Jump to content

Audiências de segunda-feira [15/02/2021]


Ruben

Recommended Posts

Audiências: E assim foi a estreia de “Tempo de Amar”, na SIC

A SIC estreou ontem a nova novela da noite. Este primeiro episódio foi emitido entre “Terra Brava” e “Golpe de Sorte”.

Este vai ser o horário da história protagonizada por Victoria Strada e Bruno Cabrerizo. Durante esta semana ainda terá a companhia da série protagonizada por Maria João Abreu.

A nova aposta da SIC liderou audiências na estreia. O primeiro capítulo de “Tempo de Amar” garantiu uma audiência média de 8.2, com um share de 24.5%.

Foram 779.700 os espectadores que seguiram a novidade. O pico foi de mais de 1 milhão de espectadores, numa altura em que a estação marcava 10.9/27.1%.

No mesmo período a TVI emitia grande parte de um episódio especial de “Amar Demais”. No confronto a média foi de 7.2/21.3% (681.300 espectadores fidelizados).

A RTP1 foi a terceira escolha dos espectadores. A estação pública garantiu uma média de 1.2/3.4% (109.900 espectadores fidelizados).

Link to comment
Share on other sites

há 3 minutos, Pedro M. disse:

Similar à estreia de Totalmente Demais.

Achei o resultado bom.

Exato. "Totalmente Demais" alcançou na sua estreia uma audiência média de 8,5 e 24,2% de share. Como tal, este resultado de "Tempo de Amar" pode ser visto como um bom valor de arranque.

Link to comment
Share on other sites

“Amor Amor” lidera e vê “Bem me Quer” mais longe

“Amor Amor” foi ontem, mais uma vez, líder da tabela de audiências e colocou a rival, “Bem me Quer”, mais longe do primeiro lugar.

A história de Ana Casaca liderou de forma destacada e isolada com uma audiência média de 13.3, a que correspondeu um share de 24.8%.

Com 1 milhão e 259 mil espectadores, o episódio de “Amor Amor” teve ainda o pico mais alto do dia. No melhor momento o resultado da SIC era de 14.3/26.9%.

Na mesma faixa, “Bem me Quer” ficou a mais de 200 mil espectadores e fechou com 10.9/20.7% e 1 milhão e 27 indivíduos em média.

O “Joker” deu à RTP1 o habitual terceiro lugar. O programa apresentado por Vasco Palmeirim arrecadou 4.9/9.2% (461.500 espectadores fidelizados).

Link to comment
Share on other sites

O programa “Goucha”, da TVI, arrancou ontem a semana com mais espectadores que o principal rival, o “Júlia”, da SIC.

O formato de conversa conduzido por Manuel Luís Goucha conseguiu uma audiência média de 4.6, com 15.4% de share e 439.800 espectadores fidelizados. O pico foi de 5.5/18.6%.

Na SIC, o “Júlia” só no último terço da emissão conseguiu chegar ao primeiro lugar e fechou na vice-liderança. A média foi de 4.1/13.5%, com 390.000 espectadores em média e um pico de 7.1/20.3%.

A RTP1 emitia, a esta hora, grande parte do “A Nossa Tarde” e o arranque do “Portugal em Direto”. A média de confronto foi de 2.1/6.8% (194.300 espectadores fidelizados) e um pico de 3.6/10.2%.

Link to comment
Share on other sites

“Jornal da Noite” lidera destacado e é único informativo a superar o milhão

O “Jornal da Noite”, da SIC, foi ontem líder destacado de audiências e foi o único informativo a superar a barreira do milhão de espectadores.

O informativo de Paço de Arcos chegou a ter mais 600 mil espectadores que a concorrência no decorrer da emissão desta segunda-feira.

Em média, o “Jornal da Noite”, ontem conduzido por Clara de Sousa, registou 12.9 de rating com 22.5% de quota de mercado e 1 milhão e 222 mil espectadores fidelizados. O pico foi de 14.2/23.9%.

O “Telejornal” foi o segundo noticiário mais visto e fixou-se nos 9.9 de audiência, com 17.1% de share e 935.200 espectadores fidelizados no bloco apresentado por José Rodrigues dos Santos.

O “Jornal das 8” alcançou uma média de 9.7/16.9%. O serviço noticioso apresentado por José Alberto Carvalho teve 918.300 espectadores em média.

Link to comment
Share on other sites

Audiências. ‘Tempo de Amar’ estreia a liderar em horário nobre

A nova novela da noite da SIC, a brasileira Tempo de Amar, protagonizada por Bruno Cabrerizo, já conhecido dos portugueses de êxitos da ficção nacional como A Única Mulher e Ouro Verde, estreou em primeiro lugar no horário das 23h.

O folhetim, lançado em 2017 pela Globo, já foi transmitido pelo canal brasileiro em território português, mas tem agora a estreia em sinal aberto, substituindo a portuguesa Golpe de Sorte, já na sua última semana de emissão. A estreia de Tempo de Amar correu de feição, fixando 8,2% de audiência média e 24,5% de share, valores acima da concorrente Amar Demais (7,9% / 20,7%) e da média da antecessora.

Golpe de Sorte foi transmitida mais tarde, já depois da meia-noite, e obteve o share mais alto do ano, de 25,7%, com uma audiência média de 6,7%. Em sequência, Totalmente Demais (4,7% / 22,8%) segurou também o primeiro lugar, frente a Big Brother: Extra (4,3% / 20,8%). Durante esta semana, com a chegada de Tempo de Amar, o canal de Paço de Arcos continuará a prolongar a emissão de novelas até perto da uma da manhã.

A SIC, que liderou o dia com 19,6% de quota de mercado, frente a 17,4% da TVI, dominou todo o período noturno. Jornal da Noite (12,9% / 22,5%) bateu Telejornal (9,9% / 17,1%) e Jornal das 8 (9,7% / 16,9%) e as telenovelas Amor Amor (13,3% / 24,8%) e Terra Brava (12,1% / 26,9%) também superaram facilmente Bem Me Quer (10,9% / 20,7%), da TVI, e Joker (4,9% / 9,2%) e Artur Entre Paredes (1,5% / 3,9%), da RTP1.

‘Daytime’ da TVI domina

Se a noite foi da SIC, o dia foi em grande parte da TVI. Dois às 10 (4% / 18,6%) começou a semana a bater Casa Feliz (3,8% / 17,2%), e à tarde as novelas A Única Mulher (4,5% / 16,5%) e Destinos Cruzados (4,1% / 15,4%) venceram Linha Aberta (4% / 15%), o que permitiu mudar o cenário habitual nos horários seguintes.

Júlia (4,1% / 13,5%) cedeu, ao fim de semanas, a liderança a Goucha (4,6% / 15,4%), que esteve em primeiro lugar durante quase toda a emissão. Na RTP1, somaram-se mínimos. A Filha da Lei (1,9% / 6,7%), Os Nossos Dias (1,4% / 5,2%) e A Nossa Tarde (1,7% / 6,1%) ainda não tinham feito tão maus resultados em 2021. O programa da tarde viu mesmo o documentário Ano Novo Chinês, emitido pela RTP2, a aproximar-se, com 0,7% de audiência média e 2,7% de share.

Ao final da tarde foi a ficção a recuperar a performance da SIC, com Viver a Vida (9,2% / 20,9%) a liderar frente a Portugal em Direto (4,3% / 11,3%), Big Brother: Última Hora (7,4% / 18%) e ainda contra os primeiros minutos de O Preço Certo (10,7% / 20,8%).

Êta Mundo Bom! (11,1% / 21,1%) continua acima do milhão de espectadores, mas cedeu a liderança ao concurso da RTP1 quando em confronto direto, não conseguindo manter a vantagem que a SIC trazia. O diário do Big Brother (8,9% / 17,3%) continua em terceiro.

Outros destaques

  • Bom Dia Portugal (1,5% / 16,2%) parece ter voltado a estabilizar na liderança frente a Esta Manhã (1,4% / 12%). Edição da Manhã (0,5% / 10,1%) e Alô Portugal (1,4% / 10,4%) não descolam do terceiro lugar.
  • Primeira Pessoa com José Roquette teve o melhor resultado deste ano: 7,1% de audiência média e 12,4% de share.
  • Mektoub, Meu Amor: Canto Primeiro foi o filme emitido em Tudo Menos Hollywood, da RTP2, com 0,7% de audiência média e 2,5% de share. Na sua parte final chegou a ultrapassar a RTP1.

https://espalhafactos.com/2021/02/16/audiencias-tempo-de-amar-estreia-a-liderar-em-horario-nobre/

Link to comment
Share on other sites

há 1 minuto, Televisão 10 disse:

A brincar neste horário, os resultados são estes. :ph34r:

Os Nossos dias com 1,4 / 5,2... Isso é assustador. A RTP1 conseguiu com sucesso afugentar o seu público fixo de day-time e estar a fazer números de late-night a esta hora :ph34r:

 

Link to comment
Share on other sites

Boa recuperação do daytime da TVI. O Dà10 e o Goucha estiveram bem e as novelas cumpriram. Quanto ao BB, continua a fazer ótimos resultados face a uma TVI que só via aquele horário desde o fim da exibição original do First Dates, apesar de continuar em terceiro às 19h. Esta Manhã faz o que faz, veremos o que acontece com o devido tempo no horário.

Quanto à SIC, se a descida do CF não foi hiper drástica e pelo menos manteve-se perto do Dà10, a Júlia teve um resultado francamente fraco. LA também muito meh. Já VaV e ÊMB estiveram bem, como sempre.

No HN, JdN voltou a comer as concorrentes, nada fora do normal. AA um bocadinho abaixo do costume mas com um bom resultado na mesma; já BMQ esteve fraca. TB o costume. TdA, a grande novidade, teve uma boa estreia, com resultados idênticos aos da estreia de TD+. Vamos ver se a novela é bem tratada a partir de agora, porque o sucesso vai depender inteiramente disso. AD+ manteve o share de BMQ, portanto podia ter sido mais flop. GdS bem. TD+ também bem o suficiente.

PS: Os resultados da tarde da RTP1 são abismais :cryhappy:

Link to comment
Share on other sites

há 6 minutos, tjspy disse:

Os Nossos dias com 1,4 / 5,2... Isso é assustador. A RTP1 conseguiu com sucesso afugentar o seu público fixo de day-time e estar a fazer números de late-night a esta hora :ph34r:

 

Os resultados no início de tarde da RTP 1 já não andavam muito estáveis há algum tempo. Além disso, A Nossa Tarde tem de começar mais tarde por causa da pandemia, o que é estranho.

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...