Jump to content

Recommended Posts

Esta semana foi ao ar o que eu não queria que a Mel fizesse. Infelizmente a droga molda o caráter mais sujo e percesso do ser humano, mesmo não sendo da personalidade dela em sã consciência. Coitada da Maysa, acho que Lucas ainda não sentio muito na pele o que Maysa passou e passa. Lucas parece preso em três mundos, o amor de Jade, a passividade de não saber agir com a Mel e o seu Eu, o clone. Fica evidente que Lucas não sabe lidar com as coisas que se descontrola, não sabe que caminho ir. Me dá uma agonia do Lucas tão preso. A mesma coisa a Jade, não acho que foi culpa dela reviver o amor impossivel com Lucas. Said fora o único culpado por reacender o amor antigo de Jade. Que a trata como um ninguém e empregada dele. O Viva já entrou na reta final, falta apenas 16 capítulos para esta obra prima terminar. Ansioso para rever os finais, quero ainda ver os tapas que Yvete irá dar em Alicinha. 

  • Love 1
Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...
  • Replies 344
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Hidden Content Sign in or sign up to see the hidden content. Acabou. Encerrei esta semana um dos capítulos mais bonitos da minha vida enquanto apreciadora e consumidora de novelas! Cheguei ao fim desta que foi sem dúvida uma das “viagens” mais mágicas e alucinantes que experienciei até agora. ‘O Clone’ foi irrefutavelmente a novela mais intensa, complexa e bem escrita que eu já vi em toda a minha vida. É difícil tran

Saudades deste novelão

Acabei hoje esta grande novela, foi tão bom acompanhar esta história do inicio ao fim! Fiquei bastante satisfeito com o final da história e das personagens. Fiquei muito emocionado em especial com o final do Albieri e do Léo no deserto, foi um final emocionante e misterioso, o criador e a criação juntos por fim! Tanto o Juca de Oliveira como o Murilo Benicio arrasaram completamente nesta novela, aliás, assim como o Marcelo Novaes que me surpreendeu com a intensidade das suas cenas dramáticas!

Faltam 5 capítulos para terminar a novela. Já sentirei falta da Jade, Léo e do Lucas. Estou rendido com esta novela, mesmo com o quebra gelo dos famosos indo no bar da D. Jura. Assim que o Viva postar na segunda os 5 capítulos restantes irei maratonar esta novela. 

Percebo que "O Clone" não envelheceu com o passar dos anos. Comparo com "Fina Estampa", a atual reprise das nove na Globo, que envelheceu muito mal. É nítido que a clonagem humana e a dependência química é algo muito bem presente e discutível na sociedade contemporânea, como também a psicopatia de Alicinha, que é uma doença que talvez teremos que conviver por muitos anos. O saldo para esta novela foi mais que positivo. A cultura mulçumana muito bem engajada, é muito bom saber de cultura que você nem tem contato. As sábias palavras de Tio Ali, tinha tanta riqueza, que eu queria um tio assim. Ali foi um tio carinhoso e por vezes severo com suas sobrinhas, principalmente Jade. Na reta final, ele mesmo se arrepende de ter colocado as rédeas em Jade. Talvez, se ele estivesse abençoado o romance de Jade e Lucas, talvez as tragédias que os dois passaram não houvessem existido. Samira se tornou uma Jade mais determinada do que sua prima. Bateu os pés e se colocou a frente de todos para ter seus ideiais em prática. Tenho pena de Deusa, infelizmente, sendo Léo clone de Lucas, ela não é a mãe verdadeira de Léo. E isso me deixa tão comovido, ela gerou e deu a luz a este filho que tanto queria, e depois tirar isso dela, é de cortar o coração. Estou gostando de personagem rejeitados por mim como Leônidas, Yvete, Lidiane e Tavinho. Ainda Ligeirinho e Raposão não consigo gostar. O que eu venho gostando é da Maysa, sei que ela não tem culpa da dependência química da Mel, mas, não podemos de deixar de lado que ela no começo foi um monstro de mãe. Acho que o calvário das drogas da filha, precisou ela enxergar a filha, mas, faltou o amparo de pai, Lucas foi um personagem omisso, porém, compreendo os abalos deste personagem, que mais este probema, tiveram mais dois problemas, a sua clonagem e as idas e vindas de seu caso com Jade. Dou venha a Murillo Benício, conseguiu separar os três personagens, mas, acho que o Léo deveria ter ido para um outro caminho de construção, por horas via um Léo bobo, que só sorria, perdia a sutileza que o Léo pedia. Mas mesmo assim gostei de Léo, até o personagem fez eu torcer por ele ficar com Jade. Zoraide na penúltima semana já deu um baita spoiler envolvendo Léo e Lucas, vendo na borra de café ela prevê que um homem sem rosto se perde no vento das areias do deserto. Enfim, vou sentir saudade desta novela, uma grande obra prima que Glória Perez nos brindou.

Edited by DanielNunes
  • Love 1
Link to post
Share on other sites
4 minutes ago, DanielNunes said:

Faltam 5 capítulos para terminar a novela. Já sentirei falta da Jade, Léo e do Lucas. Estou rendido com esta novela, mesmo com o quebra gelo dos famosos indo no bar da D. Jura. Assim que o Viva postar na segunda os 5 capítulos restantes irei maratonar esta novela. 

Percebo que "O Clone" não envelheceu com o passar dos anos. Comparo com "Fina Estampa", a atual reprise das nove na Globo, que envelheceu muito mal. É nítido que a clonagem humana e a dependência química é algo muito bem presente e discutível na sociedade contemporânea, como também a psicopatia de Alicinha, que é uma doença que talvez teremos que conviver por muitos anos. O saldo para esta novela foi mais que positivo. A cultura mulçumana muito bem engajada, é muito bom saber de cultura que você nem tem contato. As sábias palavras de Tio Ali, tinha tanta riqueza, que eu queria um tio assim. Ali foi um tio carinhoso e por vezes severo com suas sobrinhas, principalmente Jade. Na reta final, ele mesmo se arrepende de ter colocado as rédeas em Jade. Talvez, se ele estivesse abençoado o romance de Jade e Lucas, talvez as tragédias que os dois passaram não houvesse existido. Samira se tornou uma Jade mais determinada do que sua prima. Bateu os pés e se colocou a frente de todos para ter seus ideiais em prática. Tenho pena de Deusa, infelizmente, sendo Léo clone de Lucas, ela não é a mãe verdadeira de Léo. E isso me deixa tão comovido, ela gerou e deu a luz a este filho que tanto queria, e depois tirar isso dela, é de cortar o coração. Estou gostando de personagem rejeitados por mim como Leônidas, Yvete, Lidiane e Tavinho. Ainda Ligeirinho e Raposão não consigo gostar. O que eu venho gostando é da Maysa, sei que ela não tem culpa da dependência química da Mel, mas, não podemos de deixar de lado que ela no começo foi um monstro de mãe. Acho que o calvário das drogas da filha, precisou ela enxergar a filha, mas, faltou o amparo de pai, Lucas foi um personagem omisso, porém, compreendo os abalos deste personagem, que mais este probema, tiveram mais dois problemas, a sua clonagem e as idas e vindas de seu caso com Jade. Dou venha a Murillo Benício, conseguiu separar os três personagens, mas, acho que o Léo deveria ter ido para um outro caminho de construção, por horas via um Léo bobo, que só sorria, perdia a sutileza que o Léo pedia. Mas mesmo assim gostei de Léo, até o personagem fez eu torcer por ele ficar com Jade. Zoraide na penúltima semana já deu um baita spoiler envolvendo Léo e Lucas, vendo na borra de café ela prevê que um homem sem rosto se perde no vento das areias do deserto. Enfim, vou sentir saudade desta novela, uma grande obra prima que Glória Perez nos brindou.

Querido Daniel! Tão bom saber que te estás a deliciar tanto nesta tua segunda incursão por este verdadeiro diamante em bruto! <3

Eu também vivi muito esse conflito com o triângulo amoroso "Lucas-Jade-Léo", por não saber por quem havia de torcer na recta final da novela. Talvez o Léo até merecesse mais ficar com a Jade do que o Lucas, já que ao contrário deste último, nunca a fez sofrer com promessas e mais promessas que nunca viria a cumprir. O final acabou por fazer todo o sentido. Foi coerente com a história e correspondeu às expectativas dos fãs da novela.

  • Love 1
Link to post
Share on other sites
há 13 minutos, DanielNunes disse:

Faltam 5 capítulos para terminar a novela. Já sentirei falta da Jade, Léo e do Lucas. Estou rendido com esta novela, mesmo com o quebra gelo dos famosos indo no bar da D. Jura. Assim que o Viva postar na segunda os 5 capítulos restantes irei maratonar esta novela. 

Percebo que "O Clone" não envelheceu com o passar dos anos. Comparo com "Fina Estampa", a atual reprise das nove na Globo, que envelheceu muito mal. É nítido que a clonagem humana e a dependência química é algo muito bem presente e discutível na sociedade contemporânea, como também a psicopatia de Alicinha, que é uma doença que talvez teremos que conviver por muitos anos. O saldo para esta novela foi mais que positivo. A cultura mulçumana muito bem engajada, é muito bom saber de cultura que você nem tem contato. As sábias palavras de Tio Ali, tinha tanta riqueza, que eu queria um tio assim. Ali foi um tio carinhoso e por vezes severo com suas sobrinhas, principalmente Jade. Na reta final, ele mesmo se arrepende de ter colocado as rédeas em Jade. Talvez, se ele estivesse abençoado o romance de Jade e Lucas, talvez as tragédias que os dois passaram não houvesse existido. Samira se tornou uma Jade mais determinada do que sua prima. Bateu os pés e se colocou a frente de todos para ter seus ideiais em prática. Tenho pena de Deusa, infelizmente, sendo Léo clone de Lucas, ela não é a mãe verdadeira de Léo. E isso me deixa tão comovido, ela gerou e deu a luz a este filho que tanto queria, e depois tirar isso dela, é de cortar o coração. Estou gostando de personagem rejeitados por mim como Leônidas, Yvete, Lidiane e Tavinho. Ainda Ligeirinho e Raposão não consigo gostar. O que eu venho gostando é da Maysa, sei que ela não tem culpa da dependência química da Mel, mas, não podemos de deixar de lado que ela no começo foi um monstro de mãe. Acho que o calvário das drogas da filha, precisou ela enxergar a filha, mas, faltou o amparo de pai, Lucas foi um personagem omisso, porém, compreendo os abalos deste personagem, que mais este probema, tiveram mais dois problemas, a sua clonagem e as idas e vindas de seu caso com Jade. Dou venha a Murillo Benício, conseguiu separar os três personagens, mas, acho que o Léo deveria ter ido para um outro caminho de construção, por horas via um Léo bobo, que só sorria, perdia a sutileza que o Léo pedia. Mas mesmo assim gostei de Léo, até o personagem fez eu torcer por ele ficar com Jade. Zoraide na penúltima semana já deu um baita spoiler envolvendo Léo e Lucas, vendo na borra de café ela prevê que um homem sem rosto se perde no vento das areias do deserto. Enfim, vou sentir saudade desta novela, uma grande obra prima que Glória Perez nos brindou.

Por cá faltam 34 episódios... hoje foi ao ar o episódio 216 (como aí) em que a Regininha e o Nando assaltam o bar da dona Jura... terminou com a polícia a chegar a casa da Mel..

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Maya disse:

Querido Daniel! Tão bom saber que te estás a deliciar tanto nesta tua segunda incursão por este verdadeiro diamante em bruto! <3

Eu também vivi muito esse conflito com o triângulo amoroso "Lucas-Jade-Léo", por não saber por quem havia de torcer na recta final da novela. Talvez o Léo até merecesse mais ficar com a Jade do que o Lucas, já que ao contrário deste último, nunca a fez sofrer com promessas e mais promessas que nunca viria a cumprir. O final acabou por fazer todo o sentido. Foi coerente com a história e correspondeu às expectativas dos fãs da novela.

Eu ainda sou do time Jade e Lucas. Mas vendo a incursão de Lucas talvez ele lutou do jeito dele, mas lutou. Porém, aquela cena da Jade o esperando na praia foi que mostrou que ele tinha dúvidas se largava sua vida ou não em nome de Jade. Embora, ele foi muitas vezes a Marrocos, até quase perdeu sua vida. O empecilho maior dos dois estava nas mãos de Said e Mel, dois casos que a vida dos dois tiveram reviravoltas. Acho mais por Said do que para a Mel, que era simplesmente uma desculpa, já que mal resolvia a questão da filha, deixando Maysa resolver sozinha. Said foi uma pedra no sapato de Jade, foi um martírio que Jade teve que carregar por 20 anos. Um homem rancoroso que poderia ter evitado um novo encontro do velho amor já guardado de Jade. O orgulho de espezinhar Lucas, falou mais alto que foi burro em jogar Jade novamente para seu antigo amor.

  • Love 1
Link to post
Share on other sites
3 minutes ago, tiagauto said:

Por cá faltam 34 episódios... hoje foi ao ar o episódio 216 (como aí) em que a Regininha e o Nando assaltam o bar da dona Jura... terminou com a polícia a chegar a casa da Mel..

34 episódios muito dolorosos de tão emocionantes que vão ser, escreve!

Link to post
Share on other sites
há 16 minutos, Moonstruck disse:

Esta novela foi um dos últimos suspiros do horário nobre da Globo.

Depois d'O Clone foram raras as que se conseguiram aproximar da qualidade desta grande novela :adoro:

Eu por acaso gostei mais de quase todas as que vieram a seguir: Mulheres Apaixonadas, Celebridade, Senhora do Destino

Link to post
Share on other sites
há 22 minutos, Moonstruck disse:

Esta novela foi um dos últimos suspiros do horário nobre da Globo.

Depois d'O Clone foram raras as que se conseguiram aproximar da qualidade desta grande novela :adoro:

Não concordo lá muito. A novela é boa, mas depois do Clone, a Globo ainda teve algumas novelas melhores.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Moonstruck disse:

Esta novela foi um dos últimos suspiros do horário nobre da Globo.

Depois d'O Clone foram raras as que se conseguiram aproximar da qualidade desta grande novela :adoro:

Acho que a década de 2000 as novelas das oito tiveram mais êxitos do que as de 2010. Poucas foram fracassos, claro, algumas se sustentaram ao apelo popular, "Duas Caras" e "Viver a Vida" é uma delas, que tinham personagens cativos, mas histórias rasas, superficiais. Agora a de 2010 podemos listar apenas duas novelas que tinham uma grande proposta e conseguiria despertar interesse que foram "Avenida Brasil" e para mim a melhor da década de 2010 em conjunto em um todo "A Força do Querer", eu amo "Avenida Brasil", minha favorita, mas devo reconhecer que "A Força do Querer" está quase numa perfeição. Tudo entrelaçado, historias densas que Glória Perez em personagens curtos deu o maior valor a cada um ali.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Moonstruck said:

Esta novela foi um dos últimos suspiros do horário nobre da Globo.

Depois d'O Clone foram raras as que se conseguiram aproximar da qualidade desta grande novela :adoro:

Também sou da opinião que 'O Clone' é todo um conjunto de obra extraordinário e difícil de conseguir superar, e mesmo esta última sendo a minha novela favorita de todo o sempre, não nos podemos esquecer que a Globo voltou a ter novelas maravilhosas depois desta última. Se são melhores ou não, ai isso já é discutível.

 

  • Love 1
Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Vieira said:

Não concordo lá muito. A novela é boa, mas depois do Clone, a Globo ainda teve algumas novelas melhores.

Eu estava me a referir ás novelas de horário nobre da Globo. Pra mim depois dessa só Velho Chico conseguiu igualar-se ou até superá-la (a título pessoal :adoro:)

 

2 hours ago, Lu Bloqueada até 03.08 said:

Eu por acaso gostei mais de quase todas as que vieram a seguir: Mulheres Apaixonadas, Celebridade, Senhora do Destino

MA e C foram boas, verdade.

SdD deve ser das novelas mais sobrevalorizadas de sempre. Tirando a excelente vilã e a história bem familiar (a protagonista tinha muitos filhos, netos, sobrinhos, e.t.c.), não me diz rigorosamente nada.

 

1 hour ago, Maya said:

Também sou da opinião que 'O Clone' é todo um conjunto de obra extraordinário e difícil de conseguir superar, e mesmo esta última sendo a minha novela favorita de todo o sempre, não nos podemos esquecer que a Globo voltou a ter novelas maravilhosas depois desta última. Se são melhores ou não, ai isso já é discutível.

Depois d'o Clone a única novela da noite que me marcou tanto ou mais do que esta foi Velho Chico. Acho que perceberam aquilo que eu quis dizer :p 

Desta década, A Força do Querer e Avenida Brasil também foram muito boas, mas as outras estão num patamar muito abaixo do que costumava ser feito antes de 2010, como disse o @DanielNunes

Edited by Moonstruck
  • Like 1
  • Love 1
  • Sad 1
Link to post
Share on other sites

Faltam 2 capitulos para terminar a novela, mas eu não estou conseguindo me despedir da novela. Estou evitando terminar esta obra prima. Talvez hoje termino de assistir a novela. Só de ouvir "A Miragem" já começo a lembrar dos encontros e desencontros de Lucas e Jade.

  • Love 1
Link to post
Share on other sites

@Maya também gostei do Ali. Lembro-me dos primeiros episódios em que ele chegou a bater na Jade, achei que seria o vilão a novela inteira mas claramente era um homem com ideias retrógadas porque cresceu num mundo muito tradicional mas que conseguia colocar o amor acima de tudo. Um pouco como aqueles pais preconceituosos que desprezam alguma característica do filho numa primeira fase, mas depois o abraçam e aceitam.

Também gostei de ser ele a narrar os finais. Foi muito melhor do que se tivesse sido o Albieri, de quem eu confesso que não senti grande fascínio a novela inteira.

  • Love 2
Link to post
Share on other sites
há 49 minutos, Free Live disse:

@Maya também gostei do Ali. Lembro-me dos primeiros episódios em que ele chegou a bater na Jade, achei que seria o vilão a novela inteira mas claramente era um homem com ideias retrógadas porque cresceu num mundo muito tradicional mas que conseguia colocar o amor acima de tudo. Um pouco como aqueles pais preconceituosos que desprezam alguma característica do filho numa primeira fase, mas depois o abraçam e aceitam.

Também gostei de ser ele a narrar os finais. Foi muito melhor do que se tivesse sido o Albieri, de quem eu confesso que não senti grande fascínio a novela inteira.

Eu gostava do Albieri, mas a reta final deixei de gostar, a vaidade subiu a cabeça dele de tal forma, que mal ajudava o Léo, a sua criatura. O s holofotes de sua experiência era mais importante do que os sentimentos de Léo, alheio as novidades de saber que foi um experimento cientifico. Albieri estava tão perdido também, ele mal sabia que Léo poderia ter, se iria envelhecer como os demais seres humanos. Deusa deu uma imensa trabalheira para ele. Já que o propósito dele era inserir todas as características do Diogo, ele até conseguiu. Mas, todas as características existentes de Léo eram de Lucas. 

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
2 minutes ago, Free Live said:

@Maya também gostei do Ali. Lembro-me dos primeiros episódios em que ele chegou a bater na Jade, achei que seria o vilão a novela inteira mas claramente era um homem com ideias retrógadas porque cresceu num mundo muito tradicional mas que conseguia colocar o amor acima de tudo. Um pouco como aqueles pais preconceituosos que desprezam alguma característica do filho numa primeira fase, mas depois o abraçam e aceitam.

Também gostei de ser ele a narrar os finais. Foi muito melhor do que se tivesse sido o Albieri, de quem eu confesso que não senti grande fascínio a novela inteira.

Nem me fales daquela bofetada Free! Uma sequência tão mágica e idílica como aquela em que o Lucas e a Jade se conheceram não podia ter culminado com aquele tabefe, que até a mim me doeu na altura em que vi a respectiva cena.

Eu detestava o tio Ali nesses primeiros episódios, precisamente por ter sido um dos principais empecilhos no caminho tão bonito que a sobrinha estava a traçar. Depois comecei a realizar que era mais fruto de uma educação severa, baseada nas tradições da cultura em que fora criado, que o levavam a agir daquela maneira. Foi a submissão aos desígnios do Islão que levou o Ali a contribuir de forma algo determinante para que a Jade se esquecesse de si própria para se transformar numa espécie de prisioneira dos seus sonhos, mas foi o amor que o ensinou a aceitar o desabrochar da verdadeira essência da sobrinha e a aceitá-la tal e qual como ela sempre foi. <3

  • Like 2
Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...
  • 1 month later...
há 8 minutos, Maya disse:

De repente deu-me uma saudade tão grande desta magia toda:

Dois dos muitos momentos indescritíveis que esta linda novela nos proporcionou: :adoro:

Queridos @DanielNunese @Free Live<3

Como sinto falta desta novela. Me marcou muito neste ano atípico de reprises. Para mim a melhor reprise do ano.

  • Love 1
Link to post
Share on other sites
Just now, DanielNunes said:

Como sinto falta desta novela. Me marcou muito neste ano atípico de reprises. Para mim a melhor reprise do ano.

Eu também sinto muito a falta daquele universo extraordinário, composto por realidades tão complexas e paralelas brilhantemente geridas pela Glória Perez.

Pode ser que a novela faça nova "visita" ao Vale a Pena Ver de Novo daqui a uns aninhos.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...