Jump to content
Pedro

Famosos

Recommended Posts

Também vi a Lucia Moniz nesses ensaios. Acho que ela já tinha confirmado a presença num musical do Filipe La Féria.

Share this post


Link to post
Share on other sites

QUOTE(_zapping_ @ 1-Oct-2008, 23:47) <{POST_SNAPBACK}>
Agora já o podem ver, de segunda a sexta, em "Podia Acabar o Mundo"! :man_in_love_mini:

E como adorei vê-lo! :man_in_love_mini:

Share this post


Link to post
Share on other sites

QUOTE(TaniaM @ 2-Oct-2008, 01:43) <{POST_SNAPBACK}>
E como adorei vê-lo! :man_in_love_mini:

Concordo 100% ... é uma Alegria ver aquele Homem na TV ... já tinha Saudades ... e como ele está Lindo.

Ainda só deu um Episódio, e é claro que pode ser impressão minha, mas sabem que em algumas cenas (partes) ele ainda me lembra o Santiago!

O Santiago, foi sem dúvida um Personagem muito forte, e acho que é possível ficar com alguns tiques.

Outra coisa que repararei ... o Nome do Personagem ... Rodrigo ... é no mínimo Engraçado ... estão a perceber ??!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas nunca deixamos de ter o Diogo nos ecrãns da TV ou já se esqueceram dos Malucos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

QUOTE(Catita @ 2-Oct-2008, 09:28) <{POST_SNAPBACK}>
Mas nunca deixamos de ter o Diogo nos ecrãns da TV ou já se esqueceram dos Malucos.

Lá isso é verdade ... mas já era repetido ... gostei mais de vê-lo na Rebelde Way e agora em Podia Acabar o Mundo ... não perco um Episódio.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lúcia Moniz apresentará programa

No próximo sábado, por volta das 19:00, estreia na RTP2 uma nova série com o nome "Voluntário". Esta série documental será apresentada por Lúcia Moniz. A nova série mostra a vida de quem ajuda e de quem é ajudado.

Produzida pela D&D Audiovisuais, esta série da RTP2 pretende mostrar, em 13 episódios, a vida de 26 pessoas (umas que ajudam e outras que são ajudadas).

Lúcia Moniz é nova nas lides da apresentação, mas confessa ter aceite este convite porque se identifica com o tema. "A minha admiração por quem faz voluntariado cresceu mais ainda", disse a actriz ao jornal "Diário de Notícias". "São histórias comoventes, ricas e muito humanas", confessa a actriz que está no elenco da novela da TVI "Olhos nos Olhos" e que se prepara para um musical de Felipe La Féria.

Jorge Wemans, director da RTP2, contou que a escolha recaiu sobre a Lúcia por ser uma cara reconhecida do público, pela sua sensibilidade, pela forma como encara os problemas sociais e pelo tipo de presença televisiva. "Foi uma escolha muito certa e segura", diz ele.

A série prima pela "diversidade", segundo explicou Jorge Wemans, tanto em termos de quem ajuda, como de quem beneficia. Doentes em fase terminal, refugiados, invisuais, toxicodependentes ou crianças, são exemplos de pessoas que recebem auxílio, carinho e atenção. Quem ajuda são pessoas de ambos os sexos e de todas as idades. "Também tentamos que não fossem sempre as mesmas instituições a aparecer", conta Jorge Wemans. Rui Cunha, da Santa Casa, diz que a RTP2 com este projecto "ganhou o primeiro prémio". Este é um programa sobre pessoas que se dedicam a outras sem pedir nada em troca, apenas pelo prazer.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Lúcia vai entrar em Olhos nos Olhos! Não fazia a miníma ideia... :puppyeyes:

Share this post


Link to post
Share on other sites

QUOTE(TaniaM @ 9-Oct-2008, 00:05) <{POST_SNAPBACK}>
A Lúcia vai entrar em Olhos nos Olhos! Não fazia a miníma ideia... :puppyeyes:

Pois é verdade ... também fiquei surpresa, pois não tinha lido nada sobre o assunto, nem em nenhum dos Fóruns (Vingança ou TV Universo), nem em Revistas, só agora é que aparece e segundo li, até é uma Personagem importante, uma vez que a sua finalidade é vingar-se de um dos Gémeos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

O nosso Diogo, costuma ser sempre muito sincero no que diz, não ia ser diferente agora!

Apenas fiquei surpresa, com o facto de o Contrato estar a acabar e ainda não mencionar se vai ou não continuar na SIC, visto dizer que nunca recebeu propostas de mais ninguém, o que acho muitíssimo estranho?!

Não fazer parte da "Guerra" da SIC versus TVI, pela contratação de Actores!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas isso não é novidade, quando se começou a falar nos " Casos" já se falava que ela ia entrar numa novela.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E parece que vai interpretar uma vilã... essa informação está no tópico de "Olhos nos Olhos".

Share this post


Link to post
Share on other sites

E já não era sem tempo.

Esse é um papel á altura da Lúcia, já estava farta de a ver sempre chorando, até nos casos da vida tinha de chorar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest

Bem, de qualquer maneira a Diana Guerra ou Diana Marquês é linda, é pena não ter voltado a aparecer e não continuar, por mais esporadicamente que fosse, a fazer novelas. como referi no outro post, ela é miúda pra 17 ou 18 anos. Se estivesse como modelo (já fez 2 ou 3 fotos pra Glam) estaria muito bem, e a fazer nem que fosse participações especiais, ela de facto já era bonita na Filha do Mar aos 10/11 anos, agora aos 17 ou 18 está lindíssima, perfeita e seria bom se aparecesse!

Share this post


Link to post
Share on other sites

pois nem todos actores aderem aos hi5, mas ela só fez uma novela, e ela além de terr uma cara bonita, tinha imenso talento, acho que a sic podia aproveitar os actores desaparecidos e esquecidos pela tvi para os fazer brilhar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

A SIC numa manobra promocional resolveu desde a semana colocar no ar os filmes protagonizados por Diogo Morgado.

Desta feita, hoje á noite, teremos o famoso "Amo-te Teresa".

Só quero ver se lhe dá na guelra transmitir outros mais giros com sotaque latino á mistura :laugh_mini: :laugh_mini: :laugh_mini:

Share this post


Link to post
Share on other sites

E o site TVU também lhe deu atenção, sendo a nova "estrela" do espaço "Estrelas na Terra".

Tenho pena de não poder rever o filme "Amo-te Teresa". Se calhar, o horário nocturno da SIC, a partir da semana passada, será ocupado por filmes portugueses.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na semana passada passou o Crime do Padre Amaro, embora neste o Diogo não seja o protagonista.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

Recebi hoje, no meu E-Mail, através do Alerts do Google, esta Entrevista ao Actor, Escritor e sei quantas coisas mais, Virgílio Castelo, ou seja, neste momento é mais conhecido como o "Advogado do Diabo" na Novelas Portuguesa da SIC ... Podia Acabar o Mundo.Esta Noticia saiu no Jornal Correio da Manhã.

"17 Outubro 2008 - 00h00

Entrevista: Virgílio Castelo

"Posso vir a escrever uma novela"

Virgílio Castelo, autor do romance 'O Último Navegador', actor e consultor de Ficção da SIC, tem mais obras em mente.

- Lançou o primeiro livro, 'O Último Navegador', editado pela Esfera dos Livros. E já tem mais dois em mente, um sobre o amor e outro sobre Deus. Admite a hipótese de vir a escrever uma novela?

- Já escrevi uma há muitos anos, em parceria com a Maria João Mira, 'Sonhos Traídos' [TVI], embora a minha participação fosse minoritária. Não ponho de parte essa hipótese. É uma questão de ver como é que as coisas evoluem nos próximos tempos. Mas não é de todo uma prioridade para mim. Apetece-me muito mais escrever dois novos romances do que uma telenovela.

- O Virgílio tem um papel de destaque na nova novela da SIC, 'Podia Acabar o Mundo'. Como é estar na pele do vilão Eduardo? Gosta de se ver?

-Há muito que não fazia um vilão. E gosto imenso de os fazer. Mas digamos que os vilões têm sempre uma vantagem sobre os heróis. Para mim, são mais fáceis de fazer, porque o herói é um homem normal numa situação de excepção e o vilão é um homem excepcional numa situação normal.

- Qual é essa vantagem?

- É mais fácil um actor meter tudo o que lhe vem à cabeça num vilão porque tudo lhe é permitido. Para mim, é muito divertido estar a fazer esta personagem.

- A sua personagem é movida pela vingança contra o major Louro, pai de Rodrigo (Diogo Morgado), na sequência do testemunho que ele deu contra Eduardo e que levou a que este fosse preso?

- O que move o Eduardo é um trauma de infância que será explicado mais para a frente e que é muito determinante. Isso terão de esperar para ver.

- É esse trauma que origina a violência de Eduardo sobre a mulher, Luísa Morais (Ana Padrão), e sobre Nazaré (Maria das Graças)?

- Sim. Está tudo ligado a esse trauma de infância muito marcante.

- Como consultor para a Ficção Nacional da SIC, como vê as audiências da novela 'Podia Acabar o Mundo', muito abaixo das da TVI?

- Esse é um assunto que diz respeito à Direcção de Programas. O que tem a ver com a atitude da SIC enquanto instituição não posso ser eu a falar.

- Mas, enquanto consultor, gostava, decerto, de ver a telenovela com melhores audiências?

- Só falo sobre as características do projecto. Sobre as audiências, não falo de todo. Essas têm de ser enquadradas numa dimensão da Direcção de Programas, que tem a ver com a programação em geral. Estar a falar de audiências de um projecto específico, que está no ar há duas semanas, seria uma enorme falta de respeito da minha parte. Para mim, as audiências são apenas uma parte do meu trabalho, que é, essencialmente, a dimensão artística do projecto.

- Considera 'Podia Acabar o Mundo' um projecto, de facto, inovador?

- Essa apreciação é a que o público tem de fazer. Os ecos que nos chegam são de que o objectivo que existia, que era criar uma ficção que tenha uma marca claramente diferente do resto que se faz, acho que isso está conseguido.

- Cumpriu o que pretendia como consultor deste projecto?

- Sim. O meu objectivo era criar uma ficção que tivesse uma estrutura e um 'desenho' completamente diferentes daquilo que existe na concorrência. Isso estamos absolutamente convencidos de que conseguimos alcançar.

- Na sua opinião, 'Podia Acabar o Mundo' é uma boa história, com garra para agarrar o público?

- Não tenho a menor dúvida sobre isso. A história e os ecos que nos chegam das pessoas que vêem dá todos os motivos para ficarmos com a certeza de que o caminho é este.

- De qualquer modo as audiências têm revelado que o forte da ficção nacional é a novela típica da TVI. Quer pronunciar-se?

- Acho que o panorama da ficção em Portugal está a entrar numa determinada normalidade. Nós precisamos é que o telespectador tenha a noção de que, quando liga a televisão, se quer ver um determinado tipo de ficção liga a TVI, se quer ver outro tipo de ficção liga a RTP e se quer ver outro liga a SIC. Acho que é isso que nós, em todos os canais, estamos a escolher.

- O objectivo é que não haja nenhum canal a copiar os outros?

- Eu acho que isso é claro, neste momento. Não tenho a menor das dúvidas de que o produto ficcional que a SIC está a apresentar é diferente daquilo que existe nos outros canais.

- Como é que surgiu a ideia de ir buscar uma canção antiga do Herman José, com letra dele e da Rosa Lobato Faria, para dar o nome à novela?

- A isso não posso responder. Não me posso apropriar de uma ideia que não é minha.

- Quem é Benjamim, o protagonista deste seu primeiro romance, 'O Último Navegador'?

- É uma personagem excessiva e com um distúrbio: vive num futuro que mostra um país diferente.

- Poderia adaptar o livro à ficção televisiva?

- Seria muito dispendioso. Só em Hollywood isso poderia ser feito. Se me apresentassem este romance para fazer uma adaptação televisiva não saberia como fazê-lo. Sobretudo porque o truque narrativo, que é o de um futuro que só está na cabeça de uma pessoa, o Benjamim, e um presente que está nas outras personagens todas, tornaria isso difícil. E só a construção da nova capital portuguesa, Lusitânia, gastaria todo o orçamento.

PERFIL: O PERCURSO

Virgílio Castelo nasceu em Lisboa a 26 de Fevereiro de 1953. Estudou Representação na Escola de Artes da Universidade de Estrasburgo, como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian. Foi co-fundador do Grupo de Teatro Ad Hoc. Nos anos 90, apresentou na RTP o programa 'Isto só Vídeo'. Contracenou com Alexandra Lencastre, sua antiga mulher, na série 'Ana e os Sete' (TVI). Entrou em várias telenovelas, como o remake de 'Vila Faia', em exibição na RTP 1. Neste ano, tornou-se consultor de Ficção da SIC, onde integra o elenco da novela 'Podia Acabar o Mundo'. É casado com a fotógrafa Maria Lucena, com quem tem uma filha de quatro anos."

Filomena Galacho

Share this post


Link to post
Share on other sites

QUOTE(Catita @ 18-Oct-2008, 17:05) <{POST_SNAPBACK}>
Na semana passada passou o Crime do Padre Amaro, embora neste o Diogo não seja o protagonista.

É verdade o Diogo nesse Filme não é Protagonista, mas que faz um Papel Engraçado, lá isso faz, e dá para o ver na mesma ... o que já é bom!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...