Jump to content

Recommended Posts

Desculpem, mas acho o casal principal do mais insosso que pode haver. Além da construção fraca que teve no início, acho que a atuação do Murilo Benício torna a personagem do Lucas ainda mais chata. Mas, sim, a Jade é maravilhosa, movimenta a sua história, não é necessário uma vilã para isso, ela entra e sai dos seus próprios problemas.

Link to post
Share on other sites
  • Replies 344
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Hidden Content Sign in or sign up to see the hidden content. Acabou. Encerrei esta semana um dos capítulos mais bonitos da minha vida enquanto apreciadora e consumidora de novelas! Cheguei ao fim desta que foi sem dúvida uma das “viagens” mais mágicas e alucinantes que experienciei até agora. ‘O Clone’ foi irrefutavelmente a novela mais intensa, complexa e bem escrita que eu já vi em toda a minha vida. É difícil tran

Saudades deste novelão

Acabei hoje esta grande novela, foi tão bom acompanhar esta história do inicio ao fim! Fiquei bastante satisfeito com o final da história e das personagens. Fiquei muito emocionado em especial com o final do Albieri e do Léo no deserto, foi um final emocionante e misterioso, o criador e a criação juntos por fim! Tanto o Juca de Oliveira como o Murilo Benicio arrasaram completamente nesta novela, aliás, assim como o Marcelo Novaes que me surpreendeu com a intensidade das suas cenas dramáticas!

Agora mesmo, AGUI disse:

Desculpem, mas acho o casal principal do mais insosso que pode haver. Além da construção fraca que teve no início, acho que a atuação do Murilo Benício torna a personagem do Lucas ainda mais chata. Mas, sim, a Jade é maravilhosa, movimenta a sua história, não é necessário uma vilã para isso, ela entra e sai dos seus próprios problemas.

São opiniões, mas estás em minoria porque o casal Lucas/Jade é dos mais amados da teledramaturgia brasileira. E o Murilo Benicio está excelente nesta novela, ele interpreta 3 personagens diferentes e conseguiu dar-lhes uma identidade própria. Gosto mais da interpretação dele aqui do que em Chocolate com Pimenta ou Avenida Brasil por exemplo (não que ele tenha estado mal nessas novelas, de todo), ele aqui teve chances bra brilhar mesmo.

Link to post
Share on other sites

Glória Perez é uma autora muito excepcional, adoro sua escrita. Agora assisto no Viva a reprise de ''Explode Coração'', das novelas culturais da autora a considero um pouco mais fraca do que as quatro que vieram a seguir desta ''O Clone'',  ''América'', ''Caminho das índias'' e ''Salve Jorge'', apesar, que ela soube muito bem conduzir as tramas dos ciganos. Se não tivesse um Ricardo Macchi  (péssimo ator) no caminho, talvez eu torceria mais para o casal Dara e Igor do que Dara e Julio. Julio a novela inteira escondeu de todos seu envolvimento com Dara. Sua ambição de ser senador, o fez afastar de Dara por preconceito dela ser cigana, a ponto de Dara engravidar dele (para cultura cigana, a mulher tem que se casar virgem), aceitar um casamento que ela não quis com Igor, já prometida assim que nasceu e esconder de todos que teve relações fora do casamento e que o filho que espera é de um gajó (homem não cigano). Vejo Dara quase uma irmã gêmea de Jade, as duas são impulsivas, abdicam de sua cultura em nome do amor fora de sua realidade e preceito cultural. Os merchans sociais é que ajuda transformar as novelas da autora em um debate, caso de ''Explode Coração'' crianças desaparecidas, transfobia, cybernético e de ''O Clone'', clonagem humana, drogas, estelionato caso de Alicinha e entre outros.

Edited by DanielNunes
Link to post
Share on other sites
há 1 minuto, DanielNunes disse:

Glória Perez é uma autora muito excepcional, adoro sua escrita. Agora assisto no Viva a reprise de ''Explode Coração'', das novelas culturais da autora a considero um pouco mais fraca do que as quatro que vieram a seguir desta ''O Clone'',  ''América'', ''Caminho das índias'' e ''Salve Jorge'', apesar, que ela soube muito bem conduzir as tramas dos ciganos muito bem. Se não tivesse um Ricardo Macchi  (péssimo ator) no caminho, talvez eu torceria mais para o casal Dara e Igor do que Dara e Julio. Julio a novela inteira escondeu de todos seu envolvimento com Dara. Sua ambição de ser senador, o fez afastar de Dara por preconceito dela ser cigana, a ponto de Dara engravidar dele (para cultura cigana, a mulher tem que se casar virgem), aceitar um casamento que ela não quis com Igor, já prometida assim que nasceu e esconder de todos que teve relações fora do casamento e que o filho que espera é de um gajo (pessoa fora de sua cultura). Vejo Dara quase uma irmã gêmea de Jade, as duas são impulsivas, abdicam de sua cultura em nome do amor fora de sua realidade e preceito cultural. Os merchans sociais é que ajuda transformar as novelas da autora em um debate, caso de ''Explode Coração'' crianças desaparecidas, transfobia, cybernético e de ''O Clone'', clonagem humana, drogas entre outros.

A Jade é das melhores protagonistas de sempre, é incrível como a a Glória conseguiu escrever uma protagonista tão fascinante... eu acho muito mais difícil escrever bons protagonistas do que vilões, e a Glória consegue transportar a complexidade do ser humano para as suas obras de uma forma muito verdadeira (ainda que às vezes escorregue, por exemplo em AFDQ acho que não havia necessidade da Irene ter mudado a sua personalidade, estava a gostar de ver finalmente uma psicopata fria e racional como é na realidade e depois pro final vira uma histérica, nada a ver isso).

Uma coisa que a Glória parece gostar é de escrever personagens passionais, que sentem muito as coisas. No Clone tanto a Jade como a Yvete são passionais, e o Lucas também o é no íntimo, não o demonstra mais porque foi castrado pelo pai em termos emocionais. A Bibi em AFDQ era 100% passional. Depois também parece gostar de escrever personagens "da natureza", como o Léo do Clone e a Ritinha de AFDQ, que se formos a analisar saem completamente do maniqueísmo das novelas, até porque nem são humanos propriamente (o Léo sendo um clone e a Ritinha sendo sereia, filha de boto).

A Glória acaba por fugir muitas vezes aos estereótipos e clichés das novelas, isso a faz destacar de outros autores que se ficam pelo "mais do mesmo".

 

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 4 horas, Forbidden disse:

São as duas ótimas, acho que "O Clone" supera AFDQ por que tem mais "magia" (é algo dificil de por em palavras ou de definir, mas vendo sente-se). Se for a avaliar o conjunto total de personagens aí acho que AFDQ ganha porque quase todas as personagens tinham um propósito, mas só os protagonistas de O Clone valem tanto que sinceramente o resto é o resto. O casal principal do Clone é dos melhores de sempre, já não me empolgava assim com um casal desde que vi Paraiso penso eu, é melhor que qualquer casal de AFDQ na minha opinião. Depois a relação do Albieri com o Léo é única, aliás, estas duas personagens são ambas muito especiais... o Léo ainda vai ter muito pra dar, visto que vou a meio da novela e ele ainda se cruzou com poucas personagens.

Bem, isto poderia ter sido escrito por mim. É exatamente o que eu acho.

@Maya, ver O Clone é para ontem. A novela é excecional e tem aquele que é considerado por muitos o melhor casal de sempre.

  • Like 1
  • Love 1
Link to post
Share on other sites

Sinceramente gosto muito mais do casal da Yvete com o Leónidas, esse casal convenceu-me. E também adoro essas personagens passionais, que seguem os intintos e que fogem ao normal, são muito imprevisíveis. Uma das minhas cenas preferidas da novela é quando a Yvete parte o carro do Leónidas.

Talvez há uns anos atrás gostasse do casal protagonista, mas depois das novelas que vi nos últimos anos eu percebi o que para mim era mesmo um casal bem escrito. Kubanacan, Uga Uga e As Filhas da Mãe têm isso, relações muito bem construídas (acho que a comédia ajuda imenso) e que ambas as partes estão dispostas ao mesmo, não uma parte que foge sempre ou que trai. E nas duas primeiras novelas que vi foi algo muito imprevisível, eram duas personagens importantes que acabam por se envolver em ser algo esperado. Outra das coisas é que os casais não são usados para evitar o arrastamento, como é visto tantas vezes, por exemplo, quando uma das personagens trai a outra para a história render mais, isso proporciona mais episódios com história ma estraga as personagens e a "magia" do casal. Nas novelas citadas, quando já não existiam obstáculos, as personagens ficavam juntas de vez (ou quase de vez, afinal é uma novela), mesmo que fosse no 10º episódio e a verdade é que, mesmo assim, nunca vi histórias tão ágeis.

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...
  • 2 weeks later...

Eu já fiz o seguinte compromisso comigo mesma: Assim que terminar 'Malhação 2005', vou começar a acompanhar 'O Clone', uma novela da qual tenho tão poucas memórias e que sempre tive curiosidade de ver!

Eu bem tento desligar-me temporariamente das novelas, só que é praticamente impossível! @Forbidden e @Free Live espero gostar e seguir esta novela até ao fim com a mesma devoção e carinho com que vocês a seguem.

  • Love 2
Link to post
Share on other sites

Primeiro episódio:

Embora não tenha sido ainda "conquistada" pela novela, devo dizer que fiquei muito agradada com o que vi!

Os diálogos são absolutamente soberbos! Incrível ver como a Glória tem este dom tão especial de escrever cenas tão bonitas, inserindo diálogos escritos com maestria em contextos e cenários que fazem jus á qualidade dos mesmos! Ainda estou literalmente de queixo caído com as filmagens no Egipto e em Marrocos! :wub:

Do elenco, destaco obviamente o maravilhoso Juca de Oliveira, cujo personagem me tem despertado imensa curiosidade, não só pelo didatismo que transborda mas também pelo tema central da novela no qual este cientista Albieri vai ter um papel preponderante. Este primeiro episódio, já a falar sobre a temática da clonagem e com direito a diálogos brilhantes, foi uma bela amostra do que virá por ai!
Ainda sobre a "ala masculina", aplaudo o igualmente sublime Murilo Benício, na pele dos gémeos Diogo e Lucas! Estou muito curiosa com os personagens do Reginaldo Faria e do Stenio Garcia, parecem ser muito interessantes, com muito sumo para expremer!
Da "ala feminina", começo por evidenciar a grande Giovanna Antonelli, tão natural e segura na pele da sua "eterna" Jade, tão insegura e ingénua mas ao mesmo tempo tão curiosa e de coração aberto! Letícia Sabatella, Jandira Martini e Vera Fischer também parecem estar a altura dos desafios que lhes foram entregues!

Vou seguir até ao 5º episódio e depois decido se continuo ou não a acompanhar a novela, mas para já a apreciação que faço é mais que positiva!

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 12 minutos, Maya disse:

Primeiro episódio:

Embora não tenha sido ainda "conquistada" pela novela, devo dizer que fiquei muito agradada com o que vi!

Os diálogos são absolutamente soberbos! Incrível ver como a Glória tem este dom tão especial de escrever cenas tão bonitas, inserindo diálogos escritos com maestria em contextos e cenários que fazem jus á qualidade dos mesmos! Ainda estou literalmente de queixo caído com as filmagens no Egipto e em Marrocos! :wub:

Do elenco, destaco obviamente o maravilhoso Juca de Oliveira, cujo personagem me tem despertado imensa curiosidade, não só pelo didatismo que transborda mas também pelo tema central da novela no qual este cientista Albieri vai ter um papel preponderante. Este primeiro episódio, já a falar sobre a temática da clonagem e com direito a diálogos brilhantes, foi uma bela amostra do que virá por ai!
Ainda sobre a "ala masculina", aplaudo o igualmente sublime Murilo Benício, na pele dos gémeos Diogo e Lucas! Estou muito curiosa com os personagens do Reginaldo Faria e do Stenio Garcia, parecem ser muito interessantes, com muito sumo para expremer!
Da "ala feminina", começo por evidenciar a grande Giovanna Antonelli, tão natural e segura na pele da sua "eterna" Jade, tão insegura e ingénua mas ao mesmo tempo tão curiosa e de coração aberto! Letícia Sabatella, Jandira Martini e Vera Fischer também parecem estar a altura dos desafios que lhes foram entregues!

Vou seguir até ao 5º episódio e depois decido se continuo ou não a acompanhar a novela, mas para já a apreciação que faço é mais que positiva!

Por acaso nunca achei a Jade insegura ou ingénua, bem pelo contrário, ela é tão forte desde o início, desafia tudo e todos que é impossível pra mim vê-la como tal! E olha que ela sofre muito e tem toda a gente contra ela, é agredida várias vezes, e mesmo assim mantém-se firme!

O Murilo Benicio está mesmo excelente nesta novela... vi há pouco tempo a cena em que o Lucas se encontra com o clone, e foi uma coisa magistral, nem há palavras!

Edited by Forbidden
  • Like 2
Link to post
Share on other sites
6 minutes ago, Forbidden said:

Por acaso nunca achei a Jade insegura ou ingénua, bem pelo contrário, ela é tão forte desde o início, desafia tudo e todos que é impossível pra mim vê-la como tal! E olha que ela sofre muito e tem toda a gente contra ela, é agredida várias vezes, e mesmo assim mantém-se firme!

O Murilo Benicio está mesmo excelente nesta novela... vi há pouco tempo a cena em que o Lucas se encontra com o clone, e foi uma coisa magistral, nem há palavras!

Eu ainda só vi um episódio não te esqueças! Para já ela ainda não levantou grandes ondas perante as severas tradições da cultura do islão, tirando no início quando pediu á mãe para ir á discoteca com as amigas, algo que não se concretixou entretanto.

Ainda estou a digerir os últimos episódios da temporada 2005 de 'Malhação' Forbi! Assim que me recompor retomarei imediatamente a novela. 

Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, Maya disse:

Eu ainda só vi um episódio não te esqueças! Para já ela ainda não levantou grandes ondas perante as severas tradições da cultura do islão, tirando no início quando pediu á mãe para ir á discoteca com as amigas, algo que não se concretixou entretanto.

Ainda estou a digerir os últimos episódios da temporada 2005 de 'Malhação' Forbi! Assim que me recompor retomarei imediatamente a novela. 

Sim claro, mas a o romance dela com o Lucas começa no inicio da novela (penso que no segundo ep, se não estou em erro), a partir daí vais ver a determinação da Jade. O incrível é ver ela a manipular todos a sua volta pra conseguir o que quer!

Mas a novela é muito dramática, há alturas que tenho que parar de ver porque até faz mal... é muito choro, muito drama! É muita pesada em termos emocionais.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
2 minutes ago, Forbidden said:

Sim claro, mas a o romance dela com o Lucas começa no inicio da novela (penso que no segundo ep, se não estou em erro), a partir daí vais ver a determinação da Jade. O incrível é ver ela a manipular todos a sua volta pra conseguir o que quer!

Mas a novela é muito dramática, há alturas que tenho que parar de ver porque até faz mal... é muito choro, muito drama! É muita pesada em termos emocionais.

Nas cenas do próximo episódio já mostra o Lucas a observar a Jade a dançar a dança do ventre, dai estar tão ansiosa para ver o segundo episódio!

Eu como gosto de um bom drama já estou a ficar em pulgas! O triângulo Lucas-Ivete-Leonidas também promete dar que falar.

Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Maya disse:

Nas cenas do próximo episódio já mostra o Lucas a observar a Jade a dançar a dança do ventre, dai estar tão ansiosa para ver o segundo episódio!

Eu como gosto de um bom drama já estou a ficar em pulgas! O triângulo Lucas-Ivete-Leonidas também promete dar que falar.

No caso é o Diogo, não o Lucas, e achei nojento pra dizer a verdade...ela ir pra cama com o filho do namorado, muito mau (embora ela não soubesse que era, mas enfim). No inicio eu detestava a Yvette, depois mais pra frente ela fica mais suave e cómica.

Edited by Forbidden
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
2 minutes ago, Forbidden said:

No caso é o Diogo, não o Lucas, e achei nojento pra dizer a verdade...ela ir pra cama com o filho do namorado, muito mau (embora ela não soubesse que era, mas enfim). No inicio eu detestava a Yvette, depois mais pra frente ela fica mais suave e cómica.

Tens razão! Embora o Murilo esteja muito bem, ainda não sou capaz de destinguir os irmãos pelas respectivas personalidades.

A Yvete portou-se muito mal com o Leónidas! Se não tivesse sido com o Diogo teria sido com qualquer outro não é verdade?!

Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, Maya disse:

 

A Yvete portou-se muito mal com o Leónidas! Se não tivesse sido com o Diogo teria sido com qualquer outro não é verdade?!

Sim, ela nem conhecia o Diogo de lado nenhum e atirou-se logo a ele, credo.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
Just now, Forbidden said:

Sim, ela nem conhecia o Diogo de lado nenhum e atirou-se logo a ele, credo.

Será que ela só está com o Leónidas por interesse?!

Não respondas! È algo que vou adorar descobrir por mim mesma!

Link to post
Share on other sites
há 3 horas, Maya disse:

Primeiro episódio:

Embora não tenha sido ainda "conquistada" pela novela, devo dizer que fiquei muito agradada com o que vi!

Os diálogos são absolutamente soberbos! Incrível ver como a Glória tem este dom tão especial de escrever cenas tão bonitas, inserindo diálogos escritos com maestria em contextos e cenários que fazem jus á qualidade dos mesmos! Ainda estou literalmente de queixo caído com as filmagens no Egipto e em Marrocos! :wub:

Do elenco, destaco obviamente o maravilhoso Juca de Oliveira, cujo personagem me tem despertado imensa curiosidade, não só pelo didatismo que transborda mas também pelo tema central da novela no qual este cientista Albieri vai ter um papel preponderante. Este primeiro episódio, já a falar sobre a temática da clonagem e com direito a diálogos brilhantes, foi uma bela amostra do que virá por ai!
Ainda sobre a "ala masculina", aplaudo o igualmente sublime Murilo Benício, na pele dos gémeos Diogo e Lucas! Estou muito curiosa com os personagens do Reginaldo Faria e do Stenio Garcia, parecem ser muito interessantes, com muito sumo para expremer!
Da "ala feminina", começo por evidenciar a grande Giovanna Antonelli, tão natural e segura na pele da sua "eterna" Jade, tão insegura e ingénua mas ao mesmo tempo tão curiosa e de coração aberto! Letícia Sabatella, Jandira Martini e Vera Fischer também parecem estar a altura dos desafios que lhes foram entregues!

Vou seguir até ao 5º episódio e depois decido se continuo ou não a acompanhar a novela, mas para já a apreciação que faço é mais que positiva!

Uma curiosidade que revendo em minha mente a novela nestes primeiros capítulos e na primeira fase da novela, dois personagens foram inseridos na novela ''O Clone'', a Miss Brown (Beatriz Segall) e o Dr. Molina (Mário Lago) que são da novela ''Barriga de Aluguel''. A Miss Brown foi a doutora que implantou o sêmen em Clara que deu origem ao título da novela e Dr. Molina é o contra no contexto sobre a ''barriga de aluguel'' da novela. Estes personagens são bem importantes  nesta primeira fase da novela que são um pouco a consciência, como se fosse um anjinho e demônio na mente de Albieri.  

Edited by DanielNunes
Link to post
Share on other sites
há 3 horas, Maya disse:

Primeiro episódio:

Embora não tenha sido ainda "conquistada" pela novela, devo dizer que fiquei muito agradada com o que vi!

Os diálogos são absolutamente soberbos! Incrível ver como a Glória tem este dom tão especial de escrever cenas tão bonitas, inserindo diálogos escritos com maestria em contextos e cenários que fazem jus á qualidade dos mesmos! Ainda estou literalmente de queixo caído com as filmagens no Egipto e em Marrocos! :wub:

Do elenco, destaco obviamente o maravilhoso Juca de Oliveira, cujo personagem me tem despertado imensa curiosidade, não só pelo didatismo que transborda mas também pelo tema central da novela no qual este cientista Albieri vai ter um papel preponderante. Este primeiro episódio, já a falar sobre a temática da clonagem e com direito a diálogos brilhantes, foi uma bela amostra do que virá por ai!
Ainda sobre a "ala masculina", aplaudo o igualmente sublime Murilo Benício, na pele dos gémeos Diogo e Lucas! Estou muito curiosa com os personagens do Reginaldo Faria e do Stenio Garcia, parecem ser muito interessantes, com muito sumo para expremer!
Da "ala feminina", começo por evidenciar a grande Giovanna Antonelli, tão natural e segura na pele da sua "eterna" Jade, tão insegura e ingénua mas ao mesmo tempo tão curiosa e de coração aberto! Letícia Sabatella, Jandira Martini e Vera Fischer também parecem estar a altura dos desafios que lhes foram entregues!

Vou seguir até ao 5º episódio e depois decido se continuo ou não a acompanhar a novela, mas para já a apreciação que faço é mais que positiva!

Eu do primeiro episódio lembro-me da morte da mãe da Jade, foi muito tocante a cena dela a ser lavada. Também me recordo da chegada da Jade a Marrocos, foi muito intenso. A parte da Yvete achava chata...

Vais adorar a novela!

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Lembro dos detalhes como Lucas encontra Jade pela primeira vez, ela dançando para Latiffa e Zoraíde, e ai aparece Lucas atrás da cortina e quando ela vê Lucas ela deixa cair o véu e toca a música ''A Miragem'', um olhando para o outro.

Link to post
Share on other sites
7 hours ago, Free Live said:

Eu do primeiro episódio lembro-me da morte da mãe da Jade, foi muito tocante a cena dela a ser lavada. Também me recordo da chegada da Jade a Marrocos, foi muito intenso. A parte da Yvete achava chata...

Vais adorar a novela!

È verdade, e só a Jade é que pode tratar do corpo da mãe derivado ás tradições muçulmanas. Foi muito bonito!!

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Adorei o segundo episódio, bem superior á estreia! O terceiro episódio, para grande surpresa minha, foi ainda melhor do que o segundo... a novela está a superar as minhas expectativas!

Já deu para perceber que a Jade não vai ter a vida facilitada nesta novela! Desde ser "obrigada" a viver de acordo com os costumes de uma cultura tão diferente da do Ocidente, vivendo por isso subjugada pelos mandos e desmandos do tio, a ter de se encontrar ás escondidas com o Lucas, o homem por quem se apaixonou logo á primeira vista num simples trocar de olhares! :wub:
O segundo encontro entre a Jade e o Lucas nas ruínas também foi tão bonito, com a nossa heroína a explicar ao amado de onde vem a origem do seu nome.
Só não gostei foi depois ver a reacção do Ali ao facto da sobrinha ter sido surpreendida pelo Lucas a dançar o ventre. A pobre coitada não teve culpa da situação, e o Lucas também não pode ser responsabilizado por se ter deixado levar pela curiosidade, super natural tendo em conta o facto dele estar num país diferente.

Os países do médio oriente ainda são muito repressivos e retrógrados quando se trata da dignidade da mulher. Eu respeito muito todas as religiões e credos, mas dóeu muito ver algumas das palavras proferidas pelo Ali nas cenas em que confronta a Jade, como por exemplo dizer que moças com o comportamento que ela teve na tal noite em muitas famílias são trancadas dentro de quartos para toda a vida á espera que "a morte as leve embora". Nossa quantas mulheres não devem estar a sofrer neste preciso momento em "regimes" muçulmanos!

E aquela Yvete é uma víbora do piorzinho que pode existir! Não é que agora se foi lembrar de inventar ao Leonidas que o Diogo anda a dar em cima dela, quando foi precisamente ela quem tentou seduzir o pobre do rapaz (pela segunda vez!) e levá-lo para a cama?! Que mulherzinha mais manipuladora e perversa esta vilã!

A banda sonora e os exteriores da novela são de uma beleza, de uma obra prima ímpares! Isto aliado a uma grande história faz desta uma novela única e deliciosa de assistir! Um verdadeiro prato cheio!

  • Like 1
  • Love 1
Link to post
Share on other sites

@DanielNunes a Maysa não vai pagar pelo que fez ao Xande?! Porque até agora ninguém sabe o que ela lhe fez sequer, e ele também não diz nada... vai ficar por isto mesmo? Parece que o rumo da novela é pra fazer o publico ter pena da Maysa, mas não tenho, ela foi culpada pelo rumo que a Mel tomou sim (ainda que na novela digam o contrário, que ninguém tem culpa, quando se via perfeitamente a forma horrível como ela tratava a Mel). Ela foi uma péssima mãe mesmo, sempre a impôr a sua forma de ser à filha, depois fez o que fez com o Xande, nunca ouviu a filha quando esta precisava... é muito revoltante.

há 2 horas, Maya disse:

Adorei o segundo episódio, bem superior á estreia! O terceiro episódio, para grande surpresa minha, foi ainda melhor do que o segundo... a novela está a superar as minhas expectativas!

Já deu para perceber que a Jade não vai ter a vida facilitada nesta novela! Desde ser "obrigada" a viver de acordo com os costumes de uma cultura tão diferente da do Ocidente, vivendo por isso subjugada pelos mandos e desmandos do tio, a ter de se encontrar ás escondidas com o Lucas, o homem por quem se apaixonou logo á primeira vista num simples trocar de olhares! :wub:
O segundo encontro entre a Jade e o Lucas nas ruínas também foi tão bonito, com a nossa heroína a explicar ao amado de onde vem a origem do seu nome.
Só não gostei foi depois ver a reacção do Ali ao facto da sobrinha ter sido surpreendida pelo Lucas a dançar o ventre. A pobre coitada não teve culpa da situação, e o Lucas também não pode ser responsabilizado por se ter deixado levar pela curiosidade, super natural tendo em conta o facto dele estar num país diferente.

Os países do médio oriente ainda são muito repressivos e retrógrados quando se trata da dignidade da mulher. Eu respeito muito todas as religiões e credos, mas dóeu muito ver algumas das palavras proferidas pelo Ali nas cenas em que confronta a Jade, como por exemplo dizer que moças com o comportamento que ela teve na tal noite em muitas famílias são trancadas dentro de quartos para toda a vida á espera que "a morte as leve embora". Nossa quantas mulheres não devem estar a sofrer neste preciso momento em "regimes" muçulmanos!

E aquela Yvete é uma víbora do piorzinho que pode existir! Não é que agora se foi lembrar de inventar ao Leonidas que o Diogo anda a dar em cima dela, quando foi precisamente ela quem tentou seduzir o pobre do rapaz (pela segunda vez!) e levá-lo para a cama?! Que mulherzinha mais manipuladora e perversa esta vilã!

A banda sonora e os exteriores da novela são de uma beleza, de uma obra prima ímpares! Isto aliado a uma grande história faz desta uma novela única e deliciosa de assistir! Um verdadeiro prato cheio!

Oh Maya, a coitada da Jade ainda vai sofrer muito... eu não gosto nada do Ali pelo que ele lhe fez no inicio da novela, depois ele lá acalma um pouco, mas isso não apaga o que ele lhe fez (e ele nunca lhe pediu desculpas por nada). O pior pra mim nem foram as palavras, foram mesmo as chapadas que ele lhe deu.

Sim, a Yvette a inventar que o Diogo a tentou violar foi horrível, senti tanto nojo dela nessa fase... ainda pra mais uma acusação dessas é muito grave! Olha, outra coisa que também ficou impune.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
20 minutes ago, Forbidden said:

@DanielNunes a Maysa não vai pagar pelo que fez ao Xande?! Porque até agora ninguém sabe o que ela lhe fez sequer, e ele também não diz nada... vai ficar por isto mesmo? Parece que o rumo da novela é pra fazer o publico ter pena da Maysa, mas não tenho, ela foi culpada pelo rumo que a Mel tomou sim (ainda que na novela digam o contrário, que ninguém tem culpa, quando se via perfeitamente a forma horrível como ela tratava a Mel). Ela foi uma péssima mãe mesmo, sempre a impôr a sua forma de ser à filha, depois fez o que fez com o Xande, nunca ouviu a filha quando esta precisava... é muito revoltante.

Oh Maya, a coitada da Jade ainda vai sofrer muito... eu não gosto nada do Ali pelo que ele lhe fez no inicio da novela, depois ele lá acalma um pouco, mas isso não apaga o que ele lhe fez (e ele nunca lhe pediu desculpas por nada). O pior pra mim nem foram as palavras, foram mesmo as chapadas que ele lhe deu.

Sim, a Yvette a inventar que o Diogo a tentou violar foi horrível, senti tanto nojo dela nessa fase... ainda pra mais uma acusação dessas é muito grave! Olha, outra coisa que também ficou impune.

Eu ando a ver a novela com a ajuda de duas plataformas, a do youtube por causa do áudio e no VK por causa da imagem, que é muito melhor que a do youtube. Sei que pode parecer confuso, mas comigo até está a funcionar bem!

Edited by Maya
  • Like 1
Link to post
Share on other sites
Agora mesmo, Maya disse:

Eu ando a ver a novela em duas plataformas, vejo através do youtube por causa do áudio e no VK por causa da imagem, que é muito melhor que a do youtube. Sei que pode parecer confuso, mas comigo até está a funcionar bem!

Eu vejo pelo dailymotion... a versão que vejo tem 250 eps, a tua versão é a mesma?

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...