Jump to content

31: Foster's Home for Imaginary Friends


Recommended Posts

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Quem é que gostaria de viver nesta casa?

Continuamos no terreno das "séries que marcaram a minha infância". E peço desculpa a todos os leitores desta crónica quando vir referenciada a palavra "adopção", já que o tal caso do Segredo dos Deuses ainda continua a dar que falar.

Pessoal, tinham amigos imaginários na vossa infância? Eu não. Mas para uma série do Cartoon Network (no tempo em que as séries não tinham um estilo homogéneo e escrita pobre como uma série pré-escolar), toda a gente tinha. Sejam bem-vindos à crónica sobre a série Foster's Home for Imaginary Friends!

O conceito da série nasce quando o criador Craig McCracken adoptou dois cães com a então mulher Lauren Faust que quis adaptar o conceito a amigos imaginários. A série arrancou nos EUA em Agosto de 2004 com um telefilme intitulado "House of Bloo's" onde o Mac decide levar o Bloo para uma casa povoada por amigos imaginários que existem fisicamente. A casa é operada pela Madame Foster, uma idosa baixa, o seu amigo imaginário, o Sr. Herriman, e a sua neta Frankie.

A série estreou em Portugal em Março de 2005, pelo que me lembro, por volta das 13:30, mais coisa menos coisa, onde era emitida a primeira temporada, e onde o telefilme foi dividido em três. A série deu regularmente em Portugal até 2012 no Cartoon Network que tínhamos outrora.

As personagens principais da série:

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

-Mac: Uma criança de oito anos que "cresceu" e teve de levar o seu amigo imaginário à casa, onde visita diariamente. O seu medo é o de nunca mais ver o Bloo. Quando consome açúcar, perde as estribeiras e tem um comportamento hiperactivo.
-Bloo: O amigo imaginário do Mac. Tem frequentemente um comportamento mais egoísta, o que leva sempre a apuros. Anda obcecado com aquela coisa das paddle balls (como é que se chama em português?) a um ponto que o Sr. Herriman castigou-o num episódio por causa disto.
-Wilt: Uma personagem vermelha que perdeu um braço (há um episódio especial, o Good Wilt Hunting, que explica o porquê) e é o mais alto das personagens principais. É um jogador de basquetebol, e antigo amigo imaginário do Jordan Michaels, que o abandonou na sequência de um acidente (no mesmo especial, o Wilt anda à procura do Jordan).
-Eduardo: Outrora amigo imaginário de uma criança hispânica, o Eduardo costuma ter medo de muita coisa - como as pulgas (há um episódio sobre pulgas). Quando algo de mal acontece fica em raiva.
-Coco: Pouco se sabe sobre a sua criação, mas o que se sabe é que foi criado numa ilha do Oceano Pacífico. Ela (sim, ela) só diz o nome dela e costuma por ovos de plástico qual Kinder Surpresa.
-Frankie Foster: Responsável pelas operações da casa e neta da Sra. Foster. Apesar de ter boas relações com boa parte dos amigos imaginários, perde a paciência com o Bloo e o Sr. Herriman.
-Sr. Herriman: Amigo imaginário da Madame Foster que fala num sotaque britânico com funções económicas, a meio da série passou a ser o presidente da casa. É conhecido pelas suas regras estritas.
-Madame Foster: Fundadora da casa que apesar da sua idade é bastante infantil.
-Terence: Irmão mais novo do Mac com a qual costuma ser vítima de bullying na escola e em casa.
-a Duquesa: Amiga imaginária de estilo cubista que tem uma personalidade narcisista.
-Cheese: Amigo na cor de queijo (de onde vem o nome) conhecido pela sua infantilidade e obsessão por cereais e leite achocolatado.
-Goo: Miúda hiperactiva que num episódio tenta encher a casa com inúmeros amigos (na sua primeira aparição na série), depois passou a ser uma personagem secundária.

A série teve seis temporadas com uma quantidade irregular de episódios que variava entre os 11 e os 15. A série teve três especiais: House of Bloo's que serviu como o primeiro episódio da série, Good Wilt Hunting e o telefilme Destination Imagination.

A série teve um impacto na minha infância, de tal maneira que quando surgiu em Portugal não perdia um episódio e lembro-me de, aos sete anos de idade, estar constantemente a imitar o Sr. Herriman (no running in the halls!).

O último episódio, Goodbye to Bloo, é triste pois o Bloo separa-se do Mac. No fim, aparece esta imagem dos criadores:

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Peço desculpa pela crónica curta, mas espero adicionar mais alguns detalhes.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...