Jump to content
Bloody

Black Mirror [Netflix]

Recommended Posts

Acabei hoje a quarta temporada! Aqui vai um breve comentário aos episódios, um por um:

Spoiler

4x01 - USS Callister: Até foi um bom episódio, mas teve umas partes meio boring, sobretudo ao início, tanto que nem estive muito atento às mesmas, o que não costuma acontecer quando vejo esta série. Mas vá, até gostei da história e do modo como tudo se desenrolou depois. O Daly era horrível mesmo, o que ele fez ao filho do outro então :S (e não só). O final também foi bom.

4x02 - Arkangel: Pelo trailer não me parecia grande coisa, até tinha dito isso aqui no tópico. Mas enganei-me, gostei bastante do episódio. :yes: Não estava era nada à espera da cena final em que a filha dava com o tablet na cabeça da mãe, credo. :ph34r: Mas é a prova de que as mães super-controladoras acabam por se dar mal, quanto mais se metem na vida dos filhos pior é para eles, e com aquele "chip" isso acentua-se ainda mais. Deve ser horrível a sensação de ter a nossa mãe sempre a vigiar-nos. :ph34r: Então quando ela estava com o rapaz. :ph34r:

4x03 - Crocodile: Bem, o que dizer deste episódio... deprimente é a palavra que me vem à cabeça para o descrever. Não tenho muitos comentários a fazer. Aquela doida destruiu uma família inteira, foi horrível. :| E tudo por causa de uma loucura que o outro homem fez quando eram jovens. Acho que deram menos importância/foco às inovações tecnológicas, nem parecia que estava a ver Black Mirror enquanto via "Crocodile". Nota negativa para este, sem dúvida. :yes:

4x04 - Hang the DJ: ADOREI! <3 Foi o meu episódio favorito, sem dúvida! Shippei logo aqueles dois ao início. :giveheart: Odiei a Nicola, tinha um ar de enjoada, credo. :S E então quando o rapaz se envolveu com ela. :bad: Gostei muito do "twist" final, quando os vi a trepar o muro e aquilo começou a ficar meio estranho, achava que iam morrer ou assim, morrer juntos portanto. :haha: Não estava nada à espera que acabasse assim, sobretudo porque em muitos episódios da série o final foi tudo menos feliz, e neste em particular eu estava a torcer para que fosse, e ainda bem que foi mesmo. :yes: Btw, já li opiniões de gente que disse que "San Junipero", que também tinha um romance, foi melhor que este, não concordo mesmo nada!! :nono:

4x05 - Metalhead: Nem comento... não gostei nada. Preferi o 'Men Against Fire' a este, aviso já. :ph34r: Não aconteceu nada de interessante, para mim.

4x06 - Black Museum: Foi tão bom o episódio! Todas aquelas "inovações tecnológicas" eram horríveis, então a primeira do médico, que acabou por se auto-mutilar e depois matar o outro velho, credo. :O Depois a outra das pessoas a viver dentro da nossa cabeça... fez-me lembrar um pouco a mãe a controlar a filha no "Arkangel" xD Devia ser uma sensação horrível. :S Ah, e a história do assassino e o facto da miúda ser filha dele, adorei todo o desenrolar, não tinha percebido logo que a água que ela deu ao homem estava envenenada ou lá o que era. :haha: Este tem nota positiva, sim! :)

No geral, foi uma temporada que teve de tudo, desde episódios excelentes a episódios péssimos. :yes: Aqui vai a minha ordem de preferência:

4x04 > 4x06 > 4x02 >> 4x01 >>> 4x03 >>> 4x05

Edited by Ambrósio
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O episódio 5 podia ter sido o melhor da temporada... Se tivessem explicado as coisas! :| Porque foi o que teve a melhor realização de todos. Eu gostei imenso dele por isso mesmo. A realização está mesmo muito boa, mas teve demasiado plot holes e arruinou o episódio.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Season 4

Ainda não tinha vindo aqui comentar, mas já acabei a temporada e gostei. No entanto, foi uma desilusão e a pior da série até hoje. Para mim começou logo de forma duvidosa com U.S.S. Callister, cujo conceito é muito bom e a mensagem e conteúdo muito atuais e adequados ao que se vive atualmente, mas cuja execução simplesmente cai no chão e fica aquém. É um episódio imensamente prejudicado pela sua enorme e desnecessária duração que o torna maçador em vários momentos. Ainda assim, teve cenas muito boas e não se viu mal, se se tivesse passado noutro ambiente provavelmente teria sido mais do meu agrado (mas não iria gostar muito mais porque os problemas que tive com ele ainda existiriam). Arkangel foi uma boa subida em termos de qualidade. Teria preferido se o episódio se tivesse focado mais na época em que ela era criança e em como o programa afetava a vida dela nessa idade em vez de saltarmos para a adolescência em que o episódio já ficou mais banal porque está mais dentro do que a série fez até hoje. Ainda assim, viu-se muito bem e superou as minhas expectativas. Adorei o final e em como nós acabámos por ser os pais ao acompanhar o desenvolvimento da nossa "filha" até chegar o momento em que a deixamos ir sem saber para onde vai e como vai ficar, muito adequado ao que tinha vindo a ser retratado. Depois chegou Crocodile que era um dos episódios que eu esperava gostar mais. Isso não aconteceu. Black Mirror é muito mais do que tecnologia do futuro e cenas e twists dark. Black Mirror faz sentido, há uma evolução e progressão da história plausíveis, existem motivações para as ações das personagens e até as cenas mais loucas fazem sentido, tudo acontece por uma razão. Crocodile parece Black Mirror mas não é Black Mirror. É apenas uma tentativa falhada de pertencer a esta série feita por alguém que claramente ou não entende a essência de Black Mirror ou então simplesmente deixou de a entender. Não existe qualquer tipo de propósito ou objetivo no que acontece, tudo acontece porque sim e é dark porque quer ser dark. Acaba-se como se começou, a tecnologia, apesar de ser uma ideia muito boa, é extremamente mal explorada e facilmente renegada pela própria evolução dos eventos. No final de contas só serve para o twist que chega no fim que não é só um twist mas também um plot hole porque se para retirar as memórias de uma pessoa é preciso ela ir falando e lembrando-se dos eventos, adoraria saber como vão tirar o que aconteceu da cabeça do porquinho-da-índia, se calhar também inventaram um equipamento para o ensinar a falar e a entender a nossa fala. Crocodile é simplesmente um episódio parvo com muito shock value mas com zero conteúdo e que não serve qualquer propósito nem acrescenta nada de relevante ou de diferente ao currículo da série. É o episódio mais estúpido que nos foi apresentado até hoje, facilmente será apagado da minha cabeça em pouco tempo porque de memorável não teve absolutamente nada e não é, de todo, Black Mirror. E sinceramente se alguém me vier dizer que é das melhores coisas que Black Mirror já fez, só posso assumir que essa pessoa faz parte dos fãs que vieram com a mudança da série para a Netflix e que gosta de Black Mirror porque é fixe gostar-se de Black Mirror. Felizmente a temporada teve um Hang the DJ para salvar a minha esperança na mesma. Tudo funcionou da melhor forma. A história foi muito bem escrita, a química entre os atores e a nossa ligação com aquele casal esteve lá logo desde o início, é impossível não nos apaixonarmos por um casal que descobre que tem um prazo de validade muito curto e a primeira coisa que faz é comer rápido para aproveitar melhor o tempo. A 'mecânica' desta tecnologia, a forma como vamos vendo a evolução das relações através de saltos temporais e o ritmo do episódio roçam a perfeição e posso dizer sem qualquer dúvida que isto não foi o irmão mais feio de San Junipero mas sim um irmão mais velho e melhor que só não tem a mesma aclamação porque não tem um casal homossexual no centro. É dos meus episódios preferidos da série. A seguir veio Metalhead que vi em muitos lados pintado como a desilusão da temporada, o grande buraco de Black Mirror onde qualidade não se encontrava nenhuma e a minha conclusão ao acabá-lo foi que há muito exagero e muita preguiça de tentar entender o que há por detrás desta história que não nos é apresentada com clareza. A realização é excelente, a melhor da temporada, e o facto do episódio ser a preto e branco só o ajudou a construir melhor o ambiente obscuro e distante emocionalmente que era suposto ser criado. É provavelmente o episódio de Black Mirror mais diferente tanto na forma de contar a história como na estética, no entanto não houve propriamente um momento em que eu achasse que não se enquadra na série. Foi curto, foi direto à questão de sobrevivência e deu um final aberto a muitas conclusões diferentes e acredito que muita gente possa ter e construir a sua teoria. Aquela com que mais concordo é a de que a emoção humana é uma fraqueza e que numa luta com algo que não se move por medos, preocupações ou amor é sempre derrotado quem sente alguma coisa e se deixa motivar por esses sentimentos. Tudo isto é justificado pelas ações da personagem principal, pela forma como a mesma acabou e pela última imagem do episódio. Black Museum foi um excelente closer da temporada, apesar de achar que o conceito se adequaria mais para uma series finale em que poderiam ter feito uma homenagem a toda a série enquanto construíam o próprio plot do episódio. A primeira história foi fantástica, definitivamente gostaria que tivesse sido abordada num episódio independente e que teria de certeza muito mais qualidade do que alguns desta temporada. A segunda para mim pecou pelo facto da tecnologia nunca ter parecido, nem mesmo no início, uma boa ideia (e normalmente isso acontece em Black Mirror antes das coisas começarem a dar para o torto) e por isso tive dificuldade em acreditar na realidade que estava a ser apresentada e nas personagens que tomavam atitudes duvidosas. No entanto, a história em si foi bem construída, apenas não foi algo pelo qual morri de amores. A terceira já foi melhor e o último twist, apesar de um pouco previsível, foi muito bom e ainda que eu tenha algumas dúvidas sobre como tudo aquilo aconteceu, foi uma forma excelente de acabar um episódio que nunca perdeu a minha atenção nem interesse, no qual foi bom ver vários Easter Eggs, e uma temporada que em muitos momentos deixou a desejar mas que deu um dos melhores episódios da série e uma excelente season finale.

1. Hang the DJ
2. Black Museum
3. Metalhead
4. Arkangel
5. U.S.S. Callister
6. Crocodile

Se houver próxima temporada, espero que tenham mais cuidado na escrita e na elaboração das histórias e que não se percam tanto como nesta. Já se viu que a Netflix consegue fazer uma boa temporada de Black Mirror, é só ver a anterior, mas claramente algo não estava mesmo certo quando estavam a fazer esta.

  • Love 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já vi quase a temporada inteira e posso dizer que adorei todos, menos o Metalhead. Gostei muito do USS Callister (o meu preferido da temporada), do Arkangel e do Crocodile (adoro episódios com psicopatas e este ainda foi mais ousado, mataram um bebé :b ) . Não gostei nada do Metalhead. Achei o episódio "Hang The DJ", meio aborrecido.

Vou ver o "Black Museum". 

  • Confused 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já nem é questão de opiniões, é mau gosto mesmo. :yes:

  • LOL 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma série, para mim, tem de ser com episódios com continuidade e não independentes. É muito bom ver uma série e acabar o episódio e ver logo a continuação no outro...
Resumindo, vi 2 ou 3 episódios desta e desisti. Puxou-me zero.

  • Confused 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois de ver o Black Museum, passou a ser o meu episódio favorito da série. A

Spoiler

dorei a história de loucura do doutor, fiz questão de fazer replay várias vezes, na parte dele a enfiar o vidro no dedo, e a arrancar o dente. Foi bom demais, a forma como a cena foi executada. Pisou em muitos filmes de terror que já vi. <3

Este é o tipo de Black Mirror violento e macabro que eu gosto. :P

O meu top:

Spoiler

 

1. Black Museum

2. U.S.S. Callister (Adoro tudo o que seja relacionado com videojogos, e o ator principal esteve mesmo muito bem, era mesmo um sociopata)

3. Arkangel 

4.Crocodile (Não percebo as críticas ao episódio, encaixa-se perfeitamente em Black Mirror, muitas pessoas cometem crimes horrendos, para permanecer na ribalta. Adorei o dispositivo de ler memórias, o carro automático que entregava pizzas (a pizza hutt apresentou um modelo semelhante na CES 2018) e o gostei imenso da atriz, que deu uma carga muito pesada ao episódio, que gostei bastante, a forma como ela estava disposta a tudo para conservar o seu lugar cimeiro, autêntico psycho xD ))

5. Hang the DJ (Ao contrário de San Junipero, que eu amei, este episódio que tinha uma base semelhante, não me puxou, não me interessei minimamente com os protagonistas, não me liguei a eles, não sei porquê)

6. Metalhead (não gostei nem um pouco)

 

 

há 2 horas, hugors disse:

Uma série, para mim, tem de ser com episódios com continuidade e não independentes. É muito bom ver uma série e acabar o episódio e ver logo a continuação no outro...
Resumindo, vi 2 ou 3 episódios desta e desisti. Puxou-me zero.

É porque não conseguiste perceber Black Mirror. O ideal, até é ver um episódio de cada vez, para processar tudo o que viste. Porque a série dá muito que pensar (na maioria dos episódios). Está extremamente bem construída, as tecnologias são muito bem desenhadas, não é nada que parece muito fantasioso, são dispositivos que se parecem muito com protótipos hipotéticos de tecnologias que poderão vir a ser desenvolvidas, ou que já se encontram em desenvolvimento.

É o tipo de série, em que não recomendo Binge-watch, pelo menos, eu não consigo absorver tudo, se vir vários episódios seguidos. :) 

Edited by Faded

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 2/6/2018 at 9:17 PM, Mr. Robot said:

É o tipo de série, em que não recomendo Binge-watch, pelo menos, eu não consigo absorver tudo, se vir vários episódios seguidos. :)

Eu faço binge porque não sou uma criatura com auto controlo, mas depois venho aos fóruns ver o que as pessoas acham de cada episódio e as suas teorias, para absorver o que me falhou. :P 

Share this post


Link to post
Share on other sites

A quinta temporada pode estar de volta ainda este mês, a 28. A temporada 4 saiu no dia 29 de dezembro, em 2017. 

NXonNetflix_Screenshot.jpg

O tweet foi entretanto apagado. Há ainda rumores que esta temporada vai explorar ainda mais os "mundos" de "White Bear" e "San Junipero".

  • Like 2
  • Shock 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 04/12/2018 at 09:53, Bloody disse:

Há ainda rumores que esta temporada vai explorar ainda mais os "mundos" de "White Bear" e "San Junipero".

Eu li isso de uma possível "sequela" desses episódios há uns tempos, mas depois também li uma notícia (já não sei onde) que o desmentia. :ph34r: 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 04/12/2018 at 09:53, Bloody disse:

A quinta temporada pode estar de volta ainda este mês, a 28. A temporada 4 saiu no dia 29 de dezembro, em 2017. 

NXonNetflix_Screenshot.jpg

O tweet foi entretanto apagado. Há ainda rumores que esta temporada vai explorar ainda mais os "mundos" de "White Bear" e "San Junipero".

Credo, San Junipero, esse tapete de Hang the DJ.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 04/12/2018 at 09:53, Bloody disse:

A quinta temporada pode estar de volta ainda este mês, a 28. A temporada 4 saiu no dia 29 de dezembro, em 2017. 

NXonNetflix_Screenshot.jpg

O tweet foi entretanto apagado. Há ainda rumores que esta temporada vai explorar ainda mais os "mundos" de "White Bear" e "San Junipero".

Nem para mencionar as pessoas quando há novidades :cryhappy: 

Acho San Junipero bem overrated mas na questão do mundo que foi criado para a história que quiseram contar, aplaudo o que fizeram e estou curioso para ver o que vão mais mostrar porque é algo que tem muito a ser explorado. A ser verdade, é bem-vinda essa continuação.

Eu só quero uma temporada melhor do que a anterior. Que não me venham com uma nova merda como Crocodile.

  • LOL 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 6 horas, Gabriel disse:

Nem para mencionar as pessoas quando há novidades :cryhappy: 

Acho San Junipero bem overrated mas na questão do mundo que foi criado para a história que quiseram contar, aplaudo o que fizeram e estou curioso para ver o que vão mais mostrar porque é algo que tem muito a ser explorado. A ser verdade, é bem-vinda essa continuação.

Eu só quero uma temporada melhor do que a anterior. Que não me venham com uma nova merda como Crocodile.

Eu até gostei de San Junipero (a realização é mesmo formidável) e Crocodile, mas White Bear é tão mais superior. Aliás foi até com esse episódio que comecei a ver a série. Cê lembra Gabiru? :cryhappy:

Edited by Bloody
  • Love 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 3 horas, Bloody disse:

Eu até gostei de San Junipero (a realização é mesmo formidável) e Crocodile, mas White Bear é tão mais superior. Aliás foi até com esse episódio que comecei a ver a série. Cê lembra Gabiru? :cryhappy:

Eu também gostei mas aquele hype todo para o episódio que os críticos e público fizeram... não :ph34r: E se modera quanto a Crocodile. Episódio super básico, cheio de plot holes e sem qualquer tipo de sentido. Prefiro esquecer que algum dia fizeram esse episódio.

E lembro pois :cryhappy: White Bear, meu ícone. Floodei tantos chats a pedir a pessoas para ir ver, que mico. :cryhappy: 

  • LOL 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 2 minutos, Gabriel disse:

Eu também gostei mas aquele hype todo para o episódio que os críticos e público fizeram... não :ph34r: E se modera quanto a Crocodile. Episódio super básico, cheio de plot holes e sem qualquer tipo de sentido. Prefiro esquecer que algum dia fizeram esse episódio.

E lembro pois :cryhappy: White Bear, meu ícone. Floodei tantos chats a pedir a pessoas para ir ver, que mico. :cryhappy: 

Eu acho que o hype todo foi basicamente por retratar um casal lésbico e uma menina introvertida. A internet explode com temas LGBT. :haha: 

Share this post


Link to post
Share on other sites

@Ruben Fonseca, podes mover o tópico para o de Óbitos?

Saiu no CM que Black Mirror foi assassinada pela Netflix e a sua necessidade de buzz e aprovação pelo público jovem à custa da qualidade. O paradeiro do serviço assassino ainda é desconhecido mas o karma contactou os verdadeiros fãs da série britânica e garantiu que o ia apanhar e fazê-lo pagar por todas as lágrimas que fez derramar.

Netflixo, eu juro que não há nada que mais abomine na minha vida do que a tua porra de (des)serviço para o mundo da televisão, cinema e amantes de ficção.

Lc4NmjS.gif

  • LOL 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Está confirmado que dia 28 (amanhã :ph34r:) estreia o Black Mirror: Bandersnatch. Não é uma temporada mas sim um estilo de filme.

 

MORTO com os easter eggs dos outros episódios. Porra Netflix :cryhappy: 

Também vamos poder escolher como é que queremos que a história se desenrole, mas penso que isso estará mesmo disponível para quem tem Netflix... Como é possível nós escolhermos? :dontknow: 

Edited by Bloody
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 6 minutos, Bloody disse:

Também vamos poder escolher como é que queremos que a história se desenrole, mas penso que isso estará mesmo disponível para quem tem Netflix... Como é possível nós escolhermos? :dontknow: 

E Netflix não choca por só ligar a quem lhe paga as contas e o comum mortal que não quer aderir a um serviço lixo fica a ver navios

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gente, comecei a ver isto e estou bem desiludido :ph34r: Primeiro que pensei que fosse uma série continuada e não um conjunto de "telefilmes".

Achei super básicos estes plots dos 2 primeiros episódios. Era isto supostamente a tal complexidade que nos ia deixar a pensar sobre o futuro? kkkk A produção também fica aquém :ph34r: :ph34r: Foram os únicos que vi ainda, por isso não quero julgar muito. Isto melhora?

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 27/12/2018 at 14:58, Gabriel disse:

E Netflix não choca por só ligar a quem lhe paga as contas e o comum mortal que não quer aderir a um serviço lixo fica a ver navios

Mas tem mesmo que ser na Netflix, doutra forma não tens o poder de escolher o "destino" dos personagens e da história, já que as tuas escolhas ditam o final que tu vais ver. Há uns 5 finais diferentes, consoante aquilo que decidires. Se tu fores ver o filme através de um site qualquer ou torrent, verás o filme à maneira da pessoa que o disponibilizou. Sempre que aparece algo novo no filme para tu decidires, tens 10 segundos para clicar na opção que desejas, para que quando terminar os 10 segundos o filme prossiga de maneira natural. 

Eu achei isto icónico. Estava à espera de outra coisa, mas achei muito interessante. Espero que continuem apostar nisto. Para quem já viu e ficou meio à nora, aqui está um bom vídeo a explicar tudo:

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 21 horas, Magazine disse:

Gente, comecei a ver isto e estou bem desiludido :ph34r: Primeiro que pensei que fosse uma série continuada e não um conjunto de "telefilmes".

Achei super básicos estes plots dos 2 primeiros episódios. Era isto supostamente a tal complexidade que nos ia deixar a pensar sobre o futuro? kkkk A produção também fica aquém :ph34r: :ph34r: Foram os únicos que vi ainda, por isso não quero julgar muito. Isto melhora?

Melhora sim. :P O mundo do Black Mirror é um bocado complicado de ser entendido numa primeira visualização, mas ao veres mais episódios irás entender o que querem transmitir.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...