Jump to content

A Series of Unfortunate Events [Netflix]


Jão

Recommended Posts

A Netflix divulgou o primeiro teaser da série de TV que terá como base os livros  Desventuras em Série  escritos por Daniel Handler sob o pseudônimo de Lemony Snicket. Ainda sem atores ou diretor confirmados, o projeto tem estreia prevista para 2016.

Narrada pelo próprio Snicket, a história acompanha três irmãos órfãos: Violet, Klaus e Sunny Baudelaire. As crianças ficam à mercê do malvado Conde Olaf enquanto lidam com várias tribulações na busca pela solução do mistério que envolve a morte de seus pais.

A série literária é formada por 13 romances que já venderam mais de 65 milhões de cópias e foram traduzidos a 43 línguas diferentes. No Brasil, a editora Cia. das Letras ficou responsável pela publicação das obras. Vale lembrar que os livros já foram adaptados aos cinemas no filme homônimo lançado em 2004 e estrelado por Jim Carrey.

Além de Desventuras em Série, a Netflix está preparando também outras séries dedicadas à família - incluindo  Richie Rich, a série sobre o riquinho.

 

Link to comment
Share on other sites

Parece interessante, mas ainda sem atores nem nada, isto só deve estrear lá para o final de 2016  

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_wacko.png"> 

E afinal aquele teaser (que está no primeiro post) que deixou a internet toda curiosa afinal era fan-made....

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_sleep.png"> 

Link to comment
Share on other sites

  • 5 months later...
  • 5 weeks later...
  • 2 weeks later...
  • 2 months later...
  • 5 months later...
  • 5 weeks later...
  • 2 weeks later...
  • 3 weeks later...
  • 1 month later...

A série foi renovada para uma segunda temporada!

Eles andam a tentar gravar o mais rapidamente possível devido ao rápido desenvolvimento que os atores têm fisicamente. A temporada terá 10 episódios e vai percorrer os livros 5 a 9. A possível terceira temporada irá adaptar os restantes (10 a 13). A primeira temporada adapta os primeiros 4 livros em 8 episódios.

Só vou ver a temporada 1 depois de ler os livros 2,3 e 4, que são os que me faltam que esta adapta.

Link to comment
Share on other sites

Eu já vi o primeiro episódio (não consegui esperar mais :mosking: ), e gostei da forma como adaptaram a história. À primeira impressão, diria que é o produto da Netflix que está mais direccionado para o público mais jovem (a história em si também não estaria totalmente direccionada para o público adulto, como The Crown ou Sense8 está), mas mesmo assim está interessante. No entanto não fiquei totalmente convencido do papel do Neil Patrick Harris como Count Olaf, bem como o facto do escritor estar constantemente a interromper a história. Nem é o facto de ele interromper, mas a cena em ele aparecer no meio das cenas. Fica um bocado confuso. Mas ainda me faltam 7 episódios, certamente irei mudar a minha opinião até lá. 

Link to comment
Share on other sites

1x01 

Não conhecia praticamente nada acerca da história desta série, optei por ver o filme só depois de terminar a temporada e se a história me deixar realmente envolvido talvez leia os livros. 

A estreia foi no geral bastante positiva. O episódio esteve cheio de contrastes aos mais variados níveis, quer na imagem, em que alguns cenários transportam o espectador para um ambiente mais melancólico e deprimente, mas em outros tantos momentos em que o cenários nos transmitem alegria e otimismo. Esse mesmo contraste é refletido no próprio tom da série: enquanto que situações tristes ocorriam na vida dos irmãos os diálogos, e as próprias atitudes dos personagens, assumiam um tom humorístico, o que achei bastante interessante. 

O elenco esteve bem, com destaque para o Neil Patrick Harris que me pareceu vestir bem o personagem. 

Não percebi muito bem o quê que vai movimentar a história mas creio que esse mesmo mote se vai evidenciar no próximo episódio.

Link to comment
Share on other sites

Season 1

Spoiler

The Bad Beginning

Não foi um mau início ( :rolleyes: ) mas também não foi bom. Uma introdução mediana a este ambiente, personagens e história que pecou no que diz respeito ao ritmo, especialmente no segundo episódio que foi exageradamente longo para o conteúdo que tinha.

The Reptile Room

Adorei tudo! O ator que fez de Montgomery Montgomery, a personagem, a sala de répteis, a ida ao cinema e as cenas na casa depois da morte do Montgomery. Foi talvez aqui que finalmente senti que a série tinha sido aquilo que eu estava à espera e queria que fosse. Muito melhor e mais interessante do que os primeiros dois episódios.

The Wide Window

Gostei mas estava à espera que fosse melhor. Um dos problemas destes dois episódios foi a atriz que escolheram para interpretar a Aunt Josephine. Já tinha de ser muito boa para conseguir fazer-me esquecer a interpretação da Meryl Streep no filme, mas infelizmente não o fez e nem sequer chegou perto, na minha opinião. De resto não tenho grandes defeitos a apontar (exceto um que vou falar mais em baixo mas que não é exclusivo deste episódio :mosking: )

The Miserable Mill

Esta para mim era a novidade porque o filme (que eu adorei) só tinha adaptado os três primeiros livros, por isso não sabia bem o que esperar desta parte da temporada. No entanto gostei muito, especialmente da parte 2. Foi uma boa surpresa e foi "refrescante" não ter ideia de como tudo iria acabar, coisa que não aconteceu nas 3 anteriores. :mosking: Fiquei surpreendido com o facto das personagens da Cobie Smulders e do outro (não sei o nome :ph34r: ) não serem os pais dos Baudelaire, apesar de ser demasiado óbvio, e a cena em que a casa deles pega fogo foi interessante e deixou-me curioso para saber que raio se anda a passar. :yes: A música final foi muito boa, uma maneira perfeita de acabar esta temporada.

Basicamente:

The Reptile Room > The Miserable Mill > The Wide Window > The Bad Beginning

Gostei da temporada mas definitivamente não correspondeu às minhas expectativas, saí um pouco desiludido. Falta qualquer coisa a isto tudo ou há alguma coisa que me impede de ficar mesmo absorvido pela série, não sei bem dizer o quê mas sei que falta/há. :mosking: Deixando a história de parte, destaco positivamente o Neil Patrick Harris que ao início não me convenceu mas à medida que a série avançava fui gostando cada vez mais dele como Count Olaf, e também o genérico e as mudanças que foram fazendo consoante o livro que estavam a adaptar, ficou muito bom. :yes: Já negativamente... Os efeitos especiais. Havia cenas em que estavam bons mas outras em que se notava muito a falsidade da coisa, o que prejudica sempre qualquer série. Espero que tenham mais cuidado quanto a isso daqui para a frente. Anyway, estou curioso com o que a próxima temporada tem para oferecer. :P 

Link to comment
Share on other sites

há 3 horas, Gabriel_C disse:

Já negativamente... Os efeitos especiais. Havia cenas em que estavam bons mas outras em que se notava muito a falsidade da coisa, o que prejudica sempre qualquer série. Espero que tenham mais cuidado quanto a isso daqui para a frente.

Isso era de propósito. Dar até um ar de desenho animado...
Eu também fiquei desiludido. Esperava mais... Mas deu para entreter.

Link to comment
Share on other sites

há 1 minuto, Rafael A. disse:

Isso era de propósito. Dar até um ar de desenho animado...
Eu também fiquei desiludido. Esperava mais... Mas deu para entreter.

Não acho que as cenas a que me estava a referir tenham sido propositadas. Por exemplo, houve partes em que se via tão bem que a Sunny não era real (especialmente no The Miserable Mill), até metia um bocado de impressão e duvido que seja esse o objetivo de quem fez a série... E são coisas que na minha opinião podem ser melhoradas com um pouco mais de cuidado. O ambiente irreal da série, os carros e tudo mais, eu gostei e até achei piada. :mosking: 

Link to comment
Share on other sites

há 4 minutos, Gabriel_C disse:

Não acho que as cenas a que me estava a referir tenham sido propositadas. Por exemplo, houve partes em que se via tão bem que a Sunny não era real (especialmente no The Miserable Mill), até metia um bocado de impressão e duvido que seja esse o objetivo de quem fez a série... E são coisas que na minha opinião podem ser melhoradas com um pouco mais de cuidado. O ambiente irreal da série, os carros e tudo mais, eu gostei e até achei piada. :mosking: 

Aaah! Sim... :lol: A Sunny era o choro em modo desenho animado :lol::lol: 

Link to comment
Share on other sites

Season 1

É uma série completamente diferente daquilo a que estou habituado a ver. Não só a nível visual, mas também na forma como a história é contada. Os cenários e  as caracterizações são boas, bastante exageradas e artificias dando um tom de cartoon à série o que eu adorei. O elenco esteve bem. A história é contada de uma forma muito estranha, sendo que a cada dois episódios (2 episódios correspondem a 1 livro) há mudança de cenário e de personagens secundárias, mas o "sistema" da narrativa é praticamente o mesmo, o que dificulta a visualização da série em maratona.

The Reptile Room > The Wide Window > The Bad Beginning > The Miserable Mill 

Link to comment
Share on other sites

Archived

This topic is now archived and is closed to further replies.

×
×
  • Create New...