Jump to content

112: S4C


Recommended Posts

Dedicado ao @Televisão 10

A televisão chegou ao País de Gales em Outubro de 1952 quando a BBC passou a emitir a partir do emissor de Wenvoe, próximo de Cardiff. Com a passagem dos anos a cobertura televisiva galesa aumentou à escala nacional. A ITV passou a ser sintonizável nas zonas da fronteira com Inglaterra com o início das emissões da Granada e da ATV, sendo que a Granada produzia programas em galês, porque um dos seus emissores conseguia ser captado com clareza na costa norte de Gales.

Em 1958 a TWW começa a emitir na zona sul e em 1962 a Teledu Cymru na zona norte (vou falar mais aprofundadamente sobre estas duas em breve). A Teledu Cymru tinha mais programas em galês porque há uma elevada concentração de falantes da língua no norte do que no sul, porém com o fecho da divisão de programas em galês e de problemas com emissores, o canal saiu do ar e virou uma divisão da TWW. Em 1964 a BBC reforça a sua rede de emissores galesa e cria uma emissão dedicada da posterior BBC 1.

Os canais da BBC e as franquias da ITV (TWW e mais tarde Harlech/HTV) emitiam alguns programas em galês até 1982. Nos anos 70, com o desenvolvimento de um segundo canal privado sob a égide da IBA, activistas da língua galesa criaram uma campanha para criar um canal em galês, depois do sucesso da BBC Radio Cymru. Se os partidos Conservador e Trabalhista ganhassem as eleições gerais de 1979, o plano do quarto canal galês ia à frente. Depois da vitória dos Conservadores, William Whitelaw foi contra a criação da dita e achava que o quarto canal iria ser o mesmo em todo o Reino Unido, o Channel 4. Tal constatação desencadeou actos de desobediência civil, desde o não pagamento da taxa de televisão e ocupações dos estúdios da BBC Wales e da HTV. Outros foram mais longe e atacaram emissores. A 17 de Setembro de 1980, Gwynfor Evans ameaçou entrar numa greve de fome se a Margaret Thatcher não tivesse a honra de avançar com o canal.

Nas semanas anteriores à fundação, operadoras de cabo galesas lançaram uma espécie de referendo a favor de manter um dos dois "quartos canais", o galês ou o britânico. Eventualmente o galês iria vencer a baralha e para compensar a falta do Channel 4, os seus programas eram emitidos (normalmente em diferido) fora do horário nobre.

O canal finalmente entrou no ar às 18 horas do dia 1 de Novembro de 1982, no dia anterior à fundação do Channel 4. O primeiro programa foi a série animada SuperTed, nos primeiros anos o canal exportava muito as suas animações. A série, inicialmente produzida em galês, era um dos sinais tidos para a sua criação: a promoção e a revitalização da língua galesa num canal próprio. Todos os programas que davam nos canais da BBC e na HTV Wales passaram para o novo canal, Sianel Pedwar Cymru (Channel Four Wales/Canal Quatro Gales). O primeiro noticiário, Newyddion Saith, entrou no ar às 19 horas (a partir de 1988, com uma mudança na programação, passou a ser só Newyddion).

Até inícios de 1987, o canal tinha como divisa WALES4CYMRU, combinando os nomes do país em inglês e galês com o nome do canal. Na primeira noite, emitiu o filme Network (Escândalo na TV) em estreia absoluta na televisão britânica, sendo que na noite a seguir deu no resto do país no Channel 4 em estreia. O canal tinha locutoras de continuidade visíveis, como na HTV, e anunciavam em inglês e/ou galês, dependendo do programa que vinha a seguir.

Um novo separador é introduzido (a imagem do início era também usada no estúdio de continuidade) no início de 1987 e permaneceu nesta configuração (S4C) até 1993. No ano seguinte, o Newyddion passa por uma mudança e a edição principal mudou-se para as 20:30, onde esteve até pelo menos 1993.

Em 1987, a S4C (que até então tinha alguns programas escolares em galês) passou a emitir um sistema misto de telescola quando a ITV passou a dita à Channel 4, sendo que este  "sistema misto" envolvia programas galeses a darem ao lado dos programas nacionais. Em 1993, depois da separação do Channel 4, os programas escolares passaram a ser programados pela Channel 4 e pela S4C separadamente.

Entre 1991 e 1994, o canal participou nos Jogos Sem Fronteiras, representando o País de Gales por conta própria. As edições dos Jogos em Gales foram provavelmente as primeiras produções internacionais do canal, membro da UER, sem serem infantis.

É também em 1991 que o canal ganhou um novo grafismo, que viria a durar dois anos.

Em Abril de 1993, o afamado designer Martin Lambie-Nairn muda o grafismo do canal com temas que representam o dragão galês, seja através de objectos a cuspirem fogo ou com dragões estilizados. Este grafismo foi o mais duradouro da televisão britânica, estando mais de treze anos no ar.

O logo foi alterado em 1995.

Com a chegada da televisão digital terrestre, a S4C criou uma versão digital do canal que viria a ser a versão standard com o fecho das emissões analógicas, isto permitiria a emissão integral do Channel 4 nas plataformas digitais. Curiosamente a S4C tinha mais audiência sombra na República da Irlanda, devido à proximidade das duas pelo mar, sendo que o Channel 4 chegava a cabo na zona norte próxima da Irlanda do Norte.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Um segundo canal foi criado para os mesmos fins, começando a 15 de Setembro de 1999. Boa parte da programação consistia em emissões da Assembleia Nacional galesa oferecidas pela BBC. Ocasionalmente era emitida para cobertura complementar de alguns eventos galeses, porém em 2010 o canal fechou depois de ter perdido as emissões já supracitadas e também devido a cortes orçamentais.

Os separadores antigos saíram no início de 2007 para dar lugar a estes separadores ambientados em quartos, sendo que a partir do dia 17 de Janeiro viria a mudança.

Um novo grafismo com temas magnéticos entrou no ar e esteve em uso por sete anos. O canal agora passou a ser escrito como S4/C.

A 31 de Março de 2010, com o fim das emissões analógicas em Gales, o canal deixou de lado o formato misto já que com a Freeview, os galeses iriam ter acesso aos canais da Channel 4, sendo que o principal estava no canal 8 por determinação das partes envolventes, desde os tempos da ONdigital. Com isto o Channel 4 passou a ser emitido livremente no Reino Unido inteiro e a S4C passou a emitir inteiramente em galês. No entanto no ano seguinte passaria a emitir televendas de madrugada, em inglês (língua também de muitos dos anúncios dos intervalos), numa medida que gerou polémica.

O logo actual veio a 10 de Abril de 2014, a barra foi eliminada do nome escrito do canal.

Programas:

Newyddion: o noticiário do canal, produzido pela BBC. Até 1982 o programa era representado pelo Heddiw (Hoje) na BBC e pelo Y Dydd (O Dia) na HTV. A edição principal vai ao ar às 19:30, sendo que até há bem pouco tempo era emitido às 21. A razão da mudança prende-se com o facto dos telespectadores pedirem uma grelha mais diversificada no horário nobre.

Pobol y Cwm (O Povo do Vale): a terceira telenovela mais antiga em emissão no Reino Unido e a mais antiga em produção da BBC, de Setembro de 1974 a Outubro de 1982 dava na BBC (One) Wales. A telenovela é ambientada na aldeia fictícia de Cwmderi. Fora as emissões de râguebi é o programa mais visto do canal. Em 1994 a BBC 2 emitiu a série para o resto do país por um breve período de tempo e foi até vendida para a televisão pública holandesa, nos primórdios do seu terceiro canal.

Y Byd ar Bedwar (O Mundo na Quatro): programa de aprofundamento de temas noticiosos internacionais, produzido pela ITV. Entre os seus momentos mais marcantes estão a primeira entrevista ao Colonel Gaddafi da Líbia nos anos 80, a queda do Muro de Berlim, o desastre em Chernobyl e a guerra no golfo, na primeira década do programa. Por outro lado faz entrevistas exclusivas com pessoas galesas, sendo que também toca nos assuntos locais. Em 2008, repórteres do programa foram ao Zimbabwe para mostrar as atrocidades do regime de Robert Mugabe. Um programa sobre pessoas viciadas em heroína em Cardiff venceu um prémio em 2009.

Programação infantil: Há duas faixas, a Cyw para crianças em idade pre-escolar e o Stwnsh para crianças em idade escolar. São emitidos programas feitos lá em galês e também desenhos animados estrangeiros dobrados em galês.

Eurovisão: Com o sucesso do Côr y Gymru, participou na edição inaugural do Choir of the Year em 2017 e duas vezes na Eurovisão Júnior ambas por conta própria (este ano não devido a restrições de viagem). No entanto o "bichinho" da Eurovisão já veio dos anos 90 quando produziu algumas edições dos Jogos Sem Fronteiras entre 1991 e 1994.

Desporto: A S4C tem os direitos locais dos jogos da selecção de Gales (válidos para o território britânico como um todo) no pacote da UEFA (European Qualifiers, Liga das Nações e amigáveis) e râguebi. Até 2018 o canal estava disponível no pacote irlandês da SKY mas devido a problemas de direitos com o râguebi teve de ser retirado.

Séries: Poucas são as séries que ajudam a por Gales no mapa sem ser da BBC, e com uma temática galesa. A S4C gravou Acredita, Faith! em duas línguas, primeiro em galês para consumo interno e depois em inglês para consumo externo. Outras séries foram feitas no mesmo regime.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...