Jump to content

Ficaremos Juntos


_zapping_
 Share

Recommended Posts

  • Replies 154
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

  • 3 weeks later...

Ante-estreia

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Até que ponto um homem consegue esquecer um passado de traição e seguir em frente sem mágoa?

Rodrigo é um homem traído por quem se apaixona. Foi assim no passado e, no presente, essa sina parece persegui-lo. Tenta dar uma volta à sua vida, mas a ex-namorada, a namorada e a prima da namorada - Paula, Sónia e Rita, respectivamente - prometem não facilitar-lhe a vida...

Elas são três mulheres decididas a lutar por um grande amor... um amor pelo mesmo homem! Se de um lado temos uma ex-namorada sempre pronta, ano após ano, a perseguir a pessoa que ama, decidida a esquecer o passado, do outro temos duas primas dispostas a mentir, a criar esquemas, a quebrarem os laços de sangue que as unem para alcançarem o mesmo coração.

Rodrigo vai-se ver envolto numa teia de segredos. E, assim que estes se vão desvendando, nem sempre o caminho certo é o escolhido. Assim que uma mentira se sobrepõe a outra, as mulheres por quem se apaixona vão sendo descartadas... mas conseguirá um grande amor resistir à dor que não se apagou com o tempo? Ou ficará, Rodrigo, sensibilizado com a dor de quem está a enfrentar as consequências de uma doença?

Rodrigo terá que fazer escolhas e saber quem é que o merece verdadeiramente. Ele irá escolher entre três mulheres, mas será que uma pessoa comete o mesmo erro três vezes?

Genérico

Link to comment
Share on other sites

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

- Queres casar comigo? – perguntou Rodrigo.

- É o que eu mais quero em toda a minha vida. – respondeu, apaixonadamente, Sónia.

Beijaram-se intensamente. Eram quatro da tarde e estava bastante quente para aquele final de verão. Já tinha corrido mais de metade do mês de Setembro. Combinaram encontrar-se naquela tarde no Jardim do Príncipe Real. Rodrigo tinha-lhe dito que lhe queria pedir algo, mas Sónia nunca tinha imaginado que ele ansiava dar o grande passo.

Já namoravam há quatro anos e meio. Quando se conheceram, Rodrigo tinha saído de um relacionamento complicado, segundo ele. Nunca contou a Sónia o que se tinha passado, apenas que estava disposto a esquecer tudo e a começar uma nova relação. Ela também nunca o questionou, pois sabia o quanto lhe doía falar do que aconteceu.

Sónia olhou para o relógio.

- Já são quatro e dez? Oh, meu Deus, já estou atrasada…

- Onde vais? – questionou Rodrigo.

- Vou ao Centro de Saúde. Tenho uma consulta marcada.

- Porquê? Está tudo bem? Tens alguma coisa?

- Não te preocupes… é… uhm… uma consulta de rotina. Coisas de mulher, sabes? Uhm… Não vais querer saber os detalhes, pois não?

- Só se o médico não for um tipo todo musculado!

- Claro que não! – riu-se – Eu tenho uma médica de família e não um médico!

Beijaram-se mais uma vez. Já com o anel de noivado no dedo, Sónia levantou-se da relva onde estavam sentados. Largou a sua mão da do Rodrigo e este continuou sentado a vê-la caminhar em direcção ao carro. Entrou no seu Seat Ibiza branco e partiu.

Poucos segundos depois, o telemóvel de Rodrigo tocou. Este olhou para o visor e viu que se tratava de uma chamada anónima. Não hesitou e atendeu.

- Sim?

- Sou eu… – disse uma voz feminina do outro lado.

- Paula?! O que é que tu queres? Como arranjaste o meu número? – questionou Rodrigo.

- Isso agora não interessa…

- Interessa, sim! Eu estou cansado de mudar de número por tua causa. Esquece-me de uma vez por todas, porque eu já te esqueci há muito tempo.

- Não esqueceste nada! Tu amas-me. Amas-me tal como eu te amo.

- Cala-te, louca! – gritou Rodrigo – Apaga o meu número do teu telemóvel, Paula.

- Eu não consigo viver sem ti…

- Já passaram cinco anos desde que terminámos. Tiveste tempo suficiente para começares a viver a tua vida com uma pessoa que te ame verdadeiramente. Nem sei se já te perdoei por aquilo que fizeste…

- Eu não quis que as coisas terminassem daquela maneira.

- Não te esqueças que foste tu que escolheste assim.

- Posso ter feito tudo sem o teu consentimento, mas eu tinha vinte anos. Era muito nova e estava assustada…

- Não me interessa. Esquece o passado, esquece tudo o que vivemos, esquece que eu existo!

Rodrigo desligou. Tirou o som ao telemóvel para o poder ignorar caso ela voltasse a ligar. Mas não voltou! Rodrigo estava cansado de fugir de Paula, a sua ex-namorada.

Eram quase quatro e meia da tarde quando Sónia entrou no Centro de Saúde. Não estava muita gente para ser consultada. Possivelmente, era a última utente do dia da sua médica. Nem mesmo a sala de espera das Urgências estava com muito movimento. Àquela hora, muita gente daquela cidade estaria na praia, caso não estivesse a trabalhar.

- Sónia Pereira dos Santos. – chamou a administrativa.

- Sou eu. – respondeu-lhe Sónia e levantou-se.

- Pode entrar. A Dr.ª Joana Medina está à sua espera. O seu consultório fica ao fundo do corredor à esquerda.

- Sim, eu sei. – sorriu – Obrigada.

Sónia entrou por uma porta que dava para o corredor onde havia vários consultórios. Percorreu esse corredor até chegar ao fim do mesmo. Bateu à porta do consultório da sua médica de família, até que, do outro lado, a mandaram entrar. Abriu a porta e entrou.

- Sónia, entre. Como está? Sente-se, esteja à vontade. – disse a Dr.ª Joana. A sua utente sentou-se.

- Estou bem, obrigada. Quer dizer… penso eu! Isso vai depender do que terá para me dizer, do resultado dos meus exames.

- Sim, mas estou a falar do seu dia-a-dia, da sua vida sentimental. Está tudo a correr bem?

- Ah, maravilhosamente bem. – riu-se – Mas, diga-me, doutora: qual é o resultado dos meus exames?

- Não esteja impaciente. Agora precisa de estar, acima de tudo, calma.

- Se não me disser o resultado dos exames, não vou conseguir ficar calma! Mas, se está a dizer isso, é porque o resultado é negativo, Doutora?

- Sónia, quase tudo nesta vida tem solução. E eu garanto-lhe que o seu problema tem solução. – fez uma pausa – Em relação aos exames que fez, estes acusaram que os quistos que tem no útero são malignos.

http://www.tvuniverso.com/Ficaremos-Jun ... sodio.html

Link to comment
Share on other sites

Gostei do primeiro episódio. A história parece-me interessante. Deixou-me curiosidade para o próximo, principalmente pelos temas "cancro" e ex-namorada maluca... Além disto está bem escrita.

Uma dúvida, a Seat patrocina a série? :laugh_mini:

Link to comment
Share on other sites

Não, a Seat não patrocina a série... :laugh_mini: Mas há detalhes que ficam sempre bem!

O próximo episódio promete ser bastante revelador, pois ficaremos a saber o que é que a Sónia irá fazer em relação à sua "doença", as atitudes que vai ter e os planos muito bem pensados para que nada saia do seu controlo. E, calro, dar-se-á a chegada da sua prima Rita (se bem que não entra logo em acção! :laugh_mini: ).

Link to comment
Share on other sites

Escreves bem e isso é óptimo, pois sabes, através da maneira como escreves, atrair a atenção do leitor.

Obrigado. B)

A história tem um total de 12 episódios. Eu estruturei a história de modo a que, em cada episódio, aconteça algo novo, haja novidades, seja empolgante. Vamos ver é se resulta. :laugh_mini:

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...