Jump to content

Virar a Página


_zapping_
 Share

Recommended Posts

Aqui esperamos por ela. Ainda não vi o teu outro projecto (tenho tantas boas produções do TVU em lista de espera!), mas já dei uma espreitadela no "Roda Você". :laugh_mini:

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

Provavelmente achaste-nos loucos (e somos mesmo! :segredo: )

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 60
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Alguém me quer explicar isso do "Roda Você"?!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_rolleyes.gif">

Acho que não tem explicação possível xD A "Roda Você" é um vídeo parvo que eu e os meus colegas da minha próxima série fizémos xD

Se quiseres ver, aqui fica o link:

Não te assustes com a nossa insanidade, pff xD

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

No primeiro episódio, referes-te à mãe do Rodrigo, que é o Diogo.

Uma dica: para que o leitor se emocione minimamente com a morte de um personagem, tenta mostrá-lo muito feliz numa parte anterior da história, neste caso uma cena com a Sofia, por exemplo. Uma despedida com um beijo apaixonado antes de partir. É o mínimo a fazer, tendo em conta que o tinhas que matar rapidamente. Caso fosse um final, existem muitas outras técnicas, aplicáveis, por exemplo, à Sofia.

Só não me parece que ele pensasse em morrer tão novo... Imagina-te daqui a 6 anos! Mas não estou a criticar, provavelmente faria o mesmo

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_wink.png">

Quando a Sofia encontrou alguém no corredor do hospital (empregada de Fátima), pensei que irias dar uma reviravolta e que a sua sogra tivesse um cancro ou assim. Ao saber da Eduarda, pensei que o filho pudesse ser do Diogo (como o Rúben, mais tarde, comentou!). Tenho uma imaginação muito trágica e fértil!

Doce Amargo fez-me logo lembrar o Pingo Doce... :laugh_mini:

Parabéns!

Eu sou fanático por finais trágicos e odeio clichés. Posso até deixar os enredos paralelos felizes, mas tenho que, de algum modo, fazer com que os núcleos principais sofram. É esta a nossa realidade, no fundo. A vida não é perfeita!

Quanto a novos projectos para o TVU, eu tinha um em desenvolvimento, mas entretanto fui chamado para participar noutros e acabei por desistir, por enquanto. :aggressive_mini:

Link to comment
Share on other sites

No primeiro episódio, referes-te à mãe do Rodrigo, que é o Diogo.

Obrigado pela correcção. Sabes porque é que troquei os nomes? Porque quando comecei a escrever esta história estava ainda a publicar "Ficaremos Juntos", cuja personagem masculina principal era o "Rodrigo". :laugh_mini: E olha que troquei inúmeras vezes os nomes e, à medida que ia relendo os episódios, é que fui corrigindo.

Uma dica: para que o leitor se emocione minimamente com a morte de um personagem, tenta mostrá-lo muito feliz numa parte anterior da história, neste caso uma cena com a Sofia, por exemplo. Uma despedida com um beijo apaixonado antes de partir. É o mínimo a fazer, tendo em conta que o tinhas que matar rapidamente. Caso fosse um final, existem muitas outras técnicas, aplicáveis, por exemplo, à Sofia.

Só não me parece que ele pensasse em morrer tão novo... Imagina-te daqui a 6 anos! Mas não estou a criticar, provavelmente faria o mesmo

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_wink.png">

Agradeço a tua sugestão, mas a verdade é que o "Diogo", naquele momento, não está feliz. Está, pelo contrário, pensativo e a tentar encontrar uma solução para o seu problema que lhe irá custar resolver. Ele não poderia estar a pensar em momentos felizes com a "Sofia", pois ele traía-a e sentia-se culpado. Era precisamente nisso que ele estava a pensar quando morreu. Ia a conduzir e a ponderar entre a sua mulher e a sua amante, a tentar perceber que caminho seguir...

Em relação a matá-lo tão novo, obviamente que ele nunca iria imaginar. E essa é a ligação entre os actos e os pensamentos. Ele ia a projectar a sua vida, a pensar no que escolher, nas suas atitudes, no seu futuro, quando a sua vida acaba ali. E, claro, ninguém conta morrer tão novo, mas obviamente que não é impossível. Por exemplo, algumas pessoas daqui sabem que, há alguns meses, aconteceu algo semelhante comigo e, felizmente, não com a mesma gravidade. Lá está: eu ainda sou mais novo que o "Diogo" e poderia ter-me acontecido o mesmo (ninguém está livre!), mas felizmente que não aconteceu.

Link to comment
Share on other sites

A felicidade dele com a Sofia foi um exemplo do que poderás fazer com futuras personagens. Nesta história não fazia sentido. É uma dica para as tuas próximas histórias

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_wink.png">

Eu escrevi sobre ele pensar em morrer tão novo porque escreveste o seguinte: "O Diogo era suficientemente esperto para perceber que se morresse, teria de haver uma forma de abrirem aquele cofre de modo a tirar todo o seu conteúdo. E esse momento acabara de chegar." Não que não tenha sentido, até percebi a mensagem que querias passar...

Mas gostei muito.

Link to comment
Share on other sites

A felicidade dele com a Sofia foi um exemplo do que poderás fazer com futuras personagens. Nesta história não fazia sentido. É uma dica para as tuas próximas histórias

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_wink.png">

OK. Obrigado. Dica registada.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_wink.png">

Eu escrevi sobre ele pensar em morrer tão novo porque escreveste o seguinte: "O Diogo era suficientemente esperto para perceber que se morresse, teria de haver uma forma de abrirem aquele cofre de modo a tirar todo o seu conteúdo. E esse momento acabara de chegar." Não que não tenha sentido, até percebi a mensagem que querias passar...

Aaaahhhhhh... Agora percebi. Pensava que te estavas a referir ao início da história, ao 1º episódio.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_biggrin.png">

Obviamente que, só tendo ele a chave do cofre, uma das suas primeiras medidas foi deixá-la num local que, futuramente, pudesse ser descoberta. Claro que ele não pensava em morrer no dia a seguir. Mas um "segredo" como aqueles, não poderia esperar que chegasse aos 40 anos!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_wink.png">

Mas gostei muito.

Obrigado por teres lido e por teres dado a tua opinião.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_biggrin.png">

Link to comment
Share on other sites

Obrigado por teres lido e por teres dado a tua opinião.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_biggrin.png">

De nada

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_wink.png">

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...