estar a alimentar uma concorrência desleal ou apenas passar a ver conteúdo estrangeiro sem pensar na sustentabilidade do mercado português, como muita gente injustamente já nem sequer dá uma oportunidade às séries portuguesas.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 13 minutos, canal5 disse:

Eu acho sinceramente que a Netflix e afins devem ser a muito curto prazo obrigadas a cumprir um mínimo de produção nacional, ou então podem destruir o mercado audiovisual não só em Portugal como em muitos países pequenos da Europa com uma facilidade assustadora...
Posso estar a ser muito nacionalista, mas só fico descansado e adiro em consciência a uma plataforma dessas quando elas cumprirem essas quotas e começar a aparecer conteúdo nacional de qualidade. Não sou capaz de estar a alimentar uma concorrência desleal ou apenas passar a ver conteúdo estrangeiro sem pensar na sustentabilidade do mercado português, como muita gente injustamente já nem sequer dá uma oportunidade às séries portuguesas.

Acho que no Canadá estavam a pensar numa proposta do género para forçar as OTTs a ter cotas de conteúdo nacional.

Contudo, vai ser difícil por cá forçar esse tipo de cotas a empresas como a Netflix, a não ser que a legislação mude radicalmente e passe a perceber que o mercado televisivo mudou imenso desde 93. Para já, kudos por haver dobragens em PT-PT em alguns conteúdos infantis na Netflix e kudos para a Disney que faz um trabalho do caraças para ter praticamente tudo em PT-PT por cá.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 17 horas, canal5 disse:

Eu acho sinceramente que a Netflix e afins devem ser a muito curto prazo obrigadas a cumprir um mínimo de produção nacional, ou então podem destruir o mercado audiovisual não só em Portugal como em muitos países pequenos da Europa com uma facilidade assustadora...
Posso estar a ser muito nacionalista, mas só fico descansado e adiro em consciência a uma plataforma dessas quando elas cumprirem essas quotas e começar a aparecer conteúdo nacional de qualidade. Não sou capaz de estar a alimentar uma concorrência desleal ou apenas passar a ver conteúdo estrangeiro sem pensar na sustentabilidade do mercado português, como muita gente injustamente já nem sequer dá uma oportunidade às séries portuguesas.

Essa regra existe para o cabo? É que eu não os vejo a apostarem em produções nacionais. Porque é que o streaming o haveria de fazer?

Um país que tem este tipo de regra é França, onde os canais de TV e rádio franceses têm de ter 40% de conteúdo francês, mas a Netflix não tem de seguir a regra porque não é uma empresa francesa. Mesmo que isto fosse implementado em Portugal, a Netflix simplesmente compraria mais novelas da SIC e nós teríamos menos oferta de novos programas.

Edited by Colorida

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...