Jump to content

82: Televisões clandestinas


Recommended Posts

Nem todos os países possuem métodos eficientes de disseminar informação local pela televisão. Nos anos 80, o audiovisual português vivia um bacanal. Rádios piratas espalhavam-se por toda a parte que nem insectos. Obviamente a televisão tinha de seguir os mesmos passos.

Hoje em dia, "televisão pirata" refere-se ao uso ilegal de plataformas tipo MEO e NOS para os tesos verem a SPORT.TV e a Eleven Sports sem pagar. Nos anos 80, era outro género de televisão. Uma televisão aberta à proximidade com o espectador local.

Esta edição vai ser actualizada consoante os dados que encontrar.

A "televisão regional" (como era costume dizer) mais antiga que encontrei era a TV Pernes, fundada em 1980 por José Guilherme Paradiz, junto com a Rádio Pernes. Em cima, um noticiário raríssimo da TV Pernes aquando do seu primeiro aniversário, sem grafismos. Refere-se que a própria televisão foi inaugurada em Fevereiro de 1980, a semanas da RTP oficialmente introduzir a cor nas suas emissões - a TV Pernes orgulhava-se em ser a "primeira televisão a cores de Portugal". Não se sabe quando encerrou. Se ainda estivesse no ar certamente seria comprado pela Global Diffusion e passaria a Record.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Como já disse, as televisões clandestinas espalhavam-se por toda a parte. No dia 12 de Fevereiro de 1984, um retransmissor da TVE 1 foi sabotado por uma mira técnica da TV Maravilha. O próprio, nome de código "Coca-Cola" (possivelmente em alusão ao facto da bebida em si ser proibida em Portugal até 1976), também já deteve uma rádio, a Rádio Maravilha, em 1981. Para ler em melhor qualidade, veja aqui e aqui.

Igualmente os retransmissores da TVE no Porto eram de certa maneira ilegais, e devido às limitações só se podia "amplificar" o sinal da TVE 1 para a banda UHF em zonas mais longe da fronteira. Em Fevereiro de 1983, um ano antes da célebre TV Maravilha, a RTP 1 foi palco de uma televisão pirata "entre Espinho e o Rio Douro" que abria depois das 23 horas quando a RTP 1 encerrava e passava filmes de "moral duvidosa". Uma característica destas televisões era o facto de emitir filmes mais eróticos (ainda no mesmo ano houve a polémica de Pato com Laranja na RTP 1).

Já a TV Maravilha, pouco depois do seu primeiro feito, convidou os Parodiantes a fazer algo no canal. A 31 de Março o canal foi notícia no Expresso. Falava-se mais sobre o porquê do interesse nas emissões espanholas e da sua existência. Mais de uma década mais tarde, o JN relembrou a situação.

Por volta de 1985/1986 houve a eclosão a sério destas televisões. Em 1986, Vila Nova de Cerveira acolheu a Alternativa de Televisão (ATV). Um nome destes espelhava o que a gente queria ver numa altura em que a televisão era a RTP e com o surgimento de canais europeus por satélite, como o Super Channel e a SKY Channel, era normal que estes canais seriam uma boa influência, de tal maneira que chegaram a ser retransmitidos ilegalmente em frequências UHF um pouco por todo o país. Pelo que sei, no Picoto havia emissão clandestina de alguns destes canais sem recorrer a satélites para os ver.

A sede do JN foi palco de um debate em 1995 (salvo erro) organizado pela Televisão Regional do Norte (TVN) que deu aso à criação de todo um movimento pela sua legalização, mas sem sucesso. Uma emissão clandestina foi feita na noite de 24 para 25 de Abril, provavelmente a última televisão pirata de todas. Uma figura importante foi o Mário Viegas que defendia toda uma série de televisões regionais. Não se sabe se foi numa frequência livre.

Se no Porto houve a célebre TV Maravilha, em Lisboa haviam muitas televisões parecidas na zona. Só não sei se havia uma com sede no município de Lisboa, mas as televisões de que até o Markl se lembra eram a Televisão Regional de Loures e o Canal Zero de Odivelas.

A Televisão Regional de Loures emitia no canal 21 da banda UHF, segundo um dos comentários. Até a RTP falou sobre o canal, o que acho incómodo:

A TRL ficou famosa por entrevistas a celebridades e chegou a emitir filmes (como por exemplo do Sylvester Stallone) e jogos de futebol locais. Quanto ao Canal Zero de Odivelas, não há registos audiovisuais, mas teve um separador caricato com o Adam Curry do Europa Countdown (mais tarde Countdown com o encerramento da Europa Television). Os grafismos do canal eram feitos no fantástico ZX Spectrum, onde os programas mais destacados da grelha piscavam. Um dos destaques (segundo o Markl) era um filme para adultos: "Orgias em Couro Negro". O Markl descobriu uma destas televisões por acaso no quarto, quando se deparou com um filme destes. Exaltado, foi para a sala. Na RTP 1 estava a dar um concurso e na RTP 2 uma ópera (ou coisa que o valha). Tinha anunciantes, ao contrário de uma certa televisão que havia em Braga, como os ténis Asics e o Belmiro "Antenas" (sim, "Antenas" estava entre aspas).

Braga tinha a sua própria televisão, e pelo que sei, a única, pois das televisões clandestinas da cidade, só o meu pai ouviu falar da "Braga TV". Sim, o nome está entre aspas, mas porquê? Ao contrário de muitas outras televisões privadas, a Braga TV nem nome tinha, tinha emissor na Falperra e o "posto" das emissões era num apartamento qualquer. Se nem nome tinha, nem separadores tinha, nem locutores, nem sequer um anunciante. Tudo o que emitia eram gravações perras de jogos do Braga (jogos de futebol locais eram um dos trunfos destas televisões) e filmes para adultos. Não se sabe exactamente quando surgiu e quando acabou. Estimativas do meu pai dizem que foi aberto por volta de 1985/1986 e encerrado em 1989.

Edited by ATVTQsV
  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...