Jump to content
ATVTQsV

59: Um Carneiro na Cidade

Recommended Posts

Sheepinthebigcity.png

Ora esta é mais uma das séries que infelizmente caíram no esquecimento apesar desta série ser mais elaborada do que Hi Hi Puffy AmiYumi. Duas temporadas + humor que só funcionava em inglês + brilhantismo + referências culturais = série que não teve uma boa aceitação entre as crianças nos EUA e no estrangeiro. Hoje trago-vos Sheep in the Big City, que na sua dobragem portuguesa (tristemente esquecida) era Um Carneiro na Cidade. Qual Ovelha Choné, qual quê (com todo o respeito possível por apreciadores da Ovelha Choné, mas Um Carneiro na Cidade é melhor porque a acção não passa quase sempre na quinta).

A série retratava a vida de, claro está, um carneiro na cidade. Isto porque uma agência secreta militar tinha uma arma a laser que funcionava com a potência do carneiro em si. Também refugiou porque a própria personagem estava cansada de viver na quinta do Farmer John. Ora, o Carneiro tinha uma obsessão por uma cadela rosa, a Swanky, mas a dona dela era a Lady Richington, que odiava o tal carneiro, a um ponto que tinha uma peruca de aço inoxidável. Os membros da Secret Military Organization eram o General Specific, líder da organização e o arqui-inimigo da série, o alto Private Public que dava as ordens e o corcunda Angry Scientist, que 99% das vezes era referido por outra personagem da série como Mad Scientist e tinha de corrigir a dizer o seu verdadeiro nome e a soltar toda a ira que tinha.

A série teve duas temporadas de treze episódios cada mais um episódio piloto que só foi emitido nos EUA e talvez na América Latina. A série tinha uma estrutura única dentro das séries do canal: cada episódio estava dividido em três capítulos, cada um tinha um nome que tinha um trocadilho qualquer com o universo das ovelhas, mas em inglês. Isto estragava a mística do humor da série: era basicamente uma paródia e sátira aos ditos populares. Os nomes dos generais da organização militar tinham nomes tipo General Specific ou Private Public, que é, ora, um oxímoro. Uma das personagens secundárias da série, Lisa Rental, era um trocadilho na expressão "lease a rental". O humor desta série deve-se a fortes inspirações da série Rocky e Bullwinkle, série que fora das Américas tem sido injustamente esquecida (que eu saiba a sua única emissão em Portugal foi em 2000/2001 na TVI), que também incluía uma série de trocadilhos - aqui levaram a piada a outro nível. Por exemplo: das raras vezes em que o narrador dizia "Hold the phone!", aparecia esta imagem da Lisa Rental com um telefone na mão.

tumblr_inline_nuwtusuVru1rrfdxt_540.png

Trocadilhos da organização militar e nomes dos membros:

Quando uma expressão é uma personagem:

Até uma sandes de fiambre é uma das personagens recorrentes. Até chegou a ser o presidente da cidade na segunda temporada.

E as inúmeras conquistas de Genghis Khan, histórico líder mongol, que acabou por conquistar uma escadaria (mais um daqueles trocadilhos impossíveis de traduzir):

Ora, a estrutura não era só a história em si. O programa começava sempre com um excerto de um programa que nada tinha a ver com a série em si, como visto no primeiro vídeo. Depois revelava-se que afinal era o Carneiro que mudou de canal e entrava o genérico, arte da mais pura, sobretudo para uma série tão esquecida. Entre os capítulos haviam inúmeros sketches, como o do Genghis Khan aqui em cima, um "anúncio" com a apresentadora de um canal de televendas (que também apresentava as notícias) a mostrar um instrumento disfarçado de esferográfica do Cientista Fulo, ou até os Sombrero Brothers. Mas a minha parte favorita dos intervalos da série eram os anúncios, quase todos eles oriundos de uma empresa gigantesca, a Oxymoron (Boi Mongo na dobragem portuguesa).

latest?cb=20150908112357

A série foi uma produção do estúdio nova-iorquino Curious Pictures, que foi extinto em 2012 por razões da qual não sei, mas que mais tarde viria a produzir outra série para o canal, Codename: Kids Next Door, e a animação da série Little Einsteins. Também se especializou na criação de anúncios. A série foi criada por Mo Willems e, como já disse, teve duas temporadas com treze episódios cada. Dentro da primeira temporada havia uma espécie de episódio de Natal sobre o "Clearance Day" (um Natal mais para os saldos) e na segunda temporada, porque as personagens estavam doentes, tínhamos uma fita muda com os antepassados das personagens principais.

Em Portugal a série deu no Cartoon Network em inglês entre 2001 e 2007. Por volta de 2006 dava só de sexta a domingo, isto porque só 26 episódios não bastava para repetir durante a semana toda. A série depois foi reposta no Boomerang até ser retirado da grelha em Abril de 2010. A série teve também uma dobragem bastante efémera em português de Portugal: dava na RTP 1 na não tão recordada Hora Warner (nem um ano durou) como a única série do Cartoon Network no bloco. Só foi emitida a primeira temporada e mais nada. Só teve uma repetição na RTP 2 e mais tarde na RTP Açores, onde iam os enlatados em fase terminal.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora

×