Jump to content

Festival Eurovisão da Canção 2011


Recommended Posts

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.

Link to post
Share on other sites
  • Replies 90
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Citação

 

O Festival Eurovisão da Canção 2011 decorrerá na Alemanha numa cidade a ser anunciado pela televisão alemã.

A edição 2011 do mais antigo festival do mundo já está em marcha, 28 países já confirmaram a sua participação, são eles:

- Albânia

- Arménia

- Àustria

- Azerbaijão

- Bélgica

- Bósnia & Herzegovina

- Chipre

- Dinamarca

- Eslovénia

- Estónia

- Finlândia

- Grécia

- Islândia

- Israel

- Macedónia

- Malta

- Holanda

- Noruega

- Portugal

- Roménia

- Sérvia

- Suécia

- Suíça

- Turquia

- Ucrânia

Países que se estreiam:

- Liechtenstein

Já confimaram que NÃO participam:

- Andorra
- São Marino

Comentem quem querem ver em 2011? Quem acham que se retira do festival? Querem Portugal no ESC em 2011? Quem deveria representar o nosso país?

 

A cidade deve ser em Berlim, capital da Alemanha. Em relação a Eurovisão de 2011 espero que acabem os pontos de vizinhaça que nos demos 12 pontos a espanha, e eles deram-nos 6 isto já está tudo planeado, as televotações para mim é tudo fantoche, ou então são os espanhois que moram perto da fronteira vem a Portugal e votam na Espanha.

Não gostei do Sérgio Mateus, pareceu me um pouco forçado e na tentativa de imitiar o Manzarra, deixo aqui uma sugestão Carlos Mendes por um meio onde ele proprio já passou e tem experiencia.

Sugestões em que eu gostava de ver no Festival da RTP canção a concorrer era os seguintes:

Diego Miranda, Ana Malhoa, Santamaria, Diabos Na Cruz, Pontos Negros, Valete, Mind da Gap, Mickael Carreira, Carlos(Idolos), Diana Piedade(Idolos),Paulo Furtado(TigerMan)Teresa Salgueiro, Manuel Cruz, The Gift, Moonspell, se estes concorrem tinhamos um grande festival da RTP Canção, mas quem for para o ano que leve uma musica mais mexida.

Quero uma Lisbon 2012

Link to post
Share on other sites

Por este andar nem uma Lisbon 2020

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_blum.gif">

Custa-me, mas acho q só se vai lá com uma música em Inglês, de preferência mexida

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_smile.png">

Link to post
Share on other sites

Acho que Portugal também está certo em 2011... não é por nada!!!

Segundo consta, parece que a Lena, a vencedora deste ano pela Alemanha, será, novamente, a representante da Alemanha no próximo ano!!!

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_unsure.png">

Link to post
Share on other sites

é verdade sim senhor zapping, é a segunda vez que o vencedor volta a representar o país logo no ano a seguir(a primeira vez foi com Lys Assia que venceu em 1956 e voltou a representar a Suiça em 57 e 58). Quanto a Portugal, eu prefiro esperar pela confirmação da RTP, apesar de eu saber que é quase certo que nós vamos estar na Alemanha em 2011.

Link to post
Share on other sites

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
moderação que acrescente Portugal, Malta, Azerbaijão, Finlândia e Ucrânia aos países confirmados, e que substitua o 12 países confirmados por 16.

Ah ia-me esquecendo tirem aquela frase do "Apesar do Sérgio Mateus..." já não faz sentido agora depois de confirmada a participação em 2011.

Link to post
Share on other sites

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
moderação que acrescente Portugal, Malta, Azerbaijão, Finlândia e Ucrânia aos países confirmados, e que substitua o 12 países confirmados por 16.

Ah ia-me esquecendo tirem aquela frase do "Apesar do Sérgio Mateus..." já não faz sentido agora depois de confirmada a participação em 2011.

Done! :clapping_mini:

Link to post
Share on other sites

Sim _zapping_, mas esperar por uma confirmação oficial é sempre bom. Chamem-me sonhador, mas gostava mesmo de ver a Nelly Furtado ou a Mariza a representar Portugal, sei que é praticamente impossível, mas n custa sonhar.

Link to post
Share on other sites

Ah porque não D, em 89, a Suiça ganhou com Céline Dion e no ano passado a França mandou a superstar lá para aqueles lados Patricia Kaas.Este ano o Elton John acho que esteve para ir pelo UK(mas acabou por não ir por causa do dinheiro que pedia). Ah e convém relembrar que o Reino Unida na última vez ganhou Katrina and the waves que tinha feito grande sucesso por volta dos 80 com uma música que não me lembra o nome. Esta altura é para mandar sugestões, sonhar com quem se quer ver no palco por Portugal, mas sim mandar uma das duas cantoras é mesmo para ganhar, e os €€€€ que pedem devem ser poucos devem...

Link to post
Share on other sites

Não sabia disso do Elton John. A verdade é que os cantores mais conhecidos não querem ir porque o FC é encarado como o "festival dos principiantes" (ou dos pobres, vá).. Para além de que já se sabe como são as votações... Especialmente nós, não temos qualquer hipótese.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_unsure.png">

Link to post
Share on other sites

Nisso concordo contigo, eu próprio perco muito do interesse pelo festival com os maus resultados que vamos tendo, mas é como digo um dia destes temos a surpresa, agora sem o Poiares e metade daquela cambada de incompetentes que lá anda.

Link to post
Share on other sites

Sim _zapping_, mas esperar por uma confirmação oficial é sempre bom. Chamem-me sonhador, mas gostava mesmo de ver a Nelly Furtado ou a Mariza a representar Portugal, sei que é praticamente impossível, mas n custa sonhar.

A "Senhora do Mar" foi inicialmente proposta à Mariza e ela não a quis cantar. A Vânia Fernandes foi a segunda hipótese.

Para levar a Mariza ou a Nelly Furtado, se elas quisessem, ter-se-ia que pagar muito e a RTP não está para isso. Nesse ano, teria de ser mesmo para ganhar!

Ah porque não D, em 89, a Suiça ganhou com Céline Dion e no ano passado a França mandou a superstar lá para aqueles lados Patricia Kaas.Este ano o Elton John acho que esteve para ir pelo UK(mas acabou por não ir por causa do dinheiro que pedia). Ah e convém relembrar que o Reino Unida na última vez ganhou Katrina and the waves que tinha feito grande sucesso por volta dos 80 com uma música que não me lembra o nome. Esta altura é para mandar sugestões, sonhar com quem se quer ver no palco por Portugal, mas sim mandar uma das duas cantoras é mesmo para ganhar, e os €€€€ que pedem devem ser poucos devem...

O Dima Bilan, que ganhou pela Rússia em 2008, era bastante conhecido nos países de leste.

Link to post
Share on other sites

É verdade, aliás se tu fores ver os cantores que ganham nos países de lestes são normalmente muito conhecidos por aquelas bandas. Além do Dima Bilan, tens o exemplo da Sopho Khavalshi que em 2007 representou a Geórgia com uma das canções que mais gosto dos países de leste (se quiserem procurem no tubas). Essa cantora tem carreira feita no seu país natal, e também é muito conhecida na Arménia, Azerbaijão e Rússia, tudo boas companhias...

Link to post
Share on other sites

Também temos o caso das Femminem que este ano regressaram ao ESC, a representar um país diferente daquele que representaram em 2005. Outras que também são conhecidas por aquelas bandas...

tens o exemplo da Sopho Khavalshi que em 2007 representou a Geórgia com uma das canções que mais gosto dos países de leste (se quiserem procurem no tubas). Essa cantora tem carreira feita no seu país natal, e também é muito conhecida na Arménia, Azerbaijão e Rússia, tudo boas companhias...

Fui à procura dessa música e confesso que não gostei muito.

Hidden Content

    Sign in or sign up to see the hidden content.
/emoticons/ATV_rolleyes.gif"> A minha preferida, desse ano, era mesmo "Molitva", a canção vencedora. :biggrin_mini2:

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

ESC Portugal']

Entrevista a Carlos Costa

O madeirense Carlos Costa saltou para as luzes da ribalta aquando da sua participação no programa de talentos da SIC “Ídolos”, no final de 2009. No seu primeiro casting cantou um tema eurovisivo, “Invincible” (Suécia, ESC 2006). Marcou o programa com a sua imagem pop, jovem e arrojada. Carlos é um eurofã, uma verdadeiro seguidor do Festival da Canção e da Eurovisão. Está neste momento a preparar o seu primeiro trabalho de originais e, nesta entrevista ao ESC Portugal, não esconde a sua ambição de representar Portugal na Eurovisão. Com que ingredientes? “Ritmo, poder, dança, alegria, luz, sensualidade.” Para ele, uma coreografia no Festival é um aspecto muito importante numa actuação e tem de estar perfeitamente pensada e ensaiada “desde o primeiro segundo até ao último”. Participar no FC no próximo ano? “Depende da proposta e do tema.”

Nesta entrevista, Carlos fala também dos festivais da canção que ganhou na Madeira, da “pressão” do Ídolos, e da sua opinião acerca do ESC e do FC. Sobre este último defende 100% televoto, é contra a regra da obrigatoriedade da língua portuguesa e diz que Portugal só não ganha a Eurovisão porque “não quer”.

[ESC Portugal] O Carlos ficou em 3.º lugar na última edição do programa Ídolos (SIC). Como recorda esta experiência que lhe deu uma grande notoriedade e visibilidade públicas?

[Carlos Costa] Foi sem dúvida uma experiência engraçada que me ajudou a subir na carreira. Como tudo passei por momentos bons e menos bons. Dias de stress, muita pressão, muito trabalho, dedicação. Acho que o terceiro lugar foi muito bom.

Antes do Ídolos, o Carlos participava já em diversos festivais da canção, na Madeira, e ainda integrou o elenco de alguns musicais, como o “High School Musical”. A música e o mundo do espectáculo sempre foram um sonho e um objectivo de vida para si?

Sim, fiz vários musicais e ganhei muitos prémios em competições de talentos na Madeira o que me deu um bom curriculum. A música sempre foi tudo o que eu quis para a minha vida. Sei que se tiver que servir às mesas (o que farei com muito orgulho) irei servi-las a cantar.

Durante o programa da SIC o Carlos cultivou uma imagem pop, sempre fiel aos seus gostos pessoais e à sua forma de ver a música. Sente que ainda existe muita resistência (leia-se preconceito) por parte do público e da indústria musical quanto à música e à imagem pop feitas em Portugal?

Os portugueses têm vergonha de admitir que gostam de música Pop, comercial, ligeira. Mas a verdade é que é o que mais vende no país. Fala-se muito mal dos grandes produtos musicais no comércio em Portugal. Mas a verdade é que os mesmos estão sempre nos tops de vendas (Ex: Lady Gaga, Beyoncé, Rihanna).

A que projectos se está a dedicar neste momento?

Ainda é cedo para avançar mais mas estou a trabalhar no meu primeiro álbum de originais.

O Carlos nunca escondeu que é um grande fã do Festival da Canção (FC) e do Festival da Eurovisão (ESC). No seu primeiro casting no Ídolos cantou “Invincible”, da cantora sueca Carola (ESC 2006). Foi algo planeado, ou aquela canção surgiu-lhe naquele momento?

Foi planeado porque considero que é um tema que demonstra as capacidades vocais de qualquer cantor. Por acaso em 2007 um dos festivais de música que ganhei foi com um cover da "Invincible".

Durante a sua participação no Ídolos, alguma vez colocou como hipótese à produção do programa cantar um tema que tenha passado pelo FC ou pelo ESC? Gostaria de o ter feito?

Se tivesse chegado à finalíssima teria cantado a "Invincible" (ESC 2006) (porque os finalistas tinham que cantar o tema que cantaram no primeiro casting) e a "Be My Valentine" (ESC 2009). Quando saí já tinha escolhido as músicas para a finalíssima caso lá chegasse.

Considera estes Festivais (FC e ESC) importantes para a música nacional e europeia, assim como para a divulgação de talentos?

Isso nem se pergunta. Claro que sim. A Eurovisão é uma máquina de comércio e negócio musical. Assim como uma das grandes impulsionadoras de talentos. Infelizmente em Portugal isso já não é assim. Porque não há nada que lance novos talentos no país neste momento. Somos apenas produtos que somos usados e deitados fora como pastilha elástica. Só os lutadores ficam e mesmo assim os "velhos" talentos fazem de tudo para arrasar com os novos chamando-nos de amadores.

Quais as suas canções predilectas do FC e do ESC de todos os tempos?

As minhas canções predilectas são:

FC: Desfolhada - Simone de Oliveira (1969), Senhora do Mar - Vânia Fernandes (2008), Há Dias Assim - Filipa Azevedo (2010), Todas As Ruas Do Amor - Flor-de-Lis (2009), Alvorada - Vanessa (2010), Yes We Can - Luciana Abreu (2009).

ESC: Wild Dances - Ruslana (Ucrânia - 2004), My Number One - Helena Paparizou (Grécia - 2005), Invincible - Carola (Suécia - 2006), Ninanajna - Elena Risteska (Macedónia - 2006), Show Me Your Love - Tina Karol (Ucrânia 2006), Molitva - Marija Serifovic (Servia 2007), Yassou Maria - Sarbel (Grécia - 2007), Shady Lady - Ani Lorak (Ucrânia - 2008), Senhora Do Mar - Vânia Fernandes (Portugal - 2008), Is It True - Yohanna (Islândia - 2009), Be My Valentine - Svetlana Loboda (Ucrânia 2009), Há Dias Assim - Filipa Azevedo (Portugal 2010) e Run Away -Sunstroke Project & Olia Tira (Moldávia - 2010).

Qual é, na sua opinião, o motivo que fez com que Portugal ainda não tenha ganho o Festival da Eurovisão?

Sinceramente?? Portugal não quer ganhar!! Se quisesse já teria vencido. Preferem gastar milhões em futebol do que gastar poucas centenas em música. É pena.

Alguma vez pensou em poder vir a representar Portugal na Eurovisão? Coloca essa hipótese? Se participasse, que tipo de música gostaria de levar?

Sendo fã do festival e cantor ao mesmo tempo... claro que já. Se participasse seria com algo dentro do género da Helena Paparizou. Ritmo, poder, dança, alegria, luz, sensualidade. Seriam alguns dos ingredientes para me fazer pisar o palco do festival.

Acha importante que, na Eurovisão, cada país tenha na sua canção representada a sua língua nativa ou considera que deve haver liberdade quanto à escolha da língua?

Eis um dos nossos erros... cantar somente em português?? Eu amo a nossa língua mas... Já imaginaram o que seria nos dias que correm o vencedor do Eurofestival correr a Europa numa tournée após ter vencido com uma música somente numa língua?? O francês e o espanhol ainda são línguas que são de certa forma consideradas "internacionais", já o português nem por lá passa. Aliás é das línguas mais difíceis de aprender da Europa. Acho que os temas de Portugal deviam ser cantados em inglês e em português. Também por uma questão de respeito para com os ouvintes, pois todos merecemos perceber a mensagem da letra.

Na sua opinião, no Festival da Canção o resultado final devia ser 100% decidido pelo público, 100% decidido pelo júri ou continuar com 50/50? E na Eurovisão?

Acho que a decisão devia ser tomada somente por televoto. Visto que grande parte da selecção nem passa pelo público. Por exemplo o FC: a RTP recebe mais ou menos 500 temas ou mais por festival e só são publicados no site 24... alguém tem que escolher o melhor também é verdade mas... já que existe essa fase... deixemos o público escolher o resto.

Nos tempos que correm, uma boa performance em palco conta muito para o resultado final. Se fosse seleccionado para representar Portugal na Eurovisão, apostaria em deixar a canção “falar por si”, ou acrescentaria, por exemplo, uma coreografia arrojada?

Claro que a dança faz cada vez mais parte de um espectáculo completo. Tendo em conta a experiência de dança que tenho adquirido nos últimos anos, obviamente tudo estaria estudado e coreografado desde o primeiro segundo até ao último.

Nas semanas que antecederam o Festival da Canção 2010, circulou uma informação que dava conta que, supostamente, os produtores da canção concorrente ao FC 2010 “Canta por Mim” teriam convidado o Carlos para ser o intérprete do tema. Confirma esta informação?

Esse assunto já me trouxe alguns problemas como tal não vou comentar. Tendo em conta que na altura das inscrições e da votação online do festival 2010 eu ainda estava no "reality show", pois a minha saída foi a 31 de Janeiro de 2010, não podia aceitar qualquer tema para o festival.

Por último, se recebesse um convite de algum produtor musical, com vista a participar no Festival da Canção 2011, aceitaria?

Depende da proposta e do tema.

Link to post
Share on other sites

O Carlos pode ser um bom representante de Portugal, mas terá que ser com uma música pop, muito mexida, com muita coreografia, cor, pirotecnica,... bem, acho que isto já está a parecer de mais para a RTP e não me parece que eles queiram investir assim tanto.

Link to post
Share on other sites

A RTP precisa de mudar as caras da nossa delegação, aquilo que o Augusto Madureira disse na entrevista ao DN sobre o Poiares, o nosso chefe de delegação é muito grave. Aquilo precisa de uma delegação nova, mais jovem, e o FC precisa de um júri novo para escolher as músicas e de regras bem definidas no que diz respeito aos júris distritais. Quanto ao Carlos por mim era escolhido internamente e depois o público escolhia entre 5 músicas aquela que leva à Alemanha.

Link to post
Share on other sites

Adorei esta resposta dele:

"A Eurovisão é uma máquina de comércio e negócio musical. Assim como uma das grandes impulsionadoras de talentos. Infelizmente em Portugal isso já não é assim. Porque não há nada que lance novos talentos no país neste momento. Somos apenas produtos que somos usados e deitados fora como pastilha elástica. Só os lutadores ficam e mesmo assim os "velhos" talentos fazem de tudo para arrasar com os novos chamando-nos de amadores."

Acho que ele tem razão.

Link to post
Share on other sites

É verdade, em Portugal lançam os cantores e apenas se preocupam com o dinheiro que ganham não apoiando em nada. Salvos raras excepções, como o Nuno Norte, a Luciana Abreu(Ídolos), o resto é jogado no lixo. Eu não gosto disso, preferia que se apoiassem os novos talentos já que são os próprios canais que os lançam. Eu estarei cá para ver quantos dos concorrentes que sairam agora do Ídolos é que vão conseguir entrar no panorama musical português com sucesso.

Link to post
Share on other sites

Concordo quando dizes que a nossa delegação tem que ser alterada. Cambada de tachos!!! Já está mais que ultrapassada e está bem longe dos padrões do ESC do século XXI. É preciso "sangue novo"!

Não concordo é quando dizes que o Carlos deveria apresentar 5 músicas e nós escolheríamos uma. Por mim, mantém-se o modelo do festival. Agora, o importante, é ter só boas músicas.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...