Jump to content

Now


AG.

Recommended Posts

há 3 horas, guilhermefmcar disse:

A NBC chamou NBC News Now ao canal de notícias no streaming. Há um ano, creio eu, que está a funcionar com este nome :cryhappy: vem processo! 

Havia uma ABC News Now na TDT americana nos anos 2000, qual é o problema?

Link to comment
Share on other sites

há 2 horas, guilhermefmcar disse:

Era uma piada... Aliás, eu quis só fazer a referência de onde poderá ter vindo a inspiração para o nome.

Sei que era recorrente nas plataformas online dos canais e marcas de notícias nos anos 2000 pelo menos.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

"O News Now pretende posicionar-se num segmento informativo, para «reforçar a informação de qualidade e de referência para os públicos mais qualificados, colocando o foco principal da grelha noticiosa nas temática políticas, económicas, nos grandes desafios da civilização, como o aquecimento global ou a inteligência artificial, na informação internacional, em particular a relacionada com o espaço europeu (…).»

O projeto «criará ainda o ambiente mais propício à inovação digital e ao aprofundamento da oferta online e multiplataforma (…) um caminho para a informação de qualidade (…).»

A MEDIALIVRE afirma que, qualquer que seja o suporte utilizado, manterá a preocupação de rigor e exigência «na prossecução do estatuto editorial e da sustentabilidade», procurando atingir «novas audiências, nomeadamente nos segmentos premiume mais jovens (…) recorrendo aos mais sofisticados meios para chegar a um consumidor exigente e global, unido pela língua portuguesa (…)». Nas várias plataformas digitais, o News Now pretende utilizar «as mais recentes tendências, como voice search ou a realidade aumentada» (...). É sua intenção ainda, através das novas tecnologias «criar sinergias com os outros títulos das Medialivre (…), que reforçarão sobremaneira a possibilidade de manter os postos de trabalho e de reforçar o quadro de trabalhadores (…)».

A MEDIALIVRE entende que, dado o «crescimento permanente do auditório de informação nas plataformas de televisão por cabo (…) há espaço para um novo canal de conteúdos exclusivamente de informação.»"

...

"O serviço de programas News Now «será integrado na estrutura editorial e técnica do Grupo Medialivre (…), partilhando as instalações, equipamentos e sistemas. O Canal vai partilhar as instalações, equipamentos e sistemas e funcionar na sede da Medialivre, em Lisboa, e nos estúdios do Porto, Viseu e Portimão».

«prevê a criação de um total de 58 novos postos de trabalho (…) 26 integrarão a área editorial e 32 integrarão áreas técnicas e de apoio (…) implicará, igualmente, a criação de um núcleo de comentadores (…)». Numa equipa cuja responsabilidade de programação e informação está a cargo do Diretor Geral, Carlos Rodrigues, assessorado por três Diretores Adjuntos, todos com carteira profissional de jornalista."

in Deliberação ERC/2024/186 (AUT-TV) - 17/04/2024

----

O website newsnow.pt já foi registado hoje também:

spacer.png

spacer.png

Edited by João Letras
  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

Não deixa de ser curioso que a CMTV passa a vida a dizer que os seus concorrentes são a CNN e SIC Notícias e agora cria um canal para fazer concorrência a esses mesmos canais… 

Então afinal? 🤪😂

  • Thanks 7
Link to comment
Share on other sites

há 1 minuto, VTL disse:

É curioso que o jornal CM fala do canal hoje e adianta que vai avançar mas chama-lhe "NOW" (apenas), sem News. 

https://www.cmjornal.pt/tv-media/detalhe/now-o-novo-canal-de-tv-da-medialivre

Trata-se de um canal que vai apostar numa informação de qualidade e de referência para os públicos mais qualificados, colocando o foco nas temáticas de política e economia, nos grandes desafios da civilização, como o aquecimento global ou a Inteligência Artificial, e na informação internacional, com particular incidência no espaço europeu. O projeto apostará também na informação digital.“

:gosto: 

 

Edited by eduu
  • LOL 1
Link to comment
Share on other sites

há 1 hora, João Letras disse:

"O News Now pretende posicionar-se num segmento informativo, para «reforçar a informação de qualidade e de referência para os públicos mais qualificados, colocando o foco principal da grelha noticiosa nas temática políticas, económicas, nos grandes desafios da civilização, como o aquecimento global ou a inteligência artificial, na informação internacional, em particular a relacionada com o espaço europeu (…).»

CMTV a dirigir-se finalmente ao seu público que tirou a quarta classe :clap: qualificado mais qualificado não há

giphy.gif

  • Like 1
  • Love 3
  • Thanks 1
  • LOL 1
Link to comment
Share on other sites

há 3 horas, eduu disse:

Trata-se de um canal que vai apostar numa informação de qualidade e de referência para os públicos mais qualificados, colocando o foco nas temáticas de política e economia, nos grandes desafios da civilização, como o aquecimento global ou a Inteligência Artificial, e na informação internacional, com particular incidência no espaço europeu. O projeto apostará também na informação digital.“

:gosto: 

 

“Público mais qualificado” hahah

A CMTV a assumir que o tuga que vê o canal não interessa nem ao menino Jesus? Hahaha

  • Like 1
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

O Expresso publicou hoje um artigo que traz mais alguns detalhes sobre o canal, com declarações de Carlos Rodrigues. https://expresso.pt/economia/2024-04-18-news-now-nao-sera-o-canal-dos-debates-sobre-tudo-e-sobre-nada-nova-aposta-da-dona-da-cmtv-quer-ser-alternativa-a-oferta-existente-aa984f99

"Será um canal diferenciado, que dá voz a protagonistas e jornalistas especializados. Não queremos comentadores, que é hoje uma função muito desgastada. Não teremos ‘tudólogos’. Hoje a opinião pública é muito influenciada por pessoas que não foram escrutinadas, que não são especializadas nas matérias sobre as quais falam. Debate-se política como se debate futebol. Este não será o canal dos debates sobre tudo e sobre nada, mas de especialistas e analistas especializados."

"O News Now criará sinergias com outros títulos do grupo, particularmente a “Sábado” (cujos programas que estavam na CMTV transitam para o novo canal), o “Negócios” (que terá um programa diário no novo canal) e a “Máxima” (que será a marca-chapéu para conteúdos de lifestyle e de moda)."

Hugo Soares, líder parlamentar do PSD é outro "especialista" confirmado.

 

 

  • Like 3
  • LOL 2
Link to comment
Share on other sites

há 47 minutos, RenatoSimões disse:

O Expresso publicou hoje um artigo que traz mais alguns detalhes sobre o canal, com declarações de Carlos Rodrigues. https://expresso.pt/economia/2024-04-18-news-now-nao-sera-o-canal-dos-debates-sobre-tudo-e-sobre-nada-nova-aposta-da-dona-da-cmtv-quer-ser-alternativa-a-oferta-existente-aa984f99

"Será um canal diferenciado, que dá voz a protagonistas e jornalistas especializados. Não queremos comentadores, que é hoje uma função muito desgastada. Não teremos ‘tudólogos’. Hoje a opinião pública é muito influenciada por pessoas que não foram escrutinadas, que não são especializadas nas matérias sobre as quais falam. Debate-se política como se debate futebol. Este não será o canal dos debates sobre tudo e sobre nada, mas de especialistas e analistas especializados."

"O News Now criará sinergias com outros títulos do grupo, particularmente a “Sábado” (cujos programas que estavam na CMTV transitam para o novo canal), o “Negócios” (que terá um programa diário no novo canal) e a “Máxima” (que será a marca-chapéu para conteúdos de lifestyle e de moda)."

Hugo Soares, líder parlamentar do PSD é outro "especialista" confirmado.

 

 

O Negócios tinha o seu programa na CM TV, só que foi trucidado pelo perfil do canal.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

há 35 minutos, ATVTQsV disse:

O Negócios tinha o seu programa na CM TV, só que foi trucidado pelo perfil do canal.

Sim, dava de manhã e também de tarde. Depois acabaram com o Negócios à tarde e mais tarde também acabaram com o de manhã, acho eu.

Link to comment
Share on other sites

há 1 hora, RenatoSimões disse:

O Expresso publicou hoje um artigo que traz mais alguns detalhes sobre o canal, com declarações de Carlos Rodrigues. https://expresso.pt/economia/2024-04-18-news-now-nao-sera-o-canal-dos-debates-sobre-tudo-e-sobre-nada-nova-aposta-da-dona-da-cmtv-quer-ser-alternativa-a-oferta-existente-aa984f99

"Será um canal diferenciado, que dá voz a protagonistas e jornalistas especializados. Não queremos comentadores, que é hoje uma função muito desgastada. Não teremos ‘tudólogos’. Hoje a opinião pública é muito influenciada por pessoas que não foram escrutinadas, que não são especializadas nas matérias sobre as quais falam. Debate-se política como se debate futebol. Este não será o canal dos debates sobre tudo e sobre nada, mas de especialistas e analistas especializados."

"O News Now criará sinergias com outros títulos do grupo, particularmente a “Sábado” (cujos programas que estavam na CMTV transitam para o novo canal), o “Negócios” (que terá um programa diário no novo canal) e a “Máxima” (que será a marca-chapéu para conteúdos de lifestyle e de moda)."

Hugo Soares, líder parlamentar do PSD é outro "especialista" confirmado.

 

 

Supostamente os deputados não estavam limitados a aceitar lugares de comentadores regulares em canais de tv? ou melhor que não poderiam ser pagos para isso? Então o que faz ali o Hugo Soares?

 

Link to comment
Share on other sites

há 4 horas, DBook disse:

Este nome parece saído de um filme de terror que bizarria e cena macabra. 

Agora que pensaste nisso a logo do canal bem parece a de um canal fictício dos filmes

  • LOL 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...