Jump to content

Audiências de sábado [04/12/2021]


Luisão

Recommended Posts

3 hours ago, Franciscojrb said:

No ano passado a TVI fez especiais com a Cristina e o Goucha… este ano nada de nada. Lei do menor esforço. Depois querem resultados… não é com o Ruben Rua que vão lá. Acordem para a vida. 

Com esta apatia toda ainda regressam à desgraça que foi 2019/2020.

Por aqui se vê que falta liderança na estação.

  • Like 8
Link to comment
Share on other sites

Eu estou a adorar isto. A liderança nos informativos está como nunca esteve e a TVI na penúria com a Cristina ahahah. Que estes números continuem por algum tempo para ver se o Mário Ferreira percebe o erro e manda a Cristina para fora da direção. 

O que me faz rir ainda mais é, dentro da própria casa, a informação a dar frutos e o entretenimento um buraco sem fundo. 

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

há 17 minutos, Tomás_RL disse:

Eu estou a adorar isto. A liderança nos informativos está como nunca esteve e a TVI na penúria com a Cristina ahahah. Que estes números continuem por algum tempo para ver se o Mário Ferreira percebe o erro e manda a Cristina para fora da direção. 

O que me faz rir ainda mais é, dentro da própria casa, a informação a dar frutos e o entretenimento um buraco sem fundo. 

A informação da TVI continua no buraco. E no inicio do ano era a pior parte do canal...

Edited by PT 04
Link to comment
Share on other sites

há 3 minutos, PT 04 disse:

A informação da TVI continua no buraco. E no inicio do ano era a pior parte do canal...

Tens razão, estava a referir-me à CNN :triste_teresa: Sim, o J1 e o J8 estão no buraco. Ainda não consegui perceber é se se deve só ao lead-in (que costuma ser bastante fraco) ou se é a própria informação em si...

Link to comment
Share on other sites

2 hours ago, Tomás_RL said:

Tens razão, estava a referir-me à CNN :triste_teresa: Sim, o J1 e o J8 estão no buraco. Ainda não consegui perceber é se se deve só ao lead-in (que costuma ser bastante fraco) ou se é a própria informação em si...

A melhor resposta para este tipo de dilemas é: ambas as razões.

O lead-in é bastante fraco - é só ver os resultados do Telejornal quando o PC "bomba" - e os espaços de informação perdem em muito para os da SIC em todos os capítulos: realização, peças, grafismo, dinâmica do noticiário.

  • Like 6
Link to comment
Share on other sites

há 3 horas, Rangel disse:

Com esta apatia toda ainda regressam à desgraça que foi 2019/2020.

Por aqui se vê que falta liderança na estação.

E sinceramente seria merecido, mesmo contra uma SiC que não se tem esforçado nada demais.

Neste momento têm uma directora que está mais preocupada em auto promover-se do que trabalhar para melhorar as audiencias do canal. 

  • Like 2
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, JM26 said:

E sinceramente seria merecido, mesmo contra uma SiC que não se tem esforçado nada demais.

Neste momento têm uma directora que está mais preocupada em auto promover-se do que trabalhar para melhorar as audiencias do canal. 

Mds, vocês só dizem disparates e não tem mesmo noção do que era a TVI há três anos :ph34r:

Eu nem vou defender totalmente esta grelha da TVI, há produtos que claramente não resultam e continuam ali por continuar sabe-se bem lá porquê, mas fazendo a comparação com aquilo que era a grelha da TVI há uns 2 ou 3 anos nota-se um claro aumento na qualidade dos formatos e sobretudo a grelha é estável, embora essa estabilidade acabe por ter a consequência que abordei na primeira frase. Basta ver o que eram os conteúdos da TVI há dois ou três anos e, principalmente, o pandemónio que era grelha e fazer a devida comparação. 

A TVI precisa sobretudo de um pulso firme para determinadas decisões, coisa que a Cristina não consegue ter, principalmente, em correr com algumas caras que o público não consegue ter nenhuma ligação, a promoção que é o maior calcanhar de Aquiles de sempre do canal e varrer os formatos que não resultam, dando-lhes um final digno que não seja desaparecerem com a promessa de voltar ou saírem sem justificação. 

Edited by Fernando
  • Like 1
  • Thanks 1
  • LOL 1
Link to comment
Share on other sites

há 9 minutos, Fernando disse:

Mds, vocês só dizem disparates e não tem mesmo noção do que era a TVI há três anos :ph34r:

Eu nem vou defender totalmente esta grelha da TVI, há produtos que claramente não resultam e continuam ali por continuar sabe-se bem lá porquê, mas fazendo a comparação com aquilo que era a grelha da TVI há uns 2 ou 3 anos nota-se um claro aumento na qualidade dos formatos e sobretudo a grelha é estável, embora essa estabilidade acabe por ter a consequência que abordei na primeira frase. Basta ver o que eram os conteúdos da TVI há dois ou três anos e, principalmente, o pandemónio que era grelha e fazer a devida comparação. 

A TVI precisa sobretudo de um pulso firme para determinadas decisões, coisa que a Cristina não consegue ter, principalmente, em correr com algumas caras que o público não consegue ter nenhuma ligação, a promoção que é o maior calcanhar de Aquiles de sempre do canal e varrer os formatos que não resultam, dando-lhes um final digno que não seja desaparecerem com a promessa de voltar ou saírem sem justificação. 

Só te esqueces que há 2 anos a SIC estava numa fase ascendente e com boas e novas apostas e que o orçamento da TVI era bem inferior ao de hoje e isso sim limitava e muito as apostas da Garnel na altura. Tanto que teve de arcar com o pesadelo de HN na altura NCB e Prisioneira mais o flop do Like Me que ainda vinham da anterior direção.

A Garnel abusou nas repetições porque não tinha orçamento para mais nada a não ser as 2 novelas, o BB e aqueles programas de baixo orçamento de fim de tarde. Ou seja a Garnel não teve poder nenhum de criar a sua grelha, já a Cristina teve a oportunidade de criar a grelha no início deste ano. 

Link to comment
Share on other sites

2 minutes ago, JM26 said:

Só te esqueces que há 2 anos a SIC estava numa fase ascendente e com boas e novas apostas e que o orçamento da TVI era bem inferior ao de hoje e isso sim limitava e muito as apostas da Garnel na altura. Tanto que teve de arcar com o pesadelo de HN na altura NCB e Prisioneira mais o flop do Like Me que ainda vinham da anterior direção.

A Garnel abusou nas repetições porque não tinha orçamento para mais nada a não ser as 2 novelas, o BB e aqueles programas de baixo orçamento de fim de tarde. Ou seja a Garnel não teve poder nenhum de criar a sua grelha, já a Cristina teve a oportunidade de criar a grelha no início deste ano. 

Ou seja, acabas de comprovar o meu ponto :clown: 

Edited by Fernando
  • LOL 1
Link to comment
Share on other sites



Tens razão, estava a referir-me à CNN :triste_teresa: Sim, o J1 e o J8 estão no buraco. Ainda não consegui perceber é se se deve só ao lead-in (que costuma ser bastante fraco) ou se é a própria informação em si...


Se tiveres paciência e tempo para isso, aguenta aquelas quase duas horas ridículas e vê um jornal inteiro da TVI e depois um da SIC e percebes imediatamente a diferença. Não tem nada de lead in. Se assim fosse, o Telejornal tinha valores mais altos, mas é notória a mudança de canal de muito público que terminou de ver o Preço Certo. O lead in é uma teoria de quem gosta de estupidificar públicos. Como se as pessoas não soubessem bem o que querem ver e tivessem preguiça de mexer no comando.

Às nove e meia na RTP 2 tens o melhor espaço noticioso das generalistas. Aí de certeza que não encontras a história do carro que foi atacado por uma matilha de cães vadios.
Link to comment
Share on other sites

há 21 minutos, Wesley Gibson disse:

O lead in é uma teoria de quem gosta de estupidificar públicos. Como se as pessoas não soubessem bem o que querem ver e tivessem preguiça de mexer no comando.

Então como explicas que durante 300 dias consecutivos (no tempo do AsP) o J8 tenha ganhado, sendo o JdN hoje exatamente igual ao que era à época, excetuando os estúdios? E sim, vejo muitas vezes ambos os jornais de uma ponta à outra, sei muito bem o que um dá e o outro. E a teoria do lead-in não estupidifica públicos, simplesmente ensaia um eventual efeito de arrasto do espectador. Aliás, a prova de que certa forma ela existe são os resultados do TJ...

  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites



Então como explicas que durante 300 dias consecutivos (no tempo do AsP) o J8 tenha ganhado, sendo o JdN hoje exatamente igual ao que era à época, excetuando os estúdios? E sim, vejo muitas vezes ambos os jornais de uma ponta à outra, sei muito bem o que um dá e o outro. E a teoria do lead-in não estupidifica públicos, simplesmente ensaia um eventual efeito de arrasto do espectador. Aliás, a prova de que certa forma ela existe são os resultados do TJ...


Eu acho o contrário. O telejornal perde muito, apesar do lead in óptimo que tem. Há uma percentagem enorme de pessoas que acaba de ver o gordo e muda para ver as notícias noutro sítio qualquer. Tal como há uns meses havia muita gente a ver o jornal da SIC e mudava para ver a Festa é Festa na TVI. Não me parece que o lead in seja uma ciência exacta. Pode ser usado para explicar tudo e o seu contrário.

E eu não disse que não vias os noticiários. Aliás se o fazes gabo-te a resiliência. Mas como te interrogavas da diferença entre eles, na minha opinião a explicação é a qualidade. A Tvi deixou-se estar. Para mim os jornais não são iguais aos da altura da liderança do J8.
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...