Jump to content

Dava Tudo


Myke
 Share

Recommended Posts

Dar Tudo Para Voltar a Trás...

Pai e Filha separados à nascença pela a avó materna... Margarida dará tudo para se vingar do pai, do qual pensa tê-la abandonado... E Henrique (pai) dará tudo para conquistar o amor da filha! De qual lado estaria?

Estreia brevemente no aTV - Ficção!

Link to comment
Share on other sites

ESTREIA DIA 26!!!

Eis a Apresentação de Personagens:

Henrique- Tem 31 anos e é de personalidade forte. Foi pai muito cedo, tinha apenas 16 anos mas como não tinha idade para tomar conta da criança, foi posto de parte pela familia na namorada. Até aqui tudo parecia um "sonho" mas este estava praticamente a terminar com a morte repentina da sua namorada... Atualmente vive em Madrid mas com a morte da mulher com a qual enriqueceu, prepara um regresso a Portugal onde a vingança é o seu lema!

Helena- Tem 48 anos e é viúva, pelo menos é o que todos pensam! É cruel, fria e maldosa conta-se que planeou a morte do próprio marido e da filha para vencer a guerra pela custódia da neta. A rica e poderosa mas com a chegada de Henrique a Lisboa, Helena arrisca-se a ficar sem nada. A guerra está declarada!

Raquel- Tem 15 anos é filha única e é bondosa e alegre. A única coisa que sabe sobre a verdadeira mãe é que morreu atropelada e que o pai nunca quis saber dela...

Núcleo Cómico:

Teresa- Tem 22 anos e é filha de Helga, uma quiosqueira do Rossio. Sempre sonhou em ser atriz e com a ajuda de Henrique isso pode estar perto de acontecer!

Helga- Tem 55 anos é viúva. Cuidou da filha desde que nasceu mas passou por muitos momentos tristes... Teve cancro da mama e um temor cerebral. Hoje em dia dá muita importância à vida e vive cada dia como se fosse o último!

Emília- Tem 58 anos e é solteira. Tem 1 filho mas à mais de 13 anos que não sabe nada dele. Emigrou em busca de um novo trabalho em 1999 e nunca mais voltou. Tem um "pancada" secreta com Vítor, mas esta paixoneta vai por a amizade com Helga em risco...

Vítor- Tem 28 anos e põe todas as mulheres a suas pés! É apaixonado por Teresa, mas esta não lhe liga nenhuma, aliás não suporta! Mas acaba sempre por ver o lado positivo, tem duas cotas atrás dele!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Link to comment
Share on other sites

Gostei do slogan.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_smile.png">

A história será apresentada hoje perto das 21h, espero!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_wink.png">

Está a chegar...

Teresa- Ó mãe! Vê lá isto: (jornal com uma notícia)

Helga- Que sacana carassas! Essa tipa sempre que pode atira-se aos fotógrafos... Que pouca vergonha!

T- Não é isso mãe, é isto:

H- O quê? Ó filha não vês que não tenho os óculos?

T- E onde é que eles estão?

H- É a Emília que tem. Emprestei-lhe!

T- Desculpa? O que é que tens na cabeça? Emprestar os óculos? Vai ao médico mãe!

H- Por acaso vou ao médico amanhã, mas é por causa de uma dor que tenho aqui em baixo...

T- Pronto, pronto! Chega! Deixa que eu leio! : Procura-se rapariga com idades entre os 15 e os 25. De preferência loura e com olhos castanhos, para um papel na nova novela da TVI. Interessados? E-mail: casting@tvi.pt

H- Desculpa, não ouvi! Estava a pensar na dor que tenho aqui...

T- Ok, pronto eu repito! Procura-se rapariga com idades entre os 15 e os 25. De preferência loura e com olhos castanhos, para um papel na nova novela da TVI. Interessados? E-mail: casting@tvi.pt

H- Sinceramente, não sei porque insistes em ser atriz...

T- Mas eu não te vim aqui perguntar se gostavas, eu vou e pronto! Era só para avisar que amanhã não venho jantar a casa. Já falei com eles e tudo!

H- Faz como quiseres mas mesmo que ficasses em casa tinhas de ser tu a fazeres o jantar. Já te esqueces-te que vou ao médico amanhã por causa da dor infernal na...

T- Acabou!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Link to comment
Share on other sites

Eis a apresentação:

Tudo parece perfeito, um dia como todos os outros, mas o dia perfeito estava prestes a acabar... Margarida de 15 anos tinha sido mortalmente atropelada deixando toda a família em pânico, mas o pior ainda estava por vir... Com apenas 2 meses Raquel ficava agora na "corda-bamba"... Com o pai atado de pés e mãos pelo facto de ser menor, a avó apodera-se da criança.

Para não continuar a confusão, os pais de Henrique acabam por decidir emigrar para Espanha, onde ficam até ao fim das suas vidas. Com 30 anos, Henrique casa com Maria, uma senhora de 89 já no final da vida. O plano de vingança foi desde sempre planeado por Henrique. Agora rico e poderoso regressa a Lisboa pronto para conquistar o amor da filha e claro vingar-se de Helena... Cheia de emoção e diversão, "Dava Tudo" vai mudar as suas tardes de segunda! Estreia dia 26 perto das 19:30!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Link to comment
Share on other sites

Obrigado pela critica!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_wink.png"> Será uma "novela" leve e divertida mas a base principal é a vingança, embora um pouco disfarçada com o núcleo cómico no qual as personagens principais também vão entrar!

Link to comment
Share on other sites

Está a chegar...

Margarida- Estou grávida!

Henrique- O quê? (em pânico) Temos 15 anos... Margarida não dá!

M- Henrique ajuda-me eu não sei o que faça, não vais deixar agora! Ou vais?

H- Claro que não, mas somos muito novos...

Mas 15 anos depois...

(funeral)

Henrique- Demorou tempo.

Filipa- Estás a dar nas vistas, disfarça!

H- Que preocupado que estou... já morreu e era o que cria!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Link to comment
Share on other sites

Estreia sexta...

Emília- Ó Helga! Não acreditas no que acabei de ver!

Helga- Ai mulher o que é que viste? Ah espera, viste o Vítor em tronco nu?

E- Não! Ainda não consegui, mas deixa estar que de hoje não passa!

H- Claro...

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Link to comment
Share on other sites

Tudo indica que vai ser uma grande história.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_blum.gif">

Mas vai ser uma história longa e demorada, ou algo mais ligeiro?

Obrigado!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
Link to comment
Share on other sites

Uma palavra FANTASTICO

parabéns Miguel

Obrigado Carlos!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_angel.gif">

Em relação aos episódios, eles são curtos mais ou menos 4 páginas no Word cada.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_wink.png">

Fiquem então com mais um pouco da história:

Estreia amanhã...

E se um dia se sentir enganado?

O que faria para voltar atrás?

Vítor- D.Helga, vende tabaco?

Helga- Até parece que nunca cá compraste! Claro que tenho!

V- Não D.Helga. Tem Crumsy?

H- Não conheço essa marca...

V- Pois o que tenho em casa já está no fim. Quer ir lá a casa para ver o que é?

No mundo atual, tudo parece normal. Mas há segredos que de normal não têm nada...

H- Então mostra lá o que é Crumsy!

V- É isto!

(disparo de tiro)

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Link to comment
Share on other sites

Eis a estreia!

1997

Era um dia como os outros. Tudo era perfeito. Mas nada é para sempre e a vida de Margarida estava prestes a ruir…

Helena- Carlos, a tua filha está armada em boa…

Carlos- Deixa-a estar!

H- Estás sempre a defendê-la! Ela já devia era ter idade para ter juízo!

C- Margarida? Vem cá se fazes favor.

Margarida- O que é que foi?

C- Minha menina, que batom é esse?

M- Qual batom?

H- Eu não disse? Eu avisei! Ela já está a entrar em parafuso!

C- Ó mulher está calada!

H- Ó Carlos tu vê-la! Estás a aqui estás a levar!

C- Mas quem é tu pensas que és para estares aí a dares palpites?

M- Acabou! Estou farta disto! É todos os dias a mesma coisa! Arranjem uma vida! Bem, mas já que estamos todos juntos, aproveito para vos dizer que estou grávida e que esta criança vai nascer.

H- O quê? Filha o que é andaste-te a fazer!? !

M- Cala-te! Também foste mãe aos 17!

C- Filha, põe-te na rua!

H- Carlos!

M- Pai?

C- Acabou. Atorei muita coisa mas para mim chega. Se queres ser mãe, vais ser mãe na rua. Prostituta na minha casa eu dispenso.

M- Pai! Por favor! Eu preciso de vocês! (chora)

C- Acabou a conversa! Porque é que não vais para casa do teu namorado? Vai! Aproveita e faz outro filho!

H- Carlos para por favor!

C- Cala-te! Tu és como a tua filha uma ingrata! (bate-lhe na cara. Helena cai imediatamente no chão.)

20 Minutos depois

(à porta do prédio)

H- Adeus filha! Fica bem! (chora)

M- Adeus mãe! Eu amo-te!

(abraçam-se)

M- Eu venho cá amanhã.

H- Não vale a pena. Ele iria matar-nos.

M- Pronto. Cuidado mãe. O pai já está na fase final do cancro. O terror já deve estar no fim.

H- Até amanhã filha.

No Rossio. No Quiosque da D.Helga.

Helga- Emília! Viste a minha filha?

Emília- Não porquê? Ele não estava em casa?

H- Estava. Mas foi ao mercado à coisa de 40 minutos e ainda não voltou… Tenho o coração nas mãos!

E- Ó Helga ela já é crescidinha! Ela já volta.

H- Gostava de ser como tu, mas desde daquela noite que não estou descansada.

E- Por amor de deus! Ela só se perdeu! Também fazes um filme com tudo!

H- Ai… Ai Emília, ajuda-me po… (desmaia)

E- Helga! Helga? Por favor ajudem-me! Helga?

(Emília entra no quiosque. Helga estava desmaiada no chão com uma enorme mancha de sangue devido à queda.)

E- Helga! Acorda! Ajude-me!

Senhor- Ai minha senhora! O que se passa?

E- Não está a ver?

S- Ai meu deus! Vou chamar a ambulância!

1 hora depois

(No Hospital)

Médico- Desculpe. Não pode passar para aí.

E- É a minha amiga! Por favor deixe-me entrar! (desespera)

M- Desculpe. Não vai dar.

E- Oiça. A filha dela está desaparecida e só tem 9 anos! Ela não sabe de nada! É assim tão insensível?

M- Nesse caso sugiro que volte para casa e que fique à espera de notícias da filha da sua amiga.

E- Filho da mãe! Insensível do car…

M- Minha senhora!

Em Lisboa, na casa de Henrique

(toca a campainha)

H- Quem é?

Margarida- Sou eu! Abre a porta!

(abre a porta e Margarida salta-lhe para os braços)

H- O que é que se passa?

M- Foram eles. Os meus pais puseram-me fora de casa.

H- A sério? Porquê?

M- Henrique, eu não sei como dizer isto mas não tivemos cuidado.

H- Fala! Aonde é que queres chegar?

M- Estou grávida!

H- O quê? (em pânico) Temos 15 anos... Margarida não dá!

M- Henrique ajuda-me eu não sei o que faça, não vais deixar agora! Ou vais?

H- Claro que não, mas somos muito novos...

M- Mas eu já estou muito ligada a ele.

H- Estás de quantos meses?

M- É o primeiro, já a caminho do segundo.

H- E só agora é que me dizes?

M- Tive medo que me deixasses! Mas agora não tinha hipótese!

(toca o telefone)

H- Estou?

«Helena- Olá Henrique. A minha filha está a aí?»

H- Está! Quer falar com ela?

«Helena- Não. Deixa estar. O Carlos teve um ataque-cardíaco. Foi internado.»

H- Então e agora?

«Helena- Agora é esperar. E claro temer pelo melhor.»

H- Pelo melhor?

«Helena- Ele bateu-me outra vez. O cancro está na fase final. E depois do que ele me faz, só já quero que morra e me deixe viver.»

H- Claro, compreendo. Bem com licença, vou desligar.

«Helena- Está bem. Um beijo à minha filha!»

M- Era a minha mãe?

H- Era.

M- Está tudo bem?

H- (suspira) Margarida, o teu pai foi internado de emergência no Hospital. Teve um ataque-cardíaco.

M- O quê?

No Próximo Episódio…

Teresa- Ó mãe! Vê lá isto: (jornal com uma notícia)

Helga- Que sacana carassas! Essa tipa sempre que pode atira-se aos fotógrafos... Que pouca vergonha!

T- Não é isso mãe, é isto:

H- O quê? Ó filha não vês que não tenho os óculos?

T- E onde é que eles estão?

H- É a Emília que tem. Emprestei-lhe!

T- Desculpa? O que é que tens na cabeça? Emprestar os óculos? Vai ao médico mãe!

H- Por acaso vou ao médico amanhã, mas é por causa de uma dor que tenho aqui em baixo...

T- Pronto, pronto! Chega! Deixa que eu leio! : Procura-se rapariga com idades entre os 15 e os 25. De preferência loura e com olhos castanhos, para um papel na nova novela da TVI. Interessados? E-mail: casting@tvi.pt

H- Desculpa, não ouvi! Estava a pensar na dor que tenho aqui...

T- Ok, pronto eu repito! Procura-se rapariga com idades entre os 15 e os 25. De preferência loura e com olhos castanhos, para um papel na nova novela da TVI. Interessados? E-mail: casting@tvi.pt

H- Sinceramente, não sei porque insistes em ser atriz...

T- Mas eu não te vim aqui perguntar se gostavas, eu vou e pronto! Era só para avisar que amanhã não venho jantar a casa. Já falei com eles e tudo!

H- Faz como quiseres mas mesmo que ficasses em casa tinhas de ser tu a fazeres o jantar. Já te esqueces-te que vou ao médico amanhã por causa da dor infernal na...

T- Acabou!

Link to comment
Share on other sites

Genérico:

http://www.youtube.com/watch?v=kBNgXSKy7rU&hd=1

EPISÓDIO 2

Margarida- O meu pai morreu?

Henrique- Não! Teve um ataque…

M- Se morresse não se perdia grande coisa…

H- Ele é teu pai!

M- E? Acha normal por a filha fora de casa só por estar grávida?

H- Eu não punha, mas se continuas a enervar-me daqui pouco também vais!

H- Estás parvo? Esqueceste-te que não sitio para viver?

H- Margarida, estava a brincar! Achas que te vou abandonar agora?

M- Mau…

H- Anda cá ao tio!

M- Cala-te!

(beijam-se)

(No Hospital)

Emília- Helga!

Helga- A minha filha? (frágil, numa cama de hospital)

Emília- Desapareceu...

H- Desculpa? (grita)

E- Calma Helena, eu não fiz nada!

H- Mas devias ter feito!

E- Eu já liguei à policia. Já estão à procura dela.

H- À policia? Imagina que querem rasgate? Eu não tenho dinheiro para essas coisas! (desespera)

E- Pronto, se calhar fiz mal. Mas querias que fizesse o quê?

(telefona toca)

E- Eu atendo.

H- Acho muito bem.

Emília- Sim? Quem fala?

«Policia- É a mãe da menina Teresa?»

E- Não sou uma amiga, mas ela está aqui comigo?

H- Quem é? (sussurra)

«Policia- Era para informar que encontramos a rapariga. Ela está bem, estava perdida. Foi encontrada perto da Rossio, mas desesperou quando soube que a mãe estava no hospital e foi aí que desapareceu…»

E- Mas está tudo bem com a menina?

«Policia- Está sim. Neste momento está a lanchar, aqui no café do lado.»

E- E o que é que temos de fazer agora?

«Policia- Agora têm de a vir buscar! Ela poderá ficar aqui durante umas horinhas, mas depois têm mesmo de a vir buscar.»

E- Olhe nem é preciso esperar umas horinhas, vou já para aí.

«Policia- Tem a certeza? Não é necessário, também podemos levá-la aí.»

E- Não. Eu vou aí ter. Espere uns minutos, por favor.

(desliga)

H- Então? Encontraram a Teresa?

E- Encontraram andava perdida à procura do hospital!

H- Mas como é que ela soube?

E- Não sei! Só sei que tens uma rica filha e que já deu para perceber que te ama muito.

H- Ama-me tanto que me deixa com o coração nas mãos sempre que faz alguma!

E- Olha eu vou chamar um táxi para ir lá buscá-la.

H- Mas trazes para aqui?

E- Não, vou levá-la à China…

(Em casa de Henrique)

Margarida- Henrique, eu estava a pensar… Podíamos ir às compras, o que achas?

Henrique- Acho boa ideia mas o problema é a massa… que começa a faltar!

M- E como vamos arranjar dinheiro?

H- Os meus pais chegam amanhã da Holanda, eu posso pedir-lhes mas já me deram 20 contos!

M- Com o meu pai doente duvido que a minha mãe me vá dar dinheiro…

H- Isto está complicado…

M- Olha, eu não vou ficar aqui fechada. Vou dar uma volta com ou sem dinheiro!

H- Vai vá lá!

M- Vai vá lá? Bem que entusiasmo….

H- Maggy, tu queres ir dar uma volta e eu tenho muito em que pensar! Acabei de descobrir que vou ver pai e estou a zeros no que toca a dinheiro!

M- Olha tu é que sabes, se quiseres vir vens, se não quiseres fica. Até logo.

H- Então e o meu beijo?

(Margarida sai de casa)

(Na rua)

Margarida- O Henrique começa-me a enervar…

(Henrique decide ir com Margarida e sai de casa)

Henrique- Margarida! (grita)

M- Ah sempre vens?

H- Claro! Alguma vez ia deixar a minha Barbie sozinha?

M- Vamos já está verde.

H- Vai andando que estou só aqui a contar os trocos…

M- Despacha-te! (atravessa a estrada e ouve-se um carro travar)

H- Margarida? (grita)

No Próximo Episódio:

H- Como é que ela está doutor?

Médico- O caso é muito grave, terá de estar em observação durante algumas horas…

H- E o meu filho?

Médico- Para já está estabilizado.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...