Jump to content

34: Animax


Recommended Posts

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

O teu outro "eu"

Já aqui falei sobre o antecessor do canal na América Latina, o Locomotion, que teve uma versão ibérica que trouxe muitas e boas memórias a um grupo reduzido de pessoas cá em Portugal. Agora falamos sobre o seu sucessor, o Animax, a quase dois meses do décimo aniversário da fundação do canal por cá e a sua fugaz passagem na península.

Ao contrário do que muita gente sabe, havia um "Animax" na TVI no início dos anos 2000. De acordo com o site da Rede Record na altura, o Animax era um mero espaço de animações em 3D como a série Transformers: Beast Wars. O Animax pré-anime usava os grafismos que acho que eram do canal japonês, mas não tenho 100% de certezas. Houve também um Animax na Malásia na altura, no canal privado TV3, como se pode comprovar no vídeo abaixo:

O Animax nasce em 2007, mais precisamente a 20 de Outubro como um espaço no AXN dos dois lados da fronteira. O dito espaço era emitido aos fins-de-semana e era conhecido como Zona Animax. Emitia entre as 12:40 e as 15:00 uma selecção de animes legendados, muitos em japonês. O primeiro lote consistia na emissão de Inuyasha, Outlaw Star, Trigun, Excel Saga e Samurai Champloo.

Em Abril, o espaço no AXN foi renovado com um novo lote. Só o Inuyasha manteve-se na grelha. A série partilhou agora o seu lugar com Corrector Yui, A Lei de Ueki, Lupin III e Kochikame (a única série dos lotes a passar em Portugal no momento em que estou a escrever esta crónica). Sei que o Kochikame foi emitido em espanhol, tal como no Canal Panda (sim, houve um tempo em que o Canal Panda emitia séries que o Canal Panda de hoje não ousaria emitir), mas tudo o resto foi em japonês com legendas em português.

A 12 de Abril de 2008, nascem duas versões independentes para cada país. Em Portugal foi um dos trunfos usados pela MEO que tinha acabado de lançar a sua primeira campanha com os Gato Fedorento e precisava de canais "exclusivos" que a ZON não iria ter a curto prazo. Estreou junto ao Sony Entertainment Television que terá uma crónica própria daqui a uns tempos. Passado algum tempo o canal chegou à extinta Clix SmarTV.

O canal estreou com o filme Ghost in the Shell (aos quais se seguiram os filmes Appleseed e Kai Doh Maru) e um grande arquivo de animes, incluindo os já emitidos no AXN. Os destaques do mês de lançamento foram NANA e Peach Girl. O canal teve uma especialização dupla nos dias laborais:
1. Ao longo do dia, o Animax emitirá uma variada oferta de séries para todos os públicos que abarca todo o tipo de géneros, onde o espectador poderá encontrar desde clássicos como Lupin III, Inuyasha ou Detective Conan, até séries actuais e de imagem inovadora como Corrector Yui, Saiyuki, A Lei do Ueki e Tsubasa, entre outras. Trata-se de um encontro semanal com cinco episódios das séries de segunda a sexta-feira.
2. Adicionalmente, para satisfazer o público mais exigente, que quer as últimas novidades e tendências, diariamente, às 19:30, o Animax oferecerá dois episódios em estreia das melhores séries como Le Chevalier d’Éon, Samurai Champloo, Excel Saga, Black Lagoon, Peach Girl, Nana, Outlaw Star, Devil May Cry, Love Hina e Chobits.

Estrutura das 19:30:
Segunda: Le Chevalier d’Éon + Samurai Champloo
Terça: Excel Saga + Black Lagoon
Quarta: Peach Girl + Nana
Quinta: Outlaw Star + Devil May Cry
Sexta: Love Hina + Chobits

Aos fins-de-semana o canal tinha a seguinte divisão:
a. Episódios duplos
b. F@nimax: Maratona de cinco episódios das séries do canal, o que permite acompanhar os episódios perdidos durante a semana ou ver a série de uma só vez, para os seguidores mais incondicionais.
c. Zonas temáticas
d. CINEMA: último fim-de-semana do mês, com a estreia de um título por mês.

A primeira estreia do pós-lançamento foi Initial D, que estreou em Maio, e que fora emitido até 2010 no canal. A Zona Animax deixou de ser emitida no AXN em Setembro de 2008, ou seja, quem era ZON ficou aldrabado porque tínhamos perdido o acesso ao Animax. O Naruto que na altura estava no seu auge chega ao Animax no início de 2009.

Em Abril do mesmo ano, o Animax chega oficialmente à ZON. O canal estava a ter mais estreias de séries e novos episódios de séries um pouco mais compridas. Mas foi neste ano em que o canal começou a sofrer um descalabro.

Na América Latina, o Animax começou a emitir filmes de imagem real (sim, de imagem real, e de Hollywood) em 2008, num bloco chamado de "Reciclo". No Brasil, o canal passou a emitir televendas (!) da Brasil Shopping e chegaram a haver otakus chateados com o facto de estarem a passar televendas que até parecia o Medalhão Persa (o AXN brasileiro passava umas televendas de tapetes tipo Medalhão Persa na altura e houveram milhares de telespectadores chateados). Cá em Portugal, a gestão ibérica da Sony sempre foi contra a emissão de televendas nos seus canais. O primeiro passo para uma provável mudança foi a inclusão de filmes de imagem real sem serem num espaço tipo aquele da América Latina e a série americana para internet Afterworld que deu no AXN Sci-Fi na Europa de Leste, da qual a Sony esteve envolvida. Isto era matéria mais para o AXN mas pronto, o Animax teve de seguir os seus instintos para começar a experienciar uma mudança inesperada.

No início de 2010 houve uma torrente de séries de imagem real: uns eram trazidos do AXN e do Sony, outros eram estreias do canal, até chegaram a passar umas cerimónias que deveriam ter sido emitidos no Sony e não no Animax. Eis que, a 26 de Abril de 2010, há uma reviravolta:

Quase todas as versões do Animax (todas menos a japonesa) adoptaram um novo símbolo, mas o grau de abandono foi tal que a Sony decidiu abandonar com as emissões do canal em 2010 na África, onde o canal já passou pela experiência de colocar conteúdos irrelevantes. O canal também continuou a emitir animes mas aos poucos a grelha passou a ser dominada por séries como A Teoria do Big Bang, que por esta altura já dava na RTP 2 e anteriormente dava na Sony, O Grande Desafio: Ásia (que era da AXN Ásia, of course), filmes que pareciam ter saídos da grelha do MOV nos seus últimos anos no ar, As Ginastas (que deu na SIC com dobragem), etc. E como 2010 era o ano do Mundial na África do Sul, estrearam um programa sobre os preparativos que era o Inside South Africa, produzido pela AXN alemã.

Em 2011 foi anunciado o fim do Animax, não só em Portugal como também na América Latina, onde o destino foi a mudança para o Sony Spin, um canal que era o contrário do Animax, séries irrelevantes e pouco anime, que mais tarde viria ser expulso da grelha. Entretanto, em Portugal:

Era para ser uma mudança ibérica, mas como a Digital+ (mais tarde Canal+) espanhola recusou o pedido da Sony, ficou só para Portugal. Inicialmente especulava-se que o AXN Black iria trazer alguns animes como o Sony Spin para um futuro mas rejeitaram os planos e, às nove horas daquele dia 9 de Maio, o Animax despediu-se para sempre dos ecrãs portugueses.

Porém o canal continuou a emitir em Espanha, e com um número limitado de séries: nos últimos dias de emissão davam Kochikame e Amassando Ja-Pão em loop:

Se julgavam que a grelha repetitiva do FOX Comedy era suficiente, espera até verem a grelha da versão espanhola do Animax antes do fecho.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 3 years later...

Sim a TVI teve um espaço de desenhos animados chamado "Animax" que era emitido ao fim de semana. Estreou em Setembro de 2000 e existiu durante cerca de 1 ano.

Alguém consegue arranjar video dos separadores, génerico ou promo?

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...