Jump to content

Televisão [Tópico Geral]


_zapping_

Recommended Posts

  • Replies 2.6k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Maciel

Como o ano está a acabar acho que podiamos fazer um balanço deste ano em que tanto mudou na TV portuguesa.  Vou lançar algumas categorias: PROGRAMAS (inclui novelas, talks, ...) - O sucesso do ano - O flop do ano - A surpresa do ano (algum programa que nem davamos muito mas surpreendeu) - A desilusão do ano (não sendo mau/flop, esperava-se mais) - O injustiçado do ano (programa bom que foi um nao teve os resultados pretendidos) - Já deu o que tinha a dar (

miguelalex23

PROGRAMAS  - O sucesso do ano: Casados à Primeira Vista Também podia ser a surpresa do ano, mas quis fazer referência a outro programa nessa categoria. Mesmo não sendo o programa de entretenimento mais visto, acho que é o programa do ano, tal como Pesadelo na Cozinha foi em 2017.  - O flop do ano: Alma e Coração É um "prémio" que podia ser partilhado com Valor da Vida. Sim, eu sei que VdV é líder de audiências e que AeC até nem tem estado muito longe, mas para mim o flop do ano é a

afonsogageiro

Como alguns sabem, chamo-me Afonso Gageiro, e possuo uma grande coleção de material gravado da TV. Algum já circula pela internet, mas a vasta maioria não (e o que circula é maioritariamente devido a trocas feitas com outros). For the record, nunca enviei nada para o LUSITANIATV (vi alguém a mencionar isso algures no fórum). Antes de mais, queria só clarificar uma coisa: eu nunca fui um dos privilegiados que possuía um gravador nos anos 70/80, até porque não era nascido na altura (bem longe

Guest djgavva

Televisão entra no País real

Há cada vez mais cidadãos anónimos no pequeno ecrã. É, dizem, uma forma das televisões se aproximarem do País real. Não parece, como provam as chamadas entrevistas a adeptos antes e depois dos jogos de futebol

Todos os canais andam à procura do chamado 'povo anónimo'. Não é por isso que as televisões passam a ser as porta-vozes de um País sem voz. A maioria do que os cidadãos dizem, em pequenas entrevistas a propósito de tudo, e especialmente de nada, são desabafos. Nunca há a tentativa de mostrar a vida dos portugueses que ninguém conhece. Há, simplesmente, a sua utilização rápida para ocupar tempo de antena da forma mais barata possível e garantir mais audiências. É por isso, e por nada mais, que hoje os desconhecidos ocupam cada vez mais tempo de programação nas televisões, seja em concursos, em passatempos e, especialmente, em entrevistas sem sentido.

Há dias, nas horas anteriores e nos minutos posteriores a um jogo de futebol, o repórter de um canal de televisão tentou escutar meia dúzia de frases de potenciais adeptos que já se sabe o que dizem antes de abrirem a boca. E, claro, quando havia uma criança por perto, lá se perguntava a ela qualquer coisa sem sentido a propósito do jogo. Aparentemente a SIC, no momento em que atravessa a sua maior crise financeira (mas também de ideias), está a preparar-se para ocupar o Verão (febre que, por vezes, também dá aos outros canais) durante todo o dia, com exteriores feitos por todo o País.

Escutar o País real ou profundo, consoante as opiniões, parece ser o sonho das televisões. Claro que, na generalidade dos casos, isso não trará nada de novo para quem está em casa. Escutaremos as mesmas coisas que ouvimos no café ou nos transportes públicos. Desabafos, algum choro, mas, sobretudo um imenso vazio. Não se irá à procura de pessoas interessantes: buscar-se-á sim, como hoje é habitual, alguém que vá a passar, para se conseguir um ajuntamento atrás das câmaras dos mirones que também querem aparecer por um segundo nos pequenos ecrãs. Não é isto que é televisão popular ou televisão que queira escutar o País. Mas é o que se passa com os inquéritos aos adeptos desportivos ou ao povo distraído e que só quer um bocadinho de atenção. Essa é televisão que, sem ideias, busca o povo que só serve como ficção.

Fernando Sobral

Concordo com tudo o que o homem diz na sua crónica, é simplesmente a verdade.

Link to comment
Share on other sites

Roque Santeiro

<object width="425" height="350"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/watch?v=c4tn7RbMGHk"></param><embedsrc="http://www.youtube.com/watch?v=c4tn7RbMGHk" type="application/x-shockwave-flash" width="425" height="350"></embed></object>

Sassaricando

<object width="425" height="350"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/watch?v=ikLzUocSErI&"></param><embedsrc="http://www.youtube.com/watch?v=ikLzUocSErI&" type="application/x-shockwave-flash" width="425" height="350"></embed></object>

<object width="425" height="350"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/watch?v=TZvY7Knasf4&"></param><embedsrc="http://www.youtube.com/watch?v=TZvY7Knasf4&" type="application/x-shockwave-flash" width="425" height="350"></embed></object>

<object width="425" height="350"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/watch?v=0Zr8St_8__w&"></param><embedsrc="http://www.youtube.com/watch?v=0Zr8St_8__w&" type="application/x-shockwave-flash" width="425" height="350"></embed></object>

<object width="425" height="350"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/watch?v=bgv-6ZOoTBk"></param><embedsrc="http://www.youtube.com/watch?v=bgv-6ZOoTBk" type="application/x-shockwave-flash" width="425" height="350"></embed></object>

Link to comment
Share on other sites

Não vou pôr vídeos, mas vou dizer quais são as novelas que vi e que tenho saudades:

- Explode Coração

- Anjo Mau

- Torre de Babel

- Uga Uga

- Alma Gémea

- Celebridade

- Cobras & Lagartos

- A Favorita

- Chocolate com Pimenta

Bem, não sei se me esqueci de alguma...

Link to comment
Share on other sites

Lembro-me de ver as seguintes novelas, mas não as acompanhava sempre porque também não tinha pachorra para ver novelas, pois nessa altura ainda era uma criança:

- Pedra sobre Pedra (achava piada à história da flor do Jorge Tadeu, na altura até acreditava naquilo... lol)

- Mulheres de Areia (adorava a personagem do Tonho)

- A Próxima Vítima

- O Fim do Mundo

- O Rei do Gado

- Torre de Babel

- Terra Nostra

- Jardins Proibidos

Agora das mais recentes, e das poucas que acompanhei porque gostei são:

- Sonhos Traídos

- Ninguém como Tu

- Tempo de Viver

- Fascínios

- A Favorita

Neste momento não acompanho nenhuma. Dou raramente uma vista de olhos por todas, para avaliar desempenhos e a história.

Link to comment
Share on other sites

- Vale Tudo (vi em 2003 no "Vale a pena ver de novo" )

- Tieta

- Pedra sobre Pedra (e o inevitável Jorge Tadeu)

- A Próxima vitima

- A Indomada (adorava a personagem da Eva Wilma (a Altiva)

- Jardins Proíbidos

- Celebridade

Mais recentes:

- Páginas da Vida

- Fascínios

- A Favorita

Link to comment
Share on other sites

Portuguesas

Filha do Mar

Ninguém Como Tu

Vingança

Brasileiras

Explode Coração

Laços de Família

O Rei do Gado

O Clone

Vila Madalena

Agora só acompanho CDI e dou uma vista de olhos nas outras quando janto, de resto vejo séries.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Ena, tantas!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_smile.png">

A Indomada

Mulheres Apaixonadas

Laços de Família

A Próxima Vítima

Porto dos Milagres

Coração de Estudante

O Clone

Torre de Babel

Cobras e Lagartos

Vingança

Que saudades!

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

eu gritei tanto no jogo com a Inglaterra, que fiquei afónico durante alguns dias... momentos como os do euro são inesquecíveis e irrepetiveis...

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_rolleyes.gif">

Link to comment
Share on other sites

eu gritei tanto no jogo com a Inglaterra, que fiquei afónico durante alguns dias... momentos como os do euro são inesquecíveis e irrepetiveis...

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_rolleyes.gif">

Não podia concordar mais, acho que nunca tive tantos nervos...

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...
  • 6 months later...

Tópico para colocar e comentar opiniões avulsas sobre TV, não relacionadas com nenhum programa em especial mas com todos no geral.

Falta humor às emissões

Estações só investem em formatos de comédia que tenham boa garantia de audiências

A SIC e a RTP têm vindo a investir em formatos de comédia. E nas novelas não faltam os núcleos humorísticos. Ainda assim, há quem, sendo do meio, considere insuficiente as apostas, designadamente nas "sitcom" (comédias de situação) escritas de raiz.

"Há falta de humor na televisão". Quem o diz é Ana Bola, actriz e argumentista nesta arte, companheira de Herman José em muitos dos seus formatos e responsável pelos textos de "A mulher do Sr. Ministro" e mais recentemente "Vip Manicure".

A comediante reconhece o investimento feito pelas estações, mas diz que estas só estão interessadas nas audiências. "A partir do momento em que não têm bons resultados... O Marco Horário não teve tempo para se instalar", frisa, aludindo à mudança de horário de "Notícias em 2.ª mão", com este último e Eduardo Madeira, exibido pela SIC.

Na sua opinião, "as crónicas de rádio funcionam porque são diárias. As pessoas começam a habituar-se às características dos personagens e vão continuando a ouvi-las". E este deveria ser o mesmo caminho a traçar pelas estações de televisão.

Ana Bola, à margem da apresentação de um curso de interpretação e escrita de humor (ver caixa), aplaude a inserção de núcleos cómicos nas novelas da SIC e da TVI. É fã de "Perfeito coração" da estação de Carnaxide, devido ao núcleo da personagem de Ana Nave "Rosa", amante de "Guilherme" (João Ricardo) que mantém uma vida dupla. Porém, lamenta que além da nova temporada da série de Camilo de Oliveira, não se invistam em novos formatos de humor ficcionado.

"O humor é pouco apoiado e não há muito a ser concretizado", explica, por seu lado, Heitor Lourenço. O actor recorda que "há uns tempos, houve uma certa moda (das 'sitcoms')". Mas estas deram lugar a programas de anedotas como os "Malucos do riso" e "Batanetes".

Questionado sobre o que poderá levar as estações a reverem a estratégia, Heitor considera que as propostas têm de "ser credíveis" requerendo um forte investimento "ao nível da escrita", uma vez que em termos de produção "é mais barato fazer novelas".

Pedro Curto, produtor e sócio da CBV- produtora de "Camilo, o presidente" - acrescenta, por seu turno, que "o humor é uma fonte inesgotável", mas que "faz falta aos directores (de Programas) chegarem a essa conclusão".

"Às vezes, o público não tem o gosto tão apurado. Mas o humor não pode estupidificar. As pessoas têm que se rir com satisfação ou prazer porque têm um bom texto", defende. Em relação aos custo, o produtor não tem a mesma opinião de Heitor Lourenço. "São opções das estações. O preço não é desculpa. Tem a ver com estratégias de programação".

Fonte: JN

Link to comment
Share on other sites

I TROFÉUS TV 7 DIAS DE TELEVISÃO 2009

Vencedores:

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Link to comment
Share on other sites

Concordo com todos os prémios, menos com o de programa de humor, por mim o vencedor teria sido "Os Contemporâneos", porque o humor em Portugal não é só Gato Fedorento, também existe humor de excelente qualidade para além destes quatro.

Link to comment
Share on other sites

Aplausos para "A Voz do cidadão" e "Alta definição"

Na última avaliação, relativa a Março, a Associação de Telespectadores (ATV) destaca pela positiva “A Voz do cidadão” (RTP1), “Alta definição”(SIC) e a cobertura em directo dos Óscares (TVI).

“Um assinalável programa” é como a ATV classifica o espaço do provedor do espectador. Do “Alta definição”, conduzido por Daniel Oliveira, elogia-se a “redescoberta da entrevista” e aproveita-se para dizer que este formato merecia um horário mais nobre.

Refere-se ainda que a TVI cumpriu o seu papel no acompanhamento da cerimónia dos Óscares.

Notas negativas mereceram “Um Lugar para viver”(RTP); “Notícias em segunda mão” (SIC) e horário das novelas da TVI.

"A ideia era engraçada, mas bem à moda portuguesa, estraga-se a ideia por falta de conteúdo", justifica-se em relação à avaliação negativa dada à ficção da RTP. O programa de humor da SIC também não é poupado: "é uma coisa desenxabida, sem graça".

Finalmente, é criticada a injecção de cinco ou seis horas de novelas na estação de Queluz.

A Associação de Telespectadores é uma das entidades que é suposto representar os públicos televisivos.

'Um Lugar para Viver' avaliado negativamente... :cavalo:

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
Guest guilhermecarvalho

Ainda creio que são as do meu país, Globo. A Record quer tirar uma de líder e ameaça a Globo de arrancá-la da liderança, mas até hoje nada. E não tem experiências em telenovelas, portanto, esta votação será praticamente entre TVI e Globo. Analisando: a TVI é uma emissora de apenas 16 anos, e desde 1995 produz telenovelas nacionais, e ao longo desses anos evoluiu muito em relação às outras, que dependiam da ficção brasileira ou mexicana. Produz telenovelas para mulheres e senhoras mais velhas, fato é que mais de 30% dos telespectadores de suas novelas são desta faixa. E sempre exibidas à partir das 21:00hrs

A Globo fez diferente. Investiu em horários em que crianças, homens e mulheres, jovens e adultos estão diante de seus televisores e para cada horário reservou determinados autores que escreveriam de acordo à classificação indicativa. E os brasileiros são os que mais veem telenovela, apesar da recente quada de audiência de <todas as emissoras>, que aliás ainda contam com milhões de telespectadores em todo o país. Caminho das Índias é o melhor exemplo disso. Foi vista em média por 52 milhões de pessoas por capítulo. Seu último episódio bateu os 72 milhões. (dados do IBOPE divulgados pela Globo). Cada qual tem os seus melhores autores, em Portugal a Casa da Criação e o Rui Vilhena em especial; cá nós temos o criativo Aguinaldo Silva, Glória Perez, Sílvio de Abreu e o célebre Manoel Carlos. O que já assisti de telenovelas portuguesas me agradou, foi pouco, mas preciso da opinião de portugueses, pois no meu país as do vosso não são exibidas(apesar de que há boatos de que o SBT, comandada por Sílvio Santos, negociou telenovelas aí mesmo, em Portugal). Atualmente fracassamos nas novelas das 19:00 e 18:00, mas continuamos muito bem nas das 21:00. Esta é a <minha opinião>. E a de vocês?:soco:

Link to comment
Share on other sites

Para mim, as melhores novelas são mesmo as da Globo! História, banda sonora, produção, realização, interpretação, etc.

A Record tem o mérito de ter investido na ficção e de ter optado por algo diferente ("Vidas Opostas" e "Caminhos do Coração", por exemplo) da grande concorrente.

A TVI cresceu muito em produção e tecnologia. As histórias melhoraram, mas agora estão a cair na monotonia e nas histórias light. Depois de terem alcançado a liderança com histórias apelativas e diferentes, apostaram em novelas de "água com açúcar" para manter as audiências (e, pelo que parece, as pessoas gostam é disso!).

Link to comment
Share on other sites

Para mim, as melhores novelas são mesmo as da Globo! História, banda sonora, produção, realização, interpretação, etc.

A Record tem o mérito de ter investido na ficção e de ter optado por algo diferente ("Vidas Opostas" e "Caminhos do Coração", por exemplo) da grande concorrente.

A TVI cresceu muito em produção e tecnologia. As histórias melhoraram, mas agora estão a cair na monotonia e nas histórias light. Depois de terem alcançado a liderança com histórias apelativas e diferentes, apostaram em novelas de "água com açúcar" para manter as audiências (e, pelo que parece, as pessoas gostam é disso!).

Concordo em parte com o que o zapping disse. Apesar do grande crescimento da TVI no mundo das novelas, ainda está muito longe da grandiosidade da Globo. No entanto, uma coisa é certa, os portugueses identificam-se mais com as histórias da TVI, pois como é óbvio, estão mais próximas da nossa realidade. O problema da TVI é esta insistência em histórias fáceis que pelo menos a mim não cativam, mas infelizmente é disso que o nosso público das novelas gosta. Como à TVI o que interessa são as audiências, esta aposta em histórias light está para durar... (veja-se o que aconteceu com 'Olhos nos Olhos'...)

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...