Jump to content

Possíveis Adaptações Portuguesas


FraisesSucrées
 Share

Recommended Posts

Tendo em conta que existem várias telenovelas portuguesas adaptadas de novelas latino-americanas (sobretudo argentinas e chilenas), é um bocado surpreendente que não existam muitas adaptações de telenovelas brasileiras além de Dancin' Days. Se é verdade que algumas delas têm particularidades intrinsecamente brasileiras que não dão para readaptar noutras realidades nacionais, também é verdade que existem telenovelas brasileiras com tramas suficientemente universais e intemporais que se podiam encaixar na realidade portuguesa.

Assim de repente, pensei em Quatro Por Quatro, História De Amor, Por Amor, Sangue Bom, Suave Veneno, Sete Pecados, Barriga De Aluguer ou Sonho Meu.  

  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

há 8 horas, Free Live disse:

Nenhuma. Dancin Days foi uma adaptação, mas podia ter sido uma história criada de raiz. Hoje em dia é super clichê.

Talvez uma história no universo de Roque Santeiro, pela nostalgia, pudesse atrair público.

Roque Santeiro tinha uma forte crítica social. Não só à fé cega que as pessoas têm, mas também queria ilustrar a corrupção do Brasil dos coronéis. Essa cegueira de fé não sei se se podia aplicar a Portugal. Eu como gosto tanto de Roque Santeiro prefiro que não haja nenhum remake e ficar com o original!!

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Não é uma novela da Globo, mas acho que podiam adaptar "As Pupilas do Senhor Reitor". É uma história que ainda tem ligações com Portugal e seria uma boa escolha se quisessem fazer uma novela de época.

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Senhora do Destino podia ser adaptada e até podiam chamar o Aguinaldo para supervisionar... :smoke: Pedro Lopes a escrever, Xanão como Nazaré, Rita Blanco como Maria do Carmo, Mikaela Lupu como a filha roubada, Vírgilio Castelo como marido da Nazaré... Iria hitar. :haha:

  • Love 3
  • LOL 1
Link to comment
Share on other sites

  • 8 months later...

Vou passar para aqui a sugestão do remake de "A Próxima Vítima":

Maria João Luís como Filomena, Alexandra Lencastre como Carmela, Joana Santos como Isabela, Dalila Carmo como Romana, José Fidalgo como Bruno, António Pedro Cerdeira como Marcelo, Manuela Couto como Francesca.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

há 1 minuto, xfinity disse:

"Vale Tudo", um clássico é um clássico :adoro: 

  Ocultar conteúdo

Não contamos com "Tempo de Viver" :galderia: 

 

Alexandra Lencastre como Raquel e Margarida Vila Nova como Maria de Fátima.:smoke:

  • Love 1
  • LOL 2
Link to comment
Share on other sites

há 10 horas, D91 disse:

Vou passar para aqui a sugestão do remake de "A Próxima Vítima":

Maria João Luís como Filomena, Alexandra Lencastre como Carmela, Joana Santos como Isabela, Dalila Carmo como Romana, José Fidalgo como Bruno, António Pedro Cerdeira como Marcelo, Manuela Couto como Francesca.

ainda por cima a Maria João Luís é parecida com a Aracy Balabanian naquele tempo :mosking:

gostei muito da sugestão!

  • Love 2
Link to comment
Share on other sites

On 16/04/2021 at 18:28, D91 disse:

Não é uma novela da Globo, mas acho que podiam adaptar "As Pupilas do Senhor Reitor". É uma história que ainda tem ligações com Portugal e seria uma boa escolha se quisessem fazer uma novela de época.

 

Dessa já houve uma adaptação:riso:

 

  • LOL 3
Link to comment
Share on other sites

há 15 horas, Friday disse:

A SIC podia fazer um remake de Rainha da Sucata

Gostava de ver a Luciana Abreu como Maria do Carmo, José Fidalgo como Edu, Claúdia Vieira como Laura e Rita Salema como D. Arménia

Ainda que a Mª do Carmo tenha origens humildes, não vejo de todo a Luce a fazer de rica muito menos de protagonista. Não é por acaso que os papéis dela são quase todos de empregada e de núcleo cómico.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 6 months later...

Exemplos de novelas argentinas e chilenas que poderiam ser adaptadas:

Herederos de una venganza, Vidas Robadas, Caín y Abel, Argentina, terra de amor y vinganza, Pacto de sangre e Fuera de Control.

Há muitas possibilidades destes 2 países e de outros(colombia, espanha, turquia, filipinas, méxico etc), histórias diferentes do que estamos habituados e que pudessem revolucionar a ficcão nacional com o grande objetivo de voltarmos a ter grandes histórias e grandes produções dado que nos últimos anos isso tem sido escasso.

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Sinceramente acho que deviamos parar de adaptar... na realidade o modelo de novela é quase sempre o mesmo estar a pagar por um guião de outros com historias que por ruas tortas podia ser escrito e criado por portugueses e assim garantir que esse produto é nosso e podia ser exportado e valorizado....

Por exemplo a tvi vai adaptar Queridos Papas... não acham que alguém que tivesse olhando para aquela historia por alto não faria uma coisa original portuguesa? basta lembrar a série Pai à força que é um original portugues, aquilo desmontado em mais nucleos seria o mesmo que essa novela.

A globo nunca precisou de adaptar novelas e o que não faltam ali são histórias que se formos a olhar para a america latina há coisas muito parecidas, é uma questão de criatividade o plágio nestes produtos é muito dificil de ser detetado porque o formato é sempre o mesmo. O vilhena fez plágio de Vale tudo e não foi processado :P

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Algumas novelas que têm ideias que combinam com o estilo das portuguesas:

Em Corrida do Ouro: "O excêntrico milionário Durval Pontes de Albuquerque morre e deixa um testamento tão surpreendente quanto enigmático. Uma parte significativa da sua fortuna – 15 bilhões de cruzeiros – deve ser dividida em partes iguais entre cinco mulheres: Teresa, Patrícia, Isadora, Ilka e Gilda. Porém, para terem direito à herança, elas deverão cumprir tarefas que vão contra os interesses da maioria delas." Por serem várias co-protagonistas, penso em algo semelhante a 'Quero é Viver'. 

Em A Barba Azul (Tupi, 19h, 1974): Jô Penteado já ficou noiva sete vezes sem ter entregue seu coração a nenhum dos noivos, famosa por fazer deles gato e sapato, o que lhe confere o apelido de Barba Azul. Geniosa, mimada e sonâmbula, ela não se dá bem com a madrasta, a fútil Ester, e com a filha mais velha dela, a interesseira Gláucia, com quem vive às turras. Porém, é amiga e confidente da filha caçula de Ester, a doce e romântica Lenita. O pai, o rico empresário Horácio Penteado, tenta por ordem na casa." Jô descobre-se loucamente apaixonada por Fábio, um professor pobre que a detesta, ainda mais quando ela tenta sabotar seu casamento com Paula. Ambos se conhecem ao ficarem presos numa ilha por meses, e ficam como gato e rato (Tom & Jerry).

Nesse último caso, pode-se adaptar para ela, ao invés de terminar sete noivados, ter divorciado sete vezes (posto que na época da novela original, divórcio não existia no Brasil). Tirava as agressões físicas entre os protagonistas. E valorizava as tramas dos outros personagens: tem um grupo de crianças que tenta resolver os problemas dos adultos; homem safado que finge ir à praia tomar ar fresco por motivos de saúde, mas na realidade está flertando com as mulheres que passam pelo lugar; um rapaz que se finge de cego para se aproximar de uma jovem... Enfim, é em essência uma comédia romântica, que também combina com o clima das novelas que têm aparecido em Portugal ultimamente.

Somos Familia: Os caminhos de Joaquín e Manuela se cruzam quando o sócio de Joaquín morre em um acidente de avião junto com sua esposa e ele fica cuidando dos filhos do amigo. Ela se faz passar por empregada em sua casa a fim de encontrar sua filha dada à adoção. Quase um Ana e os 7.

Te Doy la Vida é um dramalhão chileno que apela bem para o público mais velho (um garoto de 6 anos de idade padece de leucemia, e necessita de um transplante de medula. Os pais adotivos descobrem que não são compatíveis como possíveis doadores; o pai biológico Pedro, um simples mecânico que trabalha em uma oficina em um bairro humilde, se recusa acreditar que é pai do menino, já que a namorada que ele teve no passado e que já veio a falecer nunca revelou que tivesse ficado grávida. Ainda assim, ele ficará comovido ao conhecer o filho e se aproximará dele e da mãe adotiva de uma forma muito especial). Mas é uma novela essencialmente curta. Em Portugal, inventariam uns núcleos paralelos aleatórios para render o peixe :curtainpeek:

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...