Jump to content

Os Caminhos de uma Vida


Recommended Posts

Posted (edited)

Como já tinha citado no tópico do @eduu, estava a preparar uma história! E hoje finalmente acabei-a. E envio-vos agora a Sinopse! 

Spoiler

Os caminhos de uma Vida 

sinopse:

Começa mais um ano letivo para Matias, um adolescente de 15 anos, na escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, na Figueira da Foz. Ele tem poucas amizades, possui 2 amigos, o João e a Mafalda. Integrando o 10° ano, um novo aluno, chamado Gonçalo, chega à turma e rapidamente torna-se amigo de Matias, mas sempre com o olhar desconfiado dos amigos. 

Um mês após começarem as aulas, Matias descobre que o seu amigo estava metido em drogas, a mando do seu pior inimigo, o Xavier, sendo aliciado pelo Gonçalo a fumar, apesar de ter sido avisado inúmeras vezes pelos seus outros dois amigos. Já sob a pressão dos seus colegas, Matias comete uma grande loucura! Arrependido, tenta encontrar uma solução para não ser contactado pelas autoridades. 

 


A História tem como título “Os caminhos de uma vida” visto que vai relatar os caminhos que cada um dos jovens vai ter, em particular, o Matias! 

Como o texto que escrevi tem mais de 4000 palavras, pedi ao ChatGPT para fazer-me um resumo :vip:

Spoiler

A história começa com o regresso às aulas na Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, onde Matias, um adolescente de 15 anos, ingressa no décimo ano, na turma B do curso de Línguas e Humanidades. Ele tem dois amigos, João e Mafalda, João escolhendo um caminho diferente e Mafalda, fica na mesma turma que Matias. Os dois suspeitam do novo aluno, Gonçalo, que se aproximou rapidamente a Matias. Os dois amigos tentam afastá-lo de Matias, o que gera um afastamento entre eles (Mafalda/João e Matias) 

Gonçalo, influenciado por Xavier, começa a ter um comportamento preocupante, envolvendo-se com drogas. Matias, ignorando os avisos dos amigos, aceita um pedido de namoro dele (Gonçalo). Enquanto isso, João e Mafalda tentam alertar Matias sobre as más influências de Gonçalo, mas são ignorados.

A situação agrava-se quando Gonçalo e Xavier levam drogas para a escola, e uma briga acontece, resultando depois em Mafalda ser atropelada e ficar ferida durante a discussão com o Matias em que Mafalda revela que Matias tinha tido um fraquinho por ela. Desesperado e com o sentimento de culpa, Matias foge e à noite dirige-se para a praia e comete um suicídio. A tragédia abala a escola e seus amigos, que lidam com a perda do colega.

Após a morte de Matias, João e Mafalda aproximam-se cada vez mais, e começam a namorar !! :cryhappy:Gonçalo, arrependido, procura ajuda psicológica e é incentivado por João e Mafalda a seguir em frente. Xavier é expulso da escola e enfrenta os insultos dos alunos da escola. No final, João e Mafalda homenageiam Matias com um vídeo emocionante, relembrando os bons momentos que viveram juntos.

Moral da História -> Escolhe caminhos certeiros para o que tu desejas, evitando seres influenciado pelos outros. Antes que te arrependas no futuro.

Este resumo sabe a pouco, porque aconteceram muitas mais coisas !! 
(Depois divulgo a história completa !) 

Edited by Brunooo
  • Like 2
  • Shock 1
Link to comment
Share on other sites

há 13 minutos, Brunooo disse:

Como já tinha citado no tópico do @eduu, estava a preparar uma história! E hoje finalmente acabei-a. E envio-vos agora a Sinopse! 

  Spoiler - mostrar conteúdo oculto

Os caminhos de uma Vida 

sinopse:

Começa mais um ano letivo para Matias, um adolescente de 15 anos, na escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, na Figueira da Foz. Ele tem poucas amizades, possui 2 amigos, o João e a Mafalda. Integrando o 10° ano, um novo aluno, chamado Gonçalo, chega à turma e rapidamente torna-se amigo de Matias, mas sempre com o olhar desconfiado dos amigos. 

Um mês após começarem as aulas, Matias descobre que o seu amigo estava metido em drogas, a mando do seu pior inimigo, o Xavier, sendo aliciado pelo Gonçalo a fumar, apesar de ter sido avisado inúmeras vezes pelos seus outros dois amigos. Já sob a pressão dos seus colegas, Matias comete uma grande loucura! Arrependido, tenta encontrar uma solução para não ser contactado pelas autoridades. 

 


A História tem como título “Os caminhos de uma vida” visto que vai relatar os caminhos que cada um dos jovens vai ter, em particular, o Matias! 

Como o texto que escrevi tem mais de 4000 palavras, pedi ao ChatGPT para fazer-me um resumo :vip:

  Spoiler - mostrar conteúdo oculto

A história começa com o regresso às aulas na Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, onde Matias, um adolescente de 15 anos, ingressa no décimo ano, na turma B do curso de Línguas e Humanidades. Ele tem dois amigos, João e Mafalda, João escolhendo um caminho diferente e Mafalda, fica na mesma turma que Matias. Os dois suspeitam do novo aluno, Gonçalo, que se aproximou rapidamente a Matias. Os dois amigos tentam afastá-lo de Matias, o que gera um afastamento entre eles (Mafalda/João e Matias) 

Gonçalo, influenciado por Xavier, começa a ter um comportamento preocupante, envolvendo-se com drogas. Matias, ignorando os avisos dos amigos, aceita um pedido de namoro dele (Gonçalo). Enquanto isso, João e Mafalda tentam alertar Matias sobre as más influências de Gonçalo, mas são ignorados.

A situação agrava-se quando Gonçalo e Xavier levam drogas para a escola, e uma briga acontece, resultando depois em Mafalda ser atropelada e ficar gravemente ferida durante a discussão com o Matias em que Mafalda revela que Matias tinha tido um fraquinho por ela. Desesperado e com o sentimento de culpa, Matias foge e à noite dirige-se para a praia e comete um suicídio. A tragédia abala a escola e seus amigos, que lidam com a perda do colega.

Após a morte de Matias, João e Mafalda aproximam-se cada vez mais, e começam a namorar !! :cryhappy:Gonçalo, arrependido, procura ajuda psicológica e é incentivado por João e Mafalda a seguir em frente. Xavier é expulso da escola e enfrenta os insultos dos alunos da escola. No final, João e Mafalda homenageiam Matias com um vídeo emocionante, relembrando os bons momentos que viveram juntos.

Moral da História -> Escolhe caminhos certeiros para o que tu desejas, evitando seres influenciado pelos outros. Antes que te arrependas no futuro.

Este resumo sabe a pouco, porque aconteceram muitas mais coisas !! 
(Depois divulgo a história completa !) 

Aiiii amei que te lembras-te de mim :choque:

Lendo o teu texto, parece-me incrível e retrata muito bem algumas situações das nossas escolas, acho que a minha reação disse tudo, mas acho que se acentua perto da parte final :mosking: 

Só algumas dúvidas:

a) Xavier = Inimigo de Matias = Amigo de Gonçalo?

b) O Matias chegou a usar drogas juntamente com o Gonçalo?

Tens incrível pinta para isto, fizeste-me lembrar daquela vez em que comentei uma cena de fumadores no tópico ‘Escola’ e lembrei-me sobre o que contaste sobre a tua. Não me digas que foi aquela a história que te inspirou :mosking: (estou a brincar, não leves a mal kk)

Amei, 10/10 :clap: 

  • Love 1
Link to comment
Share on other sites

Posted (edited)
há 11 minutos, eduu disse:

Aiiii amei que te lembras-te de mim :choque:

Lendo o teu texto, parece-me incrível e retrata muito bem algumas situações das nossas escolas, acho que a minha reação disse tudo, mas acho que se acentua perto da parte final :mosking: 

Só algumas dúvidas:

a) Xavier = Inimigo de Matias = Amigo de Gonçalo?

b) O Matias chegou a usar drogas juntamente com o Gonçalo?

Tens incrível pinta para isto, fizeste-me lembrar daquela vez em que comentei uma cena de fumadores no tópico ‘Escola’ e lembrei-me sobre o que contaste sobre a tua. Não me digas que foi aquela a história que te inspirou :mosking: (estou a brincar, não leves a mal kk)

Amei, 10/10 :clap: 

Muito obrigado pela tua opinião :adoro:

Sobre algumas dúvidas, o texto (completo) que escrevi esclarece bem mas vou explicar agora;

a) O Xavier foi um grande inimigo de Matias no 9° ano. E o Gonçalo é novo na escola e tornou-se rapidamente amigo de Matias mas foi influenciado por Xavier e levou a Gonçalo a cometer essas loucuras todas. (#amizadestoxicas) 

b) O Matias apenas chegou a fumar, aliás, o Gonçalo até tentou que ele experimentasse Cocaína, mas Matias recusou, foi aí em que a briga e o acidente de Mafalda aconteceram.

Por acaso, não me inspirei de nenhuma situação kkk ! Saiu tudo da minha cabeça, isso é pura imaginação minha. Mas por acaso, agora que falas disso, realmente, são ideias parecidas. Mas na altura já estava a escrever a história ! 
Quando for a meter o texto todo, vais ver que ainda vais ficar mais surpreso :adoro:! Porque ainda há muita coisa para contar e as coisas interligam-se facilmente ! 

Edited by Brunooo
  • Love 1
Link to comment
Share on other sites

Posted (edited)

Vou divulgar agora o texto todo que escrevi, ele é um pouco grande.
Eu inclui alguns diálogos, para dar um pouco mais de emoção à história ! 
Relembro que não me baseei em nenhum facto real. Ah e dividi a história em capítulos, como se fossem episódios de uma novela ! 

Spoiler

@eduu Vem cá ver :cryhappy:

Spoiler

Capítulo I: O regresso às aulas 

Dia 15 de setembro de 2023, sexta-feira, começa mais um ano letivo na Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho na Figueira da Foz. Matias, um jovem de 15 anos, obediente e disciplinado, vai ingressar agora para o décimo ano, na turma B, no curso de Línguas e Humanidades. Ele tem dois amigos, o João, que escolheu um caminho diferente e foi para Ciências e Tecnologias.Mafalda, por sua vez, estava indecisa entre Ciências socioeconómicas e Línguas e Humanidades e acabou por escolher o mesmo curso que Matias, entrando na mesma turma que o seu amigo. Matias conhece toda gente sua turma, visto que todos os alunos da turma, tinham estado a estudar nessa escola no ano letivo passado. Mas a exceção vai para o Gonçalo, um novo estudante nessa escola e integra também a turma B, do décimo ano. A primeira pessoa que ele conheceu foi Matias.
Matias apresenta Gonçalo aos seus amigos, mas ao contrário do esperado por Matias, eles trocam olhares desconfiados em relação a Gonçalo. 
No final do dia, Matias despede-se dos seus amigos e eles dizem-lhe: 

“Ó Matias, tu tens a certeza de que esse tal de Gonçalo é boa pessoa? Tens a certeza que não é problemático?”

Matias rodeia o assunto e diz-lhes para parar com as suspeitas sobre Gonçalo por pensarem que ele lhes trocará por ele. Matias apanha o autocarro em direção a casa e pensa sobre a conversa que teve com os seus amigos, e manda lhes uma mensagem no grupo que têm em conjunto: 

Ora bem, eu pensei sobre a nossa conversa que tivemos no final das aulas e vocês não podem pensar logo que eu vou vos trocar. Porque isso não é verdade, vocês são muito importantes para mim, nunca na vida iria vos trocar por alguém que fosse. Uma boa noite, gosto muito de vocês.” 

João pensa que Matias não está a ser sincero e troca mensagens com a Mafalda, admitindo que tem medo do que possa acontecer porque para ele, Gonçalo não inspira confiança nenhuma. 
Os dias vão passando e os amigos de Matias sentem que ele está cada vez mais distante. João e Mafalda comecem a ignorar Matias para ver se ele se arrepende de estar muito mais tempo com uma pessoa que mal acabou de conhecer, em vez de estar com os amigos que já o acompanham desde o quinto ano. 

Capítulo II: O afastamento 

Gonçalo e Matias estão mais juntos do que nunca. Matias tem ajudado o seu novo amigo nos estudos e com a primeira avaliação a ser no dia 12 de outubro, na disciplina de Geografia-A, Gonçalo demonstra-se preocupado por não se sentir preparado para o teste:

“Matias, eu não vou conseguir, esta matéria é muito difícil.

- Ó Gonçalo, não te preocupes, eu estou aqui para te ajudar no que for preciso.

- Mas sei lá, tenho medo que algo corra mal…

- Gonçalo já chega e vamos estudar!” 

João observa tudo e conclui que já não há nada para fazer, que é melhor deixar os dois andarem juntos até que Matias se arrependa. Mafalda chega ao pé de João e diz-lhe:

“E então? Tens conseguido conversar com o Matias, já que pronto, entre homens, é mais simples.

- Não, eu tenho tentado mandar mensagens, mas ele dá vista, nem sequer responde.”

João e Mafalda passeiam pela escola e encontram Xavier, colega que tem vários problemas com Matias, e ele diz-lhes:

“Vou ser rápido, então o vosso amigo Matias já esconde segredos com o seu novo amigo, o Gonçalo.

- Mas que segredos?”, pergunta Mafalda.

“Isso eu não sei, só dirigindo a ele é que saberão.”, responde Xavier. 

João diz que vai ter de conversar imediatamente com Matias e que ele vai ter que escolher…

“Mas isso não é uma atitude demasiada tóxica??”, pergunta Mafalda.

“Ó Mafalda, tu queres continuar a vê-lo a ser influenciado por esse tal de Gonçalinho?? Esse gajo não me inspira confiança nenhuma.”, responde João. 

De seguida a essa conversa, João vai ter com Matias e pede-lhe para conversar durante uns momentos. Matias aceita e diz a Gonçalo que já vem. 

“É assim, vou ser breve, tu disseste com as letras todas, que nós somos muito importantes para ti, …

- Isto é sobre o Gonçalo, mais uma vez, não é? 

- E se for? 

- Caraças, ele não vos fez nada!

- Mas caraças digo eu, tu disseste que somos importantes e isto e bla bla bla, …

- Mas onde queres chegar com isto, João? 

- Disseste que não ias nos trocar por ninguém, mas o que é que está a acontecer agora, Hã?

- Oh Meu Deus, deves pensar que vos estou a trocar, mas não é o que está a acontecer.

- Mas então o que é que está a acontecer??? É isso que quero saber? E porquê que nós parecemos lixo para ti? 

- João, já chega! 

- Ora bem, ou escolhes o teu Gonçalinho ou escolhes a nós! Farto disso. 

- Mas como é que podes impor uma escolha destas ! 

- Podendo, dou-te até amanhã para escolheres! 

- Se é assim que tu queres, eu respondo-vos no grupo.” 

João vai ter com Mafalda e diz que a conversa não correu nada bem e que receia que ele possa acabar a amizade de todo. 
As horas passaram, e as aulas já acabaram, João conecta-se no WhatsApp e observa que Matias está a escrever uma mensagem, tendo medo do que ele vá a dizer, e de um segundo para o outro, recebe a mensagem:
Depois da conversa que tive com o João à tarde, pensei no seguinte. Eu sei que não tenho estado com vocês nestes últimos dias, mas isso não vos dá ao direito, sobretudo a ti, João, de me impor escolhas! Mas já que me obrigam a fazer uma escolha… estive a pensar durante um bom tempo, e penso que vou ficar com o Gonçalo, pelo menos, ele percebe-me e não interdita de estar convosco, essa decisão de estar convosco ou não, é minha. Então sendo assim, posso dizer que a nossa amizade se encerra aqui e agora.

João e Mafalda ficam de rastos com a decisão de Matias, tendo ainda assim esperanças de que ele se arrependa. 

 

Capítulo III: O pedido

Chegou o dia 12 de outubro, dia da primeira avaliação para os alunos do 10B, a avaliação de Geografia-A, Matias está confiante, mas Gonçalo permanece receoso, com medo que algo corra mal. Matias diz a Gonçalo para que ele respire um pouco e que tudo vai correr bem. Mafalda tem a consciência que estudou, e tem confiança que vá a ter uma boa nota. João, por seu lado, já realizou a prova de Matemática, tendo tido um 17,3. O teste começa, Gonçalo fica em pânico por não saber de nada, Matias resolve o teste com facilidade.
O teste acaba e Matias pergunta a Gonçalo como correu o teste: 

“E então?? Como correu o teste??

- Pessimamente!, responde o amigo de Matias

- Mas então? Eu ajudei-te e tinhas dito-me que estavas a perceber…

- Eu até estava a perceber, só que ontem deu-me um ataque de pânico e de repente, esqueci-me de muita coisa, se tiver 10, vai com sorte!”

Mafalda olha com ar desconfiado pensando que Gonçalo fez de propósito de não estudar para tirar má nota para que depois se aproveite da simpatia deste adolescente disciplinado. Ela vai contar ao seu amigo que estuda em Ciências e Tecnologias que há possibilidades que Gonçalo esteja a aproveitar-se de Matias. No final do dia, Gonçalo envia uma mensagem tanto quanto estranha: 

Eu sinto que neste primeiro mês de aulas, criamos uma grande conexão, nunca tinha criado uma conexão assim tão boa com ninguém. Apesar deste teste ter-me corrido mal, eu reconheço que fizeste de tudo para me ajudares. Tens sido um grande amigo, e queria pedir uma coisa, mas não sei se estou preparado, e se tu reagirias bem …” 

Matias estranha a mensagem e responde: 

Bem Gonçalo, obrigado por essas palavras, mas o que é queres me pedir?? Não tenhas medo, diz!

Gonçalo ganha coragem e escreve:

Ora bem, como já disse a nossa conexão, para mim, é algo inexplicável, e estava a pensar em pedir-te em namoro. Tu és lindo, és simpático, és perfeito! Não há melhor pessoa do que tu no mundo!

Matias aceita o pedido de namoro de Gonçalo. Matias nunca namorou com ninguém, mas como toda a gente, já teve um fraquinho por alguém. Apesar de não ter preferências com o género do companheiro, nunca namorou, e esta é a primeira vez. Matias decide postar um story no Instagram a relatar o acontecimento. João vê o story e manda-lhe uma mensagem:

Muitos parabéns, agora já namoras com o gajo. Muitíssimos parabéns. O Homem está a enganar-te tão, mas tão bem. Tem lá cuidado, se algo acontecer, não venhas chorar no meu ombro, porque já estou bem farto de te avisar!” 

Matias ignora a mensagem enviada por João e está decidido a fazer vida com Gonçalo, o homem que supostamente ama.  

Capítulo IV: A experiência

Dois dias depois, no dia 14 de outubro, já na escola, Matias e Gonçalo estão a conversar ... claro, como sempre.
Xavier chega e pede a Gonçalo para que tenham uma conversa séria, Matias olha com alguma desconfiança. Xavier pede ao Gonçalo para que saem do perímetro escolar para conversar, João segue-os. Mafalda vê Matias e vai ter com ele dizendo-lhe:

“Então Matias? Estás sozinho? Oh, que pena, tenho mesmo pena de ti

-  Deves achar que agora podes me tratar desta forma, moça, responde Matias berrando.

-  O que é queres, marmanjo? Tu é que quiseste isso...”

Matias agride Mafalda e vai em direção à sala de aula. Mafalda, magoada, decide não contar a ninguém o que aconteceu. Entretanto, João continua a espiar os dois rapazes. Xavier estende algo na mão de Gonçalo:

“Mas o que é isto, caraças ??, pergunta Gonçalo.

Isto vai te fazer bem, é só experimentares que vais te sentir muito melhor.”

João observa-o a pegar num cigarro vendo-o a fumar e manda uma mensagem a Matias:

Meu querido totó, acabei de ver o teu “boyfriend”, a fumar. Não me vais dizer nada?

Matias olha para mensagem e responde: 

Outra vez a tentar fazer com que deixo o Gonçalo? Já te disse, isso não vai funcionar!

Gonçalo diz se sentir muito melhor, Xavier sorri, por ter conseguido fazer com que atingisse o elo mais fraco, sendo agora mais fácil para ter Matias na mão.
 Matias, já na sala de aula, com ar depressivo, fica a olhar no telemóvel quase a chorar, perguntando-se o porquê de ele ter sido tão rude para os seus amigos, Mafalda entra na sala de aula, Matias rapidamente disfarça.
Já a caminho da sala de aula, Xavier pede ao seu amigo para que convence Matias também a experimentar, Gonçalo desnorteado, aceita. 
João vai até à sala da diretora da escola para relatar o acontecimento, mas a diretora diz que só a GNR pode fazer algo.
Gonçalo sente-se ao pé de Matias, e ele fica a olhar Gonçalo durante a aula toda de forma apaixonada, Gonçalo diz-lhe que no final da aula precisa de falar com ele. 
Mafalda capta toda a conversa a partir do telemóvel para que depois envie a João, que não está em aula. João recebe o áudio em que comprova que pode acontecer alguma coisa, e decide então mostrar à diretora, mesmo que isso seja contra as leis do regulamento interno da escola. A diretora diz que não comprova tudo e que não deviam ter feito isso. João implora para que ela ligue à GNR. 
No intervalo seguinte, Gonçalo, após o pedido de Xavier, vai pedir a Matias para que venha e falar com Xavier. Matias hesitante aceita e os dois saem do perímetro escolar. Xavier estende-lhe um cigarro a Matias e ele diz-lhe:

“Moço? Estás maluco, só pode... 

-  Vai te fazer bem, confia em mim”, diz Gonçalo.

Matias acaba por experimentar e por incrível que pareça, ele gostou. Mafalda sem que os outros a detetem observa e regista um vídeo para servir de prova, de seguida, já completamente desiludida com o amigo, corre diretamente para ir falar com o João que continua a insistir à diretora do agrupamento escolar para que ele ligue à GNR. Mafalda chega e interrompa-lhes dizendo que tem um vídeo que comprova que existem pessoas a fumarem. A diretora logo diz que não pode fazer nada visto que isso aconteceu fora do perímetro escolar, Mafalda indignada responde à diretora:

“A diretora quer que os alunos venham à escola completamente dominados pelas drogas? Isso não me parece nada favorável quanto à reputação da escola. Pior que essas pessoas cometerem essas atrocidades é existirem pessoas que sabem do que está a acontecer e nada fazem para reverter a situação.”

Posto a este confronto, Mafalda sai da sala da diretora e João vai logo atrás dela. A diretora fica a pensar nas palavras que Mafalda disse. João, no entanto, consegue apanhá-la e conversa um pouco com ela. 

Capítulo V:  A prova 

No dia seguinte, num sábado, dia 15 de outubro, Xavier convida Gonçalo para irem a Coimbra, e ele aceita. Gonçalo pensa em convidar Matias, mas Xavier diz logo que ele não pode ir que é só uma coisa entre os dois, Gonçalo olha-o desconfiado. 
Matias, já a estudar para a próxima avaliação que será de História-A no dia 21 de outubro, recebe uma mensagem de João em que diz:

Peço desculpa se agimos da maneira de que agimos. Não devíamos ter feito isto, porque na verdade, tens razão, nós não podemos escolher as tuas amizades. Mais uma vez desculpa, e espero que um dia nos consigas perdoar.

Matias lê irritado a mensagem enviada por João e responde-lhe de forma bruta:

Eu não quero saber se estás arrependido ou não, quando pensaste em fazer o que fizeste, devias ter pensado, agora, tarde demais.

João olha para a resposta de Matias e começa subitamente a chorar por provavelmente estar confirmado que perdeu o amigo de vez.
Já em Coimbra, Xavier chega num apartamento e Gonçalo pergunta-lhe o que eles estão a fazer aí:

-  O que raios fazemos aqui?, pergunta Gonçalo.

-  Ainda não te disse? Então, os meus pais estão separados e o meu pai vive aqui em Coimbra e eu e a minha mãe mudamo-nos para a Figueira, isso há dois anos” , responde Xavier. 

Gonçalo fica assim mais esclarecido, dizendo também que estava a viver em Coimbra, mas que o motivo de viver para a Figueira não é idêntico ao de Xavier. Os dois entram na casa do pai de Xavier, e sente-se logo um cheiro de quem tinha acabado de fumar. 
João conta a Mafalda do que aconteceu. Ela diz-lhe que já nem é preciso de se preocupar com ele, visto que ele já não quer saber de nenhum dos dois. João afirma que mesmo assim sempre se vai preocupar com ele. Alberto, pai de Xavier oferece cocaína a Xavier e Gonçalo fica pasmado:

-  Então, o teu pai oferece-te drogas?, questiona Gonçalo.

-  Sim, e qual o problema? Isso acalma tanto. De certeza que não queres experimentar?

- Não, obrigado.

- Por favor, juro-te que não faz mal nenhum. Aliás, isto é só um pouquinho.”

Contraditado, mesmo assim Gonçalo experimenta. Ele afirma que parece se sentir mais tranquilo.
Matias continua a estudar e distrai-se olhando para a galeria do seu telemóvel onde ainda estão as fotos dele com os seus amigos. Não contém a emoção e começa a chorar. 
Horas depois, Gonçalo que não está nada habituado ao uso de drogas, sente-se mal. Xavier diz ser melhor irem para casa, sendo que Alberto propõe de os levar para a Figueira da Foz.  Já no carro, Xavier diz a Gonçalo que vão para casa que é melhor assim. Durante o caminho, Gonçalo adormece e Xavier tenta falar com ele, mas sem efeito. Matias continua a olhar para as fotos, mas subitamente, decide apagar as fotos todas que tem com Mafalda e João. 
Já a chegar a casa de Gonçalo, ele acorda e pergunta-lhe o que se passa. Xavier diz-lhe que ele adormeceu e só isso e que, entretanto, já chegaram a casa dele. Gonçalo em casa, ao responder aos pais torna-se agressivo com eles. Os pais dele concordam que algo se passa.
Matias chora agora por achar-se estupido ao responder aos amigos assim. Entretanto, algumas horas já passaram e ele não estudou, e decide parar de estudar por aquele dia, fecha a porta do quarto e desliga a luz.
Os pais de Gonçalo questionam Gonçalo pela sua atitude, ele diz que ele próprio não consegue explicar o que se passa e que se sente estranho, pede também para ficar um pouco sozinho. 
No começo de mais uma semana, Xavier leva cocaína oferecida pelo pai à escola e mostra a Gonçalo que fica chocado, afirmando que ele só pode estar louco para que leve isso à escola.
Matias, não foi às aulas, justificando-se que não estava muito bem. Manda uma mensagem a Gonçalo a dizer que não poderá ir às aulas, Xavier fica frustrado por o seu plano não funcionar da forma que deseja. Mafalda tinha chegado à escola antes de Gonçalo, e quando esse chegou, ela seguiu-o até observar a conversa com Matias. Xavier tira a dose de cocaína da mochila e Mafalda aproveita para tirar foto, mas o seu telemóvel estava com o som ligado e Gonçalo irritado por ter sido seguido, corre atrás de Mafalda para roubar-lhe o telemóvel e apagar as fotos. João repara na situação e vai tentar proteger a sua amiga, mas é esmurrado por Xavier! Gonçalo consegue finalmente apagar as provas que o podiam meter em sérios problemas.
Uma professora repara no acontecimento e vai tentar atenuá-lo, mas sem efeito, visto que Gonçalo e Xavier já tinham saído do local para ir à sala de aula.

Capítulo VI: O erro

Matias arrepende-se da decisão que tomou em não ir às aulas, e muda assim completamente de ideias, indo assim às aulas.
Mafalda e João demonstram-se frustrados por terem estado tão próximos de os desmascarar e despedem-se para irem à aula.
Matias recebe uma mensagem de João em que ele declara que foi atacado por Xavier. Matias responde mais uma vez que não acredita nele, mas na realidade, está chocado com a situação e prefere agora esperar um pouco até ao intervalo seguinte. 
Chega o intervalo seguinte e Matias entra na escola e Xavier fica radiante por o seu plano começar a funcionar.  
Gonçalo comandado e influenciado por Xavier estende a dose de cocaína a Matias e ele responde-lhe de forma bruta dizendo que ele não pode estar de todo bem. Gonçalo insiste no assunto, mas Matias farta-se do assunto dizendo que nem sequer devia ter ido à escola e empurra Gonçalo. 
Mafalda, segue Matias que estava a sair da escola para voltar a casa. Matias mete fones para ouvir música para garantir que esteja mais calmo. Mafalda continua a seguir-lhe e João, Xavier e Gonçalo seguem-na. Mafalda tenta conversar com Matias, mas este responde-lhe de forma bruta dizendo que não quer conversar com ninguém. Mafalda diz que ele não conversar com ela porque não quer que ninguém saiba que ele teve um fraquinho por ela quando era mais novo. Matias irrita-se e agride mais uma vez, Mafalda e empurra-a para a estrada sem ver que havia um automóvel a circular, Mafalda acaba assim atropelada!!!!!  Matias sem saber o que fazer, foge do local! João já chorando, liga para o 112 alertando do acidente que aconteceu. Gonçalo e Xavier saem também do local.

Capítulo VII (final): A tragédia

Matias já se encontra em casa a chorar pela atrocidade que fez e fecha-se no quarto.
Mafalda já se encontra a caminho da unidade hospitalar, João fica triste por não conseguir acompanhá-la neste momento tão complicado. 
Matias decide sair de casa para ir ao hospital onde Mafalda estava. Mafalda chega à unidade hospitalar e Matias pouco tempo depois pede aos enfermeiros para que possa visitá-la visto que é uma amiga dele. Os enfermeiros autorizam.
João de volta à escola, diz à sua diretora de turma, que não vai poder ficar nas aulas, por aquilo que está a acontecer. 
Matias, sabendo que Mafalda não o está a ouvir, pede perdão a Mafalda por tudo o que se passou e que não sabe o que se passou na cabeça dele e diz-lhe também que já está farto desta vida. Matias sai a chorar e volta a casa.
A escola recebe a notícia que uma das suas alunas foi atropelada. A diretora liga ao hospital para saber de tudo o que aconteceu.
Matias volta a casa e volta a chorar, mas desta vez está mais pensativo...
A escola fica a saber que Mafalda foi atropelada no intermédio de uma discussão com colegas da escola, e a diretora liga à GNR para que haja uma investigação sobre o acontecimento.
Matias vê uma notícia em que relatam o que aconteceu à amiga, e fica cada vez mais pensativo sobre o que fazer para não ser contactado pelas autoridades. 

De noite, Matias envia uma mensagem a João, um dos seus grandes amigos: 

João, peço imensas desculpas por tudo o que vos fiz. Fui um cobarde e vocês tinham razão, o Gonçalo não é flor que se cheire. Peço imensas desculpas mais uma vez. Estou farto da minha vida, por vezes, parece que nada faz sentido. Por fim, uma pergunta: Sentirás a minha falta se eu desaparecer??

João lê preocupado a mensagem e sente que algo de mau está para vir...
Matias, já com os seus pais a dormir, sai de casa sem que os seus pais se apercebessem, e vai em direção ao mar. João decide sair de casa, preocupado com tudo o que possa acontecer ao amigo.
Matias desliga o telemóvel e mete-o no caixote do lixo. João está cada vez mais preocupado...
Matias chega à praia, tira as sapatilhas e caminha para o mar. João pergunta a alguns moradores se tinham visto Matias, mostrando-lhes uma foto dele.
Matias continua dentro de água a afastar-se da praia. Os moradores do bairro em que João se encontrava afirmam que o rapaz foi para a praia, João fica em pânico e corre para a praia.
Matias continua a caminhar, até não haver nenhum sinal dele. João chega à praia e repara nas sapatilhas de Matias e mergulha logo para o mar gritando o nome de Matias para o encontrar, mas sem efeito... João fica assim desolado pelo suicídio do seu amigo. 
João alerta às autoridades sobre o suicídio que ocorreu, e a polícia marítima chega rapidamente para as buscas serem feitas.

No dia a seguir, de manhã, é finalmente encontrado o corpo de Matias, mas sem sinais de vida... os pais dele que tinham recebido a notícia que o corpo estava a ser encontrado, chegam ao local e veem Matias morto, e abraçam João que tudo tentou fazer para o salvar. 
A escola ficará de luto durante 2 dias pela morte de Matias.

No dia a seguir, Mafalda sai do hospital e recebe a notícia que Matias se suicidou, fica em choque e chora e revela que ainda gostava dele ... João reconforta-a dizendo que nada mais se pode fazer, sem ser, seguir a vida.
Gonçalo, conta tudo o que aconteceu aos seus pais e admitindo que ele precisa de apoio psicológico. Os seus pais mesmo ficando chateados pelo que ele fez, acabam por ficarem contentes pela decisão que o filho tomou.
Xavier, recebe um monte de comentários negativos nas redes sociais pelo que ele fez ao Matias que era um menino bastante obediente e amigável. Gonçalo envia uma mensagem a Xavier para dizer-lhe para sair de casa e Xavier, faz o que ele lhe diz, e logo ao sair de casa é vaiado pelos colegas, sofrendo alguns insultos.
João e Mafalda ficam cada vez mais próximos, e combinam ir almoçar juntos. Encontram Gonçalo que lhes diz que já está a receber apoio psicológico e que lamenta por ter sido facilmente manipulado pelo Xavier. Mafalda e João apoiam totalmente a decisão de Gonçalo. Despedem-se dele, e agora sozinhos, João pede Mafalda em namoro, Mafalda apesar de ter gostado bastante de Matias, afirma que é passado, aceita assim o pedido. Mafalda e João beijam-se apaixonadamente.
Os pais contactam a escola para tomar medidas e a escola “responde-lhes” expulsando definitivamente Xavier da escola, sem poder voltar a estudar naquele recinto escolar. A escola ainda afirma que ele vai ter grandes problemas com as autoridades.

No dia em que voltam à escola, no auditório, todos os alunos estão convidados a assistirem a um vídeo preparado por João e Mafalda em que recordam os melhores momentos que Matias já viveu!

FIM!!!

E acabou assim :adoro: - orgulhoso do que escrevi ! 

Edit: curiosidade ! A Mafalda estava para lhe chamar de Joana (por isso apareceu no texto uma “Joana” em que me esqueci de alterar :triste:, mas já se encontra alterado)
 

Edited by Brunooo
  • Love 1
Link to comment
Share on other sites

há 49 minutos, Brunooo disse:

Vou divulgar agora o texto todo que escrevi, ele é um pouco grande.
Eu inclui alguns diálogos, para dar um pouco mais de emoção à história ! 
Relembro que não me baseei em nenhum facto real. Ah e dividi a história em capítulos, como se fossem episódios de uma novela ! 

  Spoiler - mostrar conteúdo oculto

@eduu Vem cá ver :cryhappy:

  Ocultar conteúdo

Capítulo I: O regresso às aulas 

Dia 15 de setembro de 2023, sexta-feira, começa mais um ano letivo na Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho na Figueira da Foz. Matias, um jovem de 15 anos, obediente e disciplinado, vai ingressar agora para o décimo ano, na turma B, no curso de Línguas e Humanidades. Ele tem dois amigos, o João, que escolheu um caminho diferente e foi para Ciências e Tecnologias. Joana, por sua vez, estava indecisa entre Ciências socioeconómicas e Línguas e Humanidades e acabou por escolher o mesmo curso que Matias, entrando na mesma turma que o seu amigo. Matias conhece toda gente sua turma, visto que todos os alunos da turma, tinham estado a estudar nessa escola no ano letivo passado. Mas a exceção vai para o Gonçalo, um novo estudante nessa escola e integra também a turma B, do décimo ano. A primeira pessoa que ele conheceu foi Matias.
Matias apresenta Gonçalo aos seus amigos, mas ao contrário do esperado por Matias, eles trocam olhares desconfiados em relação a Gonçalo. 
No final do dia, Matias despede-se dos seus amigos e eles dizem-lhe: 

“Ó Matias, tu tens a certeza de que esse tal de Gonçalo é boa pessoa? Tens a certeza que não é problemático?”

Matias rodeia o assunto e diz-lhes para parar com as suspeitas sobre Gonçalo por pensarem que ele lhes trocará por ele. Matias apanha o autocarro em direção a casa e pensa sobre a conversa que teve com os seus amigos, e manda lhes uma mensagem no grupo que têm em conjunto: 

Ora bem, eu pensei sobre a nossa conversa que tivemos no final das aulas e vocês não podem pensar logo que eu vou vos trocar. Porque isso não é verdade, vocês são muito importantes para mim, nunca na vida iria vos trocar por alguém que fosse. Uma boa noite, gosto muito de vocês.” 

João pensa que Matias não está a ser sincero e troca mensagens com a Mafalda, admitindo que tem medo do que possa acontecer porque para ele, Gonçalo não inspira confiança nenhuma. 
Os dias vão passando e os amigos de Matias sentem que ele está cada vez mais distante. João e Mafalda comecem a ignorar Matias para ver se ele se arrepende de estar muito mais tempo com uma pessoa que mal acabou de conhecer, em vez de estar com os amigos que já o acompanham desde o quinto ano. 

Capítulo II: O afastamento 

Gonçalo e Matias estão mais juntos do que nunca. Matias tem ajudado o seu novo amigo nos estudos e com a primeira avaliação a ser no dia 12 de outubro, na disciplina de Geografia-A, Gonçalo demonstra-se preocupado por não se sentir preparado para o teste:

“Matias, eu não vou conseguir, esta matéria é muito difícil.

- Ó Gonçalo, não te preocupes, eu estou aqui para te ajudar no que for preciso.

- Mas sei lá, tenho medo que algo corra mal…

- Gonçalo já chega e vamos estudar!” 

João observa tudo e conclui que já não há nada para fazer, que é melhor deixar os dois andarem juntos até que Matias se arrependa. Mafalda chega ao pé de João e diz-lhe:

“E então? Tens conseguido conversar com o Matias, já que pronto, entre homens, é mais simples.

- Não, eu tenho tentado mandar mensagens, mas ele dá vista, nem sequer responde.”

João e Mafalda passeiam pela escola e encontram Xavier, colega que tem vários problemas com Matias, e ele diz-lhes:

“Vou ser rápido, então o vosso amigo Matias já esconde segredos com o seu novo amigo, o Gonçalo.

- Mas que segredos?”, pergunta Mafalda.

“Isso eu não sei, só dirigindo a ele é que saberão.”, responde Xavier. 

João diz que vai ter de conversar imediatamente com Matias e que ele vai ter que escolher…

“Mas isso não é uma atitude demasiada tóxica??”, pergunta Mafalda.

“Ó Mafalda, tu queres continuar a vê-lo a ser influenciado por esse tal de Gonçalinho?? Esse gajo não me inspira confiança nenhuma.”, responde João. 

De seguida a essa conversa, João vai ter com Matias e pede-lhe para conversar durante uns momentos. Matias aceita e diz a Gonçalo que já vem. 

“É assim, vou ser breve, tu disseste com as letras todas, que nós somos muito importantes para ti, …

- Isto é sobre o Gonçalo, mais uma vez, não é? 

- E se for? 

- Caraças, ele não vos fez nada!

- Mas caraças digo eu, tu disseste que somos importantes e isto e bla bla bla, …

- Mas onde queres chegar com isto, João? 

- Disseste que não ias nos trocar por ninguém, mas o que é que está a acontecer agora, Hã?

- Oh Meu Deus, deves pensar que vos estou a trocar, mas não é o que está a acontecer.

- Mas então o que é que está a acontecer??? É isso que quero saber? E porquê que nós parecemos lixo para ti? 

- João, já chega! 

- Ora bem, ou escolhes o teu Gonçalinho ou escolhes a nós! Farto disso. 

- Mas como é que podes impor uma escolha destas ! 

- Podendo, dou-te até amanhã para escolheres! 

- Se é assim que tu queres, eu respondo-vos no grupo.” 

João vai ter com Mafalda e diz que a conversa não correu nada bem e que receia que ele possa acabar a amizade de todo. 
As horas passaram, e as aulas já acabaram, João conecta-se no WhatsApp e observa que Matias está a escrever uma mensagem, tendo medo do que ele vá a dizer, e de um segundo para o outro, recebe a mensagem:
Depois da conversa que tive com o João à tarde, pensei no seguinte. Eu sei que não tenho estado com vocês nestes últimos dias, mas isso não vos dá ao direito, sobretudo a ti, João, de me impor escolhas! Mas já que me obrigam a fazer uma escolha… estive a pensar durante um bom tempo, e penso que vou ficar com o Gonçalo, pelo menos, ele percebe-me e não interdita de estar convosco, essa decisão de estar convosco ou não, é minha. Então sendo assim, posso dizer que a nossa amizade se encerra aqui e agora.

João e Mafalda ficam de rastos com a decisão de Matias, tendo ainda assim esperanças de que ele se arrependa. 

 

Capítulo III: O pedido

Chegou o dia 12 de outubro, dia da primeira avaliação para os alunos do 10B, a avaliação de Geografia-A, Matias está confiante, mas Gonçalo permanece receoso, com medo que algo corra mal. Matias diz a Gonçalo para que ele respire um pouco e que tudo vai correr bem. Mafalda tem a consciência que estudou, e tem confiança que vá a ter uma boa nota. João, por seu lado, já realizou a prova de Matemática, tendo tido um 17,3. O teste começa, Gonçalo fica em pânico por não saber de nada, Matias resolve o teste com facilidade.
O teste acaba e Matias pergunta a Gonçalo como correu o teste: 

“E então?? Como correu o teste??

- Pessimamente!, responde o amigo de Matias

- Mas então? Eu ajudei-te e tinhas dito-me que estavas a perceber…

- Eu até estava a perceber, só que ontem deu-me um ataque de pânico e de repente, esqueci-me de muita coisa, se tiver 10, vai com sorte!”

Mafalda olha com ar desconfiado pensando que Gonçalo fez de propósito de não estudar para tirar má nota para que depois se aproveite da simpatia deste adolescente disciplinado. Ela vai contar ao seu amigo que estuda em Ciências e Tecnologias que há possibilidades que Gonçalo esteja a aproveitar-se de Matias. No final do dia, Gonçalo envia uma mensagem tanto quanto estranha: 

Eu sinto que neste primeiro mês de aulas, criamos uma grande conexão, nunca tinha criado uma conexão assim tão boa com ninguém. Apesar deste teste ter-me corrido mal, eu reconheço que fizeste de tudo para me ajudares. Tens sido um grande amigo, e queria pedir uma coisa, mas não sei se estou preparado, e se tu reagirias bem …” 

Matias estranha a mensagem e responde: 

Bem Gonçalo, obrigado por essas palavras, mas o que é queres me pedir?? Não tenhas medo, diz!

Gonçalo ganha coragem e escreve:

Ora bem, como já disse a nossa conexão, para mim, é algo inexplicável, e estava a pensar em pedir-te em namoro. Tu és lindo, és simpático, és perfeito! Não há melhor pessoa do que tu no mundo!

Matias aceita o pedido de namoro de Gonçalo. Matias nunca namorou com ninguém, mas como toda a gente, já teve um fraquinho por alguém. Apesar de não ter preferências com o género do companheiro, nunca namorou, e esta é a primeira vez. Matias decide postar um story no Instagram a relatar o acontecimento. João vê o story e manda-lhe uma mensagem:

Muitos parabéns, agora já namoras com o gajo. Muitíssimos parabéns. O Homem está a enganar-te tão, mas tão bem. Tem lá cuidado, se algo acontecer, não venhas chorar no meu ombro, porque já estou bem farto de te avisar!” 

Matias ignora a mensagem enviada por João e está decidido a fazer vida com Gonçalo, o homem que supostamente ama.  

Capítulo IV: A experiência

Dois dias depois, no dia 14 de outubro, já na escola, Matias e Gonçalo estão a conversar ... claro, como sempre.
Xavier chega e pede a Gonçalo para que tenham uma conversa séria, Matias olha com alguma desconfiança. Xavier pede ao Gonçalo para que saem do perímetro escolar para conversar, João segue-os. Mafalda vê Matias e vai ter com ele dizendo-lhe:

“Então Matias? Estás sozinho? Oh, que pena, tenho mesmo pena de ti

-  Deves achar que agora podes me tratar desta forma, moça, responde Matias berrando.

-  O que é queres, marmanjo? Tu é que quiseste isso...”

Matias agride Mafalda e vai em direção à sala de aula. Mafalda, magoada, decide não contar a ninguém o que aconteceu. Entretanto, João continua a espiar os dois rapazes. Xavier estende algo na mão de Gonçalo:

“Mas o que é isto, caraças ??, pergunta Gonçalo.

Isto vai te fazer bem, é só experimentares que vais te sentir muito melhor.”

João observa-o a pegar num cigarro vendo-o a fumar e manda uma mensagem a Matias:

Meu querido totó, acabei de ver o teu “boyfriend”, a fumar. Não me vais dizer nada?

Matias olha para mensagem e responde: 

Outra vez a tentar fazer com que deixo o Gonçalo? Já te disse, isso não vai funcionar!

Gonçalo diz se sentir muito melhor, Xavier sorri, por ter conseguido fazer com que atingisse o elo mais fraco, sendo agora mais fácil para ter Matias na mão.
 Matias, já na sala de aula, com ar depressivo, fica a olhar no telemóvel quase a chorar, perguntando-se o porquê de ele ter sido tão rude para os seus amigos, Mafalda entra na sala de aula, Matias rapidamente disfarça.
Já a caminho da sala de aula, Xavier pede ao seu amigo para que convence Matias também a experimentar, Gonçalo desnorteado, aceita. 
João vai até à sala da diretora da escola para relatar o acontecimento, mas a diretora diz que só a GNR pode fazer algo.
Gonçalo sente-se ao pé de Matias, e ele fica a olhar Gonçalo durante a aula toda de forma apaixonada, Gonçalo diz-lhe que no final da aula precisa de falar com ele. 
Mafalda capta toda a conversa a partir do telemóvel para que depois envie a João, que não está em aula. João recebe o áudio em que comprova que pode acontecer alguma coisa, e decide então mostrar à diretora, mesmo que isso seja contra as leis do regulamento interno da escola. A diretora diz que não comprova tudo e que não deviam ter feito isso. João implora para que ela ligue à GNR. 
No intervalo seguinte, Gonçalo, após o pedido de Xavier, vai pedir a Matias para que venha e falar com Xavier. Matias hesitante aceita e os dois saem do perímetro escolar. Xavier estende-lhe um cigarro a Matias e ele diz-lhe:

“Moço? Estás maluco, só pode... 

-  Vai te fazer bem, confia em mim”, diz Gonçalo.

Matias acaba por experimentar e por incrível que pareça, ele gostou. Mafalda sem que os outros a detetem observa e regista um vídeo para servir de prova, de seguida, já completamente desiludida com o amigo, corre diretamente para ir falar com o João que continua a insistir à diretora do agrupamento escolar para que ele ligue à GNR. Mafalda chega e interrompa-lhes dizendo que tem um vídeo que comprova que existem pessoas a fumarem. A diretora logo diz que não pode fazer nada visto que isso aconteceu fora do perímetro escolar, Mafalda indignada responde à diretora:

“A diretora quer que os alunos venham à escola completamente dominados pelas drogas? Isso não me parece nada favorável quanto à reputação da escola. Pior que essas pessoas cometerem essas atrocidades é existirem pessoas que sabem do que está a acontecer e nada fazem para reverter a situação.”

Posto a este confronto, Mafalda sai da sala da diretora e João vai logo atrás dela. A diretora fica a pensar nas palavras que Mafalda disse. João, no entanto, consegue apanhá-la e conversa um pouco com ela. 

Capítulo V:  A prova 

No dia seguinte, num sábado, dia 15 de outubro, Xavier convida Gonçalo para irem a Coimbra, e ele aceita. Gonçalo pensa em convidar Matias, mas Xavier diz logo que ele não pode ir que é só uma coisa entre os dois, Gonçalo olha-o desconfiado. 
Matias, já a estudar para a próxima avaliação que será de História-A no dia 21 de outubro, recebe uma mensagem de João em que diz:

Peço desculpa se agimos da maneira de que agimos. Não devíamos ter feito isto, porque na verdade, tens razão, nós não podemos escolher as tuas amizades. Mais uma vez desculpa, e espero que um dia nos consigas perdoar.

Matias lê irritado a mensagem enviada por João e responde-lhe de forma bruta:

Eu não quero saber se estás arrependido ou não, quando pensaste em fazer o que fizeste, devias ter pensado, agora, tarde demais.

João olha para a resposta de Matias e começa subitamente a chorar por provavelmente estar confirmado que perdeu o amigo de vez.
Já em Coimbra, Xavier chega num apartamento e Gonçalo pergunta-lhe o que eles estão a fazer aí:

-  O que raios fazemos aqui?, pergunta Gonçalo.

-  Ainda não te disse? Então, os meus pais estão separados e o meu pai vive aqui em Coimbra e eu e a minha mãe mudamo-nos para a Figueira, isso há dois anos” , responde Xavier. 

Gonçalo fica assim mais esclarecido, dizendo também que estava a viver em Coimbra, mas que o motivo de viver para a Figueira não é idêntico ao de Xavier. Os dois entram na casa do pai de Xavier, e sente-se logo um cheiro de quem tinha acabado de fumar. 
João conta a Mafalda do que aconteceu. Ela diz-lhe que já nem é preciso de se preocupar com ele, visto que ele já não quer saber de nenhum dos dois. João afirma que mesmo assim sempre se vai preocupar com ele. Alberto, pai de Xavier oferece cocaína a Xavier e Gonçalo fica pasmado:

-  Então, o teu pai oferece-te drogas?, questiona Gonçalo.

-  Sim, e qual o problema? Isso acalma tanto. De certeza que não queres experimentar?

- Não, obrigado.

- Por favor, juro-te que não faz mal nenhum. Aliás, isto é só um pouquinho.”

Contraditado, mesmo assim Gonçalo experimenta. Ele afirma que parece se sentir mais tranquilo.
Matias continua a estudar e distrai-se olhando para a galeria do seu telemóvel onde ainda estão as fotos dele com os seus amigos. Não contém a emoção e começa a chorar. 
Horas depois, Gonçalo que não está nada habituado ao uso de drogas, sente-se mal. Xavier diz ser melhor irem para casa, sendo que Alberto propõe de os levar para a Figueira da Foz.  Já no carro, Xavier diz a Gonçalo que vão para casa que é melhor assim. Durante o caminho, Gonçalo adormece e Xavier tenta falar com ele, mas sem efeito. Matias continua a olhar para as fotos, mas subitamente, decide apagar as fotos todas que tem com Mafalda e João. 
Já a chegar a casa de Gonçalo, ele acorda e pergunta-lhe o que se passa. Xavier diz-lhe que ele adormeceu e só isso e que, entretanto, já chegaram a casa dele. Gonçalo em casa, ao responder aos pais torna-se agressivo com eles. Os pais dele concordam que algo se passa.
Matias chora agora por achar-se estupido ao responder aos amigos assim. Entretanto, algumas horas já passaram e ele não estudou, e decide parar de estudar por aquele dia, fecha a porta do quarto e desliga a luz.
Os pais de Gonçalo questionam Gonçalo pela sua atitude, ele diz que ele próprio não consegue explicar o que se passa e que se sente estranho, pede também para ficar um pouco sozinho. 
No começo de mais uma semana, Xavier leva cocaína oferecida pelo pai à escola e mostra a Gonçalo que fica chocado, afirmando que ele só pode estar louco para que leve isso à escola.
Matias, não foi às aulas, justificando-se que não estava muito bem. Manda uma mensagem a Gonçalo a dizer que não poderá ir às aulas, Xavier fica frustrado por o seu plano não funcionar da forma que deseja. Mafalda tinha chegado à escola antes de Gonçalo, e quando esse chegou, ela seguiu-o até observar a conversa com Matias. Xavier tira a dose de cocaína da mochila e Mafalda aproveita para tirar foto, mas o seu telemóvel estava com o som ligado e Gonçalo irritado por ter sido seguido, corre atrás de Mafalda para roubar-lhe o telemóvel e apagar as fotos. João repara na situação e vai tentar proteger a sua amiga, mas é esmurrado por Xavier! Gonçalo consegue finalmente apagar as provas que o podiam meter em sérios problemas.
Uma professora repara no acontecimento e vai tentar atenuá-lo, mas sem efeito, visto que Gonçalo e Xavier já tinham saído do local para ir à sala de aula.

Capítulo VI: O erro

Matias arrepende-se da decisão que tomou em não ir às aulas, e muda assim completamente de ideias, indo assim às aulas.
Mafalda e João demonstram-se frustrados por terem estado tão próximos de os desmascarar e despedem-se para irem à aula.
Matias recebe uma mensagem de João em que ele declara que foi atacado por Xavier. Matias responde mais uma vez que não acredita nele, mas na realidade chocado com a situação e prefere agora esperar um pouco até ao intervalo seguinte. 
Chega o intervalo seguinte e Matias entra na escola e Xavier fica radiante por o seu plano começar a funcionar.  
Gonçalo comandado e influenciado por Xavier estende a dose de cocaína a Matias e ele responde-lhe de forma bruta dizendo que ele não pode estar de todo bem. Gonçalo insiste no assunto, mas Matias farta-se do assunto dizendo que nem sequer devia ter ido à escola e empurra Gonçalo. 
Mafalda, segue Matias que estava a sair da escola para voltar a casa. Matias mete fones para ouvir música para garantir que esteja mais calmo. Mafalda continua a seguir-lhe e João, Xavier e Gonçalo seguem-na. Mafalda tenta conversar com Matias, mas este responde-lhe de forma bruta dizendo que não quer conversar com ninguém. Mafalda diz que ele não conversar com ela porque não quer que ninguém saiba que ele teve um fraquinho por ela quando era mais novo. Matias irrita-se e agride mais uma vez, Mafalda e empurra-a para a estrada sem ver que havia um automóvel a circular, Mafalda acaba assim atropelada!!!!!  Matias sem saber o que fazer, foge do local! João já chorando, liga para o 112 alertando do acidente que aconteceu. Gonçalo e Xavier saem também do local.

Capítulo VII (final): A tragédia

Matias já se encontra em casa a chorar pela atrocidade que fez e fecha-se no quarto.
Mafalda já se encontra a caminho da unidade hospitalar, João fica triste por não conseguir acompanhá-la neste momento tão complicado. 
Matias decide sair de casa para ir ao hospital onde Mafalda estava. Mafalda chega à unidade hospitalar e Matias pouco tempo depois pede aos enfermeiros para que possa visitá-la visto que é uma amiga dele. Os enfermeiros autorizam.
João de volta à escola, diz à sua diretora de turma, que não vai poder ficar nas aulas, por aquilo que está a acontecer. 
Matias, sabendo que Mafalda não o está a ouvir, pede perdão a Mafalda por tudo o que se passou e que não sabe o que se passou na cabeça dele e diz-lhe também que já está farto desta vida. Matias sai a chorar e volta a casa.
A escola recebe a notícia que uma das suas alunas foi atropelada. A diretora liga ao hospital para saber de tudo o que aconteceu.
Matias volta a casa e volta a chorar, mas desta vez está mais pensativo...
A escola fica a saber que Mafalda foi atropelada no intermédio de uma discussão com colegas da escola, e a diretora liga à GNR para que haja uma investigação sobre o acontecimento.
Matias vê uma notícia em que relatam o que aconteceu à amiga, e fica cada vez mais pensativo sobre o que fazer para não ser contactado pelas autoridades. 

De noite, Matias envia uma mensagem a João, um dos seus grandes amigos: 

João, peço imensas desculpas por tudo o que vos fiz. Fui um cobarde e vocês tinham razão, o Gonçalo não é flor que se cheire. Peço imensas desculpas mais uma vez. Estou farto da minha vida, por vezes, parece que nada faz sentido. Por fim, uma pergunta: Sentirás a minha falta se eu desaparecer??

João lê preocupado a mensagem e sente que algo de mau está para vir...
Matias, já com os seus pais a dormir, sai de casa sem que os seus pais se apercebessem, e vai em direção ao mar. João decide sair de casa, preocupado com tudo o que possa acontecer ao amigo.
Matias desliga o telemóvel e mete-o no caixote do lixo. João está cada vez mais preocupado...
Matias chega à praia, tira as sapatilhas e caminha para o mar. João pergunta a alguns moradores se tinham visto Matias, mostrando-lhes uma foto dele.
Matias continua dentro de água a afastar-se da praia. Os moradores do bairro em que João se encontrava afirmam que o rapaz foi para a praia, João fica em pânico e corre para a praia.
Matias continua a caminhar, até não haver nenhum sinal dele. João chega à praia e repara nas sapatilhas de Matias e mergulha logo para o mar gritando o nome de Matias para o encontrar, mas sem efeito... João fica assim desolado pelo suicídio do seu amigo. 
João alerta às autoridades sobre o suicídio que ocorreu, e a polícia marítima chega rapidamente para as buscas serem feitas.

No dia a seguir, de manhã, é finalmente encontrado o corpo de Matias, mas sem sinais de vida... os pais dele que tinham recebido a notícia que o corpo estava a ser encontrado, chegam ao local e veem Matias morto, e abraçam João que tudo tentou fazer para o salvar. 
A escola ficará de luto durante 2 dias pela morte de Matias.

No dia a seguir, Mafalda sai do hospital e recebe a notícia que Matias se suicidou, fica em choque e chora e revela que ainda gostava dele ... João reconforta-a dizendo que nada mais se pode fazer, sem ser, seguir a vida.
Gonçalo, conta tudo o que aconteceu aos seus pais e admitindo que ele precisa de apoio psicológico. Os seus pais mesmo ficando chateados pelo que ele fez, acabam por ficarem contentes pela decisão que o filho tomou.
Xavier, recebe um monte de comentários negativos nas redes sociais pelo que ele fez ao Matias que era um menino bastante obediente e amigável. Gonçalo envia uma mensagem a Xavier para dizer-lhe para sair de casa e Xavier, faz o que ele lhe diz, e logo ao sair de casa é vaiado pelos colegas, sofrendo alguns insultos.
João e Mafalda ficam cada vez mais próximos, e combinam ir almoçar juntos. Encontram Gonçalo que lhes diz que já está a receber apoio psicológico e que lamenta por ter sido facilmente manipulado pelo Xavier. Mafalda e João apoiam totalmente a decisão de Gonçalo. Despedem-se dele, e agora sozinhos, João pede Mafalda em namoro, Mafalda apesar de ter gostado bastante de Matias, afirma que é passado, aceita assim o pedido. Mafalda e João beijam-se apaixonadamente.
Os pais contactam a escola para tomar medidas e a escola “responde-lhes” expulsando definitivamente Xavier da escola, sem poder voltar a estudar naquele recinto escolar. A escola ainda afirma que ele vai ter grandes problemas com as autoridades.

No dia em que voltam à escola, no auditório, todos os alunos estão convidados a assistirem a um vídeo preparado por João e Mafalda em que recordam os melhores momentos que Matias já viveu!

FIM!!!

E acabou assim :adoro: - orgulhoso do que escrevi ! 
 

Olha, não te passou pela cabeça levares isso a uma das televisões, ou talvez a algo mais ‘pequeno’ como a uma editora ou a um mini concurso de escrita?

Link to comment
Share on other sites

Posted (edited)
há 19 minutos, eduu disse:

Olha, não te passou pela cabeça levares isso a uma das televisões, ou talvez a algo mais ‘pequeno’ como a uma editora ou a um mini concurso de escrita?

Por acaso, isso ainda não me passou pela cabeça, mas quem sabe um dia, mas até que seria interessante! Até que gostaria que convertessem isso em uma espécie de série/novela. 

Olha, pode ser que me torna escritor um dia, aliás até estou no curso digamos certo que é o de Línguas e Humanidades.
Sempre que não tenho nada para estudar, escrevo sempre um pouco. Provavelmente, a autora que me inspira mais é a Agatha Christie, gosto bastante da escrita dela. 

 

Spoiler

A TVI QUE ME CONTRATE :cryhappy:

 

Edited by Brunooo
  • Love 1
Link to comment
Share on other sites

há 2 minutos, Brunooo disse:

Por acaso, isso ainda não me passou pela cabeça, mas quem sabe um dia, mas até que seria interessante! Até que gostaria que convertessem isso em uma espécie de série/novela. 

Olha, pode ser que me torna escritor um dia, aliás até estou no curso digamos certo que é o de Línguas e Humanidades.
Sempre que não tenho nada para estudar, escrevo sempre um pouco. Provavelmente, a autora que me inspira mais é a Agatha Christie, gosto bastante da escrita dela. 
 

Quais são os melhores livros dela? É que nunca ouvi falar :mosking: 

Link to comment
Share on other sites

Provavelmente o melhor que li é “Um crime no Expresso Oriente”. Agora estou a ler um que é “Segredos de Verão” que relatam vários crimes e não são aquelas histórias contínuas, com um fio condutor. Basicamente um capítulo é um crime, o capítulo a seguir é um outro crime que já não tem nada a ver com o primeiro. 

Link to comment
Share on other sites

@eduu e a todos que viram a minha história/narração, para dar seguimento ao final, vou criar uma sequela, ou seja uma espécie de segunda temporada!!! :cryhappy:
Os personagens principais mantêm-se, e provavelmente poderei adicionar algumas personagens. 
Ainda estou a pensar se continuo na mesma temática, ou altero um pouco, mas a essência da história mantém-se. 
Prevejo que o ritmo em que a história vai ter, vai ser mais rápido. Nesta história, o ritmo só começou a acelerar mesmo no capítulo IV, agora aqui, prevejo que o ritmo seja mais acelerado, do início ao fim. 
Agora que estou ainda em tempo de aulas, não tenho assim muito tempo para escrever, provavelmente só nas férias de verão é que conseguirei completar tudo ! 

  • Love 1
Link to comment
Share on other sites

  • Brunooo changed the title to Os Caminhos de uma Vida

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...