Jump to content
VINTAGE

Defesa Possível

Recommended Posts

DEFESA POSSÍVEL | 8 EPISÓDIO (FINAL)

 

 

Luísa e Artur olham Vera e Leonardo de forma confusa e intrigante.

Luísa - Não sejas parva Vera.

Vera - Aqui a parva és tu. Dá-te gozo seres uma inspetora do mal?

Enquanto elas discutem Leonardo agarra num objeto e golpeia Luísa na cabeça. Artur atira-se a ele, mas Leonardo consegue golpeá-lo também.

Vera - Agradecida. Podemos ir embora?

Leonardo - Não. Toma este telemóvel e liga ao Vasco e diz-lhe o local onde te encontras.

Vera - Já estou a perceber. Queres poupar no uber.

Leonardo entrega o telemóvel a Vera.

Vera - Vasco? Sou eu a Vera. Estou presa num armazém graças à songamonga da Luísa e o banana do Artur. Vem buscar-me.

Vasco - Mas onde estás?

Vera - Na Patagônia a apanhar morangos. Estou num armazém algures. Já te envio as coordenadas.

 

Alice está num quarto que não é o dela. Ela abre uma caixa. Nessa caixa encontram-se dois diamantes. Alice pega neles e observa-os lentamente.

 

Vasco entra no armazém.

Vasco - O que este gajo está aqui a fazer?

Vera - Foi ele que matou aquela gentalha toda.

Vasco - Ainda bem que me chamaste. Vou levá-lo para a cadeia agora.

Leonardo - Vamos acalmar. Na prática quem matou fui eu. Mas na teoria foi a Vera.

Vasco - O quê?
Vera - Esse ser humano quer que eu assuma todos os crimes. Quer que eu apanhe teias de aranha na cadeia. Mas sabe-se lá Deus porquê.

Vasco - E se ela não o fizer?

Leonardo - Eu mato-a .

Vera - Tu deves achar que os humanos são coelhos que os caçadores matam para comer.

Leonardo - Por falar em comida, lembrei-me de um acordo que podemos fazer os três. Vocês podem sair desta história sem sequelas ou culpa alguma. Mas em troca disso a Vera irá defender-me de forma tão boa que vai conseguir reduzir os anos que vou ficar na cadeia.

Vera - Não faço milagres. Tu mataste mil duzentas e trinta e duas pessoas e achas que vais sair desta história a beber champanhe em Paris?

Leonardo - Quanto a ti, Vasco. Terás de fazer sexo comigo agora.

Vasco - Desculpa mas não fazes o meu género.

Leonardo - Ou isso ou saem daqui mortos.

Vera - Vá aceita. Eu dou permissão. Aproveita e rasga o cu a esse energúmeno.

Leonardo - Vamos para aquela divisão.

Vasco e Leonardo vão.

Eles fazem sexo e por vezes é mostrada a reação de Vera.

Quando Vasco coloca Leonardo de quatro. Ele pega numas algemas que tem no bolso das calças e almeja o assassino.

Leonardo - O que é isto?

Vasco - Algemas.

Vera - (grita) Ver as 50 Sombras às vezes dá jeito!

 

Vasco coloca Leonardo no carro. Vera beija-o.

Artur e Luísa são levados numa ambulância.

 

Leonardo é colocado numa cela.

 

1 ano depois.

 

Leonardo, Vera, Vasco, Luísa, Artur e Gabriel estão no tribunal. Leonardo prepara-se para ser julgado.

 

Juíz - Passo a palavra à doutora Vera Jordão.

Vera - Agradecida meritíssimo. O meu cliente confessou-me e já o disse perante todos aqui presentes que o assassinato que ele cometeu contra a própria mãe foi um ato de justiça. Essa mulher um tanto quanto desumana foi capaz de humilhar e vender o próprio filho a uma rede de tráfico humano. Uma das líderes do tráfico era ela. As outras mortes foram uma espécie de roleta russa em que Leonardo Menezes quis jogar com as autoridades. Matando cada suspeito. Um por um a fim de no fim descobrirem quem foi o autor dos crimes. Claramente com problemas psicológicos, Leonardo chegou a pedir-me que eu assumisse os crimes para assim sair ileso. Estou aqui a defendê-lo da maneira mais justa. Mas não há defesa possível. Leonardo Menezes tem que pagar por todos os crimes cometidos.

Leonardo - Cabra. Vais pagar bem caro!

Juíz - Ordem no tribunal!

 

Vera e Vasco saem do tribunal.

Vasco - Foste muito corajosa.

Vera beija Vasco.

Vera - Ele agora vai apodrecer na prisão. Só rezo que apanhe muitos sabonetes.

 

Dias depois, Gabriel decide visitar Leonardo.

Gabriel - Eu quero que saibas que apesar de tudo eu amo-te.  Eu vou esperar por ti até ao fim dos meus dias.

Leonardo - A espera será vã. Hoje é o meu último dia na Terra. Encontramo-nos no inferno. Eu também te amo.

Gabriel fica confuso e Leonardo retira-se.

Leonardo é encontrado morto na cela.

 

Artur e Luísa estão à beira mar.

Artur - Adorei conhecer-te.

Luísa - Eu também. Para ser sincera achava que só por fora é que prestavas. Mas afinal nós os dois não nos completamos. Nós complementamo-nos. Alguém completa-se quando se sente bem consigo mesma. Para além de podre de giro, pensas como eu e és um Tarzan na cama assim como eu.

Artur e Luísa beijam-se.

 

Meses depois.

 

São quatro da madrugada e Vera, Vasco, Luísa, Artur, Isabel e Pedro estão a participar numa orgia num bar nos arredores de Lisboa.

São agora dez da manhã e Vera olha para o seu lado direito e apercebe-se que está um cadáver de uma mulher repleto de sangue.

Vera olha as suas mãos.

As mãos dela estão cobertas de sangue.

Ela olha em volta. 

Vera está apavorada! 


 

FIM

Edited by Black & White

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Black & White disse:

DEFESA POSSÍVEL | 8 EPISÓDIO (FINAL)

 

 

Luísa e Artur olham Vera e Leonardo de forma confusa e intrigante.

Luísa - Não sejas parva Vera.

Vera - Aqui a parva és tu. Dá-te gozo seres uma inspetora do mal?

Enquanto elas discutem Leonardo agarra num objeto e golpeia Luísa na cabeça. Artur atira-se a ele, mas Leonardo consegue golpeá-lo também.

Vera - Agradecida. Podemos ir embora?

Leonardo - Não. Toma este telemóvel e liga ao Vasco e diz-lhe o local onde te encontras.

Vera - Já estou a perceber. Queres poupar no uber.

Leonardo entrega o telemóvel a Vera.

Vera - Vasco? Sou eu a Vera. Estou presa num armazém graças à songamonga da Luísa e o banana do Artur. Vem buscar-me.

Vasco - Mas onde estás?

Vera - Na Patagônia a apanhar morangos. Estou num armazém algures. Já te envio as coordenadas.

 

Alice está num quarto que não é o dela. Ela abre uma caixa. Nessa caixa encontram-se dois diamantes. Alice pega neles e observa-os lentamente.

 

Vasco entra no armazém.

Vasco - O que este gajo está aqui a fazer?

Vera - Foi ele que matou aquela gentalha toda.

Vasco - Ainda bem que me chamaste. Vou levá-lo para a cadeia agora.

Leonardo - Vamos acalmar. Na prática quem matou fui eu. Mas na teoria foi a Vera.

Vasco - O quê?
Vera - Esse ser humano quer que eu assuma todos os crimes. Quer que eu apanhe teias de aranha na cadeia. Mas sabe-se lá Deus porquê.

Vasco - E se ela não o fizer?

Leonardo - Eu mato-a .

Vera - Tu deves achar que os humanos são coelhos que os caçadores matam para comer.

Leonardo - Por falar em comida, lembrei-me de um acordo que podemos fazer os três. Vocês podem sair desta história sem sequelas ou culpa alguma. Mas em troca disso a Vera irá defender-me de forma tão boa que vai conseguir reduzir os anos que vou ficar na cadeia.

Vera - Não faço milagres. Tu mataste mil duzentas e trinta e duas pessoas e achas que vais sair desta história a beber champanhe em Paris?

Leonardo - Quanto a ti, Vasco. Terás de fazer sexo comigo agora.

Vasco - Desculpa mas não fazes o meu género.

Leonardo - Ou isso ou saem daqui mortos.

Vera - Vá aceita. Eu dou permissão. Aproveita e rasga o cu a esse energúmeno.

Leonardo - Vamos para aquela divisão.

Vasco e Leonardo vão.

Eles fazem sexo e por vezes é mostrada a reação de Vera.

Quando Vasco coloca Leonardo de quatro. Ele pega numas algemas que tem no bolso das calças e almeja o assassino.

Leonardo - O que é isto?

Vasco - Algemas.

Vera - (grita) Ver as 50 Sombras às vezes dá jeito!

 

Vasco coloca Leonardo no carro. Vera beija-o.

Artur e Luísa são levados numa ambulância.

 

Leonardo é colocado numa cela.

 

1 ano depois.

 

Leonardo, Vera, Vasco, Luísa, Artur e Gabriel estão no tribunal. Leonardo prepara-se para ser julgado.

 

Juíz - Passo a palavra à doutora Vera Jordão.

Vera - Agradecida meritíssimo. O meu cliente confessou-me e já o disse perante todos aqui presentes que o assassinato que ele cometeu contra a própria mãe foi um ato de justiça. Essa mulher um tanto quanto desumana foi capaz de humilhar e vender o próprio filho a uma rede de tráfico humano. Uma das líderes do tráfico era ela. As outras mortes foram uma espécie de roleta russa em que Leonardo Menezes quis jogar com as autoridades. Matando cada suspeito. Um por um a fim de no fim descobrirem quem foi o autor dos crimes. Claramente com problemas psicológicos, Leonardo chegou a pedir-me que eu assumisse os crimes para assim sair ileso. Estou aqui a defendê-lo da maneira mais justa. Mas não há defesa possível. Leonardo Menezes tem que pagar por todos os crimes cometidos.

Leonardo - Cabra. Vais pagar bem caro!

Juíz - Ordem no tribunal!

 

Vera e Vasco saem do tribunal.

Vasco - Foste muito corajosa.

Vera beija Vasco.

Vera - Ele agora vai apodrecer na prisão. Só rezo que apanhe muitos sabonetes.

 

Dias depois, Gabriel decide visitar Leonardo.

Gabriel - Eu quero que saibas que apesar de tudo eu amo-te.  Eu vou esperar por ti até ao fim dos meus dias.

Leonardo - A espera será vã. Hoje é o meu último dia na Terra. Encontramo-nos no inferno. Eu também te amo.

Gabriel fica confuso e Leonardo retira-se.

Leonardo é encontrado morto na cela.

 

Artur e Luísa estão à beira mar.

Artur - Adorei conhecer-te.

Luísa - Eu também. Para ser sincera achava que só por fora é que prestavas. Mas afinal nós os dois não nos completamos. Nós complementamo-nos. Alguém completa-se quando se sente bem consigo mesma. Para além de podre de giro, pensas como eu e és um Tarzan na cama assim como eu.

Artur e Luísa beijam-se.

 

Meses depois.

 

São quatro da madrugada e Vera, Vasco, Luísa, Artur, Isabel e Pedro estão a participar numa orgia num bar nos arredores de Lisboa.

São agora dez da manhã e Vera olha para o seu lado direito e apercebe-se que está um cadáver de uma mulher repleto de sangue.

Vera olha as suas mãos.

As mãos dela estão cobertas de sangue.

Ela olha em volta. 

Vera está apavorada! 


 

FIM

AMEIIIII <3 Que finalão :wub:

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 40 minutos, Andreia_S disse:

AMEIIIII <3 Que finalão :wub:

Obrigado!! 

Foste a única neste fórum que deu valor a isto. E sou-te grato por isso. 

Quero um testamento seu. Um texto com uma opinião geral e mais detalhada kkk. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só amei aquele final :wub: Pode vir a segunda temporada que a gente agradece <3<3

Spoiler

@Carla @RIKIPOWER @ATVTQsV Cadê vocês? Vêm o inicio e não estão aqui para o final? :mosking:

 

Edited by Andreia_S
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 18 horas, Black & White disse:

Obrigado!! 

Foste a única neste fórum que deu valor a isto. E sou-te grato por isso. 

Quero um testamento seu. Um texto com uma opinião geral e mais detalhada kkk. 

De nada :)

Eu gostei mesmo, foi muito bem construído. A minha personagem favorita é...

Spoiler

a VERA <3

spacer.png

Também gostei muito da Luisa.

 

A melhor fala de toda a série para mim foi esta...

Spoiler

“Compraste onde? Na feira da Malveira?” Alice, episódio 5

Essa homenagem à Tininha foi icónica ahaha

 

Quanto à história, foi sempre a andar, nada de enrolanço (isso é bom), tudo muito bem explicado, as personagens são credíveis, a promoção à série foi boa. O genérico está muito bonito. A cada final de episódio deixas-te sempre um acontecimento por acabar, o que nos fez ter vontade de ver o seguinte (excelente estratégia). No geral cumpriu com o que prometeu, não estava à espera que também tivesse uma parte de comédia (não era bem comédia, era mais algumas falas tipo da Vera ou da Luisa que me faziam rir), e isso é ótimo, fez-nos despertar outro tipo de emoções (não era só o mistério e o drama). Quanto ao final, foi ICÓNICO! Aquela orgia no final ahahahah ARRRRR, eu a pensar que ia acabar tudo nas kengas, afinal acabou com uma morte. O que me faz pensar na possibilidade da série ter outra temporada :wub: Parabéns @Black & White <3 

Fico à espera de novidades :laugh:.

  • Love 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 1 hora, Andreia_S disse:

De nada :)

Eu gostei mesmo, foi muito bem construído. A minha personagem favorita é...

  Ocultar conteúdo

a VERA <3

spacer.png

Também gostei muito da Luisa.

 

A melhor fala de toda a série para mim foi esta...

  Ocultar conteúdo

“Compraste onde? Na feira da Malveira?” Alice, episódio 5

Essa homenagem à Tininha foi icónica ahaha

 

Quanto à história, foi sempre a andar, nada de enrolanço (isso é bom), tudo muito bem explicado, as personagens são credíveis, a promoção à série foi boa. O genérico está muito bonito. A cada final de episódio deixas-te sempre um acontecimento por acabar, o que nos fez ter vontade de ver o seguinte (excelente estratégia). No geral cumpriu com o que prometeu, não estava à espera que também tivesse uma parte de comédia (não era bem comédia, era mais algumas falas tipo da Vera ou da Luisa que me faziam rir), e isso é ótimo, fez-nos despertar outro tipo de emoções (não era só o mistério e o drama). Quanto ao final, foi ICÓNICO! Aquela orgia no final ahahahah ARRRRR, eu a pensar que ia acabar tudo nas kengas, afinal acabou com uma morte. O que me faz pensar na possibilidade da série ter outra temporada :wub: Parabéns @Black & White <3 

Fico à espera de novidades :laugh:.

Obrigado amore. :wub:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Estava a conversar com um "colega de ambição" acerca desta série e ele disse-me para "traduzi-la" para português do Brasil a fim de entrar numa espécie de grupo onde inúmeras pessoas avaliam os episódios detalhadamente. Essa avaliação termina com uma nota de 0-10.

Por muito que adore o fórum, pouco valor deram a isto, ou seja, tive pouco feedback. Ao estar a reescrever tudo, ao ler novamente, deparo-me com uma evolução imensa da minha parte. Esta série tem muitos erros, de gramática e ortografia, a nível de enredo é quase perfeita (modéstia à parte). Após o final desta série: dediquei-me a outros projetos, escrevi, li e estudei imensa coisa. Noto uma grande evolução da minha parte.

Por fim, quero comunicar que devido à dita tradução, o título da série foi também alterado, passando-se a chamar: O Silêncio dos Inocentes. Para quem odiava o título "Defesa Possível" chegou a hora de abrir o champanhe. 

 

Edited by VINTAGE

Share this post


Link to post
Share on other sites
agora mesmo, VINTAGE disse:

Estava a conversar com um "colega de ambição" acerca desta série e ele disse-me para "traduzi-la" para português do Brasil a fim de entrar numa espécie de grupo onde inúmeras pessoas avaliam os episódios detalhadamente. Essa avaliação termina com uma nota de 0-10.

Por muito que adore o fórum, pouco valor deram a isto, ou seja, tive pouco feedback. Ao estar a reescrever tudo, ao ler novamente, deparo-me com uma evolução imensa da minha parte. Esta série tem muitos erros, de gramática e ortografia, a nível de enredo é quase perfeita (modéstia à parte). Após o final desta série: dediquei-me a outros projetos, escrevi, li e estudei imensa coisa. Noto uma grande evolução da minha parte.

Por fim, quero comunicar que devido à dita tradução, o título da série foi também alterado, passando-se a chamar: O Silêncio dos Inocentes. Para quem odiava o título "Defesa Possível" chegou a hora de abrir o champanhe. 

 

mas pelo menos deixou uma frase que ficará para os anais do fórum

s2i5DfW.gif

  • Like 1
  • LOL 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
há 6 horas, VINTAGE disse:

Por muito que adore o fórum, pouco valor deram a isto, ou seja, tive pouco feedback.

Entendo que possas estar triste em não teres recebido comentários em relação ao teu "projecto", mas pessoalmente acho que a forma como publicitaste o mesmo não foi dos melhores. Não é por marcares metade do Fórum em posts que as pessoas vão querer saber o que andas a escrever, e, se bem me lembro, quando foste avisado para não fazeres com alguns foristas, a tua resposta foi tudo menos simpática. Não é assim que juntas pessoas a ler os teus originais, principalmente quando o Fórum já teve (há imenso tempo) o seu auge em que o que era mais importante era o conteúdo original dos foristas. Não quero ser mau contigo, estou apenas a ser sincero e a partilhar o meu ponto de vista relativamente ao "pouco valor deram a isto"... E podes sempre partilhar a tua "série" em sites de histórias e enredos originais que estão espalhados na internet. Nesses sítios é que há pessoas interessadas a ler histórias novas, e acredito que terias o feedback que precisas/querer. Eu fiz isso e é bem interessante... give it a try! :) 

E outra sugestão: "O Silêncio dos Inocentes" é um dos filmes mais cultos de mistério/terror na história do cinema. Sugeria pensares noutro nome, apenas para não levares com críticas do "plágio". 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
×
  • Create New...