Jump to content
ATVTQsV

53: Televisão em Singapura

Recommended Posts

320px-Flag_of_Singapore.svg.png

Sejam bem-vindos a mais uma tua história de subestação, desta vez especial já que amanhã, Singapura faz 53 anos de independência (coincidentalmente é a 53ª edição da  THdS). Hoje recorremos à sua história televisiva de maneira cronológica.

1 de Junho de 1936: A rádio chega a Singapura.

Agosto de 1952: Primeiras experiências com a televisão em Singapura.

Julho de 1953: O governo anunciou que não iria criar um canal de televisão dados os custos elevados de operar tal serviço.

Agosto de 1955: O governo recomeça a falar sobre um potencial canal de televisão, detido por empresas privadas.

Dezembro de 1958: Mais uma vez, o governo recusou a criação de um canal de televisão pelas mesmas razões dadas cinco anos antes.

Maio de 1960: S. Rajaratnam, ministro da cultura, confirma a chegada da televisão a Singapura.

Abril de 1961: É anunciada a criação de um canal por via de um orçamento de 5.9 milhões de dólares. Um segundo canal seria criado posteriormente. A televisão era vista como um meio que quebrava as barreiras culturais do território, na altura controlado pela Malásia.

21 de Janeiro de 1963: Primeiras emissões experimentais à base de miras técnicas e de imagens estáticas de Singapura.

CgUDBneUkAMhkAd.jpgtv+singapura+opening+15021963d_sm.jpg

15 de Fevereiro de 1963: data histórica onde o primeiro canal de Singapura, a TV Singapura (nome em malaio) arranca as suas emissões no canal 5. O resto da Malásia só teria acesso à televisão a fins de Dezembro do mesmo ano. A emissão arrancou com o hino nacional, um discurso de S. Rajaratnam, que salientava que iria ser "o começo de uma revolução social e cultural nas nossas vidas", seguido por um documentário sobre a possível influência da televisão, dois desenhos animados, um noticiário filmado, um programa de comédia e um programa de entretenimento malaio. A emissão arrancou às 18 horas e terminou por volta das 19:40.

A emissão foi acompanhada em centros comunitários, casas de 2,400 famílias que tinham uma televisão e num centro cultural. Como Singapura fazia parte da Malásia na altura, era o quarto país da região da ASEAN a introduzir a televisão às massas: depois da Indonésia (Agosto de 1962), da Tailândia (Junho de 1955) e das Filipinas (Outubro de 1953). Se considerarmos as fronteiras actuais, a própria Malásia que só teve televisão no fim do ano acaba em quinto lugar e Singapura em quarto.

3 de Abril de 1963: A emissão passou a ser regular: de meia-hora nas semanas experimentais para quatro horas diárias. No mesmo dia foi emitida a primeira intervenção do presidente da "região autónoma".

Agosto de 1963: O único canal disponível na altura passa a emitir cinco horas aos dias úteis e nove horas aos fins-de-semana.

latest?cb=20131011084253

23 de Novembro de 1963: Arranque do segundo canal, no canal 8.

1 de Janeiro de 1964: A televisão de Singapura emite anúncios pela primeira vez de modo a reduzir a dependência nos subsídios.

9 de Agosto de 1965: À última hora, técnicos da televisão ouviram as notícias de que Lee Kwan Yew iria tornar Singapura num país independente da Malásia e foi feito um debate especial.

latest?cb=20131011083824

Como consequência, os dois canais passaram a ser controlados por uma nova empresa estatal, a Rádio e Televisão de Singapura (Radio Television Singapore).

31 de Janeiro de 1967: Primeiras emissões da televisão educativa no canal 8. Em 1993, as emissões passaram para o canal 12.

latest?cb=20131011083924

Junho de 1974: A RTS começa a emitir a cores se bem que em regime experimental. Os primeiros programas a serem emitidos a cores eram séries enlatadas vindas dos Estados Unidos, desta vez em formato de cassetes e não filme, de modo a acompanhar o progresso tecnológico dos canais de televisão.

7 de Julho de 1974: Primeira emissão em directo a cores: a final do Mundial de Futebol a ser disputada na República Federal Alemã.

9 de Agosto de 1974: Primeira marcha do Dia Nacional a cores.

Novembro de 1974: Os noticiários passam a ser emitidos a cores. Por volta desta altura começam a surgir problemas relacionados com o conteúdo das séries criminais, o que incitou ao crescimento da violência nos jovens do país. Como consequência a RTS decidiu dedicar as noites de segunda, terça e sexta a séries de outras temáticas. As séries criminais, por outro lado, continuaram a ser populares noutros países da ASEAN.

1 de Julho de 1978: O governo inicia uma campanha para incitar aos jovens para aprenderem mandarim. Como consequência, os meios de comunicação proibiram qualquer tipo de programa num dialecto chinês sem ser mandarim. As telenovelas de Hong Kong, que até à data eram emitidas tal e qual elas eram (em cantonês), passaram a ser previamente dobradas em mandarim para serem emitidos em Singapura.

Sbc_sg_logo.png

1 de Fevereiro de 1980: A RTS dá o seu lugar à SBC (Singapore Broadcasting Corporation) afim de lhe conceder uma maior autonomia do governo, com um crescimento orçamental e um desenvolvimento das infraestruturas.

240?cb=20131106112527240?cb=20131106112509

Ainda assim, Singapura tinha um monopólio televisivo onde os telespectadores estavam limitados a escolher por entre duas opções no pequeno ecrã. Contrariamente, nos vizinhos a sul da Indonésia (país mais populoso da região), só se podia ver um canal (o monopólio estatal foi quebrado em 1989) e na Malásia dois canais do governo também.

Uma semana antes, foi lançada uma revista que era um guia de rádio e televisão. A dita revista ainda existe mas com o nome 8 Days.

Seletarrobbery.jpeg

24 de Julho de 1982: A SBC 8 emite um telefilme local: O Grande Roubo de Seletar, em mandarim. Ainda neste ano, a SBC começou a produzir muitas telenovelas chinesas em massa de modo a comprovar o facto de que, afinal, em Singapura se podia fazer televisão e que podia reduzir a dependência em conteúdos estrangeiros. Uma característica que definiu o canal ao longo dos anos que seguiram.

1 de Agosto de 1983: A SBCText, primeiro serviço de teletexto na Ásia, é arrancada oficialmente.

300?cb=20131106112448

31 de Janeiro de 1984: A SBC 12 é criada. O canal era dedicado à cultura e às artes. Direi apenas que era um "canal de elites".

1984: Criação de uma escola para treinar futuros funcionários da SBC.

1985: À custa das fracas audiências, a SBC 12 diversifica a sua grelha e inclui desporto e filmes.

28 de Fevereiro de 1988: Primeiro programa de talentos de Singapura, Star Search, um programa em mandarim que fez muito furor na altura e lançou as carreiras de alguns cantores.

1 de Agosto de 1990: Arranque das emissões regulares em som estéreo na SBC.

21 de Março de 1991: O governo sugere a criação de mais canais numa plataforma de televisão por cabo a ser desenvolvida.

22 de Maio de 1991: A SBC anuncia que iria criar três canais através de uma subsidiária criada para o efeito.

10 de Setembro de 1991: Criação da Singapore Cable Vision, subsidiária da SBC e da Singapore International Media que iria gerir uma plataforma de televisão por cabo e alguns canais, numa altura em que a região da ASEAN estava a começar a descobrir as plataformas pagas. A SBC detia 35%.

2 de Abril de 1992: Arranque da NewsVision, primeiro canal de cabo de Singapura. Emitia programas da CNN International, a ITN World News e repetições do noticiário das 21 da SBC 5. Não se sabe quando é que o canal encerrou.

1 de Junho de 1992: Arranque da VarietyVision, dedicado ao entretenimento, e da MovieVision, dedicado aos filmes através de uma parceria com a HBO. Passado algum tempo, quando o canal passou a emitir para o sudeste asiático, o canal passou a ser a HBO da Ásia. Como a SCV funcionava por microondas e através da banda UHF, o serviço foi envolto numa polémica porque muitos telespectadores viviam em prédios altos e isto afectava o sinal. O preço, cerca de 30 dólares, não era barato.

1 de Dezembro de 1993: Arranque da Singapore International Television, que emitia uma hora por dia no satélite indonésio Palapa que cobria o sudeste da Ásia.

169?cb=20150320105252

1 de Janeiro de 1994: A SBC 5 usa pela primeira vez um símbolo próprio e passa a emitir a sua grelha inteira em inglês. Tudo o que havia em malaio foi para a SBC 12 de modo a subir as audiências do canal. O principal "ponto de venda" era, a partir desta altura, o entretenimento.

20 de Fevereiro de 1994: Primeiros prémios locais, os Star Awards.

latest?cb=20131011031756

29 de Maio de 1994: Depois da SBC 5, a SBC 8 muda a sua imagem e reforça a sua imagem de liderança face à comunidade chinesa no país. Mais tarde, os programas em tâmil passaram a ser emitidos na SBC 12, que iria passar por uma grande mudança.

Agosto de 1994: Primeiro programa da manhã.

latest?cb=20141125074440

1 de Outubro de 1994: Privatização da SBC e entrega dos bens à Singapore International Media. A gestão dos canais 5 e 8 foi entregue à Television Corporation of Singapore, o canal 12 à Singapore Television Twelve e a rádio à Radio Corporation of Singapore.

240?cb=20150320112653

Já a TV12 era composta por dois canais que alteravam entre si: Prime 12 que emitia programas em tâmil e malaio e Premiere 12 destinado à emissão de conteúdo internacional, desde filmes a desporto.

5 de Outubro de 1994: É emitido o primeiro episódio da série Masters of the Sea, primeira série local em inglês. Porém a série acabou por ser um erro gigantesco, sobretudo por causa de haver problemas culturais nalgumas personagens. Apesar de ter falhado em Singapura, uma dobragem na Indonésia resultou.

21 de Fevereiro de 1995: Estreia da primeira sitcom local, Under One Roof. A série foi um sucesso que chegou a ser vendida a diversos países asiáticos e, mais tarde, para a Austrália e o Canadá.

6 de Março de 1995: Primeiro programa da manhã em mandarim.

10 de Março de 1995: O canal 5 passa a emitir 24/24 aos fins-de-semana.

Junho de 1995: A Singapore Cable Vision passa a emitir em cabo convencional, com uma oferta de 25 canais.

1 de Setembro de 1995: O canal 8 passa a emitir 24/24 todos os dias.

29 de Setembro de 1995: O canal 5 passa a emitir 24/24 todos os dias e passa a emitir breves intercalares de informação durante todo o dia. Uma decisão que foi aplaudida pela generalidade das pessoas.

1997: A TCS exporta algumas das suas novelas para a televisão por cabo em Taiwan.

Agosto de 1998: A TCS entra na indústria cinematográfica afim de a expandir.

latest?cb=20151216081907

1 de Janeiro de 1999: As empresas da SIM são integradas numa nova empresa, a MediaCorp. As marcas individuais permaneceram por mais dois anos.

200px-Channel_NewsAsia_logo_%28shape_only%29.svg.png

1 de Março de 1999: Singapura passou a ter o seu próprio canal de notícias, a Channel NewsAsia.

latest?cb=20131011045301

20 de Janeiro de 2000: A TCS lança o canal Suria, inteiramente em malaio.

30 de Janeiro de 2000: Lançamento do canal SportsCity, primeiro canal desportivo exclusivamente local.

Head_mwlogo.gif

8 de Junho de 2000: Fundação da SPH MediaWorks, com o aval da Singapore Press Holdings, detentora de vários jornais. O objectivo era quebrar o monopólio da televisão terrestre em Singapura.

28 de Setembro de 2000: A Channel NewsAsia passa a emitir para o estrangeiro, nomeadamente para boa parte da Ásia e a Austrália.

latest?cb=20131011033817header_01.gifMediacorp_arts_central_logo.png

20 de Outubro de 2000: Fim das marcas Prime 12 e Premiere 12. A estrutura diária do canal foi alterada: durante o dia (das 09:00 às 18:30 aos dias úteis, não emitia aos fins-de-semana à tarde) era o Kids Central, canal para crianças em inglês com muito conteúdo local e internacional. Às 18:30 (mais cedo aos fins-de-semana) entrava o canal Vasantham Central, que emitia programas em tâmil. Das 21:00 ao encerramento (meia-noite) era o Arts Central, que era dedicado à cultura mas também emitia séries.

2000?cb=20120522134435

12 de Fevereiro de 2001: Mudança na estrutura da televisão em Singapura. As empresas da MediaCorp uniram-se numa marca universal. A TCS passa a ser a Mediacorp TV, a RCS a Mediacorp Radio e a STV 12 a Mediacorp TV12.

latest?cb=20151209073107

14 de Fevereiro de 2001: Arranque oficial da TVMobile, plataforma disponível em autocarros. Emitia programas dos canais da MediaCorp e tinha um simultâneo na rádio. Um pouco como a plataforma que a CP usa para os ecrãs do Alfa Pendular.

latest?cb=20151217081956latest?cb=20131011032409

6 de Maio de 2001: Arranque dos dois canais da SPH MediaWorks: TVWorks (que passado pouco tempo mudou o seu nome para Channel I) em inglês e Channel U em mandarim.

citytv.jpg

20 de Maio de 2001: A SportsCity mudou de nome para City TV.

11 de Janeiro de 2002: A City TV fecha por causa das fracas audiências.

st_20150715_bgmile30_15029272.jpg

3 de Março de 2002: Ao fim de menos de um ano, a TV Works muda de nome para Channel I.

26 de Setembro de 2002: A Singapore Cable Vision passa a ser a Starhub Cable Vision, na sequência de uma fusão entre a operadora de cabo e a operadora de telecomunicações móveis anunciada em Maio.

Fevereiro de 2003: A Starhub lança o seu próprio canal de SMSs na sua rede de cabo.

14 de Maio de 2004: A Channel NewsAsia começa a emitir legalmente na República Popular da China.

17 de Setembro de 2004: A MediaCorp e a SPH anunciam a fusão das suas operações televisivas, dado que o mercado de Singapura não bastava para ter duas empresas a concorrerem na televisão terrestre.

21 de Dezembro de 2004: A Media Development Authority aprovou a fusão.

1 de Janeiro de 2005: Volvida cerca de hora e meia desde a chegada do ano, a Channel I encerra definitivamente as suas emissões. A Channel U passou a ser um canal complementar ao Channel 8.

2006: Os noticiários passam a ser emitidos com legendas para bem dos telespectadores surdos.

1 de Julho de 2007: Lançamento da mio TV, operadora de IPTV da Singtel, criada a fim de concorrer com a Starhub.

latest?cb=20120613095532

10 de Dezembro de 2007: Primeiro canal em HD de uma plataforma terrestre no sudeste asiático: HD5.

Vasantham_logo.jpg

19 de Outubro de 2008: Os programas em tâmil, outrora emitidos como Vasantham Central, passaram a ser emitidos em canal próprio, o Vasantham, afim de atender aos crescentes pedidos de muitos telespectadores tâmeis. Para tal, notou-se uma subida no número de horas semanais de programas em tâmil, 69 horas contra as 29 do Vasantham Central.

17 de Fevereiro de 2009: A Starhub encerra a sua rede de cabo analógica.

31 de Dezembro de 2009: Encerramento da plataforma TVMobile, na sequência de inúmeros pedidos por causa do excesso de telenovelas chinesas.

9 de Agosto de 2010: Primeira marcha do Dia Nacional em HD.

31 de Agosto de 2010: A telenovela filipina The Two of Us estreia no Channel 5 com dobragem em inglês e legendas em mandarim e malaio.

25 de Janeiro de 2011: A MediaCorp começa a experimentar serviços de televisão interactiva na sua rede de TDT.

21 de Janeiro de 2013: A Channel NewsAsia passa a produzir noticiários em directo 24 horas por dia. Em Portugal, esta práctica começou a ser abandonada por esta altura.

15 de Fevereiro de 2013: A MediaCorp celebra o quinquagésimo aniversário da televisão em Singapura em grande, com programas especiais ao longo do ano e uma festa especial de passagem de ano.

16 de Dezembro de 2013: Actualização da rede de TDT para o formato DVB-T2.

1000px-MediaCorp_logo_December_2015.svg.png

8 de Dezembro de 2015: A Mediacorp muda o seu símbolo, mais moderno e com fortes elos com a diversidade cultural do país. A Mediacorp também mudou a sua sede principal.

1 de Agosto de 2017: Saída definitiva da sede antiga.

31 de Dezembro de 2018: Data da conclusão das emissões analógicas em Singapura, depois de 55 anos no ar. Era para ser terminada a 31 de Dezembro de 2017 mas foi adiado por um ano de modo a que mais casas mudem para a TDT. Como Singapura usa o formato DVB-T2, a Mediacorp beneficia muito da plataforma HbbTV.

Termino esta edição da THdS, criada um pouco à última hora e num formato experimental (lista cronológica) em homenagem ao Dia Nacional de Singapura que se comemora amanhã, dia 9 de Agosto. A ver se faço mais listas de modo a que a informação seja mais clara.

  • Gostar 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 5 horas, ATVTQsV disse:

31 de Agosto de 2010: A telenovela filipina The Two of Us estreia no Channel 5 com dobragem em inglês e legendas em mandarim e malaio.

Que misturada :lol:  

  • Haha 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 23 minutos, Tiago João disse:

Que misturada :lol:  

É simples: Singapura tem quatro línguas oficiais: mandarim, inglês, malaio e tâmil. O Channel 5 emite alguns programas com legendagem em outras línguas já que as televisões modernas, por via da TDT, incluem a opção de legendagem nas outras línguas. Isto muda consoante o programa.

Já no caso do Vasantham, a grelha é romanizada e as descrições dos programas e páginas nas redes sociais são em inglês para facilitar a comunicação.

Eu até podia entrar em fantasias: vamos supor que a língua portuguesa é a quinta língua oficial de Singapura, porém é uma língua de minorias como o tâmil. As novelas portuguesas e brasileiras num hipotético canal lusófono da Mediacorp teriam legendas em inglês e mandarim na TDT.

  • Obrigado 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora

×