Jump to content

Vilões e Vilãs da TV


Diogo_M

Recommended Posts

há 6 minutos, LFTV disse:

Vendo por esse lado até concordo. Mas a Fátima gostava da filha...

Não não amava, era mãe dela, e cumpria as obrigações sociais de uma mãe, mas o futuro que ela queria para a filha é que ela casasse com um homem qualquer e que fosse trabalhar o resto da vida num supermercado, ou seja que fosse uma sopeira como ela.

Não amava ninguém @Forbidden, e o Bruno? Ela amou-o, e que raio é que ele fez? Abandonou-a roubando-lhe tudo (deu-se mal por conta da Lidia), nem no amor a rapariga teve sorte, por isso é incompreendida sim. 

Edited by JDuarte
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 691
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

há 7 minutos, LFTV disse:

A Raquel sim não era uma santa. Casou com o homem, que esteve implicado (indirectamente) na morte do marido dela.

Eu odeio-o a Raquel, é a personagem que mais detestei na ficção nacional, nojenta, devia ter acabado mal e não como acabou. :@ 

Link to comment
Share on other sites

há 4 minutos, JDuarte disse:

Não não amava, era mãe dela, e cumpria as obrigações sociais de uma mãe, mas o futuro que ela queria para a filha é que ela casasse com um homem qualquer e que fosse trabalhar o resto da vida num supermercado, ou seja que fosse uma sopeira como ela.

Não amava ninguém @Forbidden, e o Bruno? Ela amou-o, e que raio é que ele fez? Abandonou-a roubando-lhe tudo (deu-se mal por conta da Lidia), nem no amor a rapariga teve sorte, por isso é incompreendida sim. 

A mãe não era sopeira nenhuma, era uma mulher honesta que trabalhava, que tratava bem os filhos e lhes dava o que podia. A Maria Laurinda queria era boa vida e não queria trabalhar, agora ela é que é a vitima queres ver? :lol:

O que ela sentia pelo Bruno não era bem amor, era mais atração sexual que outra coisa.

Pra mim ela teve foi sorte de ficar livre no final, não pagou por nada do que fez.

Edited by Forbidden
  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 4 minutos, Forbidden disse:

A mãe não era sopeira nenhuma, era uma mulher honesta que trabalhava, que tratava bem os filhos e lhes dava o que podia. A Maria Laurinda queria era boa vida e não queria trabalhar, agora ela é que é a vitima queres ver? :lol:

O que ela sentia pelo Bruno não era bem amor, era mais atração sexual que outra coisa.

Pra mim ela teve foi sorte de ficar livre no final, não pagou por nada do que fez.

A Fatima tratava bem a Maria Laurinda? Ela gostava mais da Rita que da filha.

Era amor sim, ela fez tudo pelo Bruno, amou-o sim, disso não há duvida.

Acabou bem? E a Raquel e a Rita acabaram como?

Edited by JDuarte
  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 6 minutos, JDuarte disse:

Não não amava, era mãe dela, e cumpria as obrigações sociais de uma mãe, mas o futuro que ela queria para a filha é que ela casasse com um homem qualquer e que fosse trabalhar o resto da vida num supermercado, ou seja que fosse uma sopeira como ela.

Não amava ninguém @Forbidden, e o Bruno? Ela amou-o, e que raio é que ele fez? Abandonou-a roubando-lhe tudo (deu-se mal por conta da Lidia), nem no amor a rapariga teve sorte, por isso é incompreendida sim. 

Eu acho que a Fátima gostava da filha mas também não tinha dinheiro para lhe dar tudo. Até porque a Maria Laurinda ainda contou com a ajuda da mãe muitas vezes durante a novela. Até mesmo quando ela quis ter um filho do Afonso.

E conta-se pelos dedos as vezes que a Maria Laurinda trabalhou durante a novela.:haha:

Link to comment
Share on other sites

há 1 minutp, JDuarte disse:

A Fatima tratava bem a Maria Laurinda? Ela gostava mais da Rita que da filha.

Era amor sim, ela fez tudo pelo Bruno, amou-o sim, disso não há duvida.

Acabou bem? E a Raquel e a Rita acabaram como?

A Maria Laurinda humilhava e desprezava a mãe constantemente, e apesar disso ela ainda a amava. E da forma como a Maria Laurinda tratava a mãe não merecia NADA da parte dela, foi uma mal agradecida e uma cabra do pior.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 1 minutp, Forbidden disse:

A Maria Laurinda humilhava e desprezava a mãe constantemente, e apesar disso ela ainda a amava. E da forma como a Maria Laurinda tratava a mãe não merecia NADA da parte dela, foi uma mal agradecida e uma cabra do pior.

Ela gostava tanto da filha que invés de lhe dar um bom cargo na Limparte a meteu a esfregar o chão da Editora sobre as humilhações da Raquel, que grande mãe.

E eu percebo a Maria Laurinda, pois há pessoas que têm que lutar por tudo na vida, e as vezes quanto mais lutam mais ficam na m*rda, outras não precisam de fazer um c*ralho pois conseguem tudo como foi o caso da Rita e da Raquel, que ficaram ricas e encontraram o amor, a Maria Laurinda nada, nada.

Link to comment
Share on other sites

há 1 minutp, JDuarte disse:

Ela gostava tanto da filha que invés de lhe dar um bom cargo na Limparte a meteu a esfregar o chão da Editora sobre as humilhações da Raquel, que grande mãe.

E eu percebo a Maria Laurinda, pois há pessoas que têm que lutar por tudo na vida, e as vezes quanto mais lutam mais ficam na m*rda, outras não precisam de fazer um c*ralho pois conseguem tudo como foi o caso da Rita e da Raquel, que ficaram ricas e encontraram o amor, a Maria Laurinda nada, nada.

Mas ela não lutou por nada, a não ser que consideres enganar e manipular homens pra subir na vida como "lutar". Quem lutou verdadeiramente foi a Fatima, que com o seu trabalho honesto e o seu esforço subiu na vida pelo seu proprio valor, coisa que a Maria Laurinda nunca fez, quis sempre subir na vida pelos outros e nunca pelo seu proprio valor ou esforço.

Edited by Forbidden
Link to comment
Share on other sites

há 1 minutp, Forbidden disse:

Mas ela não lutou por nada, a não ser que consideres enganar e manipular homens pra subir na vida como "lutar". Quem lutou verdadeiramente foi a Fatima, que com o seu trabalho honesto e o seu esforço subiu na vida pelo seu proprio valor, coisa que a Maria Laurinda nunca fez, quis sempre subir na vida pelos outros e nunca pelo seu proprio valor ou esforço.

Eu nunca disse que a Maria Laurinda não é vilã e uma cabra, porque isso é, agora é incompreendida sim, olha a Luísa Albuquerque essa mereceu tudo, pois desprezou o amor do Pedro para tornar-se rica, e quando o Mario ficou pobre desprezou o amor dele para ir roubar o marido da amiga, a Luísa teve a felicidade nas mãos e deitou-a fora, a Maria Laurinda não tinha nada, tinha que lutar pela felicidade.

Link to comment
Share on other sites

há 2 minutos, JDuarte disse:

Eu nunca disse que a Maria Laurinda não é vilã e uma cabra, porque isso é, agora é incompreendida sim, olha a Luísa Albuquerque essa mereceu tudo, pois desprezou o amor do Pedro para tornar-se rica, e quando o Mario ficou pobre desprezou o amor dele para ir roubar o marido da amiga, a Luísa teve a felicidade nas mãos e deitou-a fora, a Maria Laurinda não tinha nada, tinha que lutar pela felicidade.

Achas que a Maria Laurinda preferia ir viver pobre com o Bruno ou ficar com outro qualquer e viver rica?! Obvio que a segunda opção. Pra ela a prioridade sempre foi o dinheiro, e queria consegui-lo a todo o custo (e sem ter que trabalhar pra isso como a mãe fez).

Link to comment
Share on other sites

há 1 minutp, Forbidden disse:

Achas que a Maria Laurinda preferia ir viver pobre com o Bruno ou ficar com outro qualquer e viver rica?! Obvio que a segunda opção. Pra ela a prioridade sempre foi o dinheiro, e queria consegui-lo a todo o custo (e sem ter que trabalhar pra isso como a mãe fez).

Sinceramente não sei, ela deitou tudo a perder por conta dele, se não fosse o Bruno a Maria Laurinda tinha conseguido tudo.

E a anta da mãe, de mãe não tem nada, á primeira oportunidade virou as costas á filha, mãe foi a Violante de Remedio Santo, que após a filha ter matado, torturado, incendiado casas, manipular e mentir, nunca a renegou e tentou sempre ajudar a filha, já a Fatima quando estava bem até na Maria Laurinda pisou.

Eu consigo ver o lado da Maria Laurinda, já de outra vilãs tipo Pilar não as percebo, são só estúpidas.

Link to comment
Share on other sites

há 3 minutos, JDuarte disse:

Sinceramente não sei, ela deitou tudo a perder por conta dele, se não fosse o Bruno a Maria Laurinda tinha conseguido tudo.

E a anta da mãe, de mãe não tem nada, á primeira oportunidade virou as costas á filha, mãe foi a Violante de Remedio Santo, que após a filha ter matado, torturado, incendiado casas, manipular e mentir, nunca a renegou e tentou sempre ajudar a filha, já a Fatima quando estava bem até na Maria Laurinda pisou.

Eu consigo ver o lado da Maria Laurinda, já de outra vilãs tipo Pilar não as percebo, são só estúpidas.

Porque será?! Porque a filha sempre a maltratou, nunca demonstrou o mínimo de amor e gratidão! É suposto ela ser masoquista e levar sempre pancada da filha?! Agora por ela já ser rica queria ser amiguinha da mãe, apenas por interesse, e a Fátima sabia disso muito bem, por isso e que não foi na cantiga dela.

 

Edited by Forbidden
  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

há 1 minutp, Forbidden disse:

Porque será?! Porque a filha sempre a maltratou, nunca demonstrou o mínimo de amor e gratidão! É suposto ela ser masoquista e levar sempre pancada da filha?! Agora por ela já ser rica queria ser amiguinha da mãe, apenas por interesse, e a Fátima sabia disso muito bem.

Mãe é mãe.

Mas voltando ao assunto da pergunto, acho sim a Maria Laurinda incompreendida, e só fez o que fez para poder ser feliz, já por exemplo a Pilar, destruiu o casamento com o Jorge, e perdeu o amor do filho, por ser uma racista do pior, essa era bem feita que acabasse mal como tudo.

Link to comment
Share on other sites

há 4 minutos, JDuarte disse:

Mãe é mãe.

Mas voltando ao assunto da pergunto, acho sim a Maria Laurinda incompreendida, e só fez o que fez para poder ser feliz, já por exemplo a Pilar, destruiu o casamento com o Jorge, e perdeu o amor do filho, por ser uma racista do pior, essa era bem feita que acabasse mal como tudo.

Mãe é mãe, mas não é por isso que tem que aceitar os maltratos dos filhos. O amor tem que ser reciproco, e a Maria Laurinda nunca demonstrou amor pela mãe.

A Pilar tem uma obsessão pelo filho, mas nem dá bem pra perceber porquê. Não é apenas por a Mara ser negra, porque ela não teve problemas com a Sara a namorar com um negro. Ela quer o filho só pra si basicamente, é possessiva. Quanto ao Jorge, ela nunca o amou, apenas o usou pra subir na vida. Ela amava o António, mas foi rejeitada por ele no final da 1ª temporada, e com isso fechou de vez o seu coração.

Apesar de tudo consigo gostar mais da Pilar que da Maria Laurinda por causa do seu sentido de humor, ela já me proporcionou muitas gargalhadas.

Edited by Forbidden
Link to comment
Share on other sites

Mas eu defendo a Maria Laurinda nem é no vs Fatima, pois até consigo perceber o lado da sopeira, defendo a Maria Laurinda no Maria Laurinda vs Rita, que nunca precisou de fazer nada para conseguir o dinheiro que a Maria Laurinda queria, o amor da família, e amor de um homem, coisas que a Maria Laurinda nunca teve direito, e o Maria Laurinda vs Raquel, a ML devia ter trucidado aquela anta nojenta, que estava sempre a tentar f*der a Maria Laurinda por que era má pessoa, mas o Gonçalinho que era pior que ela, até a família meteu na rua, ela já o achava o melhor homem do mundo.

Link to comment
Share on other sites

há 3 minutos, André Sousa disse:

Ela acabou mal, porque casou com um homem que fez mal a toda a gente e sabemos lá que mal ele lhe poderia fazer.
Eu acho que o Vilhena lhe deu um mau final indiretamente.

Eu acho que ele a ele não lhe faria mal, pelo menos desde que ela não se torne numa ameaça pra ele... mas sim, não é propriamente um final feliz, vai viver uma vida falsa.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

há 8 horas, JDuarte disse:

Mas eu defendo a Maria Laurinda nem é no vs Fatima, pois até consigo perceber o lado da sopeira, defendo a Maria Laurinda no Maria Laurinda vs Rita, que nunca precisou de fazer nada para conseguir o dinheiro que a Maria Laurinda queria, o amor da família, e amor de um homem, coisas que a Maria Laurinda nunca teve direito, e o Maria Laurinda vs Raquel, a ML devia ter trucidado aquela anta nojenta, que estava sempre a tentar f*der a Maria Laurinda por que era má pessoa, mas o Gonçalinho que era pior que ela, até a família meteu na rua, ela já o achava o melhor homem do mundo.

Mas a Maria Laurinda era pior que a Rita e a Raquel. Porque estas mesmo com os seus defeitos mantinham alguns princípios. E eu nem gostava da Raquel. E a Rita não tinha culpa dos azares da Maria Laurinda. A Rita nem fazia mal a ninguém. Já a Maria Laurinda até era capaz de vender o próprio filho. Filho que quis ter por dinheiro. 

E pensando bem a Maria Laurinda nem teve um mau final. Continuou a fazer das suas por dinheiro. Ela nem foi uma vilã muito castigada no final. O final da Raquel foi continuar a ser enganada por o Gonçalo. Pensando bem a Raquel pode ter acabado pior que a Maria Laurinda.

Edited by LFTV
  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 6 horas, André Sousa disse:

Ela acabou mal, porque casou com um homem que fez mal a toda a gente e sabemos lá que mal ele lhe poderia fazer.
Eu acho que o Vilhena lhe deu um mau final indiretamente.

Sim, eu penso o mesmo. Acho que o objectivo foi mesmo ela ter um mau final indirectamente.

Link to comment
Share on other sites

@JDuarte A sério que achas a Maria Laurinda incompreendida?! :O Deixa-me enumerar-te a lista de monstruosidades que esta rapariga fez... 

1. Ela deixou que a própria mãe fosse presa por um crime que ela cometeu.

2. Nunca foi visitar a Fátima á cadeia. 

3. Quando a Fátima finalmente saiu de lá de dentro o que é que a "Laurindinha" fez para se livrar da mãe? Tentou incriminá-la por um roubo para que ela fosse presa novamente! :|

4. No dia do tão aguardado casamento entre o Afonso e a Maria Laurinda, o que é que esta última disse quando encontrou a mãe e toda a sua família á entrada da mansão dos Martins de Mello?! Que não os conhecia de lado nenhum! E ainda disse ao segurança para chamar polícia! Esta cena ficou-me engasgada até hoje, para te ser franca. :|

5. Chantageou o Fausto, dizendo que ia revelar á Antónia que ele tinha duas amantes caso ele não a deixasse ficar lá em casa. Está bem que o Fausto era um pulha da pior espécie, mas se ela fosse uma pessoa decente e de carácter a primeira coisa que fazia era contar tudo á Antónia, que coitada fora enganada uma vida inteira pelo marido e ainda passou pelo sofrimento de chorar a morte de dois filhos. :crying:

6. Teve o descaramento de dizer aos Martins de Mello que a Raquel havia dito que o Pedro roubou um relógio do Gonçalo. Ou seja difamou e desrespeitou a memória de uma pessoa que já cá não estava para se defender. 

7. Enganou (mais uma vez) a mãe quando descobriu que ela estava bem na vida, escrevendo cartas lamechas e, pior que isso,fazendo-se passar por morta para conseguir o perdão da mãe!

8. Engravidou de um homem que nunca amou, recorrendo á inseminação artificial. Ela pôs uma criança no mundo sem sentir qualquer espécie de amor ou afecto por ela, tudo isto por conta da sua ambição desmedida pela fortuna dos Martins de Melo! 

9. A pior de todas as maldades cometidas por este verme: Tentar vender o próprio filho a troco de dinheiro! :angry:

10. Abdicou dos seus direitos como mãe pelo dinheiro dos Martins de Mello, num acordo assinado pela Antónia. 

11. Terminou a novela a fazer aquilo que sempre fez de melhor: A enganar mais um "ótario" cheio de dinheiro. 

Se me esqueci de alguma coisa, por favor elucidem-me! :haha:

 

  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

Eu elucido-te Maya:

12 - Coutou ao Artur que a Teresa o traia a ponto de estragar uma casamento de 50 anos.

13 - Envenenou o Bernardo contra a Rita, acabando com a relação deles

14 - Forejou uma cassete falsa para a Raquel a roubar, fazendo-a passar por mentirosa

15 - Contou a toda a família que a Raquel andava enrolada com o Gonçalo

16 - Denunciou o caso da Helena e do Fausto, obrigando a rapariga a ter depois que fugir

17 - Desmascarou a Beatriz perante a Daniela só porque a Lidia tinha um caso com o Bruno

18 - Chantajou a Lidia para esta acabar com o casamento do Afonso

19 - "Roubou" o anel de noivado da mãe para conseguir uns trocos, com a desculpa que era para ajudar a avó.

20 - Drogou a própria avó.

21 - Mandou o Bruno bater no pai para que este não contasse do síndrome

22- Incriminou a colega de cela da mãe para esta ser expulsa de casa.

23 - Sabia da relação do Fernando com a Barbara e deixou a Fatima viver uma ilusão.

24 - Roubou a cassete da casa dos Martins de Melo

Que vilã Meu Deus, que vilã já não se fazem vilãs assim, agora é só assassinas flopadas. :sleep: 

Edited by JDuarte
  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

há 3 minutos, JDuarte disse:

Eu elucido-te Maya:

12 - Coutou ao Artur que a Teresa o traia a ponto de estragar uma casamento de 50 anos.

13 - Envenenou o Bernardo contra a Rita, acabando com a relação deles

14 - Forejou uma cassete falsa para a Raquel a roubar, fazendo-a passar por mentirosa

15 - Contou a toda a família que a Raquel andava enrolada com o Gonçalo

16 - Denunciou o caso da Helena e do Fausto, obrigando a rapariga a ter depois que fugir

17 - Desmascarou a Beatriz perante a Daniela só porque a Lidia tinha um caso com o Bruno

18 - Chantajou a Lidia para esta acabar com o casamento do Afonso

19 - "Roubou" o anel de noivado da mãe para conseguir uns trocos, com a desculpa que era para ajudar a avó.

20 - Drogou a própria avó.

21 - Mandou o Bruno bater no pai para que este não contasse do síndrome

22- Incriminou a colega de cela da mãe para esta ser expulsa de casa.

23 - Sabia da relação do Fernando com a Bernardo e deixou a Fatima viver uma ilusão.

24 - Roubou a cassete da casa dos Martins de Melo

Que vilã Meu Deus, que vilã já não se fazem vilãs assim, agora é só assassinas flopadas. :sleep: 

Então sempre concordas comigo quando digo que a Maria Laurinda não é incompreendida nenhuma ou algo que se pareça. Ela agia como agia por pura maldade e/ou conforme as suas conveniências. 

Concordo a 100% quando dizer que já não se fazem vilãs assim. :| Talvez gostasses da Melissa de 'Além do Tempo', que não era uma vilã que desatasse a matar a torto e a direito para conseguir o que queria, embora estivesse a "anos luz" de ser tão má quanto a Maria Laurinda.  

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...