Jump to content

Recommended Posts

  • Replies 1.1k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

estão guardados, para irem passando conforme os atores forem morrendo. inferno, aí vou eu.

Já estava era na altura de começarem a transmitir os filmes que faltam ao Sábado. Ainda gostava de perceber porque querem tantas coisas engavetadas. 

Estão de volta os telefilmes, mas agora aos domingos depois do MasterChef Júnior, pelas 23h. E com filmes inéditos. Vão transmitir o Síndrome de Estocolmo, que conta com Mariana Monteiro, Jéssica

A qualidade da imagem está excelente :puppyeyes:

Até agora estou a gostar muito! Grande produção!

A Maria João Bastos e a Sandra Celas estão divinas! O único ponto negativo é as cenas de sexo que foram demasiado ousadas :S

Link to post
Share on other sites

ADOREI! Grande filme. A TVI está a evoluir cada vez mais na ficção nacional. Espero que os outros filmes também sejam assim tão bons. Grande Rui Vilhena :D Faz falta na TVI :S

A rapariga (namorada do Bruno e amante do pai dele) tem imenso talento. Quem é ela? Não me lembro dela :S

Link to post
Share on other sites

Do mais pobre que já vi. 5 míseras personagens que se envolvem todas umas com as outras. E pais com as namoradas dos filhos e com as amigas da mulher. E se alguém me conseguir explicar este fim, agradeço. Esperemos por tempos melhores. E "Instinto Fatal"? E as mortes? Nem uma...

Link to post
Share on other sites

NVeiga, aqui está o exclarecimento do final:

João Sequeira Sousa A sequência final demonstrou que todos os pesadelos da Bárbara ficaram para trás e que ela não receia o futuro. Afinal de contas, ela atingiu a paz que precisava para seguir em frente.

(João Sequeira Sousa foi quem escreveu o Telefilme, juntamente com Rui Vilhena)

Link to post
Share on other sites

Do mais pobre que já vi. 5 míseras personagens que se envolvem todas umas com as outras. E pais com as namoradas dos filhos e com as amigas da mulher. E se alguém me conseguir explicar este fim, agradeço. Esperemos por tempos melhores. E "Instinto Fatal"? E as mortes? Nem uma...

O objectivo não era envolverem-se?

O final foi incógnito. Era essa a intenção.

O filme só começou a aquecer a partir desses mesmos 15 minutos.

  • Like 1
Link to post
Share on other sites

Os primeiros 15/20 minutos foram calmos, porque serviu como introdução às personagens e à história do filme. Se nos sentarmos em frente ao televisor a ver aquilo com o espírito de frete, não vale a pena!

Obviamente que se não tivermos a mínima vontade de ver, não vamos entender bem a história.

O nome do filme era "Intriga Fatal" e não "Instinto Fatal", que resultou na morte do Marido da João Bastos (Albano Jerónimo) e da sua amante, a tal rapariga que era namorada do seu próprio filho.

Cada telefilme não tem 50 atores, como era de esperar, logo isso de "míseras personagens" penso que não é bem assim. Estamos a falar de grandes atores no nosso panorama. Também é importante dizer que haverá estilos que interessam mais do que outros, e os filmes da TVI vão-se dividir nesses mesmos estilos (drama - comédia - crime - romance - Policial) etc.

Eu gostei muito, os textos estavam bem escritos, o núcleo estava bem estruturado. Agora é esperar pelo próximo ;)

Link to post
Share on other sites

Acabei agora de ver o Telefilme!

Eu gostei bastante! Adorei a Sandra Celas, como sempre xD

Gostei da história e das interpretações, assim como das personagens!

Só não percebi porque é que ela levava flores para um quarto :S

Link to post
Share on other sites

Acabei agora de ver o Telefilme!

Eu gostei bastante! Adorei a Sandra Celas, como sempre xD

Gostei da história e das interpretações, assim como das personagens!

Só não percebi porque é que ela levava flores para um quarto :S

Acabei agora de ver o Telefilme!

Eu gostei bastante! Adorei a Sandra Celas, como sempre xD

Gostei da história e das interpretações, assim como das personagens!

Só não percebi porque é que ela levava flores para um quarto :S

Era para dar a entender que o passado dela tinha morrido ali e que agora ela teria uma nova vida. Agora sem a melhor amiga e sem o marido ela estava pronta para dar inicio à sua nova vida. COmo se fosse uma morte ficticia ;)

Link to post
Share on other sites

O que vi ontem à noite é ficção do pior. Em primeiro lugar, o enredo é plágio de um filme francês. Em segundo lugar, os planos são de telenovela. Em terceiro lugar, o "Pai" não era credível. Os diálogos eram básicos e em muitos casos pouco credíveis. Percebo que, para cortar nos custos, tenham utilizado câmaras de televisão SD. Mas não percebo os enquadramentos. Percebo que se queira cortar custos, mas ter cenários reais (ex: moradia do casal e apartamento da namorada do filho do casal), dois ou três planos em exteriores e um cenário de estúdio, é demasiado pouco para um telefilme de 150 minutos. O enredo estava cheio de clichés e de estereótipos e não havia nenhuma surpresa. O telefilme foi fraco e pareceu-me um episódio longo de uma telenovela. Não consegui ver nada de novo ou surpreendente. Só vi até ao fim porque fiquei à espera que algo melhorasse.

Link to post
Share on other sites

O filme de 1992, "Perdas e Danos" com Jeremy Irons e Julliet Binoche, tem exactamente o mesmo enredo que o telefilme de ontem. O título do telefilme, Intriga Fatal, chega a ser parecido com o nome do Filme. O que poderia ser uma surpresa, quanto à namorada do filho do casal, acabou por ser "mais do mesmo". Ficaria surpreendido se a "namorada" fosse um rapaz e aí estaria um bom motivo para o filho não querer mostrar a namorada aos pais. Poderia ser negra, brasileira, gorda, etc. Algo que fizesse com que o filho temesse a reação dos pais. Mas não, era uma rapariga simples. Isso é básico.

A caracterização do "Pai" estava mal feita. Pelos diálogos que tinham, entre pai e filho, parecia que o pai era mais um padastro ou um namorada da mãe.

Fiquei bastante agradado com as performances de Maria João Abreu, que mostrou estar acima de muitos, e da menina que fazia de namorada do filho. O resto do elenco era fraco. A secretária era fraquíssima.

Link to post
Share on other sites

Esqueci-me completamente disto! Vi 'A Voz de Portugal' e logo de seguida o 'Herman 2012', nem sequer fiz o habitual zapping pelos restantes canais...

As audiências não foram nada famosas.

Link to post
Share on other sites

"Até Que a Vida Nos separe" tem cenas de sexo explícitas. Mais em http://www.atelevisa...exo-explicitas/

Esta TVI chega a ser tão heterossexual que até enjoa ... que tédio :022:

São José Correira e Rui Andrade em cenas íntimas ... uau, super interessante :Lixa:

----------------

Sofia Aparício regressa à televisão em Telefilmes TVI

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...