Jump to content

14: a Quinta da Bicharada


Recommended Posts

A RTV hoje em dia é o único canal dedicado à agropecuária em Portugal. Em tempos, esta velha glória da TV Tel que foi criado como um canal do Norte (mas sem a ajuda do PNRN) já teve de tudo: desde o Pedra da Audiência (Perda de Audiência) ao Xerife Penas, uma tentativa vã de incluir casos dignos de um Correio da Manhã. Em tempos, também, o canal teve um programa infantil: a Quinta da Bicharada.

Na verdade, o programa não foi o primeiro de tal índole na RTV. Antes já havia a Aldeia da Pequenada, apresentada pela Anita do Recreio da Anita. Os seus telediscos podem não ter passado em nenhum canal mas já arrecadou milhões de visualizações. Até que a RTV a pediu para fazer um programa infantil pelos idos de 2009/2010.

Ao fim de uma temporada, foi cancelado e substituído por este programa da qual irei falar.

Sim, eu sei que é um excerto (cerca de metade de um programa), mas serve para ver o quão horrível era. O programa era inicialmente apresentado por dois fantoches de cavalo à qual juntou-se mais tarde um de uma galinha. O programa era subordinado a um tema: o Natal, a Primavera, etc. O programa tinha as seguintes rubricas:
Contos Fantásticos: contos adaptados ou originais feitas no GoAnimate. Felizmente não tinha as horríveis vozes sintetizadas e tiveram a vontade de usar as vozes das pessoas que manuseavam os fantoches.
Escolinha: uma rubrica educativa que ensinava aos mais novos coisas como as formas ou as línguas estrangeiras. Tal e qual os Contos Fantásticos, eram animados no GoAnimate.
Aquela tal rubrica de culinária: o nome diz tudo. Mais uma vez, usou o GoAnimate, e ainda por cima numa rubrica de culinária! A sério, ficaram sem dinheiro.
Sabia que?: o nome diz tudo. Eram subordinados ao tema do programa em questão.
Uma rubrica de música: telediscos mal feitos no GoAnimate (é verdade) mas nuns episódios apareciam músicas dos Tic Tac Tales (lembram-se?) e uma música... pasmem-se... gravada da Aldeia da Pequenada! No fim do programa costumavam passar a canção do programa.
Açúcar às Bolinhas: artes manuais.

Curiosamente, na rubrica Açúcar às Bolinhas (que parecia ser feita para internet do que para televisão), isto aconteceu:

É verdade, foi a tal "versão alternativa" da música do Abram Alas Para o Noddy do Jaimão, fabricada para torturar os meus ouvidos (já me está a enervar) há uns dez anos. E sim, uma canção do Jaimão, com obscenidades, e ainda por cima num programa infantil? Onde estaria o Diácono Remédios? Felizmente as audiências do programa ficavam no fundo, com só 36 (eventualmente só 12) fiéis telesoectadores, onde o programa permaneceu em reposições até inícios deste ano pelo menos.

Já agora: na luta pelo pior programa infantil da lusofonia, qual deles ganharia? A Quiinta da Bicharada ou A Fadinha do Brasil?

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...