Jump to content

O que fariam para mudar a estrutura da RTP?


ATVTQsV
 Share

Recommended Posts

  • 6 months later...

A minha sugestão é a seguinte:

  • RTP1 - Generalista, mas adotando uma programação mais alternativa e mais formadora (por exemplo: aposta em séries de 2ª a 6ª, duas diferentes por dia, 1 sitcom e 1 drama; regresso do Agora Escolha à tarde, mas, em vez de ser séries, escolher-se-ia entre 2 filmes; redução do talkshow da tarde para 1 hora; redução do Jornal da Tarde para meia-hora e do Telejornal para 40 minutos; aposta num telejornal durante a madrugada, como era com o 24 Horas; etc.).
  • RTP2 - Cultural e educativa, aumentando a produção de documentários originais e transmissão de mais filmes de culto e clássicos, principalmente em horário nobre, aproximando-se mais do modelo da ARTE e do Canal180.
  • RTPN - Informativo; a RTP3 voltaria ao seu antigo nome, transmitindo desdobramentos regionais de meia em meia-hora (10 minutos) e com minidocumentários a serem transmitidos também de meia e meia-hora (5 minutos), aproximando-se do modelo da euronews.
  • RTP Memória - enquanto der audiências, mantém-se, mas faria mais sentido a disponibilização de todo o arquivo no site da RTP Arquivos, com os programas como o Gramofone e o Guarda-Factos a serem transmitidos ou na RTP2, ou na RTP Play.
  • RTP Extra - Jovens-adultos; canal para jovens, disponível apenas online (como a BBC Three). Até poderiam integrar a RTP Lab neste site.
  • RTP Internacional - mantinha-se.
  • RTP África - mantinha-se.
  • RTP Açores e RTP Madeira - seriam substituídas ou por versões regionais da RTP e da RTP2 (como acontece no Reino Unido), ou seriam substituídas por canais de serviço público criados pelas Governos Regionais.
Edited by Televisão21
Link to comment
Share on other sites

 Share

×
×
  • Create New...