Jump to content

Ruben Fonseca

Moderadores
  • #Conteúdo

    12070
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Dias ganhos

    34

Ruben Fonseca last won the day on Maio 24

Ruben Fonseca had the most liked content!

Reputação

26152 Excelente

Sobre Ruben Fonseca

Profile Information

  • Género
    Homem

Quem visitou o meu perfil

38041 visitas ao perfil
  1. Ruben Fonseca

    Política

    O novo governo italiano apresentou o OE que prevê uma subida na despesa (o défice passaria de 2.4% do PIB em vez dos 0.8% que o PD propunha para 2019), principalmente através de subsídios e mais intervenção estatal que há muito são a bandeira do M5S. Isto por si só causa tensões em Bruxelas, até porque se trata de uma derrapagem orçamental enorme, aliada a uma dívida pública que é a 2a maior da Europa (130% do PIB), o que quer dizer que terá uma oposição enorme em Bruxelas. Quer também dizer que, caso o orçamento não seja aprovado, pode haver um braço de ferro entre o governo italiano e a UE, levando a que a já frágil economia italiana possa ficar em perigo de se tornar incontrolável (as agências de rating também já ameaçaram baixar o rating a Itália), o que iria afetar os bancos italianos e, de arrasto, os bancos europeus. Não nos podemos esquecer também que a Itália tem um governo composto pelo M5S e a Liga, dois partidos eurocéticos e que a UE, depois de tantos resgates financeiros ao longo desta década, não tem muitas capacidades para socorrer a Itália, nem a Itália é uma Grécia, Irlanda, Chipre ou Portugal. Teria um custo demasiado elevado e as implicações seriam vastas. No entanto, mais despesa num país com uma economia frágil pode ser um passo demasiado perigoso: se o M5S e a Liga permanecem bastante populares, por um lado, por outro os italianos também não querem abdicar do Euro, nem da UE.
  2. Ruben Fonseca

    Cantinho do Off-Topic

    Isto é como a TVI. O Bruno Santos também acha que está a levar aquilo a sério, mas toda a gente sabe que só quer o Moniz de volta para largarem o modo de voo e deixarem de liderar apenas porque a concorrência é tão insignificante que quase não existe.
  3. Ruben Fonseca

    Cantinho do Off-Topic

    Claro. Se em modo de avião ficamos em 4°, imagina o lugar que não teríamos se isto fosse levado a sério.
  4. Ruben Fonseca

    Cantinho do Off-Topic

    Não. Beber para festejar termos ficado em 4°.
  5. Ruben Fonseca

    Cantinho do Off-Topic

    Beber de forma regular conta.
  6. Ruben Fonseca

    TVI em Direto

    Acho que um dos principais erros do PnC é ele achar que certos pratos mais complexos têm público num restaurante como aquele, cujos clientes são maioritariamente pessoas que param na fronteira para almoçar a um preço razoável. Nem falo no preço, porque acho que ele podia aumentar um pouco o preço mantendo a bebida e o prato, mas também há que ter uma noção do tipo de restaurante que é. 11€ só o prato é demasiado...
  7. Ruben Fonseca

    TVI em Direto

    Venha Hotel Hell/Hotel Impossible para irmos variando.
  8. Ruben Fonseca

    TVI em Direto

    O Pedro precisa de sair daquele restaurante asap.
  9. Ruben Fonseca

    TVI em Direto

    "Onde é que queres ir de férias? "Ibiiiizaaaaa"
  10. Ruben Fonseca

    TVI em Direto

    Este restaurante tem mais drama que as últimas edições do Secret Story.
  11. Ruben Fonseca

    TVI em Direto

    "Não consigo, dá trabalho" Identifico-me em tantas alturas.
  12. Ruben Fonseca

    TVI em Direto

    Estou extremamente contente em não ter escolhido Vilar Formoso para almoçar quando regressei de Espanha. Credo, que desastre de restaurante.
  13. Ruben Fonseca

    CM TV

    Isto é tão ridículo que até dá piada. Acho que só quando um jornalista morrer em direto ou algo assim parecido é que aprendem que nem tudo serve de espetáculo para as pessoas verem.
  14. Ruben Fonseca

    Love On Top - A Última Tentação

    Primeiro o incêndio, agora o Leslie. Em ambos os casos tiveram de suspender o programa. Coincidência? Acho que não.
  15. Ruben Fonseca

    Política

    Eu acho que as políticas económicas do Bolsonaro (desregulação económica, maior liberalização, menos intervencionismo do estado, privatizações - embora aqui o Bolsonaro seja meio ambíguo) são as melhores políticas para melhorar a economia do Brasil. Nunca votaria nele e se estivesse no Brasil votaria nulo, mas não posso negar que me revejo em imensas políticas económicas que constam no programa dele. Por muito que tentem impingir a ideia de que um voto no Haddad é um voto na democracia brasileira, em nenhum momento seria capaz de votar no PT. Um voto no Haddad é um voto num criminoso e num partido corrupto que afundou o Brasil. Votar nulo em nada implica dar apoio a Bolsonaro. Não conheço o programa do Ciro, mas se tivesse sido ele a passar à 2a volta, votaria nele, mesmo que depois passasse para a oposição. Acho que a maior parte dos brasileiros faria o mesmo, sinceramente, ele era o melhor candidato para derrotar o Bolsonaro. Do pouco que vi, gostei de parte dos discursos dele, não é extremista, mas ao mesmo tempo não é só idealista como a Marina. O PSDB costuma tender mais à direita, por isso na 1a volta talvez o meu voto fosse para o Alckmin (também não li o programa dele, no entanto, por isso estou a ver as coisas de um ponto meramente ideológico), só iria para o Ciro se visse que ele e o Haddad estariam taco-a-taco para ir à 2a volta contra o Bolsonaro - embora acho que a escolha em alguém como o Alckmin tenha sido um erro, acho-o bem mais fraco que o Aécio Neves (que por pouco perdeu as eleições em 2014), demasiado incapaz de se situar ideologicamente para ter uma base sólida de apoio à direita que não se revê em Bolsonaro. Tendo em conta os resultados da 1a volta, no entanto, acho que é quase óbvio entender que o Ciro teria sido o melhor candidato para derrotar o Bolsonaro. Não consigo entender a subida de Haddad, depois de tanto criticarem o PT ao longo dos últimos anos e ainda para mais quando o PT continua fixado na imagem de um corrupto como o Lula, não com Ciro na corrida que podia muito bem reunir apoios à esquerda. Foi uma estupidez que vai custar à esquerda brasileira, que nem se consegue unir para apoiar o PT, uma derrota estrondosa daqui a umas semanas.
×