Jump to content
Sign in to follow this  
Bloody

Festival Eurovisão da Canção 2015

Recommended Posts

Aqui vai as minhas votações da semi final da Eurovisão.

Lituânia - 16,1. Estiveram bem e cumpriram na sua atuação. Já gostava da música. :P E aquele pormenor dos beijos no meio deve ter ajudado um pouco à passagem.

Irlanda - 12,9. Gosto da músicas mas a atuação em si foi um bocado pobre. Não sei, precisava um bocado mais de emoção.  :S

São Marino - 4,8. Ainda dizem que isto é melhor que Portugal? Atuação pobre e a música não dá com nada. Enfim!!

Montenegro - 17,9. Simplesmente adoro. Além disso valorizo muito quem canta na sua língua materna. O Knez esteve muito bem nesta atuação. Fantástico. :wub:

Malta - 15,4. Eu adoro a música só para começar. :P Mas aqui esteve muito desafinada.... :( Não sei o que aconteceu.  :S

Noruega - 17,2. É uma excelente balada, mas podiam ter estado muito melhor aqui. Ela estava um pouco nervosa.  :unsure: Mas de resto, cumpriu e pode ainda combater pela vitória da Eurovisão.

Portugal - 18. Não há palavras. A Leonor esteve fantástica e soltou-se ainda mais! O público vê-se que gostou desta atuação! Merecia muito mais a passagem que outros países.  :sleep: Boa prestação Portugal!

República Checa - 18,4. Que bomba! Eu que nem gostava muito da música, passei a gostar imenso!! Grande atuação, possivelmente das melhores da semi final! Não sei como não passou à final sinceramente. :|

Israel - 17,7. Grande espetáculo do Nadav  :cool:. O público completamente ao rubro!!  :happy: Em termos de voz poderia ter estado melhor hehe.

Letónia - 18. Que vozeirão. :wub: Aquele refrão. Simplesmente fantástica a Aminata. Pode conseguir o top 10 este ano a Letónia.

Azerbaijão - 12,8. Esteve bem mas a música não me diz nada.... Mais que prevísivel a sua passagem à final....

Islândia - 14,4. Que raio aconteceu? Que desafinanço :S Só melhorou no final da atuação mas poderia ter estado muito melhor. Well....

Suécia - 18,9. Mans :wub: Esteve excelente e não desiludiu. Candidato à vitória ou então para estar no top 10.

Suiça - 14,8.Até gostei mas pessoalmente a música não me diz nada. :S

Chipre - 8,7. Que secaaaa. Como é que isto passou à final sinceramente?  :sleep:

Eslovénia - 16,8. Esteve bem mas acho que poderia ter estado ainda melhor! :P De resto, adoroooo a música e espero que chegue ao top 10. :wub:

Polónia - 15,7. Pessoalmente acho uma boa balada. E gosto imenso dela. :wub: Foi uma boa atuação e ela até esteve bem. :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso e a gozar certo? E que a qualidade foi mesmo baixa, as musicas eram quase todas iguais, a nossa foi das poucas que se destacou. O facto de nao termos passado so demonstra mais uma vez que este concurso tem zero de credibilidade, que era o que eu já achava de qualquer forma.

 

Isto é que deve ser a gozar. Deixa patriotismos de lado, abre os ouvidos, e depois diz me que Portugal era um dos 10 melhores de ontem.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acertei 6 em 10. :/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Portugal precisa de começar a apostar em músicas fortes e em Inglês, se começarem a fazer músicas para o ESC e não só para o Festival da Canção podemos ter hipóteses.

Além disso, o amadorismo da RTP em relação a isto piora as coisas, é necessário uma reformulação!

Muitos parabéns Leonor!!

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isto é que deve ser a gozar. Deixa patriotismos de lado, abre os ouvidos, e depois diz me que Portugal era um dos 10 melhores de ontem.

 

Nada ver, eu nao sou nada de patriotismos (ate porque os paises sao criações artificiais), mas acho que bem que levam a nossa cultura para lá, nao acho que isso seja patriotismo, é a nossa identidade. Secalhar se levássemos um a musica pop chiclete em inglês ja chegávamos ao top 5 :rolleyes:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Seja como for, a razão pela qual Portugal não tem sucesso não é por causa da Europa de Leste dominar como muita gente diz.

 

O ano passado o top 3 foi composto pela Áustria, Holanda e Suécia (Áustria e Holanda que se davam ainda pior do que Portugal na Eurovisão mas que começaram a esforçar-se e que for recompensados por isso) e dos 6 últimos vencedores apenas 1 foi de Leste. 

 

A única razão pela qual Portugal se dá mal é pura e simplesmente porque a RTP não quer saber e não se esforça minimamente. O festival da canção deste ano foi sofrível, parecia que estavamos em 1930, nem eu que sou um fã da Eurovisão tinha vontade de ver aquilo. Os anos mais recentes em que a RTP ainda se esforçou um bocadinho, 2008-2010, Portugal esteve sempre na final. E ainda aí a RTP podia ter feito um trabalho muito melhor.

 

Enquanto a RTP não começar a esforçar-se, Portugal nunca terá sucesso.

Edited by DanielLuis
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nos fazemos bem em cantar em português e a incorporar elementos da nossa cultura, os outros é que não tem identidade nenhuma, e quase tudo igual.

 

Poupa-me.

Edited by skizzo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os pseudo patriotas que insistem que cantemos em português têm os ipods cheios de canções inglesas, deixem-se de hipocrisias. A realidade é que cantar em inglês é um passo em frente e uma grande ajuda, nem que seja só de vez em quando. A Eurovisão há muito que deixou de ser um show cultural, ninguém quer saber se isto "representa Portugal" ou não, interessa se a canção é boa, moderna e que nos entendem. Não vemos os suecos ou os polacos ou os russos com crises de identidade por cantarem em inglês e não enviarem "kalinka" ou musica folklore tradicional todos os anos. Temos de nos adaptar à nova realidade, mas como sempre vamos com anos de atraso, mas isso a culpa é inteiramente da RTP que está eternamente presa ao passado. Ano após ano são os mesmos velhos do restelo a decidirem o nosso rumo, com regras estapafúrdias, gostos desadequados àquilo que é a eurovisão, e continuamos nesta lenga lenga. Em qualquer outra competição com estes resultados, a RTP já teria sido despedida. Em vez disso é só levar o dinheiro de todos e estão-se nas tintas. Ou adaptamo-nos à eurovisão actual, ou mais vale sairmos da competição.

Edited by skizzo
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os pseudo patriotas que insistem que cantemos em português têm os ipods cheios de canções inglesas, deixem-se de hipocrisias. A realidade é que cantar em inglês é um passo em frente e uma grande ajuda, nem que seja só de vez em quando. A Eurovisão há muito que deixou de ser um show cultural, ninguém quer saber se isto "representa Portugal" ou não, interessa se a canção é boa, moderna e que nos entendem. Não vemos os suecos ou os polacos ou os russos com crises de identidade por cantarem em inglês e não enviarem "kalinka" ou musica folklore tradicional todos os anos. Temos de nos adaptar à nova realidade, mas como sempre vamos com anos de atraso, mas isso a culpa é inteiramente da RTP que está eternamente presa ao passado. Ano após ano são os mesmos velhos do restelo a decidirem o nosso rumo, com regras estapafúrdias, gostos desadequados àquilo que é a eurovisão, e continuamos nesta lenga lenga. Em qualquer outra competição com estes resultados, a RTP já teria sido despedida. Em vez disso é só levar o dinheiro de todos e estão-se nas tintas. Ou adaptamo-nos à eurovisão actual, ou mais vale sairmos da competição.

 

La estas tu com o patriota :lazy:

 

Sim, eu sei que os outros paises todos nao tem identidade, sao todos iguais uns aos outros! E tudo pop ingles, nem sequer ha variedade de genero musical. A diferença e que tu achas isso bom, e eu acho isso mau. E por isso que por mim Portugal nem sequer participava nisto, nao vale mesmo a pena.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu não acho isso nem bom nem mau, é a realidade da competição neste momento, e duvido que isso tão cedo mude. Se queremos continuar a armarmo-nos que somos diferentes e bla bla bla, somos demasiado "cool" e "patriotas" para fazermos o que os outros fazem, então temos de estar à espera destes péssimos resultados. E se ainda enviassemos coisas boas, mas não, nem isso conseguimos. Continuamos com o português mas acima de tudo continuamos com músicas antiquadas, isso sim é o nosso pior problema.

 

E é verdade isso dos pseudo patriotas. Para as coisas sem importância como o festival ou o Euro, somos patriotas acérrimos, mas depois nas coisas que realmente importam, como comprar produtos portugueses, ninguém quer saber. E depois reagimos sempre com 7 pedras na mão quando um estrangeiro faz uma crítica válida às nossas canções, como umas virgens ofendidas, em vez de enxergarmos a realidade. Mas é sempre mais fácil apontar o dedo dizendo-lhes que eles não sabem o que é musica, em vez de assumirmos os nossos erros.

Edited by skizzo
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Sempre que ouço esta música associo à Eurovisão, não sei porquê. E por acaso, acho que ficavamos muito bem representados com ela .  :D

Edited by CharlieSheen
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que ninguém morre se levarmos uma canção em inglês, francês, chinês, não me interessa muito isso, sinceramente. Para mim interessa-me mais o conteúdo da música e se eu a senti. Mas óbvio que a identidade é importante, ou então pensava eu que era para este tipo de festivais. Estou cada vez mais enganado. Mas sim, é muito difícil hoje em dia um país na sua própria língua ganhar este tipo de concursos. Senhora do Mar foi uma excelente canção e até conseguiu a melhor(?) votação da semi-final. Mas nem sequer passámos do 12º lugar. Mas nem que fôssemos com uma inglesa, teria também de ser uma coisa muito "uou" para conseguirmos uma boa classificação. Acho mesmo cada vez mais difícil a vitória neste festival. Já acho que é muito quando passamos à final xD 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Sempre que ouço esta música associo à Eurovisão, não sei porquê. E por acaso, acho que ficavamos muito bem representados com ela .  :D

 

Gosto mais desta:

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Sempre que ouço esta música associo à Eurovisão, não sei porquê. E por acaso, acho que ficavamos muito bem representados com ela .  :D

 

Sem dúvida, faríamos melhor figura. Não é muito eurovisiva mas é bem mais moderna do que aquilo que costumamos enviar.

Edited by skizzo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa música da Carolina seria perfeita para a Eurovisão e conseguiamos um bom lugar. Como já disseram sem esforço não há vitórias. :/

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais algumas que poderiam ter tido sucesso no passado em vez de Homens da Luta e tretas que enviámos.

 

 


Neste momento acho que até uma kizomba ia mais longe sinceramente... já tou por tudo. Temos de inovar as seleções internas urgentemente.

Edited by skizzo

Share this post


Link to post
Share on other sites

E o fado não é um bom representante de Portugal no estrangeiro? Os estrangeiros deliram com os nossos fadistas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Claro, mas ninguém quer ouvir fado todos os anos, tal como não queremos ouvir kalinka dos russos todos os anos. Depois começa a soar como um deja vu. Não podemos apostar sempre no mesmo género musical.

Edited by skizzo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se pegássemos em música portuguesa, eu acho que esta representaria tão bem: 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Claro, mas ninguém quer ouvir fado todos os anos, tal como não queremos ouvir kalinka dos russos todos os anos. Depois começa a soar como um deja vu. Não podemos apostar sempre no mesmo género musical.

Ok, mas já levamos pimba pop chiclete (Susy e Sabrina) e não passamos, e também já levamos músicas mais tradicionais (Vânia Fernandes e Flor de Lis) e as classificações não foram más de todo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ok, mas já levamos pimba pop chiclete (Susy e Sabrina) e não passamos, e também já levamos músicas mais tradicionais (Vânia Fernandes e Flor de Lis) e as classificações não foram más de todo.

 

Mas também levamos músicas mais tradicionais (recentemente) como a Vida Minha e flopámos à força toda. O segredo não está no género musical. A Suzy tinha algum potencial se tivessem tirado alguns dos elementos pimba e modernizassem-na (foi bem aceite pelo televoto), assim o juri não nos teria tramado tanto. O problema é que vamos do 8 ao 80.

 

E atenção que o público que gosta do nosso fado lá fora não é exactamente o mesmo público que assiste à eurovisão, quer queiramos quer não. Há que saber distinguir as coisas.

 

Quanto ao inglês: na nossa rádio, temos artistas nacionais que cantam em português, outros em inglês, e outros que variam, e não são menos portugueses por isso.

Edited by skizzo
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

a musica e a letra eram fracas, para o festival da eurovisão temos que cantar em inglês. nós enviamos sempre o mesmo tipo de coisas, se com a vânia ficamos em 8ºlugar, e era das favoritas, quanto mais com estas pseudo-cantoras....apostem em ritmos fortes, e além disso em coreografia, tem que se juntar tudo....se for bem feita, ao menos sempre vamos a final. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esta semi deu uma abada à primeira em tudo: a grande maioria das melhores músicas estavam aqui, os "cenários" das actuações pareceram-me superiores e a realização esteve um pouquinho melhor.

Uma coisa que me esqueci comentar na 1.ª: não acho os postcards deste ano nada de especial... A ideia do ano passado era 1000 vezes mais interessante.

 

Começando por nós, acho que a Leonor e restante equipa fizeram quase o máximo possível com aquilo que tinham: ela esteve bem vocalmente, o palco estava giro, a atitude da Leonor foi boa, apenas acho que ela podia ter-se movimentado um bocadinho no palco (não digo andar de uma ponta à outra, óbvio, não era música para tal, mas umas movimentações pequenas não teria ficado mal). O problema principal foi o mais importante: a música. Uma música "mais ou menos" só com milagres vai lá, mesmo que quem nos represente faça um óptimo trabalho. E aqui, a culpa é quase exclusivamente da RTP que insiste nos mesmo erros uma e outra vez. Assim, a história repetir-se-à até atinarem (lá para 2130...).

 

Quanto aos restantes, ligeira desilusão com a Noruega. A Debrah estava mazinha vocalmente :/ Espero que na final melhore pois é uma das minhas músicas favoritas. O mesmo para a Eslovénia que me soou estranho. Do Azerbaijão não gostei nada do início nem do final; esperava melhor.

Por outro lado, Letónia e Suécia a arrasarem, especialmente a Aminata!! :wub:  A República Checa foi a minha surpresa. Não gostava nada da música mas a actuação foi muito boa, principalmente da parte dele. Injusta a não passagem.

Os "horrores": Islândia, San Marino, Polónia (credo, pensei que ela fosse melhor cantora...) e um bocadito Malta e Suíça (infelizmente :( ).

 

Em suma, felicíssimo com as passagens da Letónia, Noruega, Eslovénia, Israel e Chipre!!  :D  "Irritado" pela passagens injustas da Polónia (péssima vocalmente) e da Lituânia (como é que esta coisa bimba passou?? E odeio as vozes dos 2 juntos. E a voz do homem também... lol).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Levar fado não é a solução. É como o skizzo diz, o público da Eurovisão é diferente do público em geral. A RTP anda sempre com músicas baseadas em fado e acaba sempre por passar esquecida, pois fado no meio de pops e músicas bem mais marcantes é facilmente esquecido. Não digo para deixarmos de lado todos os elementos do nosso país mas é um exagero autêntico fazer canções inteiramente com isso. Até os países dos Balcãs mandam coisas que, dentro do estilo artístico deles, está adaptado à Eurovisão e ouve-se bem. Nós nem isso, pois nota-se a léguas que as pessoas que coordenam os compositores e tudo mais do FDC não acompanham a Eurovisão, ainda estão presos à estupidez da identidade, da língua materna e tudo mais quando todos já se aperceberam (e até mesmo várias bandas portuguesas recentes) que para ter sucesso é preciso internacionalizar-se.

E dizer que não há variedade musical é ainda mais parvo. Vão-me dizer que a Letónia é igual à Suécia? Que o Montenegro é igual à Alemanha? Que a Itália é igual ao Reino Unido? Por favor, dizer que não há variedade musical é uma piada.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...