Jump to content
Sign in to follow this  
João

Gato Fedorento - Esmiúça os Sufrágios

Recommended Posts

Sim, assim como muita gente.. Anyway..este programa é completamente dedicado à política! ;P

:yahoo_mini: vou gostar de ver, diário, assim dá pra "malharem" no que os politicos andaram a fazer durante o dia. vai ser feito em directo?

Isso duvido.. mas não sei.. :unsure:

Share this post


Link to post
Share on other sites

É mesmo em directo:

‘Gato Fedorento: Esmiuça o Sufrágio’

‘Gato Fedorento: Esmiuça o Sufrágio' é o título do novo programa do quarteto de humoristas, que estreia dia 14 na SIC. Emitido em directo, o programa tem por objectivo analisar a actualidade política durante as campanhas eleitorais para as legislativas e autárquicas e inspira-se no modelo ‘Daily Show' de Jon Stewart (exibido na SIC mulher).

Ao longo de seis semanas, que englobam dois sufrágios e o rescaldo dos resultados, o ‘Gato' terá à sua disposição quatro jornalistas que ajudarão na pesquisa. Os textos são da autoria dos humoristas. 'Trata-se de pessoas que não têm especial talento para apresentar, a fazer um directo, escrito no próprio dia a partir das 08h00', diz ao CM Ricardo Araújo Pereira.

Paulo Portas, Francisco Louçã, Jerónimo de Sousa e António Costa estão confirmados, mas muitos outros são esperados.

-- Quarta, 09 Set 2009 00:37 --

Gato Fedorento regressam segunda-feira para "esmiuçar" a campanha eleitoral

Os Gato Fedorento regressam segunda-feira aos ecrãs da SIC para "esmiuçar" dia-a-dia e em directo tudo o que se passa na campanha eleitoral, num registo mais formal mas sempre de garras afiadas.

"O programa basicamente segue o modelo do 'Daily Show' do Jon Stewart (programa norte-americano exibido em Portugal através da SIC Radical e da SIC Notícias. Tem um apresentador que conduz a emissão e um convidado", explicou à Lusa Ricardo Araújo Pereira, um dos quatro Gato Fedorento.

O humorista fez questão de salientar que "Gato Fedorento Esmiúça os Sufrágios" se "trata de um Jon Stewart das barracas, um 'Daily Show' pelintra".

Miguel Góis realçou que o novo programa é "inspirado" no formato norte-americano, mas "sem a mesma qualidade", argumento que Tiago Dores rebate com um "a palavra é copiado e não inspirado".

O programa terá uma duração média de 25 minutos e será transmitido em directo diariamente.

"O modelo de intervenção humorística deste programa, o modo como se aborda a actualidade é diferente de como era nos programas anteriores", disse Ricardo Araújo Pereira.

A primeira grande diferença serão os convidados, todos "verdadeiros".

"Significa isto que não há tempo a perder na maquilhagem a maquilhar de Sócrates ou a disfarçar de Valentim Loureiro. Não há tempo para isso", afirmou Araújo Pereira, acrescentando que "é um programa de comentário humorístico sobre o que acaba de acontecer no telejornal, em que não há sketches".

O líder do CDS-PP, Paulo Portas, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa e os líderes do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, e do PCP, Jerónimo de Sousa são alguns dos "nomes de protagonistas da política" que já confirmaram presença em "Gato Fedorento esmiúça os sufrágios".

"Estão confirmados os nomes e as pessoas", realça Tiago Dores.

"Imagine-se o que era dizermos que tínhamos o nome de Paulo Portas confirmado e vinha só o nome...", acrescentou Ricardo Araújo Pereira.

Além de políticos, o programa contará também com a presença de analistas, comentadores e jornalistas.

Para o programa interessam apenas os "grandes e os minúsculos" temas.

"Os pequenos e médios temas não nos interessam - o que é pena, porque as PME são um grande tema -, interessa-nos os grandes temas, falar do que vai acontecendo de substancial na política, mas como isso não é assim tanto e não dá para preencher o programa, interessa-nos também o pequeno. A espuminha que não interessa tanto, mas com a qual se consegue fazer uma boa festa", afirmou Araújo Pereira.

"Gato Fedorento Esmiúça os Sufrágios" - que esteve para chamar-se 'Ui o que para aqui vai de plebiscitos' e ainda 'Sentimentos', "nome que a TVI fanou" :rofl_mini: - arranca a 14 de Setembro e termina a 23 de Outubro, apanhando assim as campanhas para as eleições legislativas e autárquicas.

Os cartazes de promoção ao programa dos Gato já estão espalhados pelas ruas. Um alude a um cartaz do PS, em que José Sócrates surge no meio de pessoas na rua, e outro a um do PSD, com Manuela Ferreira Leite sentada numa secretária.

-- Quarta, 09 Set 2009 01:03 --

Gato Fedorento apresentam novo programa

O quarteto de humoristas prepara para a SIC um formato que nada tem a ver com o estilo a que têm vindo a habituar os espectadores.

Aproximando-se do género do "Daily show",como avançou em primeira mão o JN, Ricardo Araújo Pereira, José Digo Quintela, Miguel Góis e Tiago Dores estrevistarão os protagonistas das eleições legislativas e autárquicas que se avizinham. O programa chama-se "Esmiuça Sufrágios".

O conteúdo viverá na antena de Carnaxide com periodicidade diária, terá uma duração de aproximadamente 25 minutos, sendo que arranca no próximo dia 14, segunda-feira, logo após o "Jornal da Noite".

Desengane-se quem cogitar que os comediantes vão parodiar os políticos através de "sketches", vestindo bonecos alegóricos cujo cunho impresso se prende apenas com sátira.

José Sócrates, ou Manuela Ferreira Leite, entre outros, serão confrontados, em estúdio e em directo, com os seus programas eleitorais. Preconiza-se que os quatro elementos que compõem o leque dos "Gato fedorento" se revezem semanalmente.

A tónica estará no registo cáustico que os caracteriza, no entanto, não pretendem achincalhar ninguém. Ou melhor, tratar-se-á de um misto de ironia e alguma seriedade que, de todo, não se reveste da postura que costuma ser seu apanágio.

Outro dado curioso é o facto da banda sonora do genérico do programa ser assinada pelo consagrado músico português Rodrigo Leão.

"Gatos" apelam às gaffes dos políticos nacionais

Novo formato do quarteto de humoristas para a SIC afasta-se do seu registo habitual. Ao jeito de um 'Daily show' à portuguesa, os 'Gato Fedorento' receberão em estúdio e em directo líderes partidários

"Esmiucem isso bem. Esmiucem connosco", são apenas alguns dos 'slogans' do novo programa dos "Gato Fedorento", sendo que para o efeito se apropriaram dos cartazes de propaganda dos principais partidos.

Afinal, intitula-se "Esmiuça os Sufrágios" e estreia na SIC, dia 14. Ricardo Araújo Pereira, José Diogo Quintela, Tiago Dores e Miguel Góis entrevistarão políticos, sempre sob a chancela do seu humor corrosivo. Ontem, que nem celebridades de Hollywood, apenas dispensaram 15 minutos a cada um dos órgãos de informação. E entre trocas de "sms", enquanto falavam com o JN, foram uns completando as respostas dos outros.

Qual é o lema da vossa campanha?

Ui. "Esmiuçar Portugal", ainda que o título do programa seja "Esmiuça os Sufrágios". Quisemos trazer para a ribalta o verbo esmiuçar. Nos anos 60 ainda se falava dele, agora que ficou com uma conotação alternativa, vamos ser nós a devolvê-la ao "mainstream".

Apresentarão os quatro?

À partida, cada semana será um.

Aproximar-se-á do "Daily-show"...

O modelo é esse. Trata-se de um conteúdo de comentário humorístico do que aconteceu no dia. É um programa praticamente impossível de fazer. Somos os quatro a escrevê-lo e a trabalhar em cima da actualidade. É absurdo o quarteto do costume escrever 25 minutos diários de televisão. Temos um reforço de uma equipa de jornalistas liderada por Mário Carneiro, que faz investigação e pesquisa. Agora não vai haver tempo para perder duas horas na maquilhagem e a pintar o cabelo.

Não haverá bonecos alegóricos?

Não vamos ter personagens. É mesmo só comentário humorístico ao que se passa na actualidade.

Terão convidados em estúdio?

Sim. Pela primeira vez um programa nosso terá uma dimensão de "talk show". E tal como no "Daily show", além dos apontamentos humorísticos do pivô, haverá outros momentos. Por exemplo, um de nós pode ser um repórter destacado em qualquer sítio.

Como será o genérico e música?

Terá parecenças com um informativo, mas parodiado. Quanto à música, ainda não dissemos a ninguém, é um exclusivo do JN. É do Rodrigo Leão, foi um tema feito de propósito para nós. Toda a estética do cenário, será próxima da de um programa de informação.

Já têm presenças confirmadas?

Temos Paulo Portas, Jerónimo de Sousa, Francisco Louçã e António Costa. Estamos a tentar obter outras confirmações.

A receptividade foi imediata?

Uns aceitaram logo, outros estão a ponderar. Mas como nesta fase têm as agendas muito ocupadas, por causa do arranque da campanha, é complicado conciliar.

Não demostram temer a vossa sátira cáustica?

Sempre nos preocupámos em fazer "sketches" que não humilhassem ninguém. É óbvio que vai ter um tom provocatório.

Se fizessem as tais personagens dos políticos qual o que seria mais susceptível de ser parodiado?

É provável que o político mais vezes por nós satirizado tenha sido o primeiro-ministro. Estando no poder, está mais exposto.

E qual vos dá mais vontade de rir?

Cada um tem os seus momentos e esperemos que eles aperfeiçoem essa capacidade, que aprimorem as técnicas, porque a partir de dia 14 vamos precisar de material. Aproveitamos, já que o JN tem muita tiragem, para apelar à classe política que invista em mais gaffes e declarações absurdas. Mas só a partir de dia 14.

A política continua a ser o terreno mais fértil para o humor...

Há várias matérias-primas. Nesta altura fazia sentido um programa sobre política pois temos duas eleições à porta.

Aproveita aos líderes partidários irem ao vosso programa?

Teriam todo o direito de declinar o convite. Mas nós temos um cházinho óptimo. Não será um programa de entrevista jornalística, portanto não farão propaganda. Mas é natural que lhes interesse provar que têm "fair-play" para responder a provocações nossas.

Qual o mais difícil de entrevistar?

Como não temos experiência, são todos. Não sabemos como cada um reagirá. Mas o primeiro-ministro, talvez intimide mais.

Como decidiram a distribuição das entrevistas?

Pusemos num chapéu quatro papelinhos, todos eles com o nome do Ricardo. Foi o chamado sorteio condicionado.

Vão esmiuçar o caso do "Jornal Nacional" da TVI ?

Sim. Que fique bem claro que não tivemos nada a ver com isso. Aliás, o melhor que podia acontecer era uma coisa parecida: um dia antes dizerem que o programa não ia para o ar. Era um sonho.

Depois deste projecto, o que se segue?

Se tudo correr bem, nada. O plano era voltarmos às origens. Mas a SIC propôs-nos isto e achámos o desafio aliciante. Com esta série termina o nosso contrato.

Há perspectivas de renovação?

Só nos falta a TVI. Depois do fim deste contrato vamos entrar num período de reflexão sobre o modelo a adoptar à televisão. A exclusividade não é o único.

A logística das entrevistas prende-se com algum vedetismo?

Aqui não há glamour. Estamos num gabinete e não num hotel de 5 estrelas. Os 15 minutos têm a ver com o pânico da escassez de tempo. Antes de apresentarmos o programa temos de o escrever. Não há vedetismo nem uma pulsão para controlar os média. Mas devia haver. Agora, cuidado ao saírem pois o nosso motorista é pior do que o do Pinto da Costa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um dos maiores mistérios já está resolvido: Quanto tempo por dia terá o programa?

Resposta: 25 minutos (aproximadamente).

Share this post


Link to post
Share on other sites

E isto é a q horas mesmo? Depois do Jornal da Noite? :duvida:

Share this post


Link to post
Share on other sites

E isto é a q horas mesmo? Depois do Jornal da Noite? :duvida:

Sim. No horário tem duração de 45 minutos, ou seja, 20 minutos de comerciais. Substitui "Cenas do Casamento", trocando de horário com SQP.

Share this post


Link to post
Share on other sites

No site da SIC está das 21h25 às 21h55, quando começa SqP..

Não vou perder! :popcorn:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não vou perder!

nem eu, já estou em pulgas por ver!!

José Sócrates diz que foi divertido ser convidado dos "Gato"

11h24m

Ana Gaspar e Gina Pereira

O primeiro-ministro José Sócrates gravou ao fim da manhã desta segunda-feira a sua participação no programa dos Gato Fedorento, "Esmiuça Sufrágios". A entrevista a ser emitida às 21.30 horas, depois do "Jornal da noite" tem pouco mais de 11 minutos de duração.

À saída, Sócrates disse estar "satisfeito" com a sua prestação, tendo-a considerado "muito divertida".

"É preciso não perdermos a capacidade de nos rirmos de nós próprios", sublinhou o primeiro-ministro. "Os 'Gato fedorento' têm um humor inteligente e não cedem à brejeirice. Procuram sempre ter uma exigência com o seu português e com a sua linguagem, o que é muito importante. Eu gosto de humor com inteligência e 'non sense', o lado absurdo das coisas que é muito praticado por eles", acrescentou.

Por seu lado, Ricardo Araújo Pereira, que levou a cabo as perguntas ao governante, frisou que acredita na sinceridade do primeiro-ministro, "mas com estes políticos nunca se sabe", brincou. Mantendo o tom humorístico, o comediante explicou que o "objectivo não é hostilizar os candidatos, é fazer-lhes umas perguntas, que sendo malandras, não sejam ofensivas. É o 'Diácono Remédios' quem gere esta fase do programa. Uma coisa que divirta mas que não ofenda". No caso concreto de Sócrates, Araújo Pereira sublinhou que o grupo deixou a hostilização ao primeiro-ministro para os "professores e enfermeiros".

Na altura em que a entrevista for para o ar, José Sócrates estará num comício em Faro. Do programa, só a participação do primeiro-ministro foi gravada, sendo o restante emitido em directo. Porém, o primeiro-ministro falou para uma audiência de 80 figurantes que se encontravam no estúdio.

Manuela Ferreira Leite, líder do PSD e principal adversária, será a próxima convidada, já nesta terça-feira. Seguem-se-lhe Paulo Portas (quarta-feira), Francisco Louçã (17) e Jerónimo de Sousa (21).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Achei o programa um espectáculo, ainda pra mais em directo, adorei a entrevista ao PM, principalmente a parte em que o RAP lhe pergunta se pode acabar com o jornal da Clara de Sousa :rofl_mini: Os GF estão de parabens!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito bom.

Os gatos no seu melhor.

Amanha passa por lá a " amiga " do Primeiro Ministro, a Manuela Aljubarrota.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Achei o programa um espectáculo, ainda pra mais em directo, adorei a entrevista ao PM, principalmente a parte em que o RAP lhe pergunta se pode acabar com o jornal da Clara de Sousa :rofl_mini: Os GF estão de parabens!!

O programa está bem conseguido...e ainda por cima em directo! O PM estava meio encavacado mas safou-se...os Gato estão de parabéns!

Fartei-me de rir com essa última tirada do RAP, acabar com o jornal da Clara de Sousa... :laugh_mini: :rofl_mini: :laugh_mini:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Adorei o programa, pena acabar tão depressa... mas até concordo com a duração do programa.

Excelente em tudo: grafismo, cenário, convidados, tudo! Espero que continue com a mesma qualidade...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também gostei do programa. Bem melhor do que o que eu estava a pensar!!!

Sim, é um facto que o tempo é curto, mas acho que passa mais depressa por não ser secante e se ver bastante bem!

Pena foi nas peças gravadas o áudio não estar a corresponder ao movimento das bocas das pessoas!!!

A entrevista ao José Sócrates foi óptima! Muito bem! Adorei foi a última pergunta: "É muito difícil estacionar no Parque de Estacionamento da SIC e a Clara de Sousa estacionou no meu lugar. Será que dava para cabar com o telejornal dela?". :rofl_mini:

As caras que o Sócrates fez, mas foi porreiro vê-lo a entrar na onda!!!

Assim, sim, o pessoal vai ver política!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também gostei muito! :clapping_mini: A ver como é hoje com a MFL!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pena foi nas peças gravadas o áudio não estar a corresponder ao movimento das bocas das pessoas!!!

Ao princípio até pensava que era de propósito, pois estavam a simular um directo de Madrid, e nesses directos do estrangeiro costuma acontecer esse atraso na imagem, mas depois percebi que era um pequeno defeito, pois acontecia em todos os sketches

A entrevista ao José Sócrates foi óptima! Muito bem! Adorei foi a última pergunta: "É muito difícil estacionar no Parque de Estacionamento da SIC e a Clara de Sousa estacionou no meu lugar. Será que dava para acabar com o telejornal dela?". :rofl_mini:

Quanto eu me ri com esta pergunta!

Ainda não percebi uma coisa: tirando os sketches, este programa é todo gravado em directo? É que deu-me a impressão que o Sócrates gravou aquilo de manhã ou de tarde, pelas imagens da chegada dele à SIC, que foram emitidas nos Jornais da mesma estação.

Hoje no Primeiro Jornal, repetiram a entrevista quase na íntegra, sublinharam que foi o programa mais visto do dia e que hoje lá estaria a MFL.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Notou-se, claramente, que a MFL esteve menos à vontade (como é habitual).. Mas bem divertida! Gostei muito do programa, contudo dispensava os "sketches" e dava mais tempo à entrevista.. :segredo:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ainda não percebi uma coisa: tirando os sketches, este programa é todo gravado em directo? É que deu-me a impressão que o Sócrates gravou aquilo de manhã ou de tarde, pelas imagens da chegada dele à SIC, que foram emitidas nos Jornais da mesma estação.

A primeira parte deve ser em directo. Depois, fazem aquele intervalo de 30 segundos e entra a entrevista. A entrevista já é gravada, mas sem cortes (podiam era tirar o "directo" já que fazem intervalo!).

Hoje no Primeiro Jornal, repetiram a entrevista quase na íntegra, sublinharam que foi o programa mais visto do dia e que hoje lá estaria a MFL.

Fizeram o mesmo no "Jornal da Noite". Ontem o programa voltou a ser o programa mais visto do dia, mas com uma audiência explosiva!

Ontem o Ricardo pareceu-me tendencioso a insinuar (nas entre-linhas) que vai votar PSD e, nas próximas eleições, na Manuela Ferreira Leite. Aliás, até parecia estar superexcitado com a sua presença... Terei sido o único a reparar nisso?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Exacto, a primeira parte é em directo e dá para ver pelos monitores atrás, depois do intervalo é gravado.

Deviam tirar o directo, mas se calhar ainda afastava alguns espectadores lol

Em relação ao programa tem sido muito bom, parabéns :)

Agora não se calam q é o programa mais visto da tv portuguesa, já enjoa um pouco :aggressive_mini:

-- Quarta, 16 Set 2009 21:50 --

Hoje a entrevista ao Paulo Portas já foi em directo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Notou-se, claramente, que a MFL esteve menos à vontade (como é habitual).. Mas bem divertida! Gostei muito do programa, contudo dispensava os "sketches" e dava mais tempo à entrevista.. :segredo:

A MFL estava demais, gostei de a ver num registo menos sério...

Aquela do RAP de ele ser cliente antigo, "a senhora era Ministra da Educação quando eu era estudante, depois era ministra das Finanças quando entrei no mercado de trabalho e agora pode ser Primeira Ministra, não acha que por ser um cliente antigo devia ter desconto no IRS???" Brutal! :clapping_mini: :laugh_mini:

O Paulo Portas pensei que fosse melhor a entrevista dele, que desse mais pano para mangas mas ele não deu grande espaço...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que a audiência de ontem voltou a ser recorde (se é que é possível!!!).

A primeira parte foi genial. Brutal! A melhor "primeira parte" das três emissões. Já a entrevista a que continua a ser melhor, para mim, foi a do Sócrates. Principalmente por eles estarem a falar a sério com perguntas e respostas absurdas!!! :rofl_mini:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho gostado de todos os programas, mas o que gostei mais de ver, foi o sketch na terça sobre o Partido dos trabalhadores portugueses, o do senhor rosa e da senhora laranja :rofl_mini: , parti-me a rir com isto.

As entrevistas têm estado bem, achei que a MFL estava um pouco nervosa na terça, mas gostei das 3 entrevistas, hoje tbm não vou perder!! :yahoo_mini:

Share this post


Link to post
Share on other sites

O programa deles esta na net?

A RTP costuma colocar os seus programas na Net, mas a SIC não sei...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim o programa está no site da sic.

Para mim a melhor entrevista foi com a MFL. Acho que o programa podia continuar por exemplo com Alberto João Jardim, Pinto da Costa, entre outras personalidades que podemos levar para a brincadeira.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...