Jump to content

LuisFernandes

Membros
  • Content Count

    4,186
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

Everything posted by LuisFernandes

  1. O melhor da novela foi mesmo as personagens e os atores protagonistas, Mariana Pacheco, Maria João Bastos, Rita Blanco, o João Reis e a Rita Lello. Enquanto a SIC prosseguir com esta política dos 300 episódios, não só não vai conseguir exportar estes produtos de ficção como vai ver as audiências decrescerem. Estas 5 personagens foram obras primas, muito bem construídas, mas que não atenuaram o erro de dar mais protagonismo aos núcleos secundários e aborrecidos da novela. A saída da Rita Blanco foi péssimo, e por muito boa que tenha sido a história em redor da Rita Lello, não foi suficiente. A cena do final da Catarina foi brutal. Faltou a Maria neste final e a última cena pouco impactante. Vê-se que o episódio foi feito para despachar a novela.
  2. LuisFernandes

    Informação TVI

    A TVI emitiu ontem a reportagem "Indesejados" do jornalista André Carvalho, que está de parabéns. Todo o produto conseguido revelou ser uma das melhores reportagens que o canal já produziu, com muitas poucas falhas a apontar. O texto, a imagem, a prestação do repórter, as histórias, tudo conjugou para um equilíbrio pouco comum na informação da TVI, resultando num produto comovente (claro que a roçar no sensacionalismo, mas, neste caso, faz parte). Digo que é incomum porque normalmente, entre as reportagens do canal, há sempre falhas em termos de planos (coisas tortas, impensáveis para quem se diz "profissional") ou mesmo as histórias que não roçando, ultrapassam o sensacionalismo e que nos dá a sensação de vermos uma telenovela. Além disso, é bom ver reportagens tão jovens a fazer tão brilhante trabalho como o caso. O pior da reportagem foi mesmo a apresentação pela pivô, que continua a engasgar-se e a ser muito muito pouco natural.
  3. LuisFernandes

    Notícias SIC

    Sim, mas pensa que ter 760 não significa muito se não houver pessoas para ligar. Pensa sempre que há países muito maior que os nossos, que servem televisões maiores, já que têm mais clientes
  4. LuisFernandes

    Notícias SIC

    Esses tops não são verdadeiros. Em lugar algum a SIC, a TVI, ou a RTP, e nem as três juntas são suficientemente grandes para chegarem a esse patamar. Para terem a noção, enquanto a Rede Globo atinge receitas como 7 mil milhões de reais, o Grupo Impresa (em que se inclui a SIC) não ultrapassa os 200 milhões de euros. A SIC, que já valeu muito mas muito mais quando detinha 50% do mercado, vale algo como 50 milhões de euros. Valores semelhantes para RTP e TVI. Até chegar a esse mítico 13º lugar, os três canais teriam de ultrapassar muitas estações de muitos países, do primeiro ao terceiro mundo. Mas esses tops são irrelevantes para quem está de facto no mercado. Só interessa aos 5 primeiros, porque aos restantes isso não significa nada. O que importa, para começar, para cada canal, é o comportamento no próprio país. Voltando ao TOP, façam o seguinte raciocínio: países gigantes como o Brasil, os EUA, a Índia, e etc, detêm estações regionais / locais que são maiores que as nossas estações. Há demasiados canais no mundo para esse ranking sequer importar para quem não está nos lugares cimeiros. O que importa, de base, é o comportamento no seu mercado.
  5. Ou é pelo facto de a Maria ter um coração de ouro, ou então porque a novela é gravada fundamentalmente no Douro No seu ritmo moderado
  6. Resumo: muitas passagens, novela bonita, mas pouca ação. Esmeraram-se na realização, pecaram no ritmo. E com MS a dar em simultâneo fica difícil engolir esta novela quando a antecessora é uma novela impecável. Vamos dar tempo ao tempo. Desde Dancin Days que a SIC vem com novelas muito boas e apesar de semelhantes, distintas entre si.
  7. A Rita Branco sempre afirmou que faz novelas porque o Teatro que ama não lhe é suficiente
  8. LuisFernandes

    SIC em Direto

    É impressão minha, ou a SIC está a emitir em 16:9?
  9. Apesar de a novela ser mesmo muito boa, o estilo pouco tradicional e cinematográfico pode afugentar alguma audiência, não?
  10. O episódio de estreia foi a melhor coisa que alguma vez vi na TV brasileira. Que produto brutal, genial! O João Emanuel Carneiro é irrepreensível!
  11. Não sei se foi erro, mas o teaser desta novela entre Ms e PDR foi transmitido em 16:9.
  12. Faz-me lembrar Sol de Inverno. Aliás, todas as novelas da SIC parecem-se umas com as outras, excetuando as da Muller, onde ela tem vantagem. Construção de episódios semelhantes, todos com núcleos cómicos, poucas diferenças relevantes na realização. As promos de estreias depois de Dancin Days , que fez um brilharete, tornaram-se muito mé, e muito parecidas. Quanto a isso, a TVI já demonstrou estar a anos da SIC. Então a Globo nem se fala. O canal de Carnaxide parece estar agarrado à mesma fórmula, com receio de perder a liderança, mas por este caminho, o sucesso não está garantido.
  13. A Cláudia Vieira a contracenar com a Joana Santos mostra que cresceu como atriz. No fundo, aquil que dizem é verdade: tudo depende da contracena. Mas notou-se que está a léguas da Joana Santos.
  14. Ela está em fase de aprendizagem, dá um desconto. X)
  15. Porque é que ela fica ali parada a criar raízes? Seria muito mais interessante vê-la espalhar-se toda pelo palco, mexer-se e animar o pessoa. Parada não vai lá.
  16. As parcerias entre as duas empresas não significa nada. A RFM pertence à R/Com, do grupo Renascença, e a SIC à Impresa, que não trabalha no mundo da rádio.
  17. Gostei. A Muller tem crédito numa coisa: as suas novelas parecem ser sempre diferentes e Rosa Fogo foi a novela mais diferente da linha do canal que a SIC teve. Está bom, não percebi o final, mas não acredite que flopa. Deve conseguir rivalizar com JP se mantiver uma carga dramática e um núcleo cómico não tão estapafúrdio como o de RF. Além disso, como não vai ser a novela principal, dá-lhe mais espaço de manobra na condução da história e nos valores a obter. Pelo menos 10 de rat.
  18. O que eu acho é que há músicas cuja versão de estúdio está muito boa, mas que ao vivo podem sair penalizadas. A de Portugal é exemplo. E há músicas que nas primeiras impressões parecem más, mas se ouvidas com atenção surpreendem bastante. Exemplo: Noruega e Macedónia.
  19. A RFM não pertence à R/com? Acho que não é da Impresa
  20. LuisFernandes

    Babilônia

    É uma novela leve, que conta histórias que já se viram de forma mais básicca e fluida. Vê-se bem, mas não sei até que ponto tem porte para ser uma novela das 9. Antes disse uma mini-série: Faz-me lembrar Rebu, mas menos pesado. Assim que acabei de ver, mudei logo para Mar Salgado e só confirmei o que já pensava. MS é uma novela de peso e Babilónia tem mais ar de mini-série das 23
  21. O meu top para a semi-final 2: - 1º - Azerbaijan - 2º - Israel - 3º - Latvia - 4º - Iceland - 5º - Czech Republic - 6º - Sweden - 7º - Malta - 8º - Poland - 9º - Montenegro - 10º - Norway - 11º - Portugal - 12º - San Marino - 13º - Switzerland - 14º - Cyprus - 15º - Ireland - 16º - Slovenia - 17º - Lithuania Não me consegui afastar da letra no caso de Portugal. Se partirmos do ponto de vista de quem não conhece a língua, penso que pode ser pior.
  22. Que wxaggero. O que não falta no mundo são maus projetos de ficção e DC não está entre eles. Era algo diferente, menos clichê do que SDI. Mas SDI, apesar de ter sido pastosa a partir da morte do Eduardo, tinha núcleos mais carismáticos e, por serem mais reais, mais próximos do espectador. Dizer que foi um projeto falhado é errado. Assim como dizê-lo de OBDE e Bel, que não tendo sido líderes (em média, quando concorreram com SDI), eram tão bons como Sdi. Mas sim, as3 tiveram falhas.
×
×
  • Create New...