Jump to content

"os Escolhidos" - 5ª Semana


David
 Share

Recommended Posts

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Boa Noite! Seja bem-vindo a mais uma edição de Os Escolhidos!

O João Pedro saiu na passada semana, mas nem por isso a "competição" terminou. É agora tempo de dar por terminada a quinta semana do nosso web talent show! Nesta sexta-feira, infelizmente, dizemos adeus a mais um concorrente!

Um dos cinco foi o menos votado com o somatório das votações do júri e dos leitores do Televisão-Opinião/TV Universo.

Passemos então ao somatório dos votos desta semana:

Votação do público

Inês Moreira Santos : 46 votos – 5 pontos

João Rodrigo : 43 votos – 4 pontos

Rúben Baía : 21 votos – 3 pontos

André Costa : 17 votos – 2 pontos

João Carvalho : 15 votos – 1 ponto

Votação do júri

Inês Moreira Santos : 18 votos – 5 pontos

André Costa: 15 votos – 4 pontos

Rúben Baía : 13 votos – 3 pontos

João Carvalho : 8 votos – 2 pontos

João Rodrigo : 6 votos –1 ponto

Totais:

Inês Moreira Santos: 5 + 5 = 10

André Costa: 2 + 4 = 6

Rúben Baía: 3 + 3 = 6

João Rodrigo: 4 + 1 = 5

João Carvalho: 1 + 2 = 3

Somadas as pontuações do júri e do público, o quarto concorrente eliminado é...

João Carvalho

O João Carvalho fica, assim, por esta fase de Os Escolhidos, mas a sua característica forma de escrever e optimas opiniões marcaram o concurso.

No entanto, ainda há muito "jogo" pela frente e só um destes jovens será O Escolhido!

Nesse sentido, inicia-se agora a quarta fase do nosso web talent-show!

João Rodrigo: Depois do sucesso de "Viver a Vida" e "Caminho das Índias", "Passione" teima em não conseguir prender os telespectadores. Com um elenco de luxo, o que falta a esta produção da Globo para trazer bons resultados a Carnaxide?

Realmente as anteriores novelas conseguiram cativar os espectadores, e no caso das duas produções referidas, elas foram bem diferentes uma da outra! No entanto, “Passione” que até estreou com um resultado razoável e no meio de duas novelas com bons resultados, tudo fazia prever que a novela crescesse, mas o que aconteceu foi exactamente o contrário, começou a perder audiências cada vez mais até estabilizar nos baixos resultados que normalmente faz.

O autor é um mestre das novelas, o elenco é uma parada de estrelas, tem a Itália e São Paulo como cenários. Parece que não falta nada, mas falta o principal de uma novela, a história. Para mim, “Passione” é a pior história que Sílvio de Abreu escreveu até agora. A novela não tem capacidade para cativar os espectadores, depois a forte pronúncia em Italiano também dificulta, fica difícil entender algumas falas…

Na banda sonora, faltam músicas durante a novela, é tudo muito pouco apelativo. Assim, não chega só ter um elenco de luxo com actores conceituados, a história tem de ser interessante! “Viver a Vida” despertava curiosidade do que iria acontecer no dia seguinte, com “Passione” isto não acontece.

Inês Moreira Santos: À semelhança do que tem acontecido nos últimos anos, "Há Volta" é novamente uma aposta da RTP. O formato continua a fazer a concorrência cair. O que pensas do programa em si e da performance dos seus apresentadores? João Baião e Isabel Figueira são uma dupla para manter?

Todos os anos por esta altura, muitos telespectadores acompanham o ciclismo pela RTP. Um programa como o “Há Volta” só vem, na minha opinião, ajudar a fidelizar o público, seja-se ou não fã da modalidade.

João Baião volta a dar a cara pelo formato e, a meu ver, é o apresentador perfeito para este tipo de programas. Gosto bastante dele. Mesmo que muitos lhe apontem defeitos, para mim, é um excelente comunicador. É daquela alegria que muita gente precisa (e deve ter-se em conta que grande parte do público que assiste aos programas da tarde é idoso).

Isabel Figueira, que regressou este ano ao “Há Volta” (já o apresentou em 2007 e 2008), não se está a sair nada mal. Tem-me surpreendido, pois associo-a demasiadamente ao “Top +”, e não estou habituada a vê-la tão natural e espontânea.

Contudo, penso que a RTP poderia ter dado mais uma oportunidade a Diamantina Rodrigues, que em 2009 brilhou no “Há Volta”, junto a João Baião e a Carla Matos Gomes (que se mantém também este ano). Diamantina era uma cara quase desconhecida que surpreendeu pela sua alegria, beleza e simpatia.

Portanto, apesar de estar a gostar da prestação de Isabel Figueira, para mim, a dupla perfeita seria Baião e Diamantina a percorrer o país nas tardes de Verão da volta a Portugal.

André Costa: É cada vez mais certo que "Quem Quer Ganha" vá sair do ar. Com o final do programa e, tendo em conta que André Cerqueira confessou ter projectos para Leonor Poeiras, o que te parece que a apresentadora vá fazer?

Até ver, o “Quem Quer Ganha” está com os dias contados! O programa, que dura há anos e que já teve várias versões e várias apresentadoras, se tivesse à espera das audiências para se manter no ar, já tinha acabado há muito! É um facto que o programa nunca se impôs e nos dias em que, forçosamente, não teve que ir para o ar, ninguém lhe sentiu a falta. Valia os euros que entravam nos cofres da TVI, vindos directamente dos telefones e dos telemóveis dos telespectadores… e foi isso que deu vida ao programa!

Leonor Poeiras, a última apresentadora deste formato, está a ver o seu lugar na televisão ocupado pela outrora “senhora das manhãs” da SIC que agora será das tardes da TVI! Não que a Fátima Lopes vá apresentar o “Quem Quer Ganha”, mas porque o seu programa irá ocupar o lugar deste e o da repetição dos “Morangos com Açúcar”. E o que será feito de Leonor Poeiras? A apresentadora, que merecia mais e melhores oportunidades do que aquelas que já lhe deram, vai para os diários do “Secret Story”. Sabe a pouco? Sempre é melhor do que se saísse do ar. Se tivesse, algum dia, mudado de canal, talvez a sua carreira (e a sua sorte) tivesse sido outra.

Rúben Baía: Ao contrário do que acontece na TVI, as séries emitidas pela SIC consegue fazer bons resultados. Para além dos produtos emitidos após "Passione", como "CSI" ou "Investigação Criminal", também à tarde "Entre Vidas" tem resultado. A estreia da quinta temporada, no passado sábado ficou acima da média da estação. Porque motivo em Queluz de baixo os resultados são baixos e em Carnaxide agradáveis? Será devido à selecção feita pela TVI?

Não me parece que a selecção de séries da TVI seja, de todo, má. Produções como House, Heroes ouCastle têm tanto ou mais recepção por parte dos telespectadores como Entre Vidas e CSI. No meu entender, a questão põe-se tanto nos horários como na promoção feita.

Por exemplo, quando se tenta descobrir em que canal se pode ver NCIS: Los Angeles, em que Daniela Ruah é protagonista, rapidamente se pensa na SIC, devido a toda a publicidade que esta faz ao facto de ter os direitos de transmissão.

Já relativamente a House, os telespectadores pensam mais rapidamente na FOX, uma vez que a TVI, para além de a transmitir tarde, embora lhe faça alguma promoção, não cativa o público.

Por outro lado, o sucesso inesperado de Entre Vidas verifica-se pela hora em que é transmitida. Embora neste horário os filmes sejam “reis”, a série é algo que “rompe” com o standard. Também o cativante enredo da história leva a este sucesso.

Portanto, na minha opinião, a questão não é de qualidade, mas sim de Marketing. A TVI devia apostar tanto em promover as séries como aposta em promover a ficção nacional.

Link to comment
Share on other sites

Gostei da opinião do João, concordo com ela, na SIC Notícias há excelentes pivot's, mesmo não indo para a generalista definitivamente, podiam ao menos fazer as férias destes, pelo menos não tinhamos de chegar ao ponto de ter a mesma pivot no mesmo dia em ambos os espaços informativos do canal.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Link to comment
Share on other sites

 Share

×
×
  • Create New...