Jump to content
VascoSantos

RTP Lab [plataforma de web-séries]

Recommended Posts

Criei este tópico porque algumas séries que a RTP vai produzir serão exclusivamente para o digital, e acho que não faz muito sentido criar um tópico para cada uma delas, visto que não serão exibidas em televisão.

O comunicado da RTP,  que anuncia 4 novas séries, em que uma delas é "Amnésia":

Citação

RTP explora novas formas de contar uma história

A RTP, enquanto serviço público de media, procura estimular a criatividade e a inovação. E, por isso, de forma pioneira, criou o RTP Lab, um laboratório criativo e experimental, com novas formas de produção de conteúdos, pensadas numa lógica multiplataforma.

Assim, foi feita uma consulta de conteúdos, dirigida a todo o público, na procura de géneros de ficção e humor que utilizem novas formas de narrativa em ambientes exclusivamente digitais. Depois da candidatura de vários projetos, a RTP escolheu quatro que nascem e vivem unicamente no meio digital.

“Foram selecionados projetos que integrem interação com o conteúdo na forma como a história é contada ou distribuída e que sejam totalemtne desenvolvidos num ambiente digital” – João Pedro Galveias, Direção de Multimédia da RTP.

A partir deste mês vai ser possível acompanhar em exclusivo nas várias plataformas digitais da RTP (RTP Play, YouTube e Redes Sociais) quatro séries de ficção nacional:

 

AMNÉSIA:
Um thriller policial vertiginoso – Estreia a 30 de outubro na RTP Play, YouTube e Instagram

Amnésia é um thriller policial que conta a história de Joana Almeida (Ana Vilela da Costa), uma jovem blogger de sucesso que, na manhã da publicação do seu primeiro romance enquanto autora, acorda com o seu namorado, Carlos (Nuno Janeiro), morto a seu lado.

“A beActive, que sempre apostou na inovação, não podia deixar de se associar a esta iniciativa e, por isso, desenvolveu a AMNÉSIA, uma experiência interativa que cruza uma história linear com as novas funcionalidades das redes sociais, nomeadamente o Instagram. Pela primeira vez vamos contar uma história em que algumas cenas irão desaparecer ao fim de 24 horas“. – Nuno Bernardo, beActive Entertainment.

 

#CASADOCAIS:
Cinco amigos peculiares – Estreia em janeiro na RTP Play e no YouTube

Ema vem para Lisboa e partilha casa com quatro amigos excêntricos. Histórias sem tabus sobre o que é ser jovem no novo milénio (o sexo, o álcool, as drogas, as festas, a busca de emprego e o amadurecimento).

“A Casa do Cais é o materializar do sonho de produzir uma série de comédia com que a nossa geração se consiga identificar. É fantástico ter a oportunidade de mostrar realidades e mentalidades diferentes, assim como a aventura que é ser jovem hoje me dia, numa linguagem atual, crua e cómica“. – Peperan.

 

SUBSOLO:
Uma geração à procura numa Lisboa marginal – Estreia em janeiro na RTP Play e YouTube

Um grupo de jovens com que raramente nos cruzaríamos contam a sua história de sobrevivência numa cidade de sombras e escuridão.

“O SUBSOLO surgiu de uma ideia do coletivo VIDEOLOTION que, depois de apresentada à RTP, passou de uma série de ficção de 10 episódios a uma websérie de 5 episódios, com o objetivo de fazer ficção de qualidade cinematográfica num formato a que esta característica não é comum. O interesse em realizar o SUBSOLO nasce da vontade de mostrar um retrato de uma geração, num formato de guerrilha mas que vinga pela particularidade do conteúdo“. – Joana Peralta, VideoLotion.

 

APPAIXONADOS:
Comédia romântica interativa onde o público faz de cupido – Estreia em fevereiro na RTP Play, Youtube e APP móvel

Ana Real, 32 anos, está solteira há três e decide procurar o amor na internet. Regista-se numa aplicação, onde os utilizadores fazem de casamenteiro e votam no blind date que querem ver na semana seguinte.

“No Appaixonados, o espetador pode escolher quem vão ser os próximos encontros da Ana. A direção da narrativa é escolhida por todos e a equipa de escrita vai ter de adaptar-se de semana a semana. A App dos Appaixonados vai permitir a qualquer pessoa participar na escrita da série e decidir o destino romântico da Ana“. – Guilherme Trindade, Ankylosaur

 

  • Like 2
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 horas, Televisão 10 disse:

Estas séries podiam ser transmitidas na mesma na RTP 1 ou na RTP 2.

E provavelmente irão ser, como Os Jogadores.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que já vi uma combinação parecida (do nome do serviço) algures... será que foi o CW Seed?

Edited by ATVTQsV

Share this post


Link to post
Share on other sites
34 minutes ago, ATVTQsV said:

Acho que já vi uma combinação parecida (do nome do serviço) algures... será que foi o CW Seed?

Será o Observador Lab (OBS Lab)?

Edited by Jet1000

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Jet1000 disse:

Será o Observador Lab (OBS Lab)?

Pode ser, mas a minha teoria era outra.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguns dos atores de "Subsolo" (com destaque para Inês de Sá Frias, Frederico Barata e Miguel Raposo)

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

#CasadoCais é a nova série da RTP1

CasaDoCais.jpg?resize=1024,439

Ema chega a Lisboa vinda do Entroncamento e muda-se para a sua primeira casa, a #CasadoCais, juntamente com a amiga Lara.

Os seus amigos Jay e Alexandre juntam-se ao grupo e começam de imediato a influenciar as amigas para organizar uma festa de inauguração. Esta toma proporções maiores do que as esperadas, fugindo do controlo de todos. Ema fica de ressaca e esquece-se que tem uma entrevista de emprego.

Os amigos juntam-se para partilhar os seus dilemas pessoais e as dificuldades que sentem como jovens adultos numa grande cidade. Agendam várias entrevistas, de modo a preencher o quarto ainda vazio na #CasadoCais, mas todas elas falham.

Surge então Beatriz, uma rapariga vinda do Porto, urgentemente à procura de casa e de uma nova vida. Sentindo alguma química, o grupo decide seduzir Beatriz a ficar, organizando uma pequena festa de boas vindas.

Os protagonistas da nova série da estação pública são 4 jovens youtubers. Ana Correia aka Peperan, Francisco aka KikoIsHot, Soraia Carrega aka Djub Su e André Mariño

#CasadoCais é escrita por Ana Correia, Helena Amaral, André Mariño, Soraia Carrega e Francisco Soares. Estão previstos 10 episódios com emissão na RTP, Youtube e RTP Play.

A estreia está prevista para o início de 2018.

Fonte: Z

Edited by Ambrósio
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não estou minimamente interessado nisto. Não gosto nada do elenco, desses youtubers em específico. "Subsolo", por exemplo, entusiasma-me muito mais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, Ivo disse:

Não estou minimamente interessado nisto. Não gosto nada do elenco, desses youtubers em específico. "Subsolo", por exemplo, entusiasma-me muito mais.

Eu sinceramente já acho um exagero da RTP a aposta neste tipo de séries :S, disse isso há bocado no tópico da família Ventura até (essa sim uma série que me agrada mais).

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, Ambrósio disse:

Eu sinceramente já acho um exagero da RTP a aposta neste tipo de séries :S, disse isso há bocado no tópico da família Ventura até (essa sim uma série que me agrada mais).

Eu acho que o melhor era esta série ficar só no digital, isto parece-me ser tão desinteressante para estar na RTP :S 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Ivo disse:

Eu acho que o melhor era esta série ficar só no digital, isto parece-me ser tão desinteressante para estar na RTP :S 

Sim, que façam como com "Amnésia" (outra série fraca).

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não acho que o objetivo da RTP com estas séries seja a qualidade, mas sim apoiar e descobrir potenciais profissionais nas mais diversas áreas envolventes da ficção.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 horas, Ivo disse:

Eu acho que o melhor era esta série ficar só no digital, isto parece-me ser tão desinteressante para estar na RTP :S 

 

há 2 horas, Ambrósio disse:

Sim, que façam como com "Amnésia" (outra série fraca).

E é mesmo só para o digital, naqueles projetos do RTP Lab. Aliás, eu criei esse tópico para se falar destas séries digitais. @miguelalex23 se puderes mover para lá...

O Z é que se enganou e disse que dava em TV também.

Isto é como "Amnésia", vai dar no RTP Play e no YouTube, sem a vertente das Instastories.

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, VascoSantos disse:

 

E é mesmo só para o digital, naqueles projetos do RTP Lab. Aliás, eu criei esse tópico para se falar destas séries digitais. @miguelalex23 se puderes mover para lá...

O Z é que se enganou e disse que dava em TV também.

Isto é como "Amnésia", vai dar no RTP Play e no YouTube, sem a vertente das Instastories.

 

Ainda bem que se enganou ;) por momentos pensei que tivessem mudado de ideias e fosse passar também na RTP.

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 5 horas, VascoSantos disse:

E é mesmo só para o digital, naqueles projetos do RTP Lab. Aliás, eu criei esse tópico para se falar destas séries digitais. @miguelalex23 se puderes mover para lá...

O Z é que se enganou e disse que dava em TV também.

Isto é como "Amnésia", vai dar no RTP Play e no YouTube, sem a vertente das Instastories.

Obrigado pela indicação. Até acredito que isto, tal como os outros projectos, venha a passar posteriormente na TV em formato compacto (tal como Os Jogadores) em horários secundários. Isto até podia passar no lugar do 4Play. :P

Há dias apareceu-me o instagram disto e tem perto de 1000 seguidores. É pouquinho, mas ainda falta 1 mês para a estreia e o do Amnésia só teve 1950 até à data. Não é que isto interesse muito porque a Casa do Cais não vai ter parte da história no Instagram, mas os youtubers envolvidos devem ajudar a que isto tenha um bocadinho mais de impacto do que o Amnésia.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

isto tornava se ainda melhor se tivesse vertente social tipo skam e a série fosse mais calma, ligeiramente

Share this post


Link to post
Share on other sites

O trailer da série “#CasaDoCais” tem algumas críticas no YouTube, mas também tem um número de visualizações considerável. Para mim, parece-me uma série péssima...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...