Jump to content

Coco


Manu Tenry

Recommended Posts

Holla amigos! Cá estou yo de volta, com o mesmo logo e tudo! Sou como a SIC, apesar de quase estarem a celebrar os 26 anos do canal, continuam com o logo SIC 25 anos :P Só que eu continuo com o meu antigo nick.

Manu%2Bpedia.png

O filme que vou falar hoje, é um filme que vi recentemente vi e que fiquei completamente rendido. Falo de Coco, o filme Disney-Pixar do natal de 2017.

Coco, refere vários temas como a morte, o amor pela família, a luta pela conquista de um sonho e como uma ilusão nos faz ficar "cegos".

coco.PNG

Esta longa metragem é passada numa pequena cidade do México, onde celebram com grande pompa e circunstância, o Dia dos Mortos(Dia de Los Muertos). Como núcleo principal, temos uma determinada família que odeiam música mas onde tem um pequeno rapaz travesso que adora, Miguel Rívera.

Imagem relacionada

Anos passados, a trisavó de Miguel, Imelda foi abandonada com uma criança pequena por cuidar(a Coco), pelo marido que quis seguir o seu sonho de se tornar um músico de sucesso, nunca mais tendo voltado. Imelda jurou que iria banir a música na sua vida, arregaçou as mangas, e fez-se ao trabalho. Aprendeu a fazer sapatos tornando este o principal negócio da família por gerações.

 

Na atualidade do filme, vemos a família de Miguel a continuar o negócio da sapataria e como sempre a odiar a música, especialmente a avó Abuelita, filha de Coco. Miguel tem o sonho secreto de ser músico tal como seu trisavô, toca num esconderijo para ninguém da família descubra. O menino tem uma grande admiração por um artista de grande gabarito de outros tempos chamado Ernesto de La Cruz! Tem uma data cassetes, vinis do artista onde vê os vários filmes, concertos e entrevistas que lhe dão inspiração.

 

No Dia de los Muertos, todas a famílias têm um altar onde colocam as fotografias dos seus entes-queridos falecidos, com oferendas e decorados com flores malmequer cor de laranja. Para que os espíritos dos familiares possam-lhes visitar e celebrar com eles.

A família Rívera não é diferente, aliás até são capazes de ser os mais entusiastas nesta celebração.

     altar.PNG

Dante, um cão vadio meio doido que Miguel cuida, ataca a comida das oferendas e Miguel tenta tira-lo de lá, só que nisto o cão puxa uma toalha e a fotografia da Mamã Imelda(lá eles tratam os parentes mais velhos por mamã ou papá) cai e a moldura parte-se. Na foto é retratada, Imelda, Coco em pequena e o marido, este de cara rasgada(ficamos sem saber a identificação do senhor). Miguel apanha-a e observa que a foto está dobrada, ao estica-la descobre que o marido de Imelda segurava uma guitarra muito familiar, a guitarra do seu ídolo Ernesto de La Cruz! Miguel acha que Ernesto possa ser o seu trisavô.

retrato.PNG

Miguel sabe de um concurso de caça-talentos e decide participar. Ele confronta a família e conta a sua descoberta e querendo assim participar no concurso para ser um músico de sucesso como Ernesto. Os pais e avó impedem-no, Abuelita é mais drástica e destrói-lhe a sua guitarra! Miguel devastado foge de casa.

destroi%2Bgitarra.PNG

Miguel está decidido em participar na mesma no tal concurso, no entanto precisa de arranjar uma guitarra. Nenhum dos concorrentes lhe empresta uma, e então ao desabafar com a estátua de De La Cruz, Miguel tem ideia de ir ao jazigo do falecido artista e pegar-lhe a guitarra, afinal de contas eram família.

jazigo.PNG

Entretanto, a família do jovem músico andavam preocupados à sua procura. Miguel invade o jazigo e pega no instrumento musical, ao experimenta-lo, algo aconteceu! Os habitantes dão por falta da guitarra e entram no jazigo, Miguel tenta desculpar-se mas ninguém o ouve e é trespassado por um deles.

folhas.PNG

Miguel assustado foge como se tivesse visto um fantasma, ele vê os pais mas não consegue os tocar e nem eles o ouvem. Cai numa cova, uma senhora ajuda-o mas quando ele a vê apanha um cagaço daqueles, pois era uma mulher esqueleto, e esta também se assusta por ver um humano vivo. O menino desata a correr apavorado, só tropeça em esqueletos e mais esqueletos vivos.

esqueletos.PNG

Ele esconde-se não percebendo o que estava acontecer, não parecia ser um sonho pois estava acordado, até que do nada é contemplado por uma lambidela do seu cão Dante! Este consegue vê-lo e tocar-lhe.

labida.PNG

O cão apalermado corre sabe-se lá para onde e Miguel segui-o. Este vai de encontro a um dos seus falecidos parentes, o Papá Júlio(literalmente, visto que esbarrou-se contra ele, desmontado-o todo) e este o reconhece, mais à frente mais duas tias o ouviram, a Tia Rosita e a Tia Victória, este ao princípio não os reconheceu. Acharam estranho ele estar ali em forma humana, não estando totalmente vivo nem totalmente morto. Mais dois tios surgem, o Tios gémeos, Óscar e Felipe, vêm contar que a Mamã Imelda não consegue atravessar para o mundo dos vivos por alguma razão, e as tias desconfiam que é algo relacionado com Miguel.

oh.PNG

Miguel finalmente percebe que foi para ao Mundo dos Mortos, não era realmente um sonho. Ainda conhece as lendárias criaturas espirituais, os Halebrijes.

Imagem relacionada

Para atravessar do Mundo dos Mortos para o Mundos dos Vivos, os familiares têm colocar as fotos dos parentes falecidos no altar de família no Dia de Los Muertos. Eles passam por uma espécie de portagem, onde uma funcionária num raio-x fiscaliza se o defunto foi recordado pela família ou não.

raiox.PNG

É então que surge a mítica Frida Kahlo, artista mexicana, mas o raio-x não deteta a sua fotografia, a funcionária percebe que é um impostor. Hector, o mendigo vigarista, revela-se e tenta entrar na mesma no Mundo dos Vivos, mas é impedido por não conseguir atravessar a ponte dos malmequer laranja e é levado pelos seguranças.

fakefrida.PNG

Mamã Imelda está impaciente, pois uma funcionária dos dados dos mortos diz que a sua família não colocou o seu retrato no altar, esta perde a paciência e começa a destruir o computador com o seu sapato! A restante família de esqueletos acompanhados por Miguel, chegam até ela. Imelda quando vê o trineto fica intrigada.

reuind.PNG

No Departamento Famílias Reunidas, o funcionário Head Clerk conta o que aconteceu. A família Rívera ficou amaldiçoada por Miguel, quando este roubou a guitarra. Pois o Dia de Los Muertos, é um dia de dar aos mortos e não para tirar aos mortos. E ainda, Imelda tenta perceber porque não conseguiu atravessar a Ponte das Flores, Miguel revela que ficou com a fotografia quanto a moldura desta se quebrou.

raiva.PNG

A anciã com outro acesso de raiva pergunta a Clerk, como podem reverter a situação. Este diz que para isso acontecer, o Miguel teria de voltar para casa antes do amanhecer senão ele acabará por se tornar num esqueleto também, para isso só tinham de pegar num pétala de malmequer e um dos seus familiares dar a sua bênção.

ben%25C3%25A7ao.PNG

Imelda dá a sua bênção com algumas condições, Miguel teria de colocar a sua fotografia de volta no altar e nunca mais voltar a tocar ou cantar. Miguel aceita contrariado, e regressa. Pena é que foi sol de pouca dura, o rapaz voltou ao jazigo e não resistiu em pegar na guitarra outra vez para participar no tal concurso e nesse exato momento volta para o Mundos dos Mortos. Passado poucos segundos!

retorno.PNG

Miguel não aceita as condições da Trisavó, pede a bênção a um dos outros familiares mas todos se recusam. Imelda diz que não quer que ele se torne como o marido que a abandonou, ao ouvir isso, olhou para o retrato e recorda-se que o Ernesto de La Cruz é seu familiar e pensa pedir a ele a sua bênção. Ele dá uma desculpa e foge da família.

hecotr.PNG

Hector estava ser interrogado pelo segurança, Miguel estava a passar e ouviu a conversa. Hector dizia que era amigo do De La Cruz e podia arranjar bilhetes ao segurança se ele o deixasse atravessar a ponte, este não lhe dá ouvidos e manda-o embora.

ajuda.PNG

Miguel vai atrás do vigarista e pede-lhe ajuda para encontrar De La Cruz, Hector a princípio assusta-se mas ao perceber que o miúdo era humano e podia lhe ajudar a atravessar para o Mundo dos Vivos e colocar a sua fotografia, ele aceita ajuda-lo. Nisto a Imelda manda a sua criatura espiritual Pepita(uma felina alada gigante), procurar o jovem menino.

pinta%2Bcars.PNG

Hector pinta a cara do niño para se parecer um esqueleto e passar despercebido. Hector descai-se e afinal não é tão conhecido assim de La Cruz mas sabe onde decorrem os seus ensaios(o Ernesto De La Cruz tinha habitualmente muitos concertos).

figurinista.PNG

Conseguem entrar com ajuda de uma figurinista, que se passa com Hector por este não lhe devolver o vestido que usou da Frida Kahlo(o segurança confiscou-o). Miguel vai entrando, um macaco espiritual mete-se com Dante, o miúdo vai atrás deles até que o macaco encontra a sua dona, a verdadeira Frida Kahlo. Esta pensa que Dante é uma dessas criaturas espirituais mas não passa de um cão pulguento.

frida%2Bkahlo.PNG

Frida mostra a Miguel a coreografia do espetáculo que estava a preparar e pede-lhe dicas. Miguel fica a interrogar-se se Ernesto não iria ensaiar, a lendária artista diz que o cantor não tem por hábito ensaiar, ele encontrava-se numa festa na sua torre particular.

 

torre.PNG

Hector reencontra Miguel, pergunta a um dos músicos que acompanha Frida, Gustavo, se sabe como se pode chegar à torre do De La Cruz. Este diz que vai acontecer um concurso de bandas na praça, o vencedor seria depois convidado para festa do famoso Ernesto De La Cruz. Antes de o dizer, Gustavo goza com Hector e chama-lhe de "chouriço" e todos se riem dele, Miguel pergunta porque lhe chamam assim, Gustavo diz que Hector morreu engasgado com um chouriço(sem comentários pecaminosos, isto é um filme para família) Hector desmente, diz que foi uma intoxicação alimentar.

chouri%25C3%25A7o.PNG

Posto isto, Miguel está determinado em participar nesse concurso mas para isso precisava de uma guitarra, Hector hesita mas lá é convencido e procura um amigo para lhe pedir emprestada a sua guitarra.

Pepita encontra a graxa que Hector utilizou para pintar a cara de Miguel e deteta as suas pegadas, Imelda e restante família, seguem-na.

Resultado de imagem para coco pepita

Hector, Miguel e Dante chegam à Vila dos Esquecidos, sítio onde os mortos que não têm família, os que não foram lembrados com fotos e oferendas moram todos juntos. Tratam-se como uma verdadeira família. Hector procura por Chicharrón, um velhote que tinha uma guitarra e um grande monte de tralha.

definhas.PNG

Chegam a casa de Chicharrón, este manda o vigarista dali para fora pois já lhe emprestou muitas coisas e Hector nunca as devolveu. Chicharrón tem uma espécie de convulsão brilhante, é o sinal que se está definhar e ser esquecido eternamente. O velhote lá deixa eles levarem a guitarra só que pede para Hector lhe cantar uma última cantiga.

 

Com toda emoção proporcionada, Chicharrón sorri agradecido e morre definitivamente. Os seus ossos brilham numa cor alaranjada e desintegra-se até virar uma fumaça levada pelo vento. Miguel curioso, pergunta o que aconteceu, Hector diz que ele foi esquecido eternamente e desapareceu, pois nunca ninguém se recordou dele ou colocou a sua fotografia. Miguel tenta saber se é possível recuperar Chicharrón se ele(o Miguel) colocasse uma foto dele, mas Hector nega pois só poderia fazer isso se o tivesse conhecido em vida.

amy.PNG

Eles chegam à praça e inscrevem-se, o programa é apresentado por uma senhora com penteado muito ao estilo da Amy Winehouse. Miguel está receoso, pois é a primeira vez que irá atuar para uma platéia, Hector fica surpreendido pois pensava que ele era músico. Dá-lhe algumas dicas para o garoto relaxar e não ter medo do público.

 

Chega a sua vez, ele começa à medo, porém solta-se no desenrolar da animada cantiga "Poco Loco", Hector com o impulso de Dante, junta-se ao rapaz. Nesse momento, a família de Miguel chega à praça, ele avista-os abordarem alguns dos espetadores e a Apresentadora do Concurso. A actuação foi um êxito com grande chance deles ganharam, mas ao ver ali a família, o menino teve que fugir.

discussao.PNG

Quando a Apresentadora faz o comunicado, Hector fica a saber que afinal Miguel tem família! Miguel antes lhe tinha dito que a sua única família era o trisavô Ernesto porque a família odeia música, ele queria a bênção de um familiar músico. Hector sentido-se enganado, chateia-se com Miguel e este também alterado devolve-lhe a fotografia e tenta descobrir o caminho sozinho.

pepita.PNG

Dante ainda o segue, no entanto Miguel manda-o embora pois o cão só estava a puxar para direção onde estava Hector. Nesse momento, Pepita e Imelda encurralam Miguel, ele corre mais uma vez, Imelda tenta demovê-lo mas este não quer ouvir, pois esta não compreende a sua paixão pela música. Imelda canta um excerto da canção "Llorona" e Miguel fica surpreendido, pois pensava que ela não gostava de música.

LLORONA.PNG

Imelda diz que sempre adorou música e de cantar, mas quando Coco nasceu outras prioridades surgiram, ela quis assentar mas o marido queria continuar a sua carreira, por isso é que a música que lha causa tanta mágoa. Miguel teria de escolher a alternativa certa mas ele não quer escolher nada e escapa mais uma vez.

secutiry.PNG

Chega finalmente à torre de La Cruz, para chegar ao topo precisa de se transportar numa espécie de elétrico elevador, mas para isso teria que ser convidado. Ele ainda tentou a sua sorte ao dizer que era trineto de Ernesto mas o segurança expulsa-o ao pontapé. Aí, Miguel vê a banda que ganhou o concurso e pedes-lhe o favor de o ajudarem a entrar no elevador. Ele esconde-se dentro de uma tuba e lá consegue entrar.

vencedores.PNG

Subida feita, encontra a magnífica mansão De La Cruz, uma festa toda egocêntrica com excertos de filmes e canções que ele fez, uma piscina em forma da sua guitarra. Numa total algazarra, o niño trepa até um ponto alto e canta alto e bom som para chamar atenção.

 

E assim conseguiu, toda gente estava maravilhada com ele, finalmente alcança a atenção do seu ídolo mas nesse exacto momento escorrega na piscina. O cantor salva-o. Por causa da água, a graxa saiu e revelou-se a sua identidade do miúdo vivo desaparecido. Miguel conta que andava à sua procura pois ele era seu trisavô, ele mostra-se surpreendido pois não julgava que teria descendência.

idolo.PNG

 

Miguel vive o sonho ao conhecer de perto o seu ídolo de sempre e este com orgulho apresenta a toda gente o seu trineto. Entretanto, Hector consegue entrar no elétrico-elevador fantasiado de Frida Kahlo novamente.

 

De La Cruz fica encantado com o novo neto, mostra-lhe a sua coleção de oferendas que os fãs do Mundo dos Vivos lhe deixaram(deve ter mais presentes do que o Fernando Mendes tem de enchidos no Preço Certo) e pede-lhe para Miguel actuar no seu concerto no amanhecer, mas Miguel não pode porque está a ficar sem tempo, grande parte do seu corpo já virou esqueleto.

ben%25C3%25A7ao2.PNG

Ernesto pega numa pétala e faz a sua bênção mas são interrompidos por Hector. Ele fica surpreendido por Hector e Miguel se conhecerem, e então que Ernesto revela que ele e Hector foram amigos em vida e que tocaram juntos. Este acusa-o de ele ter-se apoderado das suas canções quando morreu. Ernesto diz que fez isso em sua memória, o que trapaceiro não agradece, só quer que o artista corrija a situação, que deixe Miguel voltar para casa (e colocar a sua fotografia para que Hector pudesse rever a filha antes que esta se esquecesse dele)cumpra a promessa que lhe fez quando Hector morreu, que movia o céu e a terra para o ajudar.

 

Miguel fica a matutar nessa frase do "movia o céu e a terra por ti, meu amigo!" isso fazia parte do guião de um dos filmes que De La Cruz protagonizou, onde um amigo dele lhe faz essa promessa e tenta envenena-lo. Ao entender a semelhança da situação com o filme, percebem que De La Cruz matou Hector no dia em que ele quis desistir da carreira e voltar para casa junto da filha, que roubou as canções e as lançou como se fossem dele.

Ernesto diz que ele se está precipitar e confundir realidade com ficção, Hector não aguenta mais mentiras e atira-se a ele. Ernesto chama os seguranças e levam o amigo atraiçoado não se sabe para onde.

ernesto%2Bevil.PNG

Miguel fica meio assustado com o que se passou, Ernesto pergunta onde é que tinham ficado antes de serem interrompidos, o menino relembra que ele iria dar a sua bênção. Este sorri, começa com uma conversa suspeita sobre reputação, guarda a fotografia de Hector, esmaga a pétala e manda prender Miguel. Ele não querendo acreditar no que está acontecer, argumenta que é da família como pode fazer isto, e vilmente o cantor diz que e Hector era o seu melhor amigo, no que toca a sua reputação e ao seu sucesso, ninguém se mete.

miguel%2Bcai.PNG

O menino é jogado para um poço ficando lá preso. Lá reencontra Hector que provavelmente teria sido lá lançado também. Algo de ruim acontece, Hector começa com aqueles espasmos brilhantes como aconteceu com o amigo Chicharrón. A filha de Hector estava a esquecer-se dele.

 

Miguel pergunta se é por causa dela que ele quer tanto regressar ao Mundos dos Vivos, Hector só quer vê-la e explicar porque não conseguiu voltar a casa e como a amava muito. A sua doce Coco. Nisto Miguel fica pensar se essa Coco não será a sua bisavó? Ele mostra o retrato da família de Imelda. Hector fica surpreso de como é que ele arranjou essa foto. O niño conta que a foto é da sua trisavó Imelda e aquela menina pequena é a sua Mamã Coco e que o homem é...o Hector!! Então ambos acabam por descobrir que são da mesma família!

familia.PNG

Hector sempre desejou voltar a vê-la, que Coco tivesse saudades e colocasse uma fotografia sua mas tal nunca aconteceu. E essa não é a pior parte! A pior parte é que Hector ainda pensou que um dia ainda poderia revoltar a ver filha, quando ela partisse para o Mundo do Mortos, mas se isso acontecesse, ele desaparecia para sempre, pois Coco é a única pessoa viva que se recorda dele. Uma vez dedicou-lhe uma canção a "Lembra-te de Mim" e recorda um momento onde canta deliciosamente para sua filhinha.

Miguel percebe que a principal canção do De La Cruz não é dedicado ao mundo mas retrata sim o amor que Hector tinha pela avó, que tinha orgulho em ser seu trineto e não de um assassino como aquele plagiador do Ernesto. Eles gritam de euforia e ecoa por toda a gruta, Dante e a Pepita descobrem-nos, assim como Imelda, que reencontra Hector anos depois.

pepimelda.PNG

Ao levantar voo, Miguel fica a saber que Dante sempre soube a identidade verdadeira de Hector, o cão fica paralisado e começa a ficar colorido por toda a parte e ganha asas, na realidade ele é mesmo uma criatura espiritual, que guia a vida de Miguel.

Imagem relacionada

Reencontram-se com a restante família. Imelda discute com Hector pois quer que ele se afaste dela, não o perdoou em vida e nem o fará na morte. Miguel conta tudo o que descobriram, desde das maldades de De La Cruz ao arrependimento de Hector.

reunia.PNG

Hector tenta dialogar com a esposa, só que tem mais uma convulsão brilhante que o faz desequilibrar. Imelda fica sensibilizada, pois mesmo não conseguindo o perdoar, também não quer que ele desapareça assim, que a Coco que se esqueça dele. Miguel antes de voltar para casa, pede a Imelda e restantes parentes ajuda para recuperar a fotografia de Hector, para depois colocar no altar da família.

familia%2Bmorta.PNG

Com ajuda da (verdadeira) Frida Kahlo, a família Rívera vai fantasiada com os vestidos e adereços das bailarinas dela para entrarem nos bastidores do concerto que De La Cruz iria dar no amanhecer.

mascara%2Bfrida.PNG

Imelda dá de caras com De La Cruz e lhe dá uma sapatada que até lhe faz rolar a cabeça, por ter matado o amor da sua vida, Hector fica agradado com o que acabou de ouvir. Ernesto descobre que Imelda era mulher do ex-amigo. Ela não é de modas e dá-lhe outra sapatada por ter tentado matar o neto, eis que surge Miguel para surpresa de Ernesto. Tentam recuperar a foto mas o cantor cobarde desata a fugir quando vê a família toda e chama os seguranças.

sapatada.PNG

A família Rívera começa a lutar como se fossem Power Rangers(versão zombies neste caso) com os seguranças. Imelda luta com La Cruz e com um empurrão de Miguel, consegue retirar-lhe a foto. Esta cai numa plataforma que se eleva até ao palco. Cruz manda os seguranças atrás dela.

elevador.PNG

Todos espectadores anseiam pela atuação de La Cruz e é Imelda que está no seu lugar. Miguel incentiva que ela cante antes que os capangas chegassem. A matriarca da família falecida canta numa versão mais alargada o tema "Llorona" que tinha cantarolado antes. Hector acompanha ao som da guitarra. La Cruz e seguranças tentam expulsar do palco só que ela redopia para um lado para outro arrasando na sua atuação improvisada. De La Cruz, agarra-a e disfarça como se tivessem a dançar e a fazer um dueto. Ela pisa-o e foge. Abraça-se a Hector, ficam meio embaraçados, ela com adrenalina de ter atuado e ele pasmado com a sua garra a cantar.

Miguel pede então a Imelda a sua bênção para poder voltar, desta vez as condições que Imelda lhe propõe são, ele voltar para casa e colocar as fotografias dela e de Hector e que nunca mais...se esqueça como toda a família o ama.

help.PNG

Quando Miguel quase toca na pétala de malmequer, surge De La Cruz e agarra-o. Imelda tenta impedi-lo mas o artista burlão a empurra e ameaça a família, se eles não ficarem quietos, ele irá magoar Miguel.

Dante tente socorrê-lo mas só lhe consegue puxar o casaco, o vilão atira-o para o chão. Hector pede que não magoe o neto e tem mais uma convulsão forte. De La Cruz não pretende deixar o rapaz voltar para o Mundo dos Vivos para Hector ser relembrado e assim perder o seu prestígio.

concerto.PNG

As tias Rosita e Victória aproveitam os aparelhos técnicos que ali estavam e transmitem para os espectadores do concerto verem o que estava acontecerMiguel confronta o impostor por todos os crimes que já cometeu, e toda a plateia fica de boca aberta com todas as revelações. De la Cruz, não quer ouvir mais nada, ninguém vai roubar a sua estimada reputação e lança o pequeno de uma grande altura.

ai%2Ba%2Bfoto.PNG

A família entra em pânico, Dante tenta pegar Miguel, ainda o agarra e sem querer Miguel deixa cair a foto do tetravô num lago. Dante não consegue suportar o peso de Miguel e deixa-o cair em agonia. No último segundo, antes de Miguel se esborrachar no chão, Pepita surge e salva-o da morte certa. De La Cruz retorna ao palco como se nada fosse, é desprezado pela orquestra e vaiado pelo público. Pepita vinga-se por Miguel, e arremessa o tirano artista pelos ares como se fosse uma bola. Ernesto voa em desespero em direção a um sino gigante, bate nele e ainda o sino se desmonta e cai por cima dele. E assim, o infame Ernesto De La Cruz é derrotado da mesma forma como morreu na sua vida passada, com um sino gigante em cima.

sino.PNG

Hector continua a sofrer espasmos mais frequentes que já nem consegue manter-se de pé. Miguel também já está a ficar sem tempo, ainda pensa tentar recuperar a fotografia só que, está quase a amanhecer e ele está quase a se tornar num esqueleto.

espasmo.PNG

O menino fica extremamente aflito pois Hector está cada vez pior e está com medo que ele seja esquecido eternamente. Imelda e Hector dão em conjunto a sua bênção para que Miguel voltasse para o seu mundo, desta vez sem condições.

volta.PNG

Miguel volta ao Mundos dos Vivos no local onde desapareceu, o jazigo de La Cruz. Ele corre o máximo que pode até chegar a casa. Ao longo do caminho, os familiares reencontram-no, principalmente o pai e avó Abuelita. Esta pergunta por onde ele andou, e ele só quer falar com a Mamã Coco e o raio da velha não sai da frente e tenta tirar-lhe a guitarra(que ele levou do jazigo, e que afinal era de Hector). Ele entra no quarto de Mamã Coco e tranca a porta.

va%2Bla.PNG

Miguel emocionado, tenta conversar com a idosa para ele se recordar do papá dela, mas a senhora está numa idade muito avançada, tem alzheimer(pelos menos parece que sim) que nem a própria filha reconhece. A Abeulita e os pais de Miguel conseguem arrombar a porta, perguntam que raio está ele fazer e porque fugiu. Abuelita verifica se está tudo bem com a sua mãe e Miguel abraça-se ao pai com saudades. Abuelita exige que Miguel peça desculpa a Mamã Coco por a ter incomodado. Miguel pega na guitarra e começa a tocar. A Avó ainda tenta detê-lo mas o pai pede para esperar e ver o que acontece.

Miguel em grande pressão(com medo que a bisavó não se lembrasse de Hector e este desaparecesse definitivamente), chora ao cantar a canção que Hector criou para Coco, a "Lembra-te de Mim". Coco lentamente começa a dar sinais, reconhece a cantiga e canta com o bisneto a sorrir, para emoção e surpresa de todos. Abuelita chora emocionada, nunca tinha visto a mãe tão lúcida como naquele momento.

abuelita%2Bchora.PNG

Mamã Coco diz que o seu papá cantava essa cantiga muitas vezes quando ela era pequena. Miguel afirma ainda que o seu papá amava mesmo muito. A senhora fica emocionada e acaricia a cara do bisneto. Nisto ela abre uma gaveta, da mesinha de cabeceira junto dela e tira um bloquinho, onde tinha várias cartas com poemas do seu papá e junto delas estava a parte rasgada da foto de família de Imelda com a cara de Hector. E ainda Mamã Coco conta que os seus pais cantavam-lhe canções muito bonitas, Miguel comovido abraça a sua querida bisavó.

avo%2Bcoco.PNG

1 ano depois na história, Hector é recordado com carinho pelo seu talento e poemas/canções na cidade, fazendo que Ernesto De La Cruz caísse no esquecimento. Miguel apresenta à sua maninha recém-nascida, o altar da família Rívera, onde infelizmente também já lá está a foto da Mamã Coco. Abuelita coloca a bonita fotografia da sua amada mãe e Miguelito conforta-a com um abraço.

abuelita%2Be%2Bmiguel.PNG

No Mundo dos Mortos, tudo parece estar a correr bem. Hector sobreviveu, e um ano depois tenta atravessar a ponte para o Mundo do Vivo com receio, só que desta vez já foi autorizado, pois a sua foto, claro já estava no altar da família Rívera. Hector e Imelda vão juntos e ainda Coco os acompanha para grande felicidade de Hector. E assim, os três mais, Rosita, Victória, Papá Júlio, Felipe e Óscar vão finalmente para o Mundo dos Humanos celebrar o Dia dos Los Muertos com a sua família. Dante e Pepita também vão, disfarçados no seu animal natural, um cão e uma gata respectivamente.

familia%2Brivera.PNG

Na última cena toda a família(seja os vivos e não vivos) comemoram esta dia com muita animação, Miguel canta sua cantiga "Pulsar do Meu Corazón" com toda alegria e emoção.

FIM

Bom vamos então apresentar o elenco português deste maravilhoso filme:

Miguel

Imagem relacionada

Spoiler

 

        Manuel Encarnação(Diálogos)                             João Pedro Gonçalves(Canções)

Resultado de imagem para coco manuel encarnaçao      joao%2Bgon%25C3%25A7alves.PNG

Hector

Resultado de imagem para coco hector

Spoiler

                                         

                                           Pedro Leitão

Photo

Imelda

Resultado de imagem para coco imelda

Spoiler

   

                                                 Ana Cloe

  Imagem relacionada

Ernesto De La Cruz

ernesto%2Bde%2Bla%2Bcruz.PNG

Spoiler

 

                                          Mário Redondo

    Resultado de imagem para mario redondo

Avó Coco

mama%2Bcoco.PNG

Spoiler

 

                                            Ermelinda Duarte

736010833_ErmelindaDuarte.jpg.d2b08b7444dd9e513cd5ad79858e891c.jpg

Avó Abuelita

Resultado de imagem para coco abuelita

Spoiler

                        Cucha Carvalheiro

      Imagem relacionada

Papá

Resultado de imagem para coco papa

Spoiler

                               Pedro Pernas

    Resultado de imagem para pedro pernas

Mamã

mama.PNG

Spoiler

                               

                           Diana Costa e Silva

    Imagem relacionada

Papá Júlio

papa%2Bjulio.PNG

Spoiler

                             

                                              Luís Mascarenhas

Resultado de imagem para luis mascarenhas actor

Tia Rosita

tia%2Brosita.PNG

Spoiler

                                           

                                                     Ana Vieira

    605287815_anavieira.jpg.6828aa10e2bf5b16beecd3b3c992248e.jpg

Tia Victória

tia%2Bvictoria.PNG

Spoiler

               

              Adriana Moniz

    65628465_AdrianaMoniz.jpg.77c7663cebb0c84b51bab925ba04b9f1.jpg

Óscar e Felipe

oscar%2Be%2Bfilipe.PNG

Spoiler

                                     

                                       João Vicente                                                                         Tiago Retrê

Imagem relacionada     1473493173_TiagoRetr.jpg.8f87cd05f11a39f61c2655b817180fc7.jpg

Frida Kahlo

frida%2Bkahlo.PNG

Spoiler

                                           Helena Montez

911757858_HelenaMontez.thumb.png.4a7fe6c80b24708ff3e64305f632529a.png

Head Clerk

Resultado de imagem para coco department reunion family clerk

Spoiler

                 

                     João Duarte Costa

Joao%2BDuarte%2BCosta.PNG

Chicharrón

Resultado de imagem para coco chicharron

Spoiler

 

                                Ricardo Monteiro

1686586132_RicardoMonteiro.jpg.6ff188846179d03206c1265a1b6e3204.jpg

Polícia(que detém Hector de atravessar a ponte)

policia.PNG

Spoiler

           Miguel Raposo

image.jpeg.0f457a3439ba3f3db6f29795284745ef.jpeg

Apresentadora do Concurso de Mundo dos Mortos

amy.PNG

Spoiler

      Rita Tristão da Silva

image.jpeg.7670d7ed0cb72fae07217728bba77a6f.jpeg

Operadora do Raio-X

funcionario%2Braiox.PNG

Spoiler

 

                            Diana Nicolau

    Resultado de imagem para diana nicolau

Gustavo

chouri%25C3%25A7o.PNG

Spoiler

                            Michel Simeão

Resultado de imagem para michel simeao

Figurinista Ceci

Ceci.PNG

Spoiler

                             

                            Sandra de Castro

Resultado de imagem para sandra de castro

Tio Berto e o Segurança da Torre de De La Cruz

tio%2Bberto.PNGsecutiry.PNG

Spoiler

                                       José Nobre

Resultado de imagem para jose nobre

E ainda com vozes adicionais de: Maria Camões, Peter Michael, Alexandre Carvalho, Rui Paulo,  Solange Santos, Gonçalo Carvalho, Rúben Madureira, David Ripado, Leonor Alcácer, Mafalda Luís de Castro, Vânia Gonçalves, João Brás, Tó Cruz,  Érika Mota, Paula Sá, Patrícia Adão Marques, Beatriz Bernardo, Teresa Faria, Sofia Cruz,  Pedro Cartaxo, Cláudia Soares, Patrícia Antunes, Patrícia Silveira e Maria Galante (voz da Coco em pequena). Direção de dobragem nos comandos do maravilhoso Carlos Macedo e Direção Musical de Pedro Bargado.

Minha Opinião:

Spoiler

 

Este filme é muito emotivo, muito colorido e bem reflexivo, faz-nos pensar bem no que queremos da vida e pensar duas vezes a relação com a nossa própria família. Confesso quando vi algumas imagens do filme quando saiu, desdenhei um bocado, não me pareceu lá muito interessante mas enganei-me redondamente! O filme aborda a morte de forma ligeira, não choca ninguém, faz-nos pensar e interrogar de certas coisas e acima de tudo para mim fez algo inédito que é, por-me a chorar que nem uma Madalena!! Não emociono facilmente com filmes, ficção é mesmo muito raro, a ponto de chorar. Nem no Rei Leão chorei, mas neste filme... aquele desespero do Miguel a querer salvar o Hector do esquecimento da Avó Coco e da forma emocionada que eles cantam, arrasa qualquer um, depois tenho o defeito de me envolver demasiado no filme, como se estivesse a sentir o que o personagem está sentir!

E a Pixar está cada vez melhor na sua animação, a velhota está tão realista, quer dizer não só, no geral as personagens estão. Nem quero imaginar o trabalho que deve dar fazerem aqueles cabelos, as rugas, aqueles pormenores que parecem simples que são bem enganadores!

 

Acerca da dobragem

Spoiler

 

Para mim a grande revelação do elenco é o Pedro Leitão! Sabia que ele já faz dobragens a uns tempos(e inclusive já foi director de dobragem em alguns filmes) mas nunca tinha visto algo mais ...como hei-de dizer mais complexo, e este Hector tem muitas camadas e comportamentos, vai do cómico ao dramático, canta inclusivé, e aí também foi uma grande surpresa! Eu já tinha desconfiado quando ele fazia Ilha das Cores que era afinadinho mas não esperava que ele cantasse tão bem. As cenas da descoberta da Morte de Hector e quando este descobriu que o Miguel é seu trineto, ele esteve no ponto! Tão bom ver que este actor que fez as delícias de todos no Zig Zag com aquelas personagens maravilhosas e carismáticas, tenha se tornado num óptimo actor.

Outros destaques, o Mário Redondo esteve irrepreensível, esteve fantástico no plot twist quando Ernesto revela a sua verdadeira face. Tivemos ali um pouquinho de Robby Reles(RIP ao actor original) e foi tão bom.E ótima também foi a Ana Cloe que deu voz àquela matriarca durona, sempre naquele tom resmungão e determinado como pede a personagem. Só adorava quando a Imelda pegava na bota e começa à paulada, tão bom, tão bom, tão bom :P 

E claro falar dos meninos por de trás do Miguel, parabenizar o Manuel Encarnação pela sua primeira grande personagem e com grande desempenho, temos cada vez melhores meninos a representar e a dobrar. Ele fez um Miguel fantástico, soube encontrar facilmente a essência do personagem. O menino cantor, o João Gonçalves é muito talentoso, participou no The Voice Kids(era do grupo da Daniela Mercury) tem uma maturidade a cantar e um vozeirão de pasmar! Claro que o ponto alto é o "Lembra-te de Mim" com a Mamã Coco(Ermelinda Duarte), apesar que a minha favorita é a "Poco Loco" ? 

Congratular também o excelente director de dobragem Carlos Macedo, que é sempre exímio em escolher os actores para os diferentes projetos e não repete em demasia certas vozes. Apesar de adorar o Carlos Freixo e ainda uns tempos me ter queixado que os filmes Disney já não dirigidos por ele... pronto porque já era quase tradição ser ele ou a esposa Luísa Salgueiro e as vozes sempre lá metidas. No entanto, um dos defeitos do Carlos é repetir os mesmos actores e cantores(estou farto de canções interpretadas pelo Henrique Feist!!), sei que há todo um casting e a Disney original é que decide qual voz é que escolhe(quer dizer não se isso ainda assim hoje dia) mas podia ter havido mais diversificação.

 

E pronto terminamos assim este primeiro Manupédia - Especial Filmes de Animação!! Mais virão(e vêm mesmo)!

Link to comment
Share on other sites

há 4 minutos, Manu Tenreiro disse:

Não se esqueçam de comentar!! Preciso de feedback para saber se continuo ou não a escrever mais artigos! Façam-se ouvir(neste caso ler).

Eu compreendo. Mas deixa-me que te diga, não pares! Eu adoro os teus artigos (e não sou o único!), mas não vi o filme (e pretendo ver), pelo que aqui estarei quando o fizer! :P 

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...