Jump to content

Vilões e Vilãs da TV


Diogo_M

Recommended Posts

  • Replies 691
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

há 2 minutos, Maya disse:

A Mafalda era super do bem. a mãe dela (Madalena) é que era má como ás cobras!

Obrigado por me elucidares. Apesar de ter gostado da novela, já deu há muito tempo, não me lembro de tudo. Agora que falaste, veio-me à cabeça que ela era um bocado revoltada por causa da mãe, mas não era de todo vilã. :)

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 30 minutos, Ivo disse:

Obrigado por me elucidares. Apesar de ter gostado da novela, já deu há muito tempo, não me lembro de tudo. Agora que falaste, veio-me à cabeça que ela era um bocado revoltada por causa da mãe, mas não era de todo vilã. :)

Ela no final até conseguiu fazer com que o público torce-se para que ela ficasse com o JP, par romantico da Diana Chaves, e que por sinal era um ator medonho! :|

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 1 hora, LFTV disse:

Alguém se lembra da Bá? a grande vilã de Baía das Mulheres. Era super louca. A primeira grande personagem da Andreia Dinis.

Eu lembro-me bem dela, mas acho que desde então ela nunca mais conseguiu dar vida a uma personagem tão marcante quanto a sua Bá. :dontknow:

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 5 horas, GonçaloFerreira disse:

Quais acham que foram as vilãs mais mal interpretadas da ficção nacional ?

Sofia Ribeiro Doce Tentação.

há 29 minutos, GonçaloFerreira disse:

Eu queria dizer mal compreendidas 

A Lena dos Jardins Proibidos, a Marcia do Deixa que te leve, a Helena do Remedio Santo, a Maria Laurinda de Tempo de Viver, Patricia Louco Amor, Sofia (Belmonte) e Sara (A Unica Mulher).

Link to comment
Share on other sites

há 3 minutos, JDuarte disse:

Sofia Ribeiro Doce Tentação.

A Lena dos Jardins Proibidos, a Marcia do Deixa que te leve, a Helena do Remedio Santo, a Maria Laurinda de Tempo de Viver, Patricia Louco Amor, Sofia (Belmonte) e Sara (A Unica Mulher).

A Maria Laurinda era uma interesseira, não acho que tenha sido mal incompriendida. A Márcia, Helena e Patrícia só queriam separar um casalinho, eram malucas. 

A Lena talvez, mas ela era muito má. As outras que referis-te eu não conheço. 

Eu acho que a Luíza Albuquerque tinha mais motivos, eu pelo menos estava sempre do lado dela, do que essas todas. Se bem que a Sara do "Fala-me de Amor" foi a vilã com mais motivos para fazer aquilo que fez.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 12 minutos, LFTV disse:

A Maria Laurinda era uma interesseira, não acho que tenha sido mal incompriendida. A Márcia, Helena e Patrícia só queriam separar um casalinho, eram malucas. 

A Maria Laurinda era uma incompreendida sim, nunca teve o amor da familia dela que olhavam para ela como uma ovelha negra, enquanto que a Ritinha era prefeitinha, lutou por tudo o que quis e não conseguiu, e quem conseguiu e sem o minimo esforço? A Ritinha, que já tinha amigas que a adoravam, família que gostava dela, e até o amor a Rita teve oportunidade de conhecer.

A Maria Laurinda teve o quê? Uma abentesma como mãe, que quando é alguma coisa na vida e motivo de orgulho para a filha, renega -a ponto de ela ter que se fingir de morta para a mãe a aceitar de volta, o amor ela nunca teve oportunidade de o viver, enquanto que as antas da Raquel e da Ritinha tiveram e ainda por cima com homens ricos e como se isso não bastasse faziam questão de esfregar a felicidade delas na cara, eu no lugar da Maria Laurinda também ficava tolo da cabeça.

E a Marcia, já não bastava a a outra ser condensa e rica, ainda roubou a única coisa que a Marcia teve na vida? Coitada da Marcia.

Edited by JDuarte
Link to comment
Share on other sites

há 6 minutos, JDuarte disse:

A Maria Laurinda era uma incompreendida sim, nunca teve o amor da familia dela que olhavam para ela como uma ovelha negra, enquanto que a Ritinha era prefeitinha, lutou por tudo o que quis e não conseguiu, e quem conseguiu e sem o minimo esforço? A Ritinha, que já tinha amigas que a adoravam, família que gostava dela, e até o amor a Rita teve oportunidade de conhecer.

A Maria Laurinda teve o quê? Uma abentesma como mãe, que quando é alguma coisa na vida e motivo de orgulho para a filha, renega -a ponto de ela ter que se fingir de morta para a mãe a aceitar de volta, o amor ela nunca teve oportunidade de viver o amor, enquanto que as antas da Raquel e da Ritinha tiveram e ainda por cima ricos e faziam questão de esfregar a felicidade delas na cara, eu no lugar da Maria Laurinda também ficava tolo da cabeça.

E a Marcia, já não bastava a a outra ser condensa e rica, ainda roubou a única coisa que a Marcia teve na vida? Coitada da Marcia.

Vendo por esse lado até concordo. Mas a Fátima gostava da filha...

A Raquel sim não era uma santa. Casou com o homem, que esteve implicado (indirectamente) na morte do marido dela.

Edited by LFTV
Link to comment
Share on other sites

há 8 minutos, JDuarte disse:

A Maria Laurinda era uma incompreendida sim, nunca teve o amor da familia dela que olhavam para ela como uma ovelha negra, enquanto que a Ritinha era prefeitinha, lutou por tudo o que quis e não conseguiu, e quem conseguiu e sem o minimo esforço? A Ritinha, que já tinha amigas que a adoravam, família que gostava dela, e até o amor a Rita teve oportunidade de conhecer.

A Maria Laurinda teve o quê? Uma abentesma como mãe, que quando é alguma coisa na vida e motivo de orgulho para a filha, renega -a ponto de ela ter que se fingir de morta para a mãe a aceitar de volta, o amor ela nunca teve oportunidade de o viver, enquanto que as antas da Raquel e da Ritinha tiveram e ainda por cima com homens ricos e como se isso não bastasse faziam questão de esfregar a felicidade delas na cara, eu no lugar da Maria Laurinda também ficava tolo da cabeça.

E a Marcia, já não bastava a a outra ser condensa e rica, ainda roubou a única coisa que a Marcia teve na vida? Coitada da Marcia.

Hã? Devemos ter visto novelas diferentes... a Maria Laurinda teve o amor da mãe, ela é que a maltratava sempre e tinha vergonha dela por não ser rica. Ela só pensava no dinheiro e no poder, mais nada, não era capaz de amar ninguém pra além de si mesma.

Edited by Forbidden
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...